Successfully reported this slideshow.

Aula cetrata 2

1,074 views

Published on

Aula cetrata 2

  1. 1. O PAPEL DA FISIOTERAPIA NA EQUIPE MULTI E INTERDISCIPLINAR DE CIRURGIA DA OBESIDADE Dra. Dayse Diniz Meireles
  2. 2. SAÚDE  Situação de perfeito bem estar físico, mental e social, muito além da ausência de doença. (OMS,1997)
  3. 3. QUALIDADE DE VIDA  É a percepção do indivíduo da sua posição na vida, do contexto do sistema cultural e dos valores em que ele vive, e em relação a seus objetivos, expectativas, padrões e preocupações. ( OMS )
  4. 4. OBESIDADE Doença crônica, progressiva e fatal Saúde física e psicológica afetadas Expectativa de vida reduzida (BOUCHARD,2003)
  5. 5. OBESOS – O QUE NOS PREOCUPA  Epidemia  Doenças associadas  Habitos de vida  Traços comportamentais
  6. 6. EPIDEMIA  Doença do milênio  Prevalência crescente com proporções epidêmicas alarmantes  Problema de saúde pública da sociedade moderna
  7. 7. DOENÇAS ASSOCIADAS  Alterações da mecanica respiratória  Disfunções osteomioarticulares  Grandes excessos cutaneos
  8. 8. TRAÇOS COMPORTAMENTAIS Estressado Irritado Ansioso Indisciplinado Indisposto Deprimido
  9. 9. HÁBITOS DE VIDA  Sedentarismo  Fumo  Etilismo  Compulsão alimentar
  10. 10. TRATAMENTO DA OBESIDADE CLÍNICO Medicamentoso Dietas hipocalóricas Atividade Física CIRÚRGICO Laparoscópica Laparotômica
  11. 11. CIRURGIA BARIÁTRICA  Tratamento efetivo da obesidade refratária  Único tratamento eficiente de obesidade grave  Insucesso no tratamento clínico (National Institute of Health,1996)
  12. 12. EQUIPE INTERDICIDISCIPLINAR  Ficou expressamente documentado a obrigatoriedade da “equipe de profissionais” habilitados ou com conhecimentos suficientes para atendimento do paciente obeso mórbido em programas de cirurgia bariátrica. (Consenso Brasileiro multisocietário em cirúrgia bariátrica, 2006)
  13. 13. EQUIPE INTERDISCIPLINAR  Todo cirurgião Bariátrico necessita de uma equipe capacitada para cuidados dos pacientes nos períodos pré e pós operatórios. A equipe deveria ser composta por clinico,nutrólogo e ou nutricionista,psiquiatra e ou psicologo, fisioterapeuta, anestesiologista,enfermeiro . (Resolução Conselho Federal de Medicina, julho 2005)
  14. 14. COESAS  Fundada em 2003  Comissão das especialidades associadas  Entidade representativa Objetivos  Atualização profissional  Estabelecer protocolos  Fortalecer a participação dos profissionais
  15. 15.  Endocrinologista  Cirurgião  Anestesiologista  Instrumentadora  Clínico  Cardiologista  Pneumologista  Endoscopista  Ortopedista  Psicólogo  Psiquiatra  Nutricionista  Fisioterapeuta  Enfermeira  Fonoaudiólogo  Odontólogo  Educador físico EQUIPE INTER-DISCIPLINAR
  16. 16. FISIOTERAPIA OBJETIVOS GERAIS  Diminuir e prevenir as complicações nos sistemas pulmonar, vascular e músculo esquelético
  17. 17. ATUAÇÃO  Pré operatório Consulta pré operatória Tratamento ambulatorial/domiciliar  Pós operatório Tratamento hospitalar/ambulatorial Retornos/encaminhamentos
  18. 18. CONSULTA PRÉ OPERATÓRIA  Conhecer o paciente  Identificar os fatores de risco  Planejar o tratamento  Esclarecer, orientar, conscientizar  Fortalecer relação terapêuta X paciente  Adesão da família  Selecionar o paciente
  19. 19. FISIOTERAPIA PRÉ OPERATÓRIA AMBULATORIAL  Fatores de risco presentes  Alterações no exame fisico, rx , espirometria,oximetria  Exercícios respiratorios  Incentivadores respiratórios  Tecnicas desobstrutivas DOMICILIAR  Auto exercício
  20. 20. FISIOTERAPIA HOSPITALAR PO IMEDIATO  Sedação ainda presente  Monitorização contínua  VNI ou máscara de Venturi  Meias pneumáticas  Exercícios respiratórios  Mobilizações precoces  Cinesioterapia Global
  21. 21. FISIOTERAPIA HOSPITALAR PO TARDIO  Exercícios respiratórios e cinesioterapia global  Estímulo da tosse  Utilização de outros recursos, se necessário  Programa de caminhada hospitalar  Estimular a realização de exercícios sozinho  Reavaliação a cada atendimento  Respeito às condições clínicas e tolerância do paciente
  22. 22. FISIOTERAPIA ALTA  Selecionar para tratamento domiciliar ou auto exercício  Orientar e conscientizar da necessidade do acompanhamento continuado/retornos
  23. 23. POR QUE O ACOMPANHAMENTO CONTINUADO  Redução de dores  Reeducação postural  Prevenção de lesões  Condicionamento físico  Fortalecimento muscular  Harmonia corporal  Equipe - Cardio respiratória,Dermato funcional,Cinético funcional, Osteopatia,Terapia manual,RPG
  24. 24. CONSULTA DO PRIMEIRO MES Reavaliar o paciente Orientar para atividade física precoce – Reabilitação Bariatrica Encaminhamentos se necessário – Cinético funcional, dermato funcional,terapia manual
  25. 25. REABILITAÇÃO BARIÁTRICA Inicio precoce Frequência: 2 a 3x/sem Atividade aeróbica + musculação terapêutica + alongamento Monitorização e supervisão Melhor adesão Apoio psicologico do grupo
  26. 26. CONSULTA DO TERCEIRO MÊS  Avaliar Perda de peso Persistência das comorbidades Nível de atividade física Queixas de dores Alterações posturais  Encaminhar Correção postural Atividades mais avançadas
  27. 27. EMAGRECIMENTO RÁPIDO MUDANÇAS NA ESTRUTURA DO CORPO DESLOCAMENTO DE MASSAS MUDANÇAS NA LINHA DE GRAVIDADE COMPENSAÇÕES (MUSC ENCURTADOS / CONTRAÍDOS) MANUTENÇÃO DO EQUILÍBRIO HÁBITOS POSTURAIS INADEQUADOS ALT. DA BIOMECÂNICA COMPRESSÃO ARTICULAR MIALGIAS ALTERAÇÕES POSTURAIS DECORRENTES DO EMAGRECIMENTO
  28. 28. CORREÇÃO POSTURAL  RPG  Isoestreching  Pilates
  29. 29. CONSULTA DE 6 MESES  Controle das alterações posturais  Persistencia de dores  Questionário de qualidade de vida (SF36)  Liberação para atividade fícica plena
  30. 30. CONSULTA PRÉ CIRURGIA REPARADORA  Preparar para cirurgias reparadoras  Prevenir complicações pulmonares e circulatórias  Orientações posturais  Encaminhamento dermato funcional
  31. 31. EQUIPE DE FISIOTERAPIA O fisioterapeuta é parte integrante envolvida no tratamento dos pacientes obesos. A fisioterapia realizada dentro de um protocolo adaptado estará contribuindo na prevenção e reabilitação destes pacientes.
  32. 32. EQUIPE INTERDISCIPLINAR As diversas particularidades e a alta complexidade dos pacientes obesos nos mostra a importancia do trabalho conjunto dos diversos profissionais da saude, tanto na profilaxia, como na melhora da qualidade de vida desses individuos.
  33. 33. OBRIGADA! medfisio.dayse@yahoo.com.br www.nucleodoobeso.med.br www.nucleodoobeso.me

×