Desafios do Desenvolvimento: (Trans)Formação Docente e Trabalho de Ensino
Upcoming SlideShare
Loading in...5
×

Like this? Share it with your network

Share
  • Full Name Full Name Comment goes here.
    Are you sure you want to
    Your message goes here
    Be the first to comment
    Be the first to like this
No Downloads

Views

Total Views
528
On Slideshare
492
From Embeds
36
Number of Embeds
1

Actions

Shares
Downloads
0
Comments
0
Likes
0

Embeds 36

http://www.generosdetexto.com.br 36

Report content

Flagged as inappropriate Flag as inappropriate
Flag as inappropriate

Select your reason for flagging this presentation as inappropriate.

Cancel
    No notes for slide

Transcript

  • 1. DESAFIOS DO DESENVOLVIMENTO: (TRANS)FORMAÇÃO DOCENTE E TRABALHO DE ENSINO Anderson Carnin (UNISINOS/Capes) Ana Maria de Mattos Guimarães (UNISINOS/Capes-Observatório da Educação)Assumindo a noção de ensino como trabalho, a proposta de comunicação apresentada visa a discutira questão da transposição didática como elemento integrante da formação continuada e do agirdocente de professores de língua materna. Partindo de uma compreensão cooperativa de formaçãocontinuada, na qual (co)constrói-se uma forma de agir docente como uma ponte entre dois mundos:o acadêmico e o da práxis, tem-se uma cultura de trabalho em que o professor realmente tem espaçopara desenvolver sua formação. Nesse espaço, acreditamos, é que o professor pode encontrar umcampo fértil para a materialização das autoprescrições que ele constrói em seu trabalho – ou seja, decomo ele vai transformar suas vontades, seus anseios, em um trabalho que será didática einteracionalmente concretizado em sala de aula. Dizendo de outro modo: a formação continuada,enquanto elemento integrante do trabalho docente, no que tange ao âmbito das prescrições, do que édito ao professor sobre o que deve ser feito, é elemento basilar, na contemporaneidade, do trabalhoconcretizado do professor. Nesse trabalho é que a didática e as práticas de ensino também merecemum espaço de reflexão e de destaque. A prática de elaboração de materiais didáticos e aspossibilidades que esse trabalho permite quando posto em ação em sala de aula são, em muitoscasos, “novidades” apresentadas aos professores em formação continuada. A pesquisa emdesenvolvimento e que sustenta este trabalho pretende apresentar alguns elementos iniciais que dãoconta dessa realidade. Assim, e para que se possa pensar no papel da/e na conjuntura de fatores queentram em jogo na proposta de formação continuada cooperativa, e compreendê-los, atribuindo-lhesum valor que alcance os espaços e formas do agir docente acompanhados em nossa pesquisa,entendo que observar essa formação requer uma perspectiva teórico-metodológica que dê conta nãoapenas de aspectos linguísticos, mas também de diferentes dimensões que estão envolvidas nocontexto citado. Para isso é que valemo-nos de uma proposta de ciência do humano, de uminteracionismo sociodiscursivo como perspectiva teórica e metodológica de base, pois nela asdimensões, psicológicas, didáticas e até mesmo sociológicas podem ser consideradas, descritas eanalisadas. Nesse sentido, a comunicação pretende discutir, também, o alargamento da noção detrabalho prescrito, de forma a incluir atividades em cursos de formação continuada que podem serinternalizadas pelo professor e relacionadas ao desenvolvimento da profissionalidade docente.Palavras-chave: trabalho docente; formação continuada de professores; transposição didática;ensino de português.