Compreendendo a redundância de camada 3

1,167 views

Published on

Published in: Technology
0 Comments
3 Likes
Statistics
Notes
  • Be the first to comment

No Downloads
Views
Total views
1,167
On SlideShare
0
From Embeds
0
Number of Embeds
2
Actions
Shares
0
Downloads
80
Comments
0
Likes
3
Embeds 0
No embeds

No notes for slide

Compreendendo a redundância de camada 3

  1. 1. Compreendendo a redundância de camada 3
  2. 2. Após concluir esta lição, você será capaz de: • Descrever os problemas de roteamento em relação à redundância • Explicar o processo de redundância do roteador e o que acontece em caso de failover • Identificar HSRP e VRRP como protocolos de redundância de camada 3 • Configurar HSRP básico • Descrever a ideia por trás do rastreamento de interface HSRP • Descrever a ideia por trás do balanceamento de carga HSRP • Identificar GLBP como um protocolo de redundância de balanceamento de carga © 2013 Cisco e/ou suas afiliadas. Todos os direitos reservados. Público da Cisco 2
  3. 3. © 2013 Cisco e/ou suas afiliadas. Todos os direitos reservados. Público da Cisco 3
  4. 4. © 2013 Cisco e/ou suas afiliadas. Todos os direitos reservados. Público da Cisco 4
  5. 5. © 2013 Cisco e/ou suas afiliadas. Todos os direitos reservados. Público da Cisco 5
  6. 6. • O HSRP define um grupo de roteadores -- um ativo e um standby. • Os endereços IP e MAC virtuais são compartilhados entre os dois roteadores. • Para verificar o estado HSRP, use o comando show standby. • HSRP é propriedade da Cisco, e VRRP é um protocolo padrão. © 2013 Cisco e/ou suas afiliadas. Todos os direitos reservados. Público da Cisco 6
  7. 7. • Roteador ativo: Responde às solicitações de gateway padrão ARP com o endereço MAC do roteador virtual Apropria-se do encaminhamento de pacotes para o roteador virtual Envia mensagens hello Conhece o endereço IP virtual do roteador • Roteador em standby Procura ouvir mensagens hello periódicas Apropria-se do encaminhamento de pacotes ativos se não receber nenhuma mensagem do roteador ativo © 2013 Cisco e/ou suas afiliadas. Todos os direitos reservados. Público da Cisco 7
  8. 8. • Os roteadores A e B estão configurados com prioridades de 110 e 90, respectivamente. A configuração do roteador A está exibida. É necessária uma configuração parecida no roteador B. • A palavra-chave preempt garante que o roteador A seja o roteador HSRP pelo tempo que sua interface esteja ativa e enviando hellos. HSRP Grupo 1 Prioridade de 110 do roteador A Prioridade de 90 do roteador B RouterA(config)# interface GigabitEthernet0/0 RouterA(config-if)# ip address 10.1.10.2 255.255.255.0 RouterA(config-if)# standby 1 ip 10.1.10.1 RouterA(config-if)# standby 1 priority 110 RouterA(config-if)# standby 1 preempt © 2013 Cisco e/ou suas afiliadas. Todos os direitos reservados. Público da Cisco 8
  9. 9. Use o comando show standby para verificar o estado HSRP. RouterA #show standby GigabitEthernet0/0 - Group 1 (version 2) State is Active 2 state changes, last state change 00:00:18 Virtual IP address is 10.1.10.1 Active virtual MAC address is 0000.0C9F.F001 Local virtual MAC address is 0000.0C9F.F001 (v2 default) Hello time 3 sec, hold time 10 sec Next hello sent in 2,278 secs Preemption enabled Active router is local Standby router is 10.1.10.3, priority 90 (expires in 9 sec) Priority 110 (configured 110) Group name is hsrp-Gig0/0-1 (default) © 2013 Cisco e/ou suas afiliadas. Todos os direitos reservados. Público da Cisco 9
  10. 10. O comando show standby brief exibe um resumo das configurações do HSRP. RouterA# show standby brief P indicates configured to preempt. | Interface Grp Pri P State Active Standby Gig0/0 1 110 P Active local 10.1.10.3 © 2013 Cisco e/ou suas afiliadas. Todos os direitos reservados. Virtual IP 10.1.10.1 Público da Cisco 10
  11. 11. © 2013 Cisco e/ou suas afiliadas. Todos os direitos reservados. Público da Cisco 11
  12. 12. © 2013 Cisco e/ou suas afiliadas. Todos os direitos reservados. Público da Cisco 12
  13. 13. • Permite uso completo de recursos em todos os dispositivos sem a carga administrativa de criar vários grupos • Fornece um único endereço IP virtual e múltiplos endereços MAC virtuais • Envia o tráfego para um único gateway, distribuído por entre os roteadores • Fornece novo roteamento automático no caso de qualquer falha © 2013 Cisco e/ou suas afiliadas. Todos os direitos reservados. Público da Cisco 13
  14. 14. R1#show glbp FastEthernet0/0 - Group 1 State is Active 2 state changes, last state change 00:04:12 Virtual IP address is 192.168.2.100 <output omitted> Active is local Standby is 192.168.2.2, priority 100 (expires in 7,644 sec) Priority 100 (default) Weighting 100 (default 100), thresholds: lower 1, upper 100 Load balancing: round-robin Group members: c000,0ce0,0000 (192.168.2.1) local c001,0ce0,0000 (192.168.2.2) <output omitted> • O comando show glbp, neste exemplo, exibe informações sobre o status do GLBP grupo 1. © 2013 Cisco e/ou suas afiliadas. Todos os direitos reservados. Público da Cisco 14
  15. 15. R1#show glbp <output omitted> There are 2 forwarders (1 active) Forwarder 1 State is Active 1 state change, last state change 00:04:02 MAC address is 0007.b400.0101 (default) Owner ID is c000.0ce0.0000 Redirection enabled Preemption enabled, min delay 30 sec Active is local, weighting 100 Forwarder 2 State is Listen • O comando show glbp, neste exemplo, exibe informações sobre o status do GLBP grupo 1. © 2013 Cisco e/ou suas afiliadas. Todos os direitos reservados. Público da Cisco 15
  16. 16. • Dispositivos finais são geralmente configurados com um único endereço IP de gateway padrão, que não será alterado quando a topologia da rede mudar. • Os protocolos de redundância fornecem um mecanismo determinar qual roteador deve assumir a função ativa no tráfego e determinar de encaminhamento quando essa função deve ser executada por um roteador em standby. • HSRP define um grupo de roteadores em espera, com um roteador como o roteador ativa. VRRP é o protocolo padrão que fornece uma função semelhante. • GLBP é uma solução patenteada da Cisco para permitir a seleção automática e o uso simultâneo de vários gateways disponíveis além do failover automático entre eles. © 2013 Cisco e/ou suas afiliadas. Todos os direitos reservados. Público da Cisco 16

×