Successfully reported this slideshow.
We use your LinkedIn profile and activity data to personalize ads and to show you more relevant ads. You can change your ad preferences anytime.
Modelos de Ciclo de Vida de         SoftwareAlunos: Ana Cláudia, Lucas Carvalho,   Vinícius Caetano e Yuri Garcia
Processo de Software• Um conjunto estruturado de atividadesnecessárias para o desenvolvimento deum sistema de software;• A...
Processo de Software                  Exemplos:•   Projeto•   Validação•   Execução•   Codificação
Modelos de Ciclo de Vida          de Software• São a progressão dos projetos,  desenvolvimento, manutenção e  substituição...
Principais Modelos•   Modelo clássico (ou em cascata)•   Prototipagem (ou Prototipação)•   Modelo espiral•   Modelo Increm...
Modelo Cascata• Este é o modelo mais antigo mas ainda o  mais usado;• Segue uma sequência linear;
Modelo CascataVantagens:• Oferece uma maneira de tornar o  processo mais visível;• Facilita o planejamento;
Modelo CascataDesvantagens:• Projetos reais raramente seguem o  fluxo sequencial;• Os requisitos se alteram durante o  pro...
Modelo Cascata
Prototipação• O objetivo é entender os requisitos do  usuário;• Possibilita que o desenvolvedor crie um  modelo (protótipo...
PrototipaçãoVantagens:• Protótipos contribuem para melhorar  especificação dos requisitos;• Partes do protótipo podem vir ...
PrototipaçãoDesvantagens:• Custo elevado;• Atraso no desenvolvimento ;
Modelo Espiral• Foi criado visando abranger as  melhores características do modelo  clássico e da prototipagem;• Dividido ...
Modelo EspiralVantagens:• Possibilidade de melhorar o sistema a  cada iteração;• Diminui manutenção;
Modelo EspiralDesvantagens:• Modelo relativamente novo;• Modelo mais complexo;
Modelo Espiral
Modelo Incremental• Combinação entre os modelos linear e  prototipação;• O desenvolvimento é dividido em  etapas, denomina...
Modelo Incremental• Em cada incremento é realizado todo  o ciclo do desenvolvimento de software;• Cada etapa produz um sis...
Modelo IncrementalVantagens:• Existe um risco menor de fracasso do  software.;• Reduz a chance de mudança de requisito;
Modelo Incremental
Modelo RAD• RAD ( Rapid Application Development) é  um modelo enfatiza um ciclo de  desenvolvimento curto;• Construção bas...
Modelo RADVantagens;• Baseado em componentes;• Pode ser desenvolvido em várias equipes;
Modelo RADDesvantagens:• É necessário desenvolvedor e cliente  comprometidos;• Não é apropriado para qualquer  aplicação;
ConclusãoO que podemos analisar é que devemos escolher o nosso modelo a partir do software que iremos desenvolver. Que dep...
Upcoming SlideShare
Loading in …5
×

Modelos de ciclo de vida de software

33,988 views

Published on

Modelos de Ciclo de Vida de Software - Grupo: Ana Cláudia, Lucas Carvalho, Vinícius Caetano e Yuri Garcia

  • O modelo RAD faz parte dos métodos de desenvolvimento e não de gerenciamento de projetos. Neste caso, acredito que os autores deveriam citar o RUP, de quarta geração, se baseia em disciplinas, tarefas e responsabilidades.
       Reply 
    Are you sure you want to  Yes  No
    Your message goes here

Modelos de ciclo de vida de software

  1. 1. Modelos de Ciclo de Vida de SoftwareAlunos: Ana Cláudia, Lucas Carvalho, Vinícius Caetano e Yuri Garcia
  2. 2. Processo de Software• Um conjunto estruturado de atividadesnecessárias para o desenvolvimento deum sistema de software;• Atividades variam com a organização eo tipo de sistema sendo desenvolvido;
  3. 3. Processo de Software Exemplos:• Projeto• Validação• Execução• Codificação
  4. 4. Modelos de Ciclo de Vida de Software• São a progressão dos projetos, desenvolvimento, manutenção e substituição de software;• Descrições abstratas do processo de desenvolvimento de software;
  5. 5. Principais Modelos• Modelo clássico (ou em cascata)• Prototipagem (ou Prototipação)• Modelo espiral• Modelo Incremental• Modelo RAD
  6. 6. Modelo Cascata• Este é o modelo mais antigo mas ainda o mais usado;• Segue uma sequência linear;
  7. 7. Modelo CascataVantagens:• Oferece uma maneira de tornar o processo mais visível;• Facilita o planejamento;
  8. 8. Modelo CascataDesvantagens:• Projetos reais raramente seguem o fluxo sequencial;• Os requisitos se alteram durante o projeto;
  9. 9. Modelo Cascata
  10. 10. Prototipação• O objetivo é entender os requisitos do usuário;• Possibilita que o desenvolvedor crie um modelo (protótipo)do software que deve ser construído, podendo ser no papel ou executável;
  11. 11. PrototipaçãoVantagens:• Protótipos contribuem para melhorar especificação dos requisitos;• Partes do protótipo podem vir a ser usadas no desenvolvimento do sistema final;
  12. 12. PrototipaçãoDesvantagens:• Custo elevado;• Atraso no desenvolvimento ;
  13. 13. Modelo Espiral• Foi criado visando abranger as melhores características do modelo clássico e da prototipagem;• Dividido em quatro fases;• Essas fases são repetidas varias vezes;
  14. 14. Modelo EspiralVantagens:• Possibilidade de melhorar o sistema a cada iteração;• Diminui manutenção;
  15. 15. Modelo EspiralDesvantagens:• Modelo relativamente novo;• Modelo mais complexo;
  16. 16. Modelo Espiral
  17. 17. Modelo Incremental• Combinação entre os modelos linear e prototipação;• O desenvolvimento é dividido em etapas, denominadas “incrementos”;
  18. 18. Modelo Incremental• Em cada incremento é realizado todo o ciclo do desenvolvimento de software;• Cada etapa produz um sistema totalmente funcional;
  19. 19. Modelo IncrementalVantagens:• Existe um risco menor de fracasso do software.;• Reduz a chance de mudança de requisito;
  20. 20. Modelo Incremental
  21. 21. Modelo RAD• RAD ( Rapid Application Development) é um modelo enfatiza um ciclo de desenvolvimento curto;• Construção baseada em componentes;• O modelo RAD é usado principalmente para aplicações de sistema de informação;
  22. 22. Modelo RADVantagens;• Baseado em componentes;• Pode ser desenvolvido em várias equipes;
  23. 23. Modelo RADDesvantagens:• É necessário desenvolvedor e cliente comprometidos;• Não é apropriado para qualquer aplicação;
  24. 24. ConclusãoO que podemos analisar é que devemos escolher o nosso modelo a partir do software que iremos desenvolver. Que dependendo do projeto um modelo pode ser mais eficaz que outro.

×