Successfully reported this slideshow.
We use your LinkedIn profile and activity data to personalize ads and to show you more relevant ads. You can change your ad preferences anytime.

Peça processual chave de correção mínimo linhas

99 views

Published on

Peça processual chave de correção mínimo linhas

Published in: Education
  • Be the first to comment

  • Be the first to like this

Peça processual chave de correção mínimo linhas

  1. 1. CONCURSO PÚBLICO POLÍCIA CIVIL DO ESTADO DO PARÁ PEÇA PROCESSUAL CARGO: D01 – DELEGADO DE POLÍCIA CIVIL PADRÃO DE RESPOSTA ENDEREÇAMENTO Exmº Dr. Juiz de Direito da Vara Criminal da Comarca de São Francisco do Norte. valor: 0,1 QUALIFICAÇÃO Delegado de Polícia Civil. valor: 0,1 Lotado na Delegacia de Polícia de São Francisco do Norte. valor: 0,1 DENOMINAÇÃO NOME DA PEÇA: Representação por medida de busca domiciliar. valor: 0,5 FUNDAMENTO LEGAL: 5º, XI, CRFB. valor: 0,5 FATOS E RELATORIA DESCRIÇÃO DOS FATOS: O candidato deverá descrever de forma clara e objetiva o evento criminoso que ensejou a apuração. valor: 0,3 SÍNTESE DOS DOCUMENTOS PRODUZIDOS NOS AUTOS: O candidato deverá listar as peças procedimentais mais importantes e sua localização nos autos. valor: 0,3 FUNDAMENTAÇÃO (01) DEFINIÇÃO JURÍDICA DO FATO: O candidato deverá explicar que ocorre, no caso concreto, lesão corporal qualificada pelo resultado morte (art. 129, § 3º, CP), em concurso material com crime de porte de arma de uso restrito (art. 16 da Lei nº 10.826, de 2003), uma vez que o porte não tinha o crime contra a pessoa como finalidade. O reconhecimento da lesão corporal qualificada pelo resultado morte concederá ao candidato pontuação de 0,2; a menção ao caráter preterdoloso do crime, 0,1; o reconhecimento do porte de arma de uso restrito, 0,2; a menção ao concurso de crimes, sem que haja concurso aparente de normas, 0,2. valor: 0,7 CITAÇÃO DOS ARTIGOS PERTINENTES: art. 129 (valor: 0,2 ponto), § 3º (0,2 ponto), do Código Penal, c/c art. 16 da Lei nº 10.826, de 2003 (0,3 ponto). valor: 0,7 FUNDAMENTAÇÃO (02) REQUISITOS DA MEDIDA PLEITEADA: O candidato deverá discorrer sobre o periculum in mora e sobre o fumus boni juris, usando como base elementos fornecidos pelo caso concreto. Nesse ponto, o candidato deverá abordar os indícios de que a coisa procurada se encontra na casa onde se pretende executar a busca. A menção genérica ao periculum in mora e ao fumus boni juris concederá ao candidato 0,6 ponto (0,3 para cada requisito) e a menção aos indícios, 0,4 ponto. valor: 1,0 CITAÇÃO AOS ARTIGOS PERTINENTES: art. 240, § 1º, “d”, do CPP (0,7 ponto). valor: 0,7 LEGISLAÇÃO, DOUTRINA E JURISPRUDÊNCIA DOUTRINA APLICÁVEL: Citação de ao menos uma posição doutrinária acerca das discussões encimadas (valor: 0,2). valor: 0,2 JURISPRUDÊNCIA APLICÁVEL: Citação ao menos a um julgado de órgão colegiado de tribunal, sendo dispensável a transcrição, bastando o apontamento (valor: 0,2). valor: 0,2 REQUERIMENTO ESPECIFICAÇÃO DO PEDIDO: Pedido de deferimento da busca domiciliar (valor: 0,4). valor: 0,4 FINAL NOMENCLATURA DO CARGO: Delegado de Polícia Civil, fazendo as vezes de assinatura na representação (valor: 0,2). valor: 0,2 TOTAL 6,0 Nota de Esclarecimento: 1. No que concerne à exigência de artigos em uma prova sem consulta de legislação, esclarece-se que os dispositivos que fundamentam a resposta considerada correta são óbvios, integrando o conhecimento básico da matéria, razão pela qual não há qualquer empecilho à exigência. 2. Não será aplicado o critério previsto no subitem 4.3.15 do Edital do Certame: "Cada linha não escrita, considerando o mínimo exigido", visto não estar explícito este quantitativo.

×