Wende Mendes Higinoemail: wende.mendes@bluesoft.com.br
Ruby* Ruby para aplicações D esktop* M anipulando X M L* M anipulando YA M L* Testes Unitários
Ruby
Ruby
Ruby
Ruby
Ruby
Ruby
Ruby
Ruby
Ruby
Ruby
Ruby
Ruby
Ruby
RubyFrameworks para aplicações desktop com Ruby
Ruby
Ruby- Bowline é um framework para criar aplicações desktop usandoRuby HTM L e JavaScript.- Utiliza o padrão M V C e as vie...
Ruby
Ruby- Reactive é um framework de aplicações desktop que oferece tudoque é necessário para criar aplicações com banco de da...
Ruby
Ruby- RuGUI é outro framework que visa ajudar na construção deaplicações desktop com GTK .- RuGUI também foi inspirado no ...
Ruby
Ruby- O PureM V C é uma estrutura leve para a criação de aplicativosbaseados no padrão M odel-View-Controller, com ports p...
Ruby
Ruby- A nvil é um framework Ruby que utiliza toolkits para criaraplicativos com interface gráfica.- O objetivo do A nvil é...
Ruby
RubyTrabalhado com X M L
Ruby- L endo X M L
Ruby
Ruby
Ruby
Ruby
Ruby
Ruby
RubyCriando A rquivo X M L
Ruby
Ruby
Ruby
Ruby* YA M L
RubyPodemos definir o YA M L como uma linguagem dedefinição ou markup bem menos verbosa que o X M L . A sua sintaxeé mais ...
Ruby
Ruby
Ruby
Ruby* YA M L e Hashes
Ruby
Ruby
Ruby
RubyTestes Unitários
Ruby
Ruby
Ruby
Ruby
Ruby
Ruby
Ruby
Ruby
Ruby
Apresentação de ruby parte 5
Upcoming SlideShare
Loading in …5
×

Apresentação de ruby parte 5

919 views

Published on

Ruby para desktop, xml, yaml, e testes unitários

0 Comments
0 Likes
Statistics
Notes
  • Be the first to comment

  • Be the first to like this

No Downloads
Views
Total views
919
On SlideShare
0
From Embeds
0
Number of Embeds
1
Actions
Shares
0
Downloads
11
Comments
0
Likes
0
Embeds 0
No embeds

No notes for slide

Apresentação de ruby parte 5

  1. 1. Wende Mendes Higinoemail: wende.mendes@bluesoft.com.br
  2. 2. Ruby* Ruby para aplicações D esktop* M anipulando X M L* M anipulando YA M L* Testes Unitários
  3. 3. Ruby
  4. 4. Ruby
  5. 5. Ruby
  6. 6. Ruby
  7. 7. Ruby
  8. 8. Ruby
  9. 9. Ruby
  10. 10. Ruby
  11. 11. Ruby
  12. 12. Ruby
  13. 13. Ruby
  14. 14. Ruby
  15. 15. Ruby
  16. 16. RubyFrameworks para aplicações desktop com Ruby
  17. 17. Ruby
  18. 18. Ruby- Bowline é um framework para criar aplicações desktop usandoRuby HTM L e JavaScript.- Utiliza o padrão M V C e as views são escritas emHTM L /JavaScript.- B owline foi montado usando wxWidgets, Webkit e Ruby 1.9.1.- O lado ruim é que o B owline funciona em M ac OSX e L inux(Ubuntu). Windows NOT.http:/ bowlineapp.com/ /
  19. 19. Ruby
  20. 20. Ruby- Reactive é um framework de aplicações desktop que oferece tudoque é necessário para criar aplicações com banco de dados de acordocom o padrão M V C.- Reactive foi muito inspirado no Rails, com geradores e migrações,ORM (A ctiveRecord), dentre outras coisas.- O maior problema é que há pouca documentação disponível sobre oReactive.http:/ www.ruby-reactive.org/ /
  21. 21. Ruby
  22. 22. Ruby- RuGUI é outro framework que visa ajudar na construção deaplicações desktop com GTK .- RuGUI também foi inspirado no Rails, tendo a maioria de suascaracterísticas desenhadas a partir dele.- O enfoque do RuGUI é fornecer um projeto M V C para aaplicação, separando a lógica de negócios da aplicação, tornandomais fácil o desenvolvimento/ manutenção do aplicativo.http:/ rugui.org/ /
  23. 23. Ruby
  24. 24. Ruby- O PureM V C é uma estrutura leve para a criação de aplicativosbaseados no padrão M odel-View-Controller, com ports para diversaslinguagens, como PHP, Python, Objective-C e Ruby.- Roda no M ac, Windows e L inux.http:/ trac.puremvc.org/ / PureM V C_Ruby
  25. 25. Ruby
  26. 26. Ruby- A nvil é um framework Ruby que utiliza toolkits para criaraplicativos com interface gráfica.- O objetivo do A nvil é permitir criar aplicações para qualquersistema operacional usando uma sintaxe com estilo mais legível.http:/ anvil.rubyforge.org/ /
  27. 27. Ruby
  28. 28. RubyTrabalhado com X M L
  29. 29. Ruby- L endo X M L
  30. 30. Ruby
  31. 31. Ruby
  32. 32. Ruby
  33. 33. Ruby
  34. 34. Ruby
  35. 35. Ruby
  36. 36. RubyCriando A rquivo X M L
  37. 37. Ruby
  38. 38. Ruby
  39. 39. Ruby
  40. 40. Ruby* YA M L
  41. 41. RubyPodemos definir o YA M L como uma linguagem dedefinição ou markup bem menos verbosa que o X M L . A sua sintaxeé mais limpa, e ele é bem útilpara guardar, por exemplo, arquivos de configuração.(http://www.yaml.org/)
  42. 42. Ruby
  43. 43. Ruby
  44. 44. Ruby
  45. 45. Ruby* YA M L e Hashes
  46. 46. Ruby
  47. 47. Ruby
  48. 48. Ruby
  49. 49. RubyTestes Unitários
  50. 50. Ruby
  51. 51. Ruby
  52. 52. Ruby
  53. 53. Ruby
  54. 54. Ruby
  55. 55. Ruby
  56. 56. Ruby
  57. 57. Ruby
  58. 58. Ruby

×