Your SlideShare is downloading. ×
12 5-9
Upcoming SlideShare
Loading in...5
×

Thanks for flagging this SlideShare!

Oops! An error has occurred.

×
Saving this for later? Get the SlideShare app to save on your phone or tablet. Read anywhere, anytime – even offline.
Text the download link to your phone
Standard text messaging rates apply

12 5-9

13

Published on

0 Comments
0 Likes
Statistics
Notes
  • Be the first to comment

  • Be the first to like this

No Downloads
Views
Total Views
13
On Slideshare
0
From Embeds
0
Number of Embeds
0
Actions
Shares
0
Downloads
0
Comments
0
Likes
0
Embeds 0
No embeds

Report content
Flagged as inappropriate Flag as inappropriate
Flag as inappropriate

Select your reason for flagging this presentation as inappropriate.

Cancel
No notes for slide

Transcript

  • 1. HOJEEMDIA-BELOHORIZONTE,QUARTA-FEIRA,9/5/2012 8Esportes ZURIQUE (Suíça)- Preo- cupadocomosrumosdaCo- pade2014,ogovernobrasilei- ro resolveu intervir direta- mente na organização do evento. Em reunião de cerca de seis horas na sede da Fifa, ontem, em Zurique, na Suí- ça, ficou decidido que, de agora em diante, o governo também fará parte do Comi- tê Organizador Local (COL) doMundial. O novo integrante do ór- gão é o secretário executivo doministériodoEsporte,Luís Fernandes,quetambémesta- va presente no encontro, as- simcomooministrodoEspor- te, Aldo Rebelo, o presidente da Confederação Brasileira deFutebol(CBF)edoCOL,Jo- sé Maria Marin, o presidente daFederaçãoPaulistadeFute- bol(FPF)emembrodoComi- têExecutivodaFifa,MarcoPo- lo del Nero, e os ex-jogadores Ronaldo e Bebeto, que for- mamoConselhodeAdminis- traçãodoCOL.PeloladodaFi- fa, participaram o presidente Joseph Blatter, o secretário- geralJérômeValckeeváriosdi- retores. O processo de interven- çãodogovernohaviacomeça- docomasaídadeRicardoTei- xeira, que deixou em março os cargos de presidente do COLedaCBF.Odirigente,su- postamenteenvolvidoemes- cândalosdecorrupção,deulu- gar a José Maria Marin nos doispostos.Agora,aprincipal vozdaorganizaçãodaCopaé oministroAldoRebelo. “Neste encontro tivemos uma conversa franca. A pri- meira decisão é queLuís Fer- nandes será o representante do governo no COL. Tam- bém decidimos que vamos nos encontrar a cada seis se- manas e que o próximo en- contro será no Brasil. Quere- mosteracertezadequetudo será perfeito”, explicou Val- cke, que, apesar das polêmi- cas recentes, em que disse que o Brasil precisava de um chutenotraseiroparaadian- tar as obras da Copa, conti- nua sendo o responsável na entidadepelaorganizaçãodo MundialnoBrasil. DeacordocomAldoRebe- lo, a reunião serviu para o COL, agora integrado tam- bém pelo governo, garantir à Fifaqueasdificuldadesnaor- ganizaçãodaCopaserãosupe- radas.“AFifa,ogovernobrasi- leiroeoCOLajudarãoasupe- rarobstáculosedesafiospara realizar umaCopadoMundo àalturadaexpectativadoBra- siledaexpectativadomundo. Vamos realizá-la com êxito, em harmonia, em unidade, e administrando nossas dife- renças quando estas surgi- rem, em função do objetivo maior e do objetivo comum, que é fazer uma grande Co- pa”,avisouoministro. Com a sua entrada no COL,ogovernoqueresquecer osproblemasdopassado–in- cluindoaíasdesavençaspúbli- cas com Valcke –, mas princi- palmente apagar o período turbulento quando a CBF e o COL eram presididos por Ri- cardoTeixeira. “A experiência do gover- nocomaFifaeoCOLnosindi- ca um processo que vem so- frendo ajustes, vem sendo aperfeiçoado com êxito para que as soluções necessárias sejam adotadas em função do interesse comum. Se hou- ve lacunas, elas foram preen- chidas.Sehouvedesviodero- ta,elefoicorrigido.Eoimpor- tanteéolharparafrente”,ava- liouAldoRebelo. Já o presidente da Fifa enalteceu o encontro. “Foi umdiahistóriconasededaFi- fa.Areuniãofoiumfortesinal do compromisso do governo brasileiro com a nossa parce- ria e a responsabilidade com- partilhadadeorganizarame- lhor Copa do Mundo da Fifa. Hoje(ontem),lançamosasba- ses de uma cooperação inte- grada em mútua confiança a fim de alcançarmos o nosso objetivocomum”,garantiu. Ainda na reunião, o go- verno brasileiro apresentou dados que parecem ter tran- quilizado um pouco os diri- gentesdaentidade.“Nasúlti- mas semanas, reconhece-se queforamfeitosváriosavan- çosnasáreasdeaeroportose mobilidade urbana”, diz no- tadaFifa. Ementrevistacoletiva,Al- do Rebelo, falou da possibili- dadedeutilizaçãodeaeropor- tos militares para garantir a eficiênciadotransporteentre as12sedesdoMundial.Outro pontodiscutidofoiasituação do Maracanã, depois que umadasempreiteirasquefor- mamoconsórcioresponsável pelareformadoestádio,aDel- ta, saiu do negócio por causa doenvolvimentoemescânda- los de corrupção. “A saída da Delta já obteve uma solução adequada. Ela foi substituí- da”,comentouoministro. Uma grande preocupa- çãocontinuasendoaaprova- ção da Lei Geral da Copa, que aindatramitanoSenado.Mas AldoRebelogarantiuquenão hápressãodoExecutivo. Intervenção federal na Copa EmreuniãonasededaFifa,naSuíça,ficouacertadoqueoGovernobrasileiroteráumacadeiranoComitê OrganizadorLocal(COL)eoministrodoEsporte,AldoRebelo,aparececomoavozmaisimportantedoMundial Minasterácatálogoparaatrairseleções Comcaradepoucosamigos,RebelocaminhanasededaFifa,aoladodopresidentedaentidade,JosephBlatter:atrásdeles,osecretário-geralJérômeValcke,ohomemdo‘chutenotraseiro’ BRUNOMORENO bmoreno@hojeemdia.com.br Acontrataçãodoex-técni- co Carlos Alberto Parreira co- mo consultor do Governo de Minas Gerais para promover o Estado e atrair seleções pa- ra a Copa de 2014 não vai fi- car apenas na credibilidade do campeão mundial. Para convencer as 32 seleções que disputarão o Mundial a se hospedarem em Minas du- rante o Mundial, Parreiraper- correrá o globo levando con- sigo um livro com as 19 cida- des do interior, candidatas a Centro de Treinamento de Seleções (CTS). Na publicação, constarão, ainda, os centros de treina- mento de Atlético e Cruzeiro, em Vespasiano e Belo Hori- zonte, respectivamente, e os Campos Oficiais de Treina- mento (COT) da capital (Uni- BH, PUC Minas, Baleião, Toca IeIndependência). O catálogo, editado pela primeira vez em 2011 para ser distribuído durante o Sorteio dasEliminatórias,noRiodeJa- neiro, passará por uma revi- são.Destavez,Parreirairávisi- tar cada uma das instalações mineiras e participará direta- mentedaprodução. O objetivo do Governo é complementar o livro que se- rá editado pelo Comitê Orga- nizador Local (COL), ofertan- do 64 CTS, em todo o país, pa- ra as 32 seleções que disputa- rão o torneio, incluindo, cla- ro, o Brasil. Atualmente, concorrem paraserCTSemMinasGerais, junto ao Comitê Localda FIFA (COL),ascidadesdeAraxá,Ca- xambu,Caeté,Divinópolis,Ex- trema, Formiga, Governador Valadares,Ipatinga,JuizdeFo- ra,LagoaSanta,MatiasBarbo- sa,MontesClaros,PatosdeMi- nas, Poços de Caldas, Sacra- mento, Sete Lagoas, Uberaba, UberlândiaeVarginha.Parrei- ra visitará as confederações de futebol de todos os conti- nentes e as federações das principaisseleções. Já foram abertas duas ja- nelas junto ao COL para a inscrições de CTS e outras duas serão criadas. A lista fi- nal de CTS da Copa de 2014 será definida no primeiro se- mestre de 2013. Parreiravairodaromundocomumlivropara‘vender’asinstalaçõesdeMinas OBrasilapresentou dadossobreasobras, queparecemter tranquilizadoumpouco osdirigentesdaFifa Comasuaentradano COL,ogovernoquer esquecerosproblemas, incluindodesavenças comValcke LUIZCOSTA FABRICECOFFRINI/AFP

×