Successfully reported this slideshow.
We use your LinkedIn profile and activity data to personalize ads and to show you more relevant ads. You can change your ad preferences anytime.

Imagem corporal cetrata

1,669 views

Published on

  • Be the first to comment

Imagem corporal cetrata

  1. 1. Imagem Corporal, Obesidade e Atividade Física Ricardo Catunda CREF000001-G/CE
  2. 2. Imagem Corporal A imagem corporal pode ser conceituada como uma construção multidimensional que representa como os indivíduos pensam, sentem e se comportam a respeito de seus atributos físicos. (McCabe & Ricciardelli, 2004; McKay-Parks; Banfield & McCabe, 2002; Muth & Cash, 1997; Thompson, 1990)
  3. 3. O componente subjetivo se refere à satisfação de uma pessoa com seu tamanho corporal ou partes específicas. (Damasceno et al., 2006)
  4. 4. O processo de formação da imagem corporal pode ser influenciado por diversos fatores tais como: sexo, idade e meios de comunicação, bem como, pela relação do corpo com os processos cognitivos como crenças, valores e atitudes inseridos em uma cultura. (McCabe & Ricciardelli, 2004; Banfield & McCabbe, 2002).
  5. 5. Embora os ideais de beleza variem em função dos padrões estéticos adotados em cada época, os estudos mostram que os maiores níveis de insatisfação se concentra nas mulheres que têm procurado alterar seus corpos de modo a seguir esses padrões. Cirurgias, distúrbios psicológicos (bulimia e anorexia), uso de esteroides anabólicos e dietas radicais.
  6. 6. Por esta razão, à medida que as pressões sociais para perder peso e se adequar ao ideal de magreza e músculos bem definidos foram se tornando mais populares, as mulheres passaram a aceitar cada vez mais esses ideais como metas e a perseguir um corpo esbelto, demonstrando em consequência, maior rejeição de sua imagem corporal. Existe limite na busca do corpo ideal?
  7. 7. O estudo de Ogden e Evans tratando da imagem feminina constatou que ao ser apontado para as pesquisadas que seu peso estava abaixo do normal, estas mostravam significativa melhora no humor. Os autores atribuem esse comportamento ao fato de que, estar abaixo do peso parece desejável para as mulheres em geral com repercussão em sua autoestima.
  8. 8. O padrão de beleza valorizado na sociedade associado à magreza acaba por salientar os aspectos relacionados com a forma, desconsiderando a diversidade das constituições físicas que estão presentes na população e também aspectos de saúde. (Kakeshita & Almeida, 2006; Damasceno et al., 2006; Teixeira et al., 2006).
  9. 9. Apesar de existirem valores de Índice de Massa Corporal (IMC) e Percentual de Gordura (%G) adequado para a saúde, acredita-se que o tipo físico possa ser determinado culturalmente. Indivíduos obesos apresentam imagem corporal negativa, o que evidencia a composição corporal como um dos fatores capazes de influenciar tal percepção. (Damasceno et al., 2006; Blond, 2008)
  10. 10. O sedentarismo constitui a característica primária da maioria dos indivíduos com peso corpóreo acima do normal. (Sallis et al., 2010). Este comportamento sedentário parece ser um dos principais agentes causadores do excesso de gordura, como também, em contrapartida, a obesidade parece conduzir o indivíduo a uma diminuição dos níveis de atividade física.
  11. 11. Fortaleza é a cidade nordestina com o mais alto nível de sedentarismo. Pesquisa de 2012
  12. 12. Os números são da pesquisa Vigilância de Fatores de Risco e Proteção para Doenças Crônicas por Inquérito Telefônico (Vigitel) de 2012, realizada com base em 45 mil entrevistas feitas por telefone residentes nas 27 capitais. Dados da Obesidade no Brasil
  13. 13. O sobrepeso atinge mais os homens (54,4%) que as mulheres (48,1%). Na obesidade, ocorre o oposto: 18% nas mulheres e 16% nos homens sofrem com os problemas. O levantamento é feito anualmente desde 2006 e apresenta indicadores da saúde do brasileiro, como excesso de peso e obesidade, alimentação, sedentarismo e consumo de álcool.
  14. 14. Quanto mais jovens, maior a tendência de estar no peso ideal e praticar atividades físicas. Entre os jovens de 18 a 24 anos, 28% está acima do peso. O índice chega a 60,8% na faixa etária que vai dos 45 a 54 anos. O mesmo ocorre com a obesidade, que chega a 23,4% na população entre 55 e 64 anos
  15. 15. A atividade física é maior entre os homens que as mulheres. Não há grandes variações por sexo no hábito de assistir televisão mais de três horas por dia. No total, a frequência de atividade física durante o tempo livre vem aumentando dede 2009, quando estava em 29,9%. Hoje está em 33,5%.
  16. 16. Resultados de Estudos Concluídos A atividade física exerce influencias na imagem corporal de diversas formas. Um programa de atividade física deve respeitar a individualidade do sujeito para determinar intensidade, frequência e duração adotados, sabendo que as indicações mínimas para obtenção de repostas relativas ao desenvolvimento da imagem corporal são de duas sessões de treino por semana, durante 12 semanas. (Goncalves, C. O. ; Campana, A. N. ; Tavares, M. C. ,2012)
  17. 17. A insatisfação com a imagem corporal esteve associada ao estado nutricional para ambos os sexos (p < .05). Conclui-se que os universitários com excesso de peso devem ser motivados a adquirirem um estilo de vida mais saudável, promovendo adequações no seu estado nutricional e também melhorando a sua imagem corporal. (Ferrari, E. P. ; Gordia, A. P. ; Martins, C. R. ; Silva, D. A. ; Quadros, T. M. ; Petroski, E. L.,2012) Resultados de Estudos Concluídos
  18. 18. O estudo investigou o risco de presença de transtornos alimentares e da percepção da imagem corporal como parte da avaliação nutricional. Conclui-se que um considerável numero de estudantes universitários avaliados tinha distorção da percepção da própria imagem corporal. Muitos deles tinham o peso normal, mas possuíam alto percentual de gordura corporal. (Pereira Monteiro, Marcia Regina ; Ferreira Zanirati, Viviane ; Lage De Oliveira Andrade, Mariana ; Ribeiro Silva, Roberta., 2010) Resultados de Estudos Concluídos
  19. 19. -Educação Física e a Formação da Imagem Corporal em Adolescentes do Gênero Feminino - Estudo Experimental em duas escolas públicas; -Amostra de 170 adolescentes e 4 professores de Educação Física; - Instrumentos de Coleta de Dados: EEICA, Entrevista pré e pós aula, Questionário estilo de vida, Grupo Focal, Observação não participante (SOFIT), Testes de Aptidão Física (FITNESSGRAM), Projeto Pedagógico. Resultados Preliminares de Pesquisa - ULISBOA
  20. 20. IMAGEM CORPORAL Atividade Física
  21. 21. Agradecido! ricardo.catunda@uece.br

×