• Save
Paletra convergencia
Upcoming SlideShare
Loading in...5
×
 

Paletra convergencia

on

  • 439 views

 

Statistics

Views

Total Views
439
Views on SlideShare
438
Embed Views
1

Actions

Likes
0
Downloads
0
Comments
0

1 Embed 1

https://twitter.com 1

Accessibility

Categories

Upload Details

Uploaded via as Adobe PDF

Usage Rights

© All Rights Reserved

Report content

Flagged as inappropriate Flag as inappropriate
Flag as inappropriate

Select your reason for flagging this presentation as inappropriate.

Cancel
  • Full Name Full Name Comment goes here.
    Are you sure you want to
    Your message goes here
    Processing…
Post Comment
Edit your comment

Paletra convergencia Paletra convergencia Presentation Transcript

  • É possível falar sobre “jornalismo de convergência”? III Congresso Internacional de Ciberjornalismo Porto - 6 e 7 de Dezembro 2012 @bethsaad ECA-USP, Brsegunda-feira, 7 de janeiro de 13
  • @bethsaad ECA-USP, Brsegunda-feira, 7 de janeiro de 13
  • • con.ver.gên.ci:a,Desenvolvimento para o mesmo ponto. sf. Direção comum independente de elementos culturais semelhantes em culturas diversas, oriundas de princípios, necessidades ou invenções diferentes @bethsaad ECA-USP, Brsegunda-feira, 7 de janeiro de 13
  • uma multiplicidade de significados @bethsaad ECA-USP, Brsegunda-feira, 7 de janeiro de 13
  • uma multiplicidade de significados Jenkins, Salaverría & Negredo, Bockzowsky, Canavilhas, Massip, Barbosa, Machado & Teixeira, Canelas.......... @bethsaad ECA-USP, Brsegunda-feira, 7 de janeiro de 13
  • algumas constatações sobre o fenômeno @bethsaad ECA-USP, Brsegunda-feira, 7 de janeiro de 13
  • algumas constatações sobre o fenômeno • forte relação do conceito com o status tecnológico (e de sua mudança) na sociedade @bethsaad ECA-USP, Brsegunda-feira, 7 de janeiro de 13
  • algumas constatações sobre o fenômeno • forte relação do conceito com o status tecnológico (e de sua mudança) na sociedade • a convergência é multidimensional, especialmente quando vinculada à indústria da mídia @bethsaad ECA-USP, Brsegunda-feira, 7 de janeiro de 13
  • algumas constatações sobre o fenômeno • forte relação do conceito com o status tecnológico (e de sua mudança) na sociedade • a convergência é multidimensional, especialmente quando vinculada à indústria da mídia • quanto mais contemporâneo considerarmos o “status de convergência”, mais próximo o mesmo reflete os conceitos de abrangência, amplitude, profusão, diversificação @bethsaad ECA-USP, Brsegunda-feira, 7 de janeiro de 13
  • sobre o status tecno-social da convergência @bethsaad ECA-USP, Brsegunda-feira, 7 de janeiro de 13
  • sobre o status tecno-social da convergência • mobilidade: um conceito multidimensional • da web para apps: múltiplos dispositivos • cultura da participação: múltiplos atores e agentes • da agregação à curadoria @bethsaad ECA-USP, Brsegunda-feira, 7 de janeiro de 13
  • segunda-feira, 7 de janeiro de 13
  • segunda-feira, 7 de janeiro de 13
  • segunda-feira, 7 de janeiro de 13
  • segunda-feira, 7 de janeiro de 13
  • segunda-feira, 7 de janeiro de 13
  • segunda-feira, 7 de janeiro de 13
  • como se constitui o processo jornalístico no cenário contemporâneo da convergência? @bethsaad ECA-USP, Brsegunda-feira, 7 de janeiro de 13
  • as múltiplas dimensões da convergência no ambiente informativo @bethsaad ECA-USP, Brsegunda-feira, 7 de janeiro de 13
  • as múltiplas dimensões da convergência no ambiente informativo • tecnológica • plataformas, formatos de conteúdo, dispositivos de recepção • impacto na cultura de acesso à informação • sistemas integrados: banco de dados, publicadores @bethsaad ECA-USP, Brsegunda-feira, 7 de janeiro de 13
  • as múltiplas dimensões da convergência no ambiente informativo • tecnológica • plataformas, formatos de conteúdo, dispositivos de recepção • impacto na cultura de acesso à informação • sistemas integrados: banco de dados, publicadores • empresarial/operacional • estrutura de redações • modelo de negócio • concentração ou diversificação na cadeia de valor • constituição de um ecosistema @bethsaad ECA-USP, Brsegunda-feira, 7 de janeiro de 13
  • as múltiplas dimensões da convergência no ambiente informativo @bethsaad ECA-USP, Brsegunda-feira, 7 de janeiro de 13
  • as múltiplas dimensões da convergência no ambiente informativo @bethsaad ECA-USP, Brsegunda-feira, 7 de janeiro de 13
  • as múltiplas dimensões da convergência no ambiente informativo • profissional • polivalência? • especialização? • equipes multidisciplinares @bethsaad ECA-USP, Brsegunda-feira, 7 de janeiro de 13
  • as múltiplas dimensões da convergência no ambiente informativo • profissional • polivalência? • especialização? • equipes multidisciplinares • conteúdo informativo • de nicho? • último segundo? • todos os formatos? @bethsaad ECA-USP, Brsegunda-feira, 7 de janeiro de 13
  • as múltiplas dimensões da convergência no ambiente informativo @bethsaad ECA-USP, Brsegunda-feira, 7 de janeiro de 13
  • as múltiplas dimensões da convergência no ambiente informativo @bethsaad ECA-USP, Brsegunda-feira, 7 de janeiro de 13
  • as múltiplas dimensões da convergência no ambiente informativo • relação com os públicos • cultura da participação • “nós os media” @bethsaad ECA-USP, Brsegunda-feira, 7 de janeiro de 13
  • as múltiplas dimensões da convergência no ambiente informativo • relação com os públicos • cultura da participação • “nós os media” • educação/ensino • renovação curricular para além da comunicação e do jornalismo @bethsaad ECA-USP, Brsegunda-feira, 7 de janeiro de 13
  • as múltiplas dimensões da convergência no ambiente informativo • relação com os públicos • cultura da participação • “nós os media” • educação/ensino • renovação curricular para além da comunicação e do jornalismo • posicionamento na sociedade @bethsaad ECA-USP, Brsegunda-feira, 7 de janeiro de 13
  • sobre a prática do “jornalismo de convergência”: constatações @bethsaad ECA-USP, Brsegunda-feira, 7 de janeiro de 13
  • sobre a prática do “jornalismo de convergência”: constatações • não está restrito ao processo redacional @bethsaad ECA-USP, Brsegunda-feira, 7 de janeiro de 13
  • sobre a prática do “jornalismo de convergência”: constatações • não está restrito ao processo redacional • exige uma significativa mudança de cultura corporativa, profissional e educativa @bethsaad ECA-USP, Brsegunda-feira, 7 de janeiro de 13
  • sobre a prática do “jornalismo de convergência”: constatações • não está restrito ao processo redacional • exige uma significativa mudança de cultura corporativa, profissional e educativa • significativa atenção às formas de consumo de mídia vinculados aos públicos de uma dada marca jornalística, e da própria sociedade em geral @bethsaad ECA-USP, Brsegunda-feira, 7 de janeiro de 13
  • sobre a prática do “jornalismo de convergência”: constatações • não está restrito ao processo redacional • exige uma significativa mudança de cultura corporativa, profissional e educativa • significativa atenção às formas de consumo de mídia vinculados aos públicos de uma dada marca jornalística, e da própria sociedade em geral • significativo envolvimento com desenvolvimento e gestão de sistemas de dados e plataformas de acesso @bethsaad ECA-USP, Brsegunda-feira, 7 de janeiro de 13
  • sobre a prática do “jornalismo de convergência”: pressupostos @bethsaad ECA-USP, Brsegunda-feira, 7 de janeiro de 13
  • sobre a prática do “jornalismo de convergência”: pressupostos • a existência de um excedente cognitivo que permeia a rede digital - decorrente da participação e da cultura do conhecimento - exige da empresa informativa um reposicionamento de seu papel social @bethsaad ECA-USP, Brsegunda-feira, 7 de janeiro de 13
  • sobre a prática do “jornalismo de convergência”: pressupostos • a existência de um excedente cognitivo que permeia a rede digital - decorrente da participação e da cultura do conhecimento - exige da empresa informativa um reposicionamento de seu papel social • ocorre uma quebra do poderio hegemônico das corporações midiáticas em termos de: unilateralidade, enfraquecimento da função de mediação, diluição social do controle editorial @bethsaad ECA-USP, Brsegunda-feira, 7 de janeiro de 13
  • sobre a prática do “jornalismo de convergência”: transformações @bethsaad ECA-USP, Brsegunda-feira, 7 de janeiro de 13
  • sobre a prática do “jornalismo de convergência”: transformações • repensar o papel da informação (e da notícia) no novo contexto de esfera social • a esfera híbrida: nem público, nem privado • esfera pública online • competição pela arena híbrida do espaço de expressão coletiva @bethsaad ECA-USP, Brsegunda-feira, 7 de janeiro de 13
  • sobre a prática do “jornalismo de convergência”: transformações • repensar o papel da informação (e da notícia) no novo contexto de esfera social • a esfera híbrida: nem público, nem privado • esfera pública online • competição pela arena híbrida do espaço de expressão coletiva • redirecionar o foco: da função jornalística de captação e distribuição da informação, para aquela de disponibilização e acesso da informação @bethsaad ECA-USP, Brsegunda-feira, 7 de janeiro de 13
  • sobre a prática do “jornalismo de convergência”: transformações @bethsaad ECA-USP, Brsegunda-feira, 7 de janeiro de 13
  • sobre a prática do “jornalismo de convergência”: transformações • compreender a mudança econômica (Dan Gillmor) • da cadeia de valor da informação para o massa ecosistema informativo (blogs, observatórios, nicho wikileaks, advocacias, etc.) amador profissional • home pages não são mais a porta de @bethsaad ECA-USP, Br entradasegunda-feira, 7 de janeiro de 13
  • sobre a prática do “jornalismo de convergência”: transformações @bethsaad ECA-USP, Brsegunda-feira, 7 de janeiro de 13
  • sobre a prática do “jornalismo de convergência”: transformações • repensar o significado do “ato jornalístico” na arena da sociedade convergente • a necessidade do jornalista na checagem da informação • não é tradição das empresas de mídia assumirem a função de agregador • mobilidade e localização como novos contextos referenciais para para a emergência dos atos jornalísticos @bethsaad ECA-USP, Brsegunda-feira, 7 de janeiro de 13
  • sobre a prática do “jornalismo de convergência”: transformações @bethsaad ECA-USP, Brsegunda-feira, 7 de janeiro de 13
  • sobre a prática do “jornalismo de convergência”: transformações • repensar o modo de contas histórias combinando a inovação tecnológica com a paixão pela narrativa • uso de “sensory devices” (algoritmos) • visualização de conteúdo • API’s • curadoria prevalecendo sobre a agregação algorítmica @bethsaad ECA-USP, Brsegunda-feira, 7 de janeiro de 13
  • sobre a prática do “jornalismo de convergência”: transformações • reconstruir a formação profissional @bethsaad ECA-USP, Brsegunda-feira, 7 de janeiro de 13
  • sobre a prática do “jornalismo de convergência”: transformações • reconstruir a formação profissional @bethsaad ECA-USP, Brsegunda-feira, 7 de janeiro de 13
  • MICHAEL PARKS University of Southern California É possível MANUEL CASTELLS “jornalismo de falar sobre convergência”? University of Southern California Rethinking Journalism in the Networked Digital Age In a technology-driven process of accelerated change, journalism is being transformed in theways that it is produced, distributed, and used. We are witnessing the emergence of new tools andpractices, phenomena that are yielding both a flurry of new ways to produce information and a redefinitionof the place of professional journalism in this new information system. While there is widespread fearabout the damaging consequences of these trends for the quality of journalism and the professionalsurvival of journalists, we believe that current developments may, in fact, be paving the path towardbetter journalism and more independent journalists. The what and why of this statement are the subjectsof this article. In the digital environment in which journalists now work, new facts are being unearthed daily;more audience feedback is being integrated; more voices are being heard; more diverse perspectives onthe same news stories are being presented; more stories are available, archived and searchable for l ongerperiods of time; more men and women of power are being watched more closely; and more people areengaged more actively with the changes in the world—by taking photos or making videos of key moments,by commenting on blogs, or by sharing the stories that matter to them. This dynamic landscape of continuous and diversified witnessing and reporting does not representa crisis of journalism, but rather, an explosion of it. In fact, the profession seems to be more alive thanever and going through a multiplication of both forms and content at amazing speed. @bethsaad ECA-USP, Br If we journalists are in the business of gathering information, interpreting it, and spreading it, wecertainly have more 13segunda-feira, 7 de janeiro de means than ever to do so. We are also getting more help, and for free, than we ever
  • MICHAEL PARKS University of Southern California É possível MANUEL CASTELLS “jornalismo de falar sobre convergência”? University of Southern California Rethinking Journalism in the Networked Digital Age In a technology-driven process of accelerated change, journalism is being transformed in theways that it is produced, distributed, and used. We are witnessing the emergence of new tools andpractices, phenomena that are yielding both a flurry of new ways to produce information and a redefinitionof the place of professional journalism in this new information system. While there is widespread fearabout the damaging consequences of these trends for the quality of journalism and the professionalsurvival of journalists, we believe that current developments may, in fact, be paving the path towardbetter journalism and more independent journalists. The what and why of this statement are the subjectsof this article. Rethinking Journalism in the Networked Digital Age, In the digital environment in which journalists now work, new facts are being unearthed daily;more audience feedback is being integrated; more voicesCastells, Michael Parks e Bredgtje van Der Manuel are being heard; more diverse perspectives on Haasthe same news stories are being presented; more stories are available, archived and searchable for l,onger 2012 International Journal of Communication nº 6,periods of time; more men and women of power are being watched more closely; and more people areengaged more actively with the changes in the world—by taking photos or making videos of key moments,by commenting on blogs, or by sharing the stories that matter to them. This dynamic landscape of continuous and diversified witnessing and reporting does not representa crisis of journalism, but rather, an explosion of it. In fact, the profession seems to be more alive thanever and going through a multiplication of both forms and content at amazing speed. @bethsaad ECA-USP, Br If we journalists are in the business of gathering information, interpreting it, and spreading it, wecertainly have more 13segunda-feira, 7 de janeiro de means than ever to do so. We are also getting more help, and for free, than we ever
  • É possível falar sobre “jornalismo de convergência”? @bethsaad ECA-USP, Brsegunda-feira, 7 de janeiro de 13
  • É possível falar sobre “jornalismo de convergência”? • Castells: Networked Journalism and Journalist • permanecem as práticas tradicionais acrescidas da relação do jornalista com uma multiplicidade de fontes/vozes, comentaristas, feedbacks, colaboradores, corretores. • multiplicidade de autorias @bethsaad ECA-USP, Brsegunda-feira, 7 de janeiro de 13
  • É possível falar sobre “jornalismo de convergência”? @bethsaad ECA-USP, Brsegunda-feira, 7 de janeiro de 13
  • É possível falar sobre “jornalismo de convergência”? • Castells • “Hoje, a exemplo de eras passadas, e também no futuro, apenas a verdadeira independência do jornalista assegura a sobrevivência do jornalismo como um bem público. Argumentamos que esta independência, apesar das pressões cotidianas sobre os jornalistas, podem ser reforçadas na era digital” @bethsaad ECA-USP, Brsegunda-feira, 7 de janeiro de 13
  • É possível falar sobre “jornalismo de convergência”? @bethsaad ECA-USP, Brsegunda-feira, 7 de janeiro de 13
  • É possível falar sobre “jornalismo de convergência”? • toda possibilidade de convergência jornalística na contemporaneidade passa obrigatoriamente por processos de inovação (numa visão ampla: labs, design thinking, technological epiphany,social business.....) @bethsaad ECA-USP, Brsegunda-feira, 7 de janeiro de 13
  • Obrigada!!!! @bethsaad bethsaad@gmail.com @bethsaad ECA-USP, Brsegunda-feira, 7 de janeiro de 13