• Share
  • Email
  • Embed
  • Like
  • Save
  • Private Content

Loading…

Flash Player 9 (or above) is needed to view presentations.
We have detected that you do not have it on your computer. To install it, go here.

Like this presentation? Why not share!

O Menino Que Tinha Dois Olhos

on

  • 823 views

A importância de ler e o direito à diferença. Promoção da leitura, seguida de debate, do conto “O Menino que tinha dois Olhos” , de J. L. Garcia Sanchez e M. A. Pacheco, com ilustrações de ...

A importância de ler e o direito à diferença. Promoção da leitura, seguida de debate, do conto “O Menino que tinha dois Olhos” , de J. L. Garcia Sanchez e M. A. Pacheco, com ilustrações de Ulises Wensell.
Actividade desenvolvida com alunos de 7º ano em Formação Cívica.

Statistics

Views

Total Views
823
Views on SlideShare
817
Embed Views
6

Actions

Likes
0
Downloads
0
Comments
0

2 Embeds 6

http://trabalhofinal-ptebibl9-1.blogspot.com 5
http://trabalhofinal-ptebibl9-1.blogspot.pt 1

Accessibility

Categories

Upload Details

Uploaded via as Microsoft PowerPoint

Usage Rights

© All Rights Reserved

Report content

Flagged as inappropriate Flag as inappropriate
Flag as inappropriate

Select your reason for flagging this presentation as inappropriate.

Cancel
  • Full Name Full Name Comment goes here.
    Are you sure you want to
    Your message goes here
    Processing…
Post Comment
Edit your comment

    O Menino Que Tinha Dois Olhos O Menino Que Tinha Dois Olhos Presentation Transcript

    • Escola S/3 Santa Maria do Olival Educação Especial/Biblioteca Escolar - Março 2010
    • Ler é essencial… Educação Especial/Biblioteca Escolar - Março 2010 pensar…
    • Educação Especial/Biblioteca Escolar - Março 2010 Os verdadeiros analfabetos são os que aprenderam a ler e não lêem!
    • Educação Especial/Biblioteca Escolar - Março 2010 “ O Menino Que Tinha Dois Olhos”
    • Educação Especial/Biblioteca Escolar - Março 2010 Ana Cristina Lopes (Prof. Ensino Especial) Maria de Deus Monteiro (Prof. Bibliotecária) "É mais fácil desintegrar um átomo do que um preconceito." Albert Einstein