Biblioteca Digital
Brasileira de
Teses e
Dissertações:
Dez anos de
interoperabilidade
Autores: Diego J. Macêdo,
Milton Shi...
Biblioteca Digital
Brasileira de
Teses e
Dissertações:
Dez anos de
interoperabilidade
Autores: Diego J. Macêdo,
Milton Shi...
Biblioteca Digital
Brasileira de
Teses e
Dissertações:
Dez anos de
interoperabilidade
Autores: Diego J. Macêdo,
Milton Shi...
Biblioteca Digital
Brasileira de
Teses e
Dissertações:
Dez anos de
interoperabilidade
Autores: Diego J. Macêdo,
Milton Shi...
Biblioteca Digital
Brasileira de
Teses e
Dissertações:
Dez anos de
interoperabilidade
Autores: Diego J. Macêdo,
Milton Shi...
Upcoming SlideShare
Loading in...5
×

Biblioteca Digital Brasileira de Teses e Dissertações: dez anos de interoperabilidade

168

Published on

Pôster apresentado à CONFOA 2013 (06 a 09 de outubro de 2013 - São Paulo, SP, Brasil) - Diego José Macedo, Milton Shintaku, Gabriel Franklin Mathias, Roberto Novaes

Published in: Education
0 Comments
0 Likes
Statistics
Notes
  • Be the first to comment

  • Be the first to like this

No Downloads
Views
Total Views
168
On Slideshare
0
From Embeds
0
Number of Embeds
0
Actions
Shares
0
Downloads
3
Comments
0
Likes
0
Embeds 0
No embeds

No notes for slide

Biblioteca Digital Brasileira de Teses e Dissertações: dez anos de interoperabilidade

  1. 1. Biblioteca Digital Brasileira de Teses e Dissertações: Dez anos de interoperabilidade Autores: Diego J. Macêdo, Milton Shintaku, Gabriel F. Mathias e Roberto Novaes A Biblioteca Digital Brasileira de Teses e Dissertações é um marco do Movimento de Acesso Aberto à Informação Científica no Brasil. Nascida em 2002, completou em 2012 dez anos, com uma história de grandes feitos, sendo a primeira iniciativa que integrou sistemas de informação, via os preceitos da interoperabilidade, de quase todos os estados brasileiros.
  2. 2. Biblioteca Digital Brasileira de Teses e Dissertações: Dez anos de interoperabilidade Autores: Diego J. Macêdo, Milton Shintaku, Gabriel F. Mathias e Roberto Novaes A interoperabilidade na BDTD emprega um modelo distribuído utilizando tecnologias de arquivos abertos. As IES são provedoras de dados e o Ibict opera nesta rede como agregador, coletando os metadados, provendo serviços de informação sobre estes metadados e disponibilizandoos para serem coletados por outros provedores de serviços.
  3. 3. Biblioteca Digital Brasileira de Teses e Dissertações: Dez anos de interoperabilidade Autores: Diego J. Macêdo, Milton Shintaku, Gabriel F. Mathias e Roberto Novaes O Padrão Brasileiro de Metadados de Teses e Dissertações (MTD-BR), que abrange todos os principais metadados dos esquemas de metadados Dublin Core e Eletronic Theses and Dissertation Metadadata Schema da NDLTD e implantou a camada do Protocolo OAI-PMH, para expor os metadados referentes as teses e dissertações publicadas nas IES. etd-ms Mtd-br DC
  4. 4. Biblioteca Digital Brasileira de Teses e Dissertações: Dez anos de interoperabilidade Autores: Diego J. Macêdo, Milton Shintaku, Gabriel F. Mathias e Roberto Novaes Implementou-se no Ibict um coletador (harvester), que é um programa que utiliza a interface oferecida pelo protocolo OAI-PMH para coletar metadados, baseado na tecnologia distribuída pela Virginia Tech.
  5. 5. Biblioteca Digital Brasileira de Teses e Dissertações: Dez anos de interoperabilidade Autores: Diego J. Macêdo, Milton Shintaku, Gabriel F. Mathias e Roberto Novaes O histórico apresentado, baseado em questões mais tecnológicas, revelou o início inovador da BDTD. Da mesma forma, revela o espirito empreendedor do Ibict, implementando no Brasil o primeiro serviço a se pautar nos preceitos, tanto do acesso aberto, quanto dos arquivos abertos.
  1. A particular slide catching your eye?

    Clipping is a handy way to collect important slides you want to go back to later.

×