Successfully reported this slideshow.
MANU AL DE INSTR UÇÕESMANUAL     INSTRUÇÕES  Arado de Aivecas Reversível
INTRODUÇÃO      O Arado de Aivecas Reversível modelo AAR possui uma estrutura moderna eresistente, com melhor distribuição...
ÍNDICEAO PROPRIETÁRIO .......................................................................................................
AO PROPRIETÁRIO    A aquisição de qualquer produto Tatu confere ao primeiro comprador osseguintes direitos:    - Certifica...
AO OPERADOR                                                 Sr. Usuário!                                      Respeitemos ...
AO OPERADORNão      verifique                       Nunca tente fazervazamentos no                            as regulagen...
AO OPERADOR- Durante o trabalho ou transporte é permitido somente a permanência do  Operador no trator.- Não permita que c...
ESPECIFICAÇÕES TÉCNICASModelo                                                AARNúmero de Aivecas                    3    ...
COMPONENTES01 -   Corpo do Chassi02 -   Cabeçalho03 -   Válvula de Retenção04 -   Barra de Engate05 -   Mangueiras06 -   C...
MONTAGEM                            MONTAGEM                          Montagem das Aivecas    Acople as Aivecas (A) nos su...
MONTAGEM                          MONTAGEM                      Montagem das Mangueiras    Identifique as mangueiras confo...
REGULAGENS E OPERAÇÕES                               Preparo do Trator     A adição de lastro dágua nos pneus, conjunto de...
REGULAGENS E OPERAÇÕES                          Nivelamento do Arado    Através dos braços superior (terceiro ponto) e inf...
REGULAGENS E OPERAÇÕES               Regulagem da Profundidade das Aivecas     Com o arado previamente nivelado, (Conforme...
REGULAGENS E OPERAÇÕESImportante:    PARA CONSEGUIR UMA PROFUNDIDADE UNIFORME EM TODAS AS               AIVECAS, O ARADO P...
REGULAGEM E OPERAÇÕES                    OPERAÇÕES - Pontos Importantes      - Reaperte porcas e parafusos após o primeiro...
MANUTENÇÃO                                  Lubrificação     A forma mais simples de prolongar a vida útil de seu arado e ...
MANUTENÇÃO         Troca das Facas e dos Revestimento de Polietileno     Ao perceber um desgaste excessivo das facas (A), ...
MANUTENÇÃO                           Manutenção do Arado      - Desligue completamente o trator, aplique o freio de estaci...
IMPORT                  DADOS IMPORTANTES                      Cálculo do Rendimento Horário    Para calcular o rendimento...
IMPORT                  DADOS IMPORTANTES                         TABELA DE RENDIMENTO          Nº de Largura de     Rendi...
IMPORTANTE                                IMPORT                                           Atenção A MARCHESAN S/A RESERVA...
ANOTAÇÕESANOTAÇÕES    22
Upcoming SlideShare
Loading in …5
×

Aar rev03 0607

1,407 views

Published on

  • Be the first to comment

Aar rev03 0607

  1. 1. MANU AL DE INSTR UÇÕESMANUAL INSTRUÇÕES Arado de Aivecas Reversível
  2. 2. INTRODUÇÃO O Arado de Aivecas Reversível modelo AAR possui uma estrutura moderna eresistente, com melhor distribuição de peso, oferecendo um novo conceito emaração. Sistema de reversão horizontal rápido e simples, efetuado por cilindro hidráulicode dupla ação, tendo um excelente desempenho em qualquer tipo de solo. Ocabeçalho de engate aos três pontos é pivotado junto à estrutura do arado eassistido por cilindro que efetua o nivelamento automático das aivecas nos doissentidos de aração. A válvula de retenção pilotada do sistema hidráulico mantém o conjuntofirmemente travado na posição desejada. Equipado com aivecas cilíndricas revestidas com placa de polietileno de altadensidade, não deixa grudar terra, reduzindo a manutenção e oferecendo maiorvida útil. Com regulagens práticas e simples, consegue-se manter a profundidadeuniforme, destorroando e incorporando restos vegetais. Este Manual de Instruções em sua elaboração detalhada, contém asinformações necessárias para o melhor desempenho de seu arado. O Operadordeve ler com atenção todo Manual antes de colocar o equipamento emfuncionamento pela primeira vez. Para obter qualquer outro esclarecimento, ou na eventualidade de problemastécnicos que poderão surgir durante o serviço, consulte seu Revendedor, que aliadoao Departamento de Assistência Técnica da própria fábrica, garantem o plenofuncionamento de seu Arado de Aivecas Reversível TATU. 1
  3. 3. ÍNDICEAO PROPRIETÁRIO ............................................................................................................... 3AO OPERADOR ............................................................................................................. 4 a 6 Trabalhe com Segurança.................................................................................. 4 a 6 Transporte sobre Caminhão/Carreta ..................................................................... 6ESPECIFICAÇÕES TÉCNICAS ............................................................................................... 7COMPONENTES ..................................................................................................................... 8MONTAGEM .................................................................................................................. 9 e 10 Montagem das Aivecas ............................................................................................ 9 Montagem das Mangueiras .................................................................................. 10REGULAGENS E OPERAÇÕES ................................................................................... 11 a 15 Preparo do Trator ...................................................................................................... 11 Acoplamento ao Trator ........................................................................................... 11 Nivelamento do Arado ............................................................................................ 12 Acionamento do Sistema Hidráulico .................................................................... 12 Regulagem da Profundidade das Aivecas................................................ 13 e 14 Parafuso Fusível ........................................................................................................ 14 Operações - Pontos Importantes ........................................................................... 15MANUTENÇÃO ........................................................................................................... 16 a 18 Lubrificação .............................................................................................................. 16 Pontos de Lubrificação............................................................................................ 16 Troca das Facas e dos Revestimento de Polietileno ........................................... 17 Manutenção do Arado ........................................................................................... 18 Cuidados na Manutenção .................................................................................... 18DADOS IMPORTANTES ............................................................................................... 19 e 20 Cálculo do Rendimento Horário ............................................................................ 19 Tabela de Rendimento ............................................................................................ 20IMPORTANTE ........................................................................................................................ 21 2
  4. 4. AO PROPRIETÁRIO A aquisição de qualquer produto Tatu confere ao primeiro comprador osseguintes direitos: - Certificado de garantia; - Manual de Instruções e a - Entrega Técnica, prestada pela Revenda. - Cabe ao proprietário no entanto verificar as condições do produto no ato dorecebimento e ter conhecimento dos termos de garantia. - Atenção especial deve ser dada às Recomendações de Segurança e aoscuidados de operação e manutenção do produto. - As instruções aqui contidas indicam o melhor uso e permitem obter o máximorendimento, aumentando a vida útil deste produto. - Este manual deve ser encaminhado aos Srs. Operadores e pessoal deManutenção. Importante:- APENAS PESSOAS QUE POSSUEM O COMPLETO CONHECIMENTO DO TRATOR E DOS EQUIPAMENTOS DEVEM EFETUAR O TRANSPORTE E A OPERAÇÃO DOS MESMOS. - A MARCHESAN NÃO SE RESPONSABILIZA POR QUAISQUER DANOS CAUSADOS POR ACIDENTES ORIUNDOS NO TRANSPORTE, NA UTILIZAÇÃO OU NO ARMAZENAMENTO INCORRETOS OU INDEVIDOS DOS SEUS PRODUTOS, SEJA POR NEGLIGÊNCIA E/OU INEXPERIÊNCIA DE QUALQUER PESSOA. - A MARCHESAN NÃO SE RESPONSABILIZA POR DANOS PROVOCADOS EM SITUAÇÕES IMPREVISÍVEIS OU ALHEIAS AO USO NORMAL DOS EQUIPAMENTOS. Informações Gerais - As indicações de LADO DIREITO E LADO ESQUERDO são feitas observando oequipamento por trás. - Para solicitar peças ou os serviços de Assistência Técnica é necessário forneceros dados constantes da plaqueta de identificação, a qual se localiza no chassi doequipamento.Nota: ALTERAÇÕES E MODIFICAÇÕES NO PRODUTO SEM A AUTORIZAÇÃO EXPRESSA DA MARCHESAN S/A, BEM COMO O USO DE PEÇAS DE REPOSIÇÃO NÃO ORIGINAIS, IMPLICAM EM PERDA DE GARANTIA. 3
  5. 5. AO OPERADOR Sr. Usuário! Respeitemos a ecologia. O despejo incontrolado de resíduo prejudica nosso meio ambiente. Cuidado com o meio ambiente Derramar no solo óleo, combustíveis, filtros, baterias, etc. Afeta diretamente a ecologia, chegando estes resíduos até as camadas subterrâneas. Informe-se sobre a forma correta de entregar estes elementos contaminantes a quem possa reciclar ou reutilizá-los. Trabalhe com Segurança - OS ASPECTOS DE SEGURANÇA DEVEM SER ATENTAMENTE OBSERVADOS PARA EVITAR ACIDENTES. - ESTE SÍMBOLO É UM A L E R T A UTILIZADO PARA PREVENÇÃO CONTRA ACIDENTES. AS INSTRUÇÕES ACOMPANHADAS DESTE SÍMBOLO REFEREM- SE À SEGURANÇA DO OPERADOR OU DE TERCEIROS, DEVENDO SEREM LIDAS E ATENTAMENTE OBSERVADAS. O Arado de Aivecas Reversível é de fácil operação, exigindo no entanto oscuidados básicos e indispensáveis ao seu manuseio. - Tenha sempre em mente que SEGURANÇA exige ATENÇÃO CONSTANTE,OBSERVAÇÃO E PRUDÊNCIA; durante o transporte, manutenção e armazenamentodo equipamento. Consulte o presente manual antes de realizar trabalhos de regulagens e manutenções. 4
  6. 6. AO OPERADORNão verifique Nunca tente fazervazamentos no as regulagens oucircuito hidráulico serviços decom as mãos, a manutenção comalta pressão pode o equipamentoprovocar grave em movimento.lesão.Ter cuidado Impedir queespecial ao produtos químicoscircular em (fertilizantes,declives. sementes tratadas,Perigo de capotar. etc) entre em contato com a pele ou com as roupas.Mantenha os Não transite porlugares de acesso estradas oue de trabalho caminhos durante alimpos e livres de noite. Nas manobrasóleo, graxa, etc. ou curvas fechadasPerigo de evite que as rodasacidente. do trator toquem o cabeçalho.Não transporte Tenha precauçãopessoas se não quando circularhouver banco debaixo de cabosadicional para elétricos de altaeste fim. tensão. Durante o trabalho utilize sempre calçados de segurança. 5
  7. 7. AO OPERADOR- Durante o trabalho ou transporte é permitido somente a permanência do Operador no trator.- Não permita que crianças brinquem próximo ou sobre o arado, estando o mesmo em operação, transporte ou armazenado.- Tenha o completo conhecimento do terreno antes de iniciar o trabalho. Faça a demarcação de locais perigosos ou de obstáculos.- Utilize velocidade adequada com as condições do terreno ou dos caminhos a percorrer.- Utilize equipamentos de proteção individual.- Utilize roupas e calçados adequados. Evite roupas largas que podem se enroscar nas partes móveis.- Nunca opere sem os dispositivos de proteção do equipamento.- Tenha cuidado ao efetuar o engate nos três pontos do hidráulico do trator.- Ao erguer e abaixar o arado observe se não há pessoas ou animais próximos.- Nunca tente alterar as regulagens, limpar ou lubrificar o equipamento em movimento.- Para sempre o motor antes de deixar o assento do trator.- Tracione o equipamento somente com trator de potência adequada.- Verifique com atenção a largura de transporte em locais estreitos.- Toda vez que desengatar o equipamento, na lavoura ou galpão, faço-o em local plano e firme. Certifique-se que o mesmo esteja devidamente apoiado.- Veja instruções gerais de segurança na contra capa deste Manual. Transporte sobre Caminhão/Carreta O transporte por longa distância deve ser feito sobre caminhão, carreta, etc..., seguindo estas instruções de segurança:- Use rampas adequadas para carregar e descarregar o equipamento. Não efetue carregamento em barrancos, pois pode ocorrer acidentes graves.- Em caso de levantamento com guincho utilize os pontos adequados para içamento.- Calce adequadamente o equipamento.- Utilize amarras (cabos, correntes, cordas, etc...), em quantidade suficiente para imobilizar o equipamento durante o transporte.- Verifique as condições da carga após os primeiros 8 a 10 quilômetros de viagem, depois, a cada 80 a 100 quilômetros verifique se as amarras não estão afrouxando. Verifique a carga com mais frequência em estradas esburacadas.- Esteja sempre atento. Tenha cuidado com a altura de transporte, especialmente sob rede elétrica, viadutos, etc...- Verifique sempre a legislação vigente sobre os limites de altura e largura da carga. Se necessário utilize bandeiras, luzes e refletores para alertar outros motoristas. 6
  8. 8. ESPECIFICAÇÕES TÉCNICASModelo AARNúmero de Aivecas 3 4 5Espaçamento entre as 710Aivecas (mm)Profundidade das Aivecas até 400 mmLargura de Corte (mm) 1350 1800 2250Altura Livre (mm) 820Dimensões das Aivecas 24" (609,6 mm)Peso (kg) Aproximado 1082 1240 1400Potência (cv) no Motor 120 140 160Velocidade de Operação 05 a 06 Km/h Para AAR de 3 Aivecas: Cilindro Hidráulico de Reversão: Ø 44,45 x 85,7 x 625 x 330 - Cód. 05.01.04.4089 Jogo de Reparo - Cód. 05.01.03.1796 Para AAR de 4 e 5 Aivecas: Cilindro Hidráulico de Reversão: Ø 50,8 x 101,6 x 625 x 330 - Cód. 05.01.04.7572 Jogo de Reparo - Cód. 05.01.03.1248 Para AAR de 3, 4 e 5 Aivecas: Cilindro Hidráulico Vertical: Ø 38,1 x 63,5 x 360 x 128 - Cód. 05.01.04.4088 Jogo de Reparo - Cód. 05.01.03.2666 7
  9. 9. COMPONENTES01 - Corpo do Chassi02 - Cabeçalho03 - Válvula de Retenção04 - Barra de Engate05 - Mangueiras06 - Cilindros Hidráulicos07 - Revestimento de Polietileno08 - Aivecas Simétricas09 - Pedestais10 - Roda de Profundidade11 - Estabilizador 11 01 0206 06 03 09 10 08 0705 04 8
  10. 10. MONTAGEM MONTAGEM Montagem das Aivecas Acople as Aivecas (A) nos suportes (B), usando os parafusos (C e D), arruelasde pressão e porcas.Nota: - OBSERVE QUE O SUPORTE DE FIXAÇÃO (B) DA SEGUNDA AIVECA É DIFERENTE DOS DEMAIS. - A ÚLTIMA AIVECA POSSUI GUIA LONGA (E) PARA AUXILIAR NA ESTABILIDADE DO ARADO. B C B A D E 9
  11. 11. MONTAGEM MONTAGEM Montagem das Mangueiras Identifique as mangueiras conforme desenho e especificações que seguemabaixo: Faça a montagem com aperto suficiente para evitar vazamentos.Obs.: - SE NECESSÁRIO, USE VEDA-ROSCA PARA ACOPLAR AS MANGUEIRAS E OS "MACHOS" DOS ENGATES RÁPIDO. - FAÇA A MONTAGEM DAS MANGUEIRAS COM ATENÇÃO SEGUINDO AS FIGURAS ABAIXO. A) Mangueira Ø 3/8" x 1100 - TR-TR - Cód. 05.01.08.0439 B) Mangueira Ø 3/8" x 600 - TR-TC - Cód. 05.01.08.0406 C) Mangueira Ø 3/8" x 1350 - TR-TM - Cód. 05.01.08.0440 B A C 10
  12. 12. REGULAGENS E OPERAÇÕES Preparo do Trator A adição de lastro dágua nos pneus, conjunto de pesos na dianteira e nasrodas traseiras, são os meios mais utilizados para aumentar a tração no solo e darmaior estabilidade ao trator. A bitola (distância entre centros dos pneus) deve estar ajustada entre 1,80 a2,0 metros. Acoplamento ao Trator Para o acoplamento escolha um local o mais plano possível. Venha com o trator em marcha-a-ré lentamente ao encontro do equimento eesteja preparado para aplicar os freios. Ao se aproximar utilize a alavanca paracontrole de posição do hidráulico, deixando o braço inferior esquerdo no mesmonível do pino de engate do equipamento. 1º) Engate o braço inferior esquerdo e coloque o contrapino de trava. 2º) Engate o braço superior (terceiro ponto) e coloque o contrapino de trava. 3º) Finalmente engate o braço inferior direito que possui movimentos de subidae descida através da manivela niveladora. Neste momento a rosca extensora dobraço superior do trator pode ser utilizada para aproximar ou afastar o equipamento,facilitando o engate. 4º) Acople os "machos" dos engates rápido na saída hidráulica do trator,verificando se estão devidamente limpos. Para um perfeito acoplamento, o equipamento deve estar centralizado como trator, o que é feito da seguinte maneira: - Alinhe o cabeçalho do equipamento com o terceiro ponto do trator. - Levante totalmente o equipamento. - Verifique se as distâncias entre os braços inferiores e os pneus são iguais dosdois lados (Medida "A"), devendo os mesmos estarem nivelados (Medida "B"). B B A A 11
  13. 13. REGULAGENS E OPERAÇÕES Nivelamento do Arado Através dos braços superior (terceiro ponto) e inferior direito, que possuemregulagens, faça o nivelamento do arado. Acionamento do Sistema Hidráulico - Levante totalmente o arado. - Acione a alavanca do comando e observe que os cilindros trabalham emposição contrária; assim, quando o arado estiver revertido para a esquerda, ocilindro de reversão está totalmente aberto e o transversal totalmente fechado. - Caso não esteja ocorrendo o acionamento conforme descrito acima,verifique o posicionamento das mangueiras que provavelmente estarão invertidas.(Instruções na página 10). - Verifique se não está ocorrendo vazamentos nos terminais. 12
  14. 14. REGULAGENS E OPERAÇÕES Regulagem da Profundidade das Aivecas Com o arado previamente nivelado, (Conforme orientações na pág. 12), regulea profundidade de trabalho das aivecas da seguinte maneira: - Entre com o arado no terreno e faça a primeira passada. - Na segunda passada, com uma das rodas do trator dentro do sulco; verifiqueo nivelamento longitudinal do arado. Se necessário use o braço superior do terceiroponto para efetuar correções. - Em seguida, utilize a alavanca de ondulação/sensibilidade do hidráulico paradeterminar a profundidade das aivecas. Após este ajuste, mantenha a alavancatravada em toda operação; devendo acioná-la somente se desejar alterar aprofundidade do trabalho. - Agora basta ajustar a roda de profundidade (A) através do estabilizador comrosca (B), para auxiliar a profundidade determinada. B A 13
  15. 15. REGULAGENS E OPERAÇÕESImportante: PARA CONSEGUIR UMA PROFUNDIDADE UNIFORME EM TODAS AS AIVECAS, O ARADO PRECISA ESTAR NIVELADO. - EM OPERAÇÃO, DEVE-SE MANTER A ALAVANCA DE POSIÇÃO/ OPERAÇÃO TOTALMENTE ABAIXADA; SENDO UTILIZADA APENAS NAS MANOBRAS PARA LEVANTAR O ARADO. - PARA MELHOR TOMBAMENTO DAS LEIVAS É NECESSÁRIO MANTER A VELOCIDADE CONSTANTE. VELOCIDADE IDEAL = 05 A 06 KM/H. Parafuso Fusível As aivecas são protegidas por parafusos fusíveis (A), para maior segurançado arado e do sistema hidráulico do trator (terceiro ponto). Portanto, em caso desubstituição, faça com parafusos originais.Obs.: - 05.11.01.3017 - PARAFUSO 1/2" UNC x 5.1/2" - CAB. SEXT. 5.6 (SAE 1020). - 05.03.01.0060 - PORCA 1/2" NC SEXTAVADA E ARRUELA DE PRESSÃO 1/2". A 14
  16. 16. REGULAGEM E OPERAÇÕES OPERAÇÕES - Pontos Importantes - Reaperte porcas e parafusos após o primeiro dia de serviço, bem comoverifique as condições de todos os pinos e contrapinos. Depois reapertar a cada 24horas de serviço. - Observe com atenção os intervalos de lubrificação. - Faça as operações sempre de maneira controlada e cuidadosa. - Escolha uma marcha que permita ao trator manter certa reserva de potência,garantindo-se contra esforços imprevistos. - A velocidade é relativa a marcha do trator e somente poderá ser determinadapelas condições locais. Adotamos uma média de 05 a 06 Km/h, a qual não éaconselhável ultrapassar para manter a eficiência do serviço e evitar possíveis danosao equipamento. - Em operação mantenha o equipamento centralizado ao trator e niveladoem relação a superfície do solo. - Nunca faça a reversão com o equipamento apoiado no solo. - As alavancas de posição e ondulação do hidráulico possuem funçõesfundamentais, ver com atenção as instruções nas páginas 13 e 14. - Retire pedaços de pau ou qualquer objeto que se prenda as aivecas. - Alivie a pressão do comando antes de soltar os engates rápido e ao fazerqualquer verificação nos cilindros hidráulicos, ou na válvula de retenção. - Conforme citado anteriormente o Arado de Aivecas Reversível modelo AARpossuem várias regulagens, porém, somente as condições locais poderá determinaro melhor ajuste do mesmo. 15
  17. 17. MANUTENÇÃO Lubrificação A forma mais simples de prolongar a vida útil de seu arado e evitar queapresente interrupções durante o trabalho é executar a lubrificação conformedescrevemos a seguir: 1) A cada 24 horas de serviço lubrifique as articulações através das graxeirasda seguinte maneira: - Certifique-se da qualidade do lubrificante quanto a sua eficiência e pureza,evitando o uso de produtos contaminados por água, terra, etc... - Retire a corôa de graxa velha em torno das articulações. - Limpe a graxeira com um pano antes de introduzir o lubrificante e substituaas defeituosas. - Introduza uma quantidade suficiente de graxa nova. - Use graxa de média consistência. Pontos de Lubrificação Lubrificar a cada 24 horas de serviço: 16
  18. 18. MANUTENÇÃO Troca das Facas e dos Revestimento de Polietileno Ao perceber um desgaste excessivo das facas (A), revestimento de polietileno(B), efetue a reposição das mesmas; bastando para tanto soltar totalmente osparafusos de fixação (C). C B A 17
  19. 19. MANUTENÇÃO Manutenção do Arado - Desligue completamente o trator, aplique o freio de estacionamento e utilizecalços nos pneus. Imobilize firmemente o equipamento antes de fazer qualquerserviço de manutenção. - Não faça reparos no Sistema Hidráulico enquanto ele estiver pressurizado ouos cilíndros estiverem sob carga. Acidente grave poderá resultar deste ato inseguro. - Em período de desuso lave o arado, retoque a pintura faltante, proteja asaivecas com óleo, lubrifique todas as graxeiras e guarde-o em local coberto e seco,evitando o contato com o solo. - As facas o revestimento de polietileno devem ser substituídos assim que notarum desgaste excessivo. - Verifique se todas as peças móveis não apresentam desgaste. Se houvernecessidade, efetue a reposição.Obs.: USE SOMENTE PEÇAS ORIGINAIS TATU. Cuidados na Manutenção - Cuidado! O vazamento do óleo hidráulico pode ter força suficiente paraatravessar a pele e causar sérios danos à saúde. Um vazamento de óleo por umfuro minúsculo pode ser invisível. Use um papelão ou madeira, em vez da sua mão,para investigar um possível vazamento. - Mantenha as partes desprotegidas do corpo tais como sua face, olhos e braçoso mais longe possível de um suspeito vazamento. Um jato de óleo hidráulico podecausar até gangrena ou outra moléstia. - Na ocorrência de acidentes desta ou de outra natureza, procure um médicoimediatamente. Se este médico não tiver conhecimento deste tipo de problemapeça a ele que indique outro ou pesquise para determinar o tratamento adequado. 18
  20. 20. IMPORT DADOS IMPORTANTES Cálculo do Rendimento Horário Para calcular o rendimento horário dos Arados de Aivecas Reversíveis modelosAAR, utilize a seguinte fórmula: LxVxE R = onde: X R = Rendimento por Hora? L = Largura de trabalho do arado, expressa em metros. V = Velocidade média do trator, expressa em metros por hora. E = Eficiência, expressa em 0,90. X = Valor do Hectare = 10.000 m² Exemplo com o AAR de 3 Aivecas: R = ? L = 1,35 m V = 5.000 m/h E = 0,90 X = 10.000 m² 1,35 x 5.000 x 0,90 R = 10.000 R = 0,61 Hectare por Hora. 19
  21. 21. IMPORT DADOS IMPORTANTES TABELA DE RENDIMENTO Nº de Largura de Rendimento p/ Hora Rendimento p/ Dia (09 Horas)Modelo Aivecas Corte (m) Hectare Hectare 03 1,35 0,61 5,49 AAR 04 1,80 0,81 7,29 05 2,25 1,01 9,09Obs.: NA TABELA ACIMA UTILIZOU-SE UMA VELOCIDADE MÉDIA DE 5,0 KM/H. Se você conhece uma determinada área e deseja saber quantas horas vaigastar na mesma, basta dividir o valor da área pelo rendimento horário do arado. Exemplo: Uma área de 100 Hectares para ser trabalhada com um aradomodelo AAR de 4 Aivecas (Rendimento por Hora = 0,81 Hectare). 100 Assim: = 123,4 0,81 Serão gastas aproximadamente 123 (Cento e Vinte e Três) horas. 20
  22. 22. IMPORTANTE IMPORT Atenção A MARCHESAN S/A RESERVA O DIREITO DE APERFEIÇOAR E / OU ALTERAR AS CARACTERÍSTICAS TÉCNICAS DE SEUS PRODUTOS, SEM A OBRIGAÇÃO DE ASSIM PROCEDER COM OS JÁ COMERCIALIZADOS E SEM CONHECIMENTO PRÉVIO DA REVENDA OU DO CONSUMIDOR. OS DESENHOS SÃO MERAMENTE ILUSTRATIVOS. ALGUNS DESENHOS NESTE MANUAL APARECEM SEM OS DISPOSITIVOS DE SEGURANÇA, PARA POSSIBILITAR INSTRUÇÕES DETALHADAS. NUNCA OPERAR O EQUIPAMENTO SEM ESTES DISPOSITIVOS. SETOR DE PUBLICAÇÕES TÉCNICAS Elaboração / Diagramação: Valson Hernani Ilustrações: Edon Gonçalves Junho de 2007 Cód.: 0501090523 Revisão: 03MARCHESAN IMPLEMENTOS E MÁQUINAS AGRÍCOLAS "TATU" S.A.Av. Marchesan, 1979 - Cx. Postal, 131 - CEP 15994-900 - MATÃO - SP - BRASIL - Fone: (16) 3382-8282Fax: (16) 3382-3316 (Vendas: 3382-1009) - (Peças: 3382-5239) - (Exportação: 3382-1003)e.mail:tatu@marchesan.com.br http://www.marchesan.com.br 21
  23. 23. ANOTAÇÕESANOTAÇÕES 22

×