Successfully reported this slideshow.
We use your LinkedIn profile and activity data to personalize ads and to show you more relevant ads. You can change your ad preferences anytime.

Os ovos misteriosos (Paint)

1,283 views

Published on

Trabalho realizado pelos alunos do 2º ano, da Nuclisol - Jean Piaget (Arcozelo). Ano letivo 2009/2010

  • Be the first to comment

Os ovos misteriosos (Paint)

  1. 1. Luísa Ducla Soares/Manuela Bacelar
  2. 2. Era uma vez uma galinha que todos os dias punha ovos e todos dias a dona recolhia-os. Mas não tenho Já pusnenhum por 1.000 ovos. Podia da causa ser mãe degulosa… gente mil filhos.
  3. 3. Certo dia, a galinha cansou-se de lhe roubarem os ovos e fugiu para a mata.
  4. 4. Lá, ela construiu um ninho e foi à procura decomida, mas quando voltou tinha cinco ovos no ninho, todos diferentes. Que vem a ser isto? Na minha Mas que capoeira sorte! tiravam-me os ovos, aqui oferecem-mos.
  5. 5. O primeiro ovo a estalar foi o do papagaio… Em vez de Ai, mas ser pinto que filho, éeu até um papagaio. desmaio!
  6. 6. …depois foi o da serpente… Em vez de Ai, mas que ser pinto éfilho, uma como ele é serpente. diferente!
  7. 7. …seguindo-se o da avestruz… Em vez de Ai, mas ser pinto que filho, é uma este é de avestruz. truz!
  8. 8. …o do crocodilo… Em vez de Ai, mas ser pintoqueéfilho! umDeve vir crocodilo. do Nilo.
  9. 9. …e, por último, estalou o ovo do pinto. Ai, mas que este que filho! finalmente Dizéomesmo meu instinto um pinto.
  10. 10. Os animais eram muito diferentes uns dos outros. O papagaio voava, o crocodilo nadava, a serpente rastejava e a avestruz devorava tudo. Só o pinto se comportava como a mãe. Mas a galinha gostava de todos.
  11. 11. Certo dia, apareceu um menino no bosque, pegou no pinto e disse que ia assá-lo para o jantar. Logo, apareceu a serpente, o menino assustou-se e atirou-se para o lago.
  12. 12. De repente, apareceu o crocodilo que o queria comer e o menino nadou até à outra margem, onde estava o papagaio a chamar-lhe ladrão. És ladrão, és ladrão, És ladrão, és ladrão, vou vou prender-te na prender-te na prisão! prisão!
  13. 13. O menino fugiu, pois pensava que a avestruz era um polícia e os animais voltaram todos para casa.
  14. 14. Para festejar, a galinha fez um bolo com vários andares. Um tinha milho, para o frango; outro tinha peixe para o crocodilo; outro tinha fruta para o papagaio; outro tinha ratos para a serpente e, por cima, a enfeitar, tinha pitéus extravagantes para a avestruz.
  15. 15. Depois de comer o bolo, os filhos fizeram uma roda à volta da galinha e cantaram alegremente!
  16. 16. Somos todos irmãos,somos todos diferentes: há uns que têm bico, outros que têm dentes,há uns que têm escamas, outros que têm asas, na terra e na água fazemos nossas casas. Eu só tenho pescoço. Eu vôo pelo ar. Eu nado a quatro patas. Eu cá gosto de andar.Somos todos diferentes,mas todos queremos bem à boa da galinha que é a nossa mãe. Adaptação “Pombinhas da C’atrina”
  17. 17. ArcozeloTrabalho realizado por alunos do 2º anoAno Letivo: 2009/2010Professora: Virgínia Ferreira

×