Successfully reported this slideshow.
We use your LinkedIn profile and activity data to personalize ads and to show you more relevant ads. You can change your ad preferences anytime.

Comunicado nº 10 SITAVA-SPdH

  • Be the first to comment

  • Be the first to like this

Comunicado nº 10 SITAVA-SPdH

  1. 1. ______________________________________________________ COMUNICADO Nº10/SPdH/2013 REUNIÃO INCONCLUSIVA! Tal como havíamos informado, reunimos hoje, dia 22, com a Administração da SPdH (reunião onde estiveram presentes também outras organizações sindicais). Nesta reunião foram abordados diversos temas, entre os quais, naturalmente, questões relacionadas com a organização do trabalho, horários de trabalho e trocas de horário. A Empresa reafirmou o seu discurso de estar a implementar melhorias significativas nos horários, o que reafirmámos não corresponder à realidade. Assim, reiterámos a necessidade de se construírem horários equilibrados entre as necessidades da operação e as necessidades dos trabalhadores, nomeadamente: - horários de 7,5 horas para todos os trabalhadores; - rotações o mais regulares possíveis, tendo o 4x2 como modelo ideal (mas não a única solução no imediato); - com ganhos imediatos da Empresa, no que diz respeito a diminuição do absentismo, aumento da produtividade e da motivação do trabalhadores. Infelizmente, a mesma Administração que afirma na Comunicação Social estar a praticar horários de 7,5 horas, na realidade da Empresa foge a esse compromisso e apenas se compromete a, num futuro próximo, melhorar os horários que hoje estão implementados, o que consideramos ser manifestamente insuficiente. Assim, informamos que se mantém a greve de 3 dias decretada para 30 e 31 de Agosto e 01 de Setembro. Informamos também que amanhã, pelas 14h45, seremos ouvidos em sede de Tribunal Arbitral para a definição dos serviços mínimos a observar durante a greve. Na próxima 3ª feira realizaremos Plenários Sectoriais nas diversas áreas (amanhã informaremos em que horários), onde daremos conta mais em pormenor do que foi dito por ambas as partes, e onde apelamos à participação dos trabalhadores. Continuamos apostados na resolução destes problemas: em desenvolver as formas de luta mais ajustadas para obrigar a Empresa a ouvir as justas reivindicações dos trabalhadores; e disponíveis para o diálogo sério assim a Empresa queira. Contamos convosco, podem contar connosco! UNIDOS NA ACÇÃO SOMOS MAIS FORTES 20130822 A DIRECÇÃO

    Be the first to comment

    Login to see the comments

Views

Total views

508

On Slideshare

0

From embeds

0

Number of embeds

2

Actions

Downloads

1

Shares

0

Comments

0

Likes

0

×