Enteróclise-Duplo Contraste do Intestino Delgado

14,008 views

Published on

A técnica de duplo contraste para exames de intestino delgado ficaram no esquecimento por conta do custo operacional, porém, as vantagens em relação aos exames convencionais de trânsito intestinal superam qualquer espectativa. Maiores informações workcientifica@hotmail.com

Published in: Health & Medicine
3 Comments
6 Likes
Statistics
Notes
  • porque qu e uma desvantagem ter um radiologista por perto nestes casos
       Reply 
    Are you sure you want to  Yes  No
    Your message goes here
  • A presença do enfrmeiro se faz necessário pois uma das suas atribuições é a 'passagem' da sonda naso enteral. A presença do médico radiologista se faz necessário pois é que orienta a realização do exame e também o profissional legalmente capacitado a conduzir o atendimento imediato no caso de alguma intercorrência com o paciente.
       Reply 
    Are you sure you want to  Yes  No
    Your message goes here
  • Por que a necessidade de se ter um enfermeiro e um radiologista na sala constitui desvantagem? Obrigada
       Reply 
    Are you sure you want to  Yes  No
    Your message goes here
No Downloads
Views
Total views
14,008
On SlideShare
0
From Embeds
0
Number of Embeds
6
Actions
Shares
0
Downloads
48
Comments
3
Likes
6
Embeds 0
No embeds

No notes for slide

Enteróclise-Duplo Contraste do Intestino Delgado

  1. 2. ENTERÓCLISE DUPLO CONTRASTE DO INTESTINO DELGADO
  2. 3. O TUBO DIGESTIVO <ul><li>Boca </li></ul><ul><li>Esôfago </li></ul><ul><li>Estômago </li></ul><ul><li>Intestino delgado </li></ul><ul><li>Intestino grosso ( cólon ) </li></ul><ul><li>Anexos </li></ul>
  3. 6. MÉTODOS DE DIAGNÓSTICOS: NO ESÔFAGO...ENDOSCOPIA E E.E.D. NO ESTÔMAGO...ENDOSCOPIA E E.E.D NO CÓLON...COLONOSCOPIA E ENEMA OPACO NO I . DELGADO TRÂNSITO INTESTINAL
  4. 7. MÉTODOS DE DIAGNÓSTICOS: ENDOSCOPIA: 2ª /3ª PORÇÃO DO DUODENO COLONOSCOPIA: ATÉ CECO / VÁLVULA ÍLEO-CECAL INTESTINO DELGADO : TRÂNSITO INTESTINAL
  5. 8. O QUE É O INTESTINO DELGADO ? <ul><li>FÍGADO (LOBO DIREITO) </li></ul><ul><li>FÍGADO (LOBO ESQUERDO) </li></ul><ul><li>FUNDO GÁSTRICO </li></ul><ul><li>PEQ. CURVATURA GÁSTRICA </li></ul><ul><li>GDE. CURVATURA GÁSTRICA </li></ul><ul><li>BULBO DUODENAL </li></ul><ul><li>1ª PORÇÃO DO DUODENO </li></ul><ul><li>2ª PORÇÃO DO DUODENO </li></ul><ul><li>3ª PORÇÃO DO DUODENO </li></ul><ul><li>4ª PORÇÃO DO DUODENO </li></ul><ul><li>4ª PORÇÃO DO DUODENO </li></ul><ul><li>ÂNGULO DE TREITZ </li></ul><ul><li>JEJUNO PROXIMAL </li></ul>ESTENDE-SE DESDE O BULBO DUODENAL...
  6. 9. ...ATÉ A VÁLVULA ÍLEO CECAL
  7. 10. O TRÂNSITO INTESTINAL <ul><li>CONSITE BASICAMENTE EM DAR-SE </li></ul><ul><li>CONTRASTE AO PACIENTE ( BÁRIO ) </li></ul><ul><li>POR VIA ORAL E POSTERIORMENTE DOCUMENTAR – SE A PROGRESSÃO </li></ul><ul><li>DESTE MEIO POR RADIOGRAFIAS. </li></ul>
  8. 11. O TRÂNSITO INTESTINAL <ul><li>A GRANDE MOBILIDADE DO I NT. </li></ul><ul><li>DELGADO , O SEU COMPRIMENTO , AS ANGULAÇÕES E SOBREPOSIÇÕES DAS ALÇAS NÃO PERMITEM UMA ANÁLISE COM RIGOR DA MUCOSA ATRAVÉS DO ESTUDO COM BÁRIO </li></ul><ul><li>( TRÂNSITO INTESTINAL NORMAL ) </li></ul>
  9. 12. PATOLOGIAS DO DELGADO <ul><li>CONSISTE ESSENCIALMENTE EM: </li></ul><ul><li>ALTERAÇÕES CONGÊNITAS </li></ul><ul><li>IMUNOLÓGICAS </li></ul><ul><li>PARASITOSES </li></ul><ul><li>SÍNDROMES DE MÁ ABSORÇÃO </li></ul><ul><li>ENTERITES </li></ul><ul><li>TUMORES </li></ul>
  10. 13. <ul><li>É IMPORTANTE QUE O ESTUDO RADIOLÓGICO CONTRASTADO DO DELGADO PERMITA UMA ANÁLISE MINUCIOSA DA MUCOSA , DA SUA PAREDE , E UM ESTUDO SELETIVO ALÇA - A - ALÇA. </li></ul>
  11. 14. <ul><li>ESSE OBJETIVO SÓ É CONSEGUIDO ATRAVÉS DA ENTERÓCLISE , QUE , NO CONTEXTO RADIOLÓGICO , É UM PROCESSO DE VISUALIZAÇÃO DO INTESTINO DELGADO POR INTRODUÇÃO DE UM PRODUTO RADIOPACO COLOCADO DIRETAMENTE NA REGIÃO DUODENO -JEJUNAL. </li></ul>
  12. 15. PRINCIPAIS INDICAÇÕES : SÍNDROMES OBSTRUTIVAS DO DELGADO EVITAM VÔMITOS EVIDENCIAM PEQUENAS LESÕES ESTENOSANTES PERMITE A VISUALIZAÇÃO DA MUCOSA
  13. 16. PRINCIPAIS INDICAÇÕES : SÍNDROME DE MÁ ABSORÇÃO: SUPRIME AS ANOMALIAS FUNCIONAIS DE FLOCULAÇÃO. PERMITE AVALIAR A ESPESSURA PARIETAL DAS ALÇAS.
  14. 17. ESTATÍSTICAS LESÕES SENSIBILIDA DE INFLAMATÓRIAS 93 – 100 % TUMORES 93 – 100 % OBSTRUÇÕES 93 – 100 % HEMORRAGIAS 93 – 100 % SANGUE OCULTO ( FEZES ) 95 – 99 % DIVERTÍCULO MECKEL 85 % MÁ ABSORÇÃO 76 %
  15. 18. CONTRA – INDICAÇÕES : SUSPEITA DE PERFURAÇÃO INTESTINAL ISQUEMIA MESENTÉRICA
  16. 19. EM RELAÇÃO AO TRÂNSITO INTESTINAL PERFEITA DISTENÇÃO DAS ALÇAS INTESTINAIS. DEMONSTRAÇÃO DETALHADA DA MUCOSA. VISUALIZAÇÃO DE FÍSTULAS , ÁREAS DE ESTENOSE E EXTENSÃO DA LESÃO. VANTAGENS :
  17. 20. EM RELAÇÃO AO TRÂNSITO INTESTINAL DESVANTAGENS : NECESSIDADE DE S.N.E. OCUPAÇÃO DA SALA POR PERÍODO PROLONGADO AUMENTO DA DOSE DE RADIAÇÃO ( SCOPIA ) NECESSIDADE DE UM(a) ENFERMEIRO(a) E UM RADIOLOGISTA DURANTE TODO O EXAME.
  18. 21. MÉTODOS DE EXAME : DE UMA FORMA GLOBAL , O EXAME PROCESSA-SE COM A INTRODUÇÃO DE UMA SONDA , SOB ORIENTAÇÃO RADIOSCÓPICA , ATÉ O ÂNGULO DE TREITZ E A ADMINISTRAÇÃO DA SUSPENSÃO DE BÁRIO DILUÍDO E DE METILCELULOSE ATÉ ATINGIREM A PORÇÃO TERMINAL DO INTESTINO DELGADO ( ÍLEO ) AS RADIOGRAFIAS SÃO OBTIDAS DURANTE A PROGRESSÃO DO PRODUTO DE CONTRASTE
  19. 22. COMPARANDO... MÉTODO CONVENCIONAL X ENTERÓCLISE
  20. 23. MÉTODO CONVENCIONAL:
  21. 28. ENTERÓCLISE
  22. 32. LADO A LADO
  23. 37. OBRIGADO.....

×