Successfully reported this slideshow.
We use your LinkedIn profile and activity data to personalize ads and to show you more relevant ads. You can change your ad preferences anytime.

Drogas e Consequências

4,294 views

Published on

  • Be the first to comment

Drogas e Consequências

  1. 1. FUNDAÇÃO PRESIDENTE ANTÔNIO CARLOS – FUPAC FACULDADE DE CIÊNCIAS SOCIAIS, LETRAS E SAÚDE DE UBERLÂNDIA Uberlândia 2010
  2. 2.  Palestrantes: Cícera Euma F. da Silva Emiliano Bernardes F. de Castro Franciele Araújo M. Andrade Franciele Carvalho de Paiva Inês Barone R. Da Silva Kamilla Conceição da Silva Priscilla de Lima Rafael Coelho Macedo Tiago André A. de Assis  Coordenadora do Proex: Prfª MS. Efigênia Aparecida Maciel de Freitas
  3. 3.  Droga é toda e qualquer substância, natural ou sintética capaz de modificar o funcionamento fisiológico (normal) mental ou comportamental de uma indivíduo.
  4. 4.  Depressivas  Psicodistropticas ou alucinógenarias  Psicotrópticas ou estimulantes
  5. 5.  São drogas psicotrópicas, ou seja, agem no sistema nervoso central, causando mudanças de comportamento, quando consumido de forma excessiva, e dependência.
  6. 6.  Exemplos: álcool, maconha, lança perfume, clorofórmio, ópio, morfina, heroína, e inalantes em geral (cola de sapateiro e etc).
  7. 7.  São drogas pertubadoras que tem por característica principal a despersonalização em maior ou menor grau. Exemplos cogumelos, LSD, MDMA ou ecstasy e DMT.
  8. 8.  São drogas que produzem um aumento da atividade pulmonar, diminuem a fadiga, aumentam a percepção ficando os demais sentidos ativados. Exemplos: cocaína, crack, cafeína, teobromina (presentes em chocolates), GHB, metanfetamina, anfetaminas (bolinha, arrebite) etc.
  9. 9.  Epidemiologia no Brasil: uso e dependência de álcool por gênero e faixa etária. Faixa Etária Homem Uso na vida (%) Mulheres Média Homens Dependência (%) Mulheres Média 12 – 17 anos 52,2 44,7 48,3 6,9 3,5 5,2 18 – 24 anos 78,3 68,2 73,2 23,7 7,4 15,5 25 – 34 anos 85,6 67,6 76,5 20 7,1 13,5 >34 anos 82,1 59,5 70,1 16,1 5,1 10,3 Média 77,3 60,6 68,7 17,1 5,7 11,2 Fonte: levantamento Domiciliar sobre o Uso de Drogas Psicotrópicas, CEBRID, 2002.
  10. 10. Substâncias Homens Mulheres Média Homens Mulheres Média Tabaco 46,2 36,3 41,1 10,1 7,9 9 Maconha 10,6 3,4 6,9 1,6 0,3 1 Solventes 8,1 3,6 5,8 * * 0,8 Benzodiazepínicos 2,2 4,3 3,3 * * 1,1 Cocaína 3,7 0,9 2,3 * * * * Dados não apresentados pelos pesquisadores devido à baixa prevalência Fonte: I Levantamento Domiciliar sobre o Uso de Drogas Psicotrópicas, CEBRID, 2002.
  11. 11.  idade  sexo  predisposição genética  estado nutricional  características imunológicas  condição clínica prévia
  12. 12.  fígado: esteatose hepática, hepatite  alcóolica e cirrose hepática  esôfago: esofagite  estômago: gastrite, úlcera, má absorção de nutrientes (anemia por deficiência de vitamina B12)  pâncreas: insuficiência pancreática, pancreatite
  13. 13.  Coração: aumento da pressão arterial, taquicardia e arritmias  Disfunção sexual.  Síndrome fetal alcoólica: microcefalia, má formação crânios-faciais e defeitos nos membros e no coração dos bebês. Na idade escolar, estas crianças podem apresentar comportamentos mal adaptativos e dificuldades no aprendizado.  Coma  Morte  Acidentes
  14. 14.  Pneumonia  câncer (pulmão, laringe, faringe, esôfago, boca, estômago etc.)  Infarto de miocárdio  Bronquite crônica,  Enfisema pulmonar  Dores abdominais  Diarréia
  15. 15.  Vômitos  Cefaléia  Tontura  Bradicardia  Taquicardia  Fraqueza.  Derrame cerebral  Úlcera digestiva e efeitos como náuseas
  16. 16. Câncer de rim no fumante
  17. 17.  Ausência de atenção  memória  aprendizagem  funções executivas,  tomada de decisões  concentração
  18. 18.  funcionamento intelectual  funções psicomotoras  Depressão  Ansiedade  Agressividade  Desconfiança  Alucinações  Perda de controle
  19. 19. COM DROGA INJETÁVEL
  20. 20.  Problemas pessoais e sociais;  Influência de amigos  Sensação imediata de prazer que produzem;  A facilidade de acesso e obtenção;  Desejo ou impressão de que elas podem resolver todos os problemas, ou aliviar as ansiedades;
  21. 21.  Fuga;  Estimular;  Acalmar;  Esquecer ou memorizar;  Aliviar dores, tensões, angústias, depressões;  Aguentar situações difíceis, privações e carências;  Encontrar novas sensações, novas satisfações;
  22. 22.  http://bvsms.saude.gov.br/html/pt/dicas/5 8alcoolismo.html
  23. 23. “parece improvável que a humanidade em geral seja algum dia capaz de dispensar os ‘Paraísos Artificiais’, isto é, ... A busca de autotranscedência através das drogas ou... Umas férias químicas de si mesmo... A maioria dos homens e mulheres levam vidas tão dolorosas ou tão monótonas, pobres e limitadas, que a tensão de transcender a si mesmas, ainda que por alguns momentos, é e sempre foi um dos principais apetites da alma”. ( Aldous Huxley)

×