Treinamento para serviços de apoio

1,200 views

Published on

Published in: Health & Medicine

Treinamento para serviços de apoio

  1. 1. Departamento de Recursos Humanos
  2. 2. Retirar as impurezas de um corpo, de um material ou de um local. Tipos de Limpeza: Limpeza Domiciliar: conceito de qualidade subjetivo, a critério do ocupante do domicílio. Limpeza Hospitalar: específica e necessita de conhecimentos sobre aplicação de produtos e técnicas para desinfecção.
  3. 3.  Aprender a diferenciar
  4. 4. Áreas que permanecem empoeiradas, úmidas ou molhadas hospedam germes e/ou facilitam sua reprodução. Classificação das Áreas em EAS:Áreas Críticas: fornecem maiores riscos de infecção devido ao estado grave de pacientes ou procedimentos invasivos.
  5. 5.  Áreas Semicríticas: demais áreas onde se encontram pacientes internados, mas cujo risco de infecção é menor. Áreas Não-Críticas: são todas as áreas não ocupadas ou transitadas por pacientes. Importante: Saber diferenciar as áreas mais críticas da Clínica.
  6. 6.  Descontaminação: tem a finalidade de eliminar total ou parcialmente a carga microbiana de superfícies, tornando-as aptas para manuseio. Desinfecção: Tem a finalidade de destruir os microorganismos na forma vegetativa, existentes em superfícies inertes, mediante aplicação de agentes. Limpeza: Tem a finalidade de remover a sujeira através de um processo mecânico, diminuindo assim a população microbiana no ambiente dos EAS.
  7. 7.  Higienização Concorrente: Quando o ambiente está ocupado. Cuidados para este tipo de Higienização: Verificar com médicos, técnicos ou auxiliares a possibilidade de adentrar no ambiente; Preferencialmente adentrar em salas de exames ao final dos exames; Atenção ao tipo de material transportado (lixo).
  8. 8.  Higienização Terminal: Processo de limpeza realizado após a desocupação do ambiente. Este é o tipo de higienização ideal. Assim o paciente não se sente incomodado e o trabalho pode ser realizado de forma mais eficaz. É necessário manter a limpeza, a boa aparência do EAS, como também a conservação dos materiais; Não existe uma freqüência preestabelecida para limpeza dos setores, móveis ou equipamentos. Eles devem ser limpos quantas vezes forem necessárias.
  9. 9.  Cuidados no armazenamento: Não haver empilhamento dos mesmos; Manter ventilação natural no ambiente de armazenamento; O local de armazenamento deve apresentar acesso restrito.
  10. 10. o Trocar a solução de detergente neutro e a água sempre que necessário;o Sempre trabalhar com luvas grossas de borracha, bota e avental;o Impedir o escoamento para áreas próximas que não estão sofrendo a operação.o Atenção ao separar os lixos comuns e os lixos hospitalares. Todo o recipiente tem que ser fechado ao atingir 2/3 da sua capacidade, de forma a não possibilitar vazamento.
  11. 11.  .
  12. 12.  Limpeza dos Banheiros; Sacos de lixo não devem ser arrastados nem deve-se fazer recolhimento de lixo durante a realização de exames; Não adentrar as salas de exames quando houver pacientes, alguns se sentem constrangidos.
  13. 13. Equipamentos para Proteção Individual: Máscara, Óculos, Avental e Botas – somente se necessário e com grande risco no ambiente. Luvas – usar sempre e, após retirá-las, realizar lavagem simples das mãos. Uniforme - levar para casa o uniforme sujo em saco plástico e lavá-lo separadamente do resto da roupa de casa (o ideal é lavar no próprio local de trabalho). Dosímetro
  14. 14.  A principal via de transmissão de infecção dos EAS são as mãos dos profissionais que atuam nesses estabelecimentos. A adequada LAVAGEM DAS MÃOS é fundamental. Evite o uso de acessórios como: o Anéis; o Pulseiras; o Relógios de pulso. Ensaboar as mãos, friccionando-as por aproximadamente 15 a 30 segundos, atingindo: 1 - Palma das mãos 5 – Articulações 2 - Dorso das mãos 6 - Unhas e dedos 3 - Espaços interdigitais 7 – Punhos 4 – Polegar 8 - Enxaguar as mãos
  15. 15.  Lavar as mão antes fazer chá, café ou outros procedimentos que envolvam alimentação. Não manusear copos, garrafas, biscoitos ou mexer nos filtros com as luvas de limpeza calçadas. Se estiver limpando chão ou paredes, recolhendo lixos e mexendo em produtos de limpeza, não alterar a atividade sem fazer os cuidados de higiene.O paciente observa tudo o que está sendo feito na Clínica. Portanto, todo cuidado é pouco!
  16. 16. Em caso de acidentes com perfurantes ou cortantes, avisar imediatamente ao responsável pelo setor ou Gerências.

×