Successfully reported this slideshow.
We use your LinkedIn profile and activity data to personalize ads and to show you more relevant ads. You can change your ad preferences anytime.

Módulo 15 informática aplicada educação

3,621 views

Published on

Apresentação do Módulo 15 Curso Profuncionário.

Published in: Education
  • Be the first to comment

Módulo 15 informática aplicada educação

  1. 1. NTE –Núcleo Tecnologia Educacional Profª. Maria de Fátima de Sousa Lins GRE - FlorestaInformática Aplicada à Educação
  2. 2. Informática Aplicada à educação1 – Histórico da Informática educativa no Brasil;2 -O uso do computador na escola como recurso pedagógico;3 - A importância da capacitação e do papel do professor, doadministrador escolar e do funcionário da educação;4 - O uso da Internet na educação.
  3. 3. Informática Aplicada à educaçãoAtividade:Grupo 1: Unidade 1 - Linha do tempo demonstrando too opercurso de inserção da informática na educação no Brasil.Grupo 2: Unidade 2 – Aspectos importantes para o uso docomputador como recurso pedagógico.
  4. 4. 1 - Histórico da Informática educativa no Brasil • O Brasil deu os primeiros passos na informática educativa, em 1971. • Uso do computador no ensino de física (USP de São Carlos). Entidades responsáveis pela primeiras investigações foram: • UFRJ • Unicamp • UFRGS
  5. 5. Histórico da Informática educativa no Brasil• Ainda no final da década de 1970 e início de 1980, novasexperiências, apoiadas nas teorias de Piaget, na UFRGS, destacando-se o trabalho realizado pelo Lab. de Estudos Cognitivos (LEC).• Trabalhos que foram desenvolvidos com crianças de escola públicaque apresentavam dificuldades de aprendizagem.Ações do Governo Federal, a partir de meados de 1970:• Estabelece políticas públicas voltadas para a construção deindústria própria;• Estabelece medidas protecionistas para a área;• Comissão Coord. das Atividades de Processamento Eletrônico;• Empresa Digital Brasileira e• Secretaria Especial de Informática.
  6. 6. Histórico da Informática educativa no BrasilEm agosto de 1981 – I Seminário Nacional de Informática(UnB). 1. Destaca a importância de pesquisar o uso do computador,visando o processo ensino-aprendizagem. 2. Indica a necessidade do prevalecer pedagógico sobre asquestões tecnológicas no planejamento das ações. 3. O computador é um meio de ampliação das funções doprofessor e jamais como ferramenta para substituí-lo.
  7. 7. Histórico da Informática educativa no Brasil• Em dezembro de 1981 – “Subsídios para a Implantação doPrograma Nacional de Informática na Educação” 1. As iniciativas nacionais deveriam estar centradas nasuniversidades e não diretamente nas Secretarias de Educação. 2. Necessidade de combinação dos fatores de produção emeducação, viabilizando o ensino adequado às necessidades e àsrealidades regionais. 3. Desenvolver software educativos, demarcados por valoresculturais, sociopolíticos e pedagógicos da realidade brasileira. 4. Formação de recursos humanos.
  8. 8. Histórico da Informática educativa no Brasil Centros-piloto do Projeto Educom Projeto Formar• Curso de especialização de 360 horas, modular (45 dias úteis);• Que atingiu cerca de 150 educadores provenientes das secretariasestaduais, municipais, escolas técnicas, educação especial e professoresde universidades interessados na implantação dos centros.Compromisso: projetar e implantar, junto à Secretaria de Educação,um Centro de Informática Educativa (Cied)Em 1988 e 1989, 17 Cieds foram implantados em Estados daFederação.
  9. 9. Histórico da Informática educativa no Brasil Em 1990 1º Plano de Ação Integrada (Planinfe) • Criar uma infra-estrutura para os núcleos ou centros distribuídos geograficamente pelo país. • Produção de software, provenientes de grupos de pesquisa com competência, gerando padrões de qualidade. • Buscar configuração básica.
  10. 10. Histórico da Informática educativa no Brasil Em 1997 Programa Nacional de Informática na Educação (ProInfo) • Promover o uso pedagógico da informática na rede pública de ensino fundamental e médio. • Coordenação federal e operacionalizado pelos estados e municípios.
  11. 11. 2 - O uso do computador naescola como recursopedagógico Dinamizar o processo de ensino-aprendizagem com aulas mais criativas e mais motivadoras;  Despertar nos alunos, a curiosidade e o desejo de aprender, conhecer e fazer descobertas.
  12. 12. 2 - O uso do computador naescola como recurso pedagógico Com a informática é possível realizar variadas ações – se comunicar, fazer pesquisas, redigir textos, criar desenhos, efetuar cálculos e estimular fenômenos.
  13. 13. 2 - O uso do computador naescola como recurso pedagógico O computador incorpora, hoje, vários recursos tecnológicos. Nele é possível ouvir rádio, ver vídeos, ler revistas e jornais, reproduzir e gravar CD, como no aparelho e som, conversar com outra pessoa como se estivéssemos ao telefone, entre outras.
  14. 14. 2 - O uso do computador naescola como recurso pedagógico Como incorporar a tecnologia no contexto escolar? Verificar quais são os pontos de vista dos docentes e dosfuncionários em relação aos impactos das tecnologias naeducação.Integrar os recursos tecnológicos de forma significativacom o cotidiano educacional. Envolver as famílias e os demais segmentos dacomunidade escolar nos processos de discussão eimplementação das novas tecnologias no cotidiano escolar.
  15. 15. 2 - O uso do computador naescola como recurso pedagógico Como incorporar a tecnologia no contexto escolar?Por disciplina:Professor utiliza como reforço, complementação ou sensibilizaçãopara os conteúdos abordados em sala de aula em sua disciplinaespecifica, de forma isolada.Projetos educacionais:A informática acontece de forma integrada entre várias disciplinas nodesenvolvimento de propostas de projetos.
  16. 16. 2 - O uso do computador na escola como recurso pedagógicoComo incorporar a tecnologia nocontexto escolar? Utilização dos ambientes de informática: Sistematizada: Quando os horários são definidos previamente,durante o planejamento das aulas. Não-sistematizada: Quando é livre e depende do interesse e da necessidade do professor, que agende seu horário. Essa modalidade tende a deixar o laboratório ocioso pela pouca utilização. O desenvolvimento de um plano de aula com tecnologia requer maior pesquisa, versatilidade, criatividade e tempo do professor.
  17. 17. 2 - O uso do computador naescola como recurso pedagógicoQuanto ao objetivo de sua aplicação na escola:Pedagógica:Quando utilizado como ferramenta para complementos esensibilizações disciplinares ou projetos educacionais.Osalunos precisam estar aptos a manusear o computador e atrabalhar com os softwares.Social:Quando a escola preocupa-se em repassar para alunos osconteúdos tecnológicos. O enfoque da informática emdiversas áreas, como caixas eletrônicos de bancos, caixas desupermercados e terminais de consultas.
  18. 18. 2 - O uso do computador naescola como recurso pedagógico Como incorporar a tecnologia no contexto escolar? Planejamento de aulas no ambiente de informática: Objetivos a serem atingidos; Conteúdos a serem abordados; Estratégia a ser utilizada; Recursos necessários; Software a ser utilizado; Avaliação; As aulas deverão ser desafiadoras, com problemas a serem resolvidos.
  19. 19. 2 - O uso do computador na escola como recurso pedagógicoComo incorporar a tecnologiano contexto escolar? Os planejamentos devem ser realizados em equipe com os demais professores da escola, envolvendo, também, os técnicos em multimeios didáticos. Dessa forma , a utilização da informática torna- se mais ampla e dinâmica. Devem ser previstas práticas sociais da informática nos planos de aula, sempre relacionando as ferramentas com as mudanças sociais.
  20. 20. 2 - O uso do computador naescola como recurso pedagógicoSoftwares utilizados na educação: Tutorias- São os softwares que ensinam a utilizar de computador. Exercitação - software que possibilita atividades interativas por meiode respostas às questões apresentadas. Investigação - são as enciclopédias, que agilizam a localização deinformações mais adequadas e confiáveis. Simulação – são os programas simuladores de vôo, os gerenciadores decidades, de hospitais e de safáris. Jogos – jogos de matemática, de raciocínio lógico, leitura e escrita,entreoutros, que, de forma lúdica, auxiliam o processo ensino-aprendizagem. Abertos – editores de textos, bancos de dados, planilhas eletrônicas eoutros.
  21. 21. 3 – A importância da capacitação e dopapel do funcionário da educação. Um novo olharNova postura do professor e funcionário no processoensino-aprendizagem com a informática inserida como recursopedagógico.Professor – deve assumir o papel de facilitador, mediador,organizador,coordenador e parceiro, atendendo às necessidadesindividuais dos alunos.Funcionário – trabalhar em parceria com o professor, de formaefetiva, para que a informática seja utilizada da melhor forma comorecurso pedagógico.
  22. 22. 3 –A importância da capacitação e dopapel do funcionário da educação.Professores e funcionários da educação devem serpreparados para desempenhar competências tais como: Estar aberto a aprender a aprender; Atuar a partir temas emergentes no contexto de interesse dos alunos; Promover o desenvolvimento de projetos cooperativos; Assumir atitude de investigador do conhecimento e da aprendizagemdo aluno; Propiciar a reflexão, a depuração e o pensar sobre o pensar; Dominar recursos computacionais; e outros.É preciso aprender a lidar com as rápidas mudanças, ser dinâmico eflexível.
  23. 23. 4 - O uso da Internet na educaçãoPrincipais ganhos pedagógicospossíveis com a Internet:•Acessibilidade a fontes inesgotáveis de assuntos para pesquisas;•Páginas educacionais específicas para a pesquisa escolar;•Paginas para busca de software;•Comunicação e interação com outras escolas;•Estimulo para pesquisas a partir de temas previamente definidos ou a partir dacuriosidade dos próprios alunos;•Desenvolvimento de uma nova forma de comunicação e socialização;•Estímulo à curiosidade;•Estímulo à escrita e à leitura;•Estímulo ao raciocínio lógico;•Possibilidade do aprendizado individualizado;•Troca de experiências entre professores/professores, alunos/alunos eprofessor/aluno.
  24. 24. Sistemas de Concepção de educação e comunicação currículo no processo de Material didático- ensino e aprendizagem pedagógico Sistema de avaliação Equipe multidisciplinar Infra-estrutura de apoioSustentabilidade financeira Gestão acadêmico- administrativa
  25. 25. 4 - O uso da Internet na educaçãoServiços da Internet: Sítio, página ou home page;Envio e recebimento de arquivos;Correio eletrônico ou e-mail;Salas de bate papo ou Chat;Lista de discussão; Blog ou weblog;Projeto pedagógico com a utilização da Internet;
  26. 26. 4 - O uso da Internet na educação “A Internet é mais um canal de conhecimento, de trocas e buscas. A Internet não substitui...Ela facilita, aprimora as relações humanas, elabora novas formas de produção, estimula uma cultura digital, libera tempo, une povos e culturas. Gera uma nova sociedade”. TAJRA,200.

×