Madeiras

7,500
-1

Published on

Apresentação sobre Madeiras

1 Comment
0 Likes
Statistics
Notes
  • Be the first to like this

No Downloads
Views
Total Views
7,500
On Slideshare
0
From Embeds
0
Number of Embeds
1
Actions
Shares
0
Downloads
313
Comments
1
Likes
0
Embeds 0
No embeds

No notes for slide

Madeiras

  1. 1. Madeiras Materiais Industriais Dirk Henning
  2. 2. Madeiras Brasileiras <ul><li>Banco de Dados de Madeiras Brasileiras </li></ul><ul><li>www.ibama.gov.br </li></ul>
  3. 3. Definições <ul><li>A madeira é um material sólido, orgânico, higroscópico (absorve água) e ortotrópico (crescimento diferente nas dimensões espaciais) obtido originalmente do tronco das plantas lenhosas , especialmente das árvores , mas também dos arbustos . </li></ul><ul><li>Caracterizam-se pelos caules , que crescem em diâmetro ano após ano. </li></ul>
  4. 4. <ul><li>Compostas de fibras de celulose , hemicelulose unidas por lignina entre seus tecidos. </li></ul><ul><li>A madeira é um tecido formado pelas plantas com uma função de sustentação e, por isso, ela é utilizada freqüentemente como um material estrutural efetivo e eficiente pela humanidade. </li></ul>
  5. 6. Índice <ul><li>1 Utilização </li></ul><ul><li>2 Crescimento </li></ul><ul><ul><li>2.1 Nós </li></ul></ul><ul><ul><li>2.2 Cerne e alburno (ou borne) </li></ul></ul><ul><li>3 Tipo de madeiras </li></ul><ul><ul><li>3.1 Cor </li></ul></ul><ul><ul><li>3.2 Estrutura </li></ul></ul><ul><li>4 Secagem </li></ul><ul><li>5 Percentagem de água </li></ul><ul><li>6 Ver também </li></ul><ul><li>7 Ligações externas </li></ul>
  6. 7. Utilização <ul><li>Utilizada cortada e seca </li></ul><ul><li>Pode ser fragmentada em fibras e transformada no material denominado polpa ,o qual é a matéria prima para a produção de papel . </li></ul><ul><li>Marcenaria (fabricação de móveis) </li></ul><ul><li>Carpintaria(construção de estruturas de madeira - telhados, pontes). </li></ul><ul><li>A madeira é um importante material utilizado nas áreas de arquitetura , engenharia civil e florestal desde a época em que a humanidade iniciou a construção de abrigos, e permanece em pleno uso até hoje. </li></ul>
  7. 8. Crescimento <ul><li>As árvores crescem 12 cm por ano em média. </li></ul><ul><li>Nós </li></ul><ul><ul><li>Os nós são porções de ramos incluídos na madeira do caule ou ramo principal. </li></ul></ul><ul><ul><li>Os ramos mortos dão origem aos nós, que são apenas o conteúdo de um furo, e podem soltar-se facilmente quando a madeira é serrada ou seca. </li></ul></ul><ul><ul><li>Para os diferentes fins de uso da madeira, os nós são classificados de acordo com a forma, tamanho, sanidade e firmeza com que estão presos ao caule. </li></ul></ul><ul><ul><li>Os nós afetam: </li></ul></ul><ul><ul><ul><li>a resistência da madeira a rachaduras e quebras </li></ul></ul></ul><ul><ul><ul><li>manuseabilidade e flexibilidade. </li></ul></ul></ul><ul><ul><li>O enfraquecimento ganha sérias proporções quando a madeira é submetida a tração e compressão . </li></ul></ul>
  8. 9. <ul><ul><li>Pequenos nós, no entanto, podem aumentar sua resistência ao cisalhamento longitudinal. </li></ul></ul><ul><ul><li>Os nós em placas ou pranchas são menos prejudiciais quando se estendem através dela em sentido transversal à sua superfície mais larga. </li></ul></ul><ul><ul><li>Para algumas finalidades, como por exemplo a fabricação de painéis, os nós são considerados benéficos pois adicionam textura visual à madeira, dando-lhe uma aparência mais interessante. </li></ul></ul>
  9. 10. Cerne e alburno (ou borne) <ul><li>Cerne : porção mais escura de madeira no centro do tronco. Formada pelas células mortas ou inertes chamada também de chamada de coração da madeira ; </li></ul><ul><li>Alburno : uma porção mais clara na parte externa. O borne é comparativamente madeira nova, compreendendo células vivas na árvore em crescimento. </li></ul>
  10. 12. Tipo de madeiras <ul><li>Usualmente classificada como : </li></ul><ul><ul><li>madeira dura </li></ul></ul><ul><ul><li>madeira macia </li></ul></ul><ul><li>A madeira de coníferas (por exemplo: pinho ) é chamada madeira macia , e a madeira de árvores latifoleadas (por exemplo: carvalho ) é chamada madeira dura . </li></ul>
  11. 13. Cor da Madeira <ul><li>Não é indicadora da sua força </li></ul><ul><li>A descoloração é meramente uma indicação de danos, não afeta por si só as propriedades das madeiras. </li></ul><ul><li>Certas produções de apodrecimentos como os fungos comunicam as características das cores da madeira que assim tornam-se sintomáticas de fraqueza </li></ul>
  12. 14. Estrutura <ul><li>Casca – responsável pela proteção do tronco, é a sua parte exterior. </li></ul><ul><li>Lenho – é a parte do tronco de onde se extrai a madeira, compreendida entre a casca e a medula, e divide-se em duas zonas: </li></ul><ul><ul><li>Cerne: é a parte mais escura da madeira e a que lhe dá mais resistência </li></ul></ul><ul><ul><li>Alburno: é a zona mais clara que transporta a seiva bruta das raízes para as folhas </li></ul></ul><ul><li>Medula – corresponde ao tecido mole e esponjoso na parte central do tronco. </li></ul>
  13. 15. Secagem <ul><li>A secagem da madeira consiste em extrair do seu interior o excesso de água, de forma a poder ser utilizada nas suas diversas aplicações. </li></ul><ul><li>A evaporação da água leva a madeira a diminuir de volume; a velocidade de secagem deve, portanto, ser adequada aos diferentes tipos de madeira de forma a evitar danos prejudiciais, como o aparecimento de fendas ou empenamento. </li></ul><ul><li>A madeira contrai quando seca. </li></ul><ul><li>A madeira incha quando absorve humidade </li></ul>
  14. 16. Tipos de secagem <ul><li>Natural : permite secar a madeira sobrepondo as peças umas sobre as outras de modo a permitir um arejamento uniforme. Este processo é moroso, exige grandes espaços e imobiliza grandes quantidades de madeira. A secagem natural permite secar a madeira até uma umidade mínima de 12%. </li></ul><ul><li>Artificial : a secagem artificial, feita através de estufas próprias, permite aumentar a velocidade da secagem da madeira ao mesmo tempo que a protege dos fungos e insetos. Exige instalações caras, torna a madeira menos flexível e escurece o seu tom. </li></ul>
  15. 17. Percentagem de água <ul><li>Encontra-se água em madeira viva em três condições: </li></ul><ul><ul><li>Nas paredes celulares </li></ul></ul><ul><ul><li>No conteúdo protoplasmático da célula </li></ul></ul><ul><ul><li>Como água livre nas cavidades e espaços intercelulares. </li></ul></ul><ul><li>No cerne ela ocorre apenas na primeira e última formas. </li></ul><ul><li>Madeira exaustivamente seca com ar retém de 8 a 16% da água nas paredes celulares, e nada, ou quase nada, em outras formas. </li></ul><ul><li>Mesmo madeiras secas em fornos retêm uma pequena porcentagem de umidade, mas para quaisquer propósitos que não sejam químicos, podem ser consideradas completamente secas. </li></ul>
  16. 18. <ul><li>Em geral o conteúdo aquoso da substância da madeira é que lhe confere a maciez e maleabilidade. Um efeito similar e comumente observado é o efeito amaciador da água no papel ou tecido . Dentro de certos limites, quanto maior a quantidade de água, maior o seu efeito amaciador. </li></ul><ul><li>A secagem produz um aumento significativo na força da madeira, particularmente em amostras pequenos. </li></ul><ul><ul><li>Ex. bloco de 5 cm de seção em abeto completamente seco, sustenta uma carga quatro vezes maior do que um bloco verde suportaria. </li></ul></ul>
  1. A particular slide catching your eye?

    Clipping is a handy way to collect important slides you want to go back to later.

×