Webcompany [LABS]: M-Commerce

977 views

Published on

  • Be the first to comment

  • Be the first to like this

Webcompany [LABS]: M-Commerce

  1. 1. M-Commerce
  2. 2. Indice  1 - O que é M-Commerce.  2 - Porque M-Commerce.  3 - Estamos preparados para esta tecnologia.  4 - O m-commerce irá substituir o e-commerce.  5 - É simples o desenvolvimento do m-commerce.  6 - Quanto custaria para adaptar meu e-comerce em m-commerce.  7 - Segurança  8 - Casos de sucesso m-commerce.  9 - Faturamento de E-commerce - Comércio varejista virtual  10 - Lojas que oferecem m-commerce.  11 - Conclusão.  12 - Fontes.
  3. 3. O que é M-Commerce  “Mobile Commerce é toda e qualquer operação que envolva a transferência de propriedade ou de direitos de utilização de bens e serviços, que é iniciado e / ou concluído até o acesso ao computador usando o celular mediada por redes com a ajuda de um dispositivo eletrônico.”  Conclusão: Toda e qualquer operação comercial envolvendo produtos e serviços por meio de um celular.
  4. 4. Porque M-Commerce?  No mês de julho, o Brasil atingiu a marca de 187 milhões de celulares, segundo a Anatel. Já a previsão de faturamento do comércio eletrônico brasileiro para 2010 foi revista com um aumento de 35%. A princípio, o valor seria de R$ 13,6 bilhões. Agora é calculado em R$ 14,3 bilhões. Os números demonstram o enorme potencial que o comércio eletrônico móvel pode proporcionar.
  5. 5. Estamos preparados para esta tecnologia?  "O consumidor está se tornando cada vez mais multicanal. Ele vai exigir que as marcas que ele gosta estejam disponíveis pelo mobile commerce“.  Mas são poucas as empresas que disponibilizam a possibilidade de compra via celular. Suas plataformas ainda não estão preparadas para isso.
  6. 6. O m-commerce irá substituir o e- commerce?  Acredito que não, vejo o m-commerce um parceiro que vem para somar com o e-commerce tornando a empresa multicanal.  A demanda por um canal de compras por meio de dispositivos móveis, ainda é tímida no Brasil, mas isso é por pouco tempo. Diferentemente da média mundial, onde 46% das pessoas possuem um celular, no Brasil, temos 80% de usuários de plataformas móveis, além das perspectivas de o celular superar o PC como principal dispositivo de acesso à internet já em 2012.
  7. 7. É simples o desenvolvimento do m- commerce?  Ao contrário do que parece, iniciar uma operação de venda adaptada para dispositivos móveis não é tão simples assim. Existem diversos dispositivos (celulares de diversas marcas e modelos, Smartphones, BlackBerry, iPhone etc) que possuem variados navegadores para acessar a internet (Internet Explorer, Opera, Safari etc) em diferentes sistemas operacionais como Windows Mobile, Android, entre outros. Tudo isso deve ser contemplado quando você estiver planejando sua entrada para esse novo canal, pois, para cada conjunto dispositivo x navegador x sistema operacional você deverá preparar a sua plataforma.
  8. 8. Quanto custaria para adaptar meu e- comerce em m-commerce  Segundo a pesquisa do portal “Mobile Advertising Brasil” os Empresários proprietários de e-commerce estão dispostos a gastar algo em torno de 10 a 15 mil reais para adaptar seu e-commerce.  Está pesquisa foi realizada em cima do navegador “SAFARI” nativo do IPHONE, este valor pode até dobrar caso seja necessário implementar para diversos navegadores.
  9. 9. Segurança  Pagamentos via telefonia móvel vêm sendo viabilizados com segurança. Tanto o sistema financeiro como as operadoras estão num estágio interessante de desenvolvimento em relação ao amplo uso da tecnologia. O dinheiro, que já foi de metal, papel e plástico, passará a ser virtual em curto espaço de tempo. Toda transação será realizada via dispositivo móvel. Não só isso, a partir do aparelho celular, será possível fazer todo tipo de transação: desde um financiamento bancário até a compra de tíquetes para o teatro. Nesse caso, bastaria aproximar o celular de uma célula de identificação instalada nas catracas.
  10. 10. Casos de sucesso m-commerce  O aplicativo para iPhone do eBay, em 2009 já havia vendido mais de US$ 400 milhões até o mês de outubro, estão cada vez mais frequentes nos EUA. No Brasil, a Saraiva foi uma das pioneiras a lançar seu aplicativo de vendas para iPhone, onde os usuários podem comprar qualquer produto da loja por meio desse dispositivo. Mas esse movimento ainda é muito pequeno perto do potencial e da velocidade com que as inovações estão se tornando essenciais na vida das pessoas.
  11. 11. Faturamento de E-commerce - Comércio varejista virtual – 2001 = faturamento de R$ 0,54 bilhão – 2002 = faturamento de R$ 0,85 bilhão (+ 55% ref. 2001) – 2003 = faturamento de R$ 1,18 bilhão (+ 39% ref. 2002) – 2004 = faturamento de R$ 1,75 bilhão (+ 48% ref. 2003) – 2005 = faturamento de R$ 2,50 bilhões (+ 43% ref. 2004) – 2006 = faturamento de R$ 4,40 bilhões (+ 76% ref. 2005) – 2007 = faturamento de R$ 6,40 bilhões (+ 45% ref. 2006) – 2008 = faturamento de R$ 8,20 bilhões (+ 28% ref. 2007) – 2009 = faturamento de R$ 10,6 bilhões (+ 29% ref. 2008) – Informações pesquisadas pelo E-bit
  12. 12. Lojas que oferecem m-commerce  Colombo  Pão de açúcar  Submarino  Saraiva
  13. 13. Conclusão  O consumidor está se tornando cada vez mais multicanal, e as empresas também precisarão evoluir nesse sentido para continuar a atender e a fidelizar os clientes.
  14. 14. Fontes  Alexandre Soncini Diretor Comercial e Fundador da WX7 Solutions, empresa líder no desenvolvimento de soluções web para e- commerce.  Armando Ferraz Santos Analista de projetos  Guilherme Araújo Diretor comercial da Online Brasil (www.onlinebrasil.com.br)

×