Vislumbres

760 views

Published on

0 Comments
0 Likes
Statistics
Notes
  • Be the first to comment

  • Be the first to like this

No Downloads
Views
Total views
760
On SlideShare
0
From Embeds
0
Number of Embeds
6
Actions
Shares
0
Downloads
1
Comments
0
Likes
0
Embeds 0
No embeds

No notes for slide

Vislumbres

  1. 1. “ Vivemos para dizer quem somos.” José Saramago
  2. 2. “ Deixa-te guiar pela criança que foste.” José Saramago
  3. 3. O nosso querido Saramago, o que quis dizer com esta frase? “ Deixa-te guiar pela criança que foste.” José Saramago
  4. 4. Em meio à correria do dia-a-dia, quão frequentemente paramos para pensar na criança que um dia, não tão distante, fomos? “ Deixa-te guiar pela criança que foste.” José Saramago
  5. 5. As fotografias envelhecidas, guardadas em alguma gaveta esquecida do coração, no fundo de algum velho baú da alma. “ Deixa-te guiar pela criança que foste.” José Saramago
  6. 6. As lembranças de um tempo em que tudo era descoberta, – a experiência misteriosa do existir. “ Deixa-te guiar pela criança que foste.” José Saramago
  7. 7. A cidade da nossa infância; mistérios, surpresas, nuances... “ Deixa-te guiar pela criança que foste.” José Saramago
  8. 8. O que quer dizer Saramago com esta frase? “ Deixa-te guiar pela criança que foste.” José Saramago “ Vivemos para dizer quem somos.” José Saramago
  9. 9. Quem somos? E como nos relacionamos com o mundo, com o tempo, com a história? “ Vivemos para dizer quem somos.” José Saramago
  10. 10. E se acaso falharmos em descobrir quem somos, de que terá servido o nosso breve existir? “ Vivemos para dizer quem somos.” José Saramago
  11. 11. A vida nossa não é senão o lapso de tempo que nos é dado para depositarmos o nosso dom. “ Vivemos para dizer quem somos.” José Saramago
  12. 12. A efemeridade da vida eternizada no amor e na arte. A partilha de dons e talentos, materiais e espirituais. “ Vivemos para dizer quem somos.” José Saramago
  13. 13. Diante da vastidão do tempo e do espaço, quão frágil e preciosa é a experiência de viver. “ Vivemos para dizer quem somos.” José Saramago
  14. 14. O brilho no olhar de uma criança a cada nova descoberta, e o fulgor das estrelas...
  15. 15. O silêncio das plantas, e as batidas de um coração; As misteriosas conexões que ligam tudo que existe.
  16. 16. As misteriosas conexões que ligam tudo que existe.
  17. 17. Nosso querido poeta Quintana dizia:...
  18. 18. “ A poesia purifica a alma, um belo poema sempre leva a Deus.” Mario Quintana
  19. 19. Quão frequentemente recorremos à beleza e à poesia para purificarmos a nossa alma, e nos elevarmos em direção a Deus? “ A poesia purifica a alma, um belo poema sempre leva a Deus.” Mario Quintana
  20. 20. A floração muda e silenciosa nos jardins que na nossa alma plantamos. “ A poesia purifica a alma, um belo poema sempre leva a Deus.” Mario Quintana
  21. 21. Roseirais dos corações, regados com as águas da Bondade, da Ternura e da Compaixão. “ A poesia purifica a alma, um belo poema sempre leva a Deus.” Mario Quintana
  22. 22. A poesia adocica e tempera o coração. “ A poesia purifica a alma, um belo poema sempre leva a Deus.” Mario Quintana
  23. 23. Vislumbres do impalpável, do invisível, do inaudível, generosamente partilhados pelos poetas. “ A poesia purifica a alma, um belo poema sempre leva a Deus.” Mario Quintana
  24. 24. “ A poesia purifica a alma, um belo poema sempre leva a Deus.” Mario Quintana “ A poesia é um sopro de eternidade.” Mario Quintana
  25. 25. Tema musical: “ La Cumparsita”, composto por Gerardo Matos Rodriguez , em 1917 Formatação: [email_address] “ A poesia é um sopro de eternidade.” Mario Quintana
  26. 26. “ A poesia é um sopro de eternidade.” Mario Quintana “ Beleza é a forma angélica da Verdade.” Mario Quintana
  27. 27. “ Beleza é a forma angélica da Verdade.” Mario Quintana

×