Successfully reported this slideshow.
We use your LinkedIn profile and activity data to personalize ads and to show you more relevant ads. You can change your ad preferences anytime.
INTEGRAÇÃO ENERGÉTICA NA
AMÉRICA LATINA
Conselho Empresarial
da América Latina – CEAL
FERNANDO XAVIER FERREIRA
PRESIDENTE ...
Panorama Energético das Américas e Caribe
CONTEÚDO
• Introdução
• Panorama Geral
• Índices e Status
• Correntes de Comérci...
INTRODUÇÃO
Panorama Energético das Américas e Caribe
INTRODUÇÃO
• Corrente de Comércio Intra Regional e Extra
Regional das Américas e...
Panorama Energético das Américas e Caribe
INTRODUÇÃO
• Energia e Desenvolvimento no mundo
Outras fontes: outras hulhas bet...
PANORAMA GERAL
BALANÇOS ENERGÉTICOS -
PRODUÇÃO
53%- 53% - 5%
BALANÇOS ENERGÉTICOS -
IMPORTAÇÃO
Obs: Em eletricidade está segmentada toda a energia utilizada para produzir energia
elét...
BALANÇOS ENERGÉTICOS -
EXPORTAÇÃO
Obs: Em eletricidade está segmentada toda a energia utilizada para produzir energia
elét...
BALANÇOS ENERGÉTICOS -
CONSUMO
Obs: Em eletricidade está segmentada toda a energia utilizada para produzir energia
elétric...
Panorama Energético das Américas e Caribe
GERAÇÃO ELÉTRICA
PARTICIPAÇÃO DAS FONTES NA GERAÇÃO
ELÉTRICA
DETALHAMENTO DE“OUT...
Panorama Energético das Américas e Caribe
Países
Potencial
MW
Instalado
MW
Aproveitado
ARGENTINA 40.400 10.122 25%
BARBADO...
ÍNDICES E STATUS
DA ENERGIA
ÍNDICE DE RENOVABILIDADE
ÍNDICE DE SUFICIÊNCIA
STATUS DA ENERGIA
S
U
F
I
C
I
Ê
N
C
I
A
R E N O V A B I L I D A D E
CORRENTES DE COMÉRCIO
CARVÃO
PETRÓLEO E DERIVADOS
PETRÓLEO E DERIVADOS
GÁS NATURAL
TOTAL
EXEMPLOS DE INTEGRAÇÃO
ENERGÉTICA NA AMÉRICA
LATINA
PROJETOS DE INTEGRAÇÃO
IMPLEMENTADOS:
Gasoduto Gasbol Bolívia - Brasil:
É um dos principais projetos com financiamento pr...
A IMPLEMENTAR:
Ampliação Hidroelétrica Yacyretá Argentina - Paraguai
Empresa binacional localizada no Rio Paraná. A produ...
A IMPLEMENTAR:
Gasoduto Urupabol Bolívia - Uruguai - Paraguai
Projeto trilateral, com cerca de 2.000 km. Tem como objetiv...
CONCLUSÃO
• A América Latina apresenta elevada participação de energias
renováveis, muito superior à média mundial;
• Veri...
MUITO OBRIGADO !
FERNANDO XAVIER FERREIRA
PRESIDENTE DO CONSELHO SUPERIOR DE
INFRAESTRUTURA
FEDERAÇÃO DAS INDÚSTRIA DO EST...
Upcoming SlideShare
Loading in …5
×

03-03

467 views

Published on

  • Be the first to comment

  • Be the first to like this

03-03

  1. 1. INTEGRAÇÃO ENERGÉTICA NA AMÉRICA LATINA Conselho Empresarial da América Latina – CEAL FERNANDO XAVIER FERREIRA PRESIDENTE DO CONSELHO SUPERIOR DE INFRAESTRUTURA
  2. 2. Panorama Energético das Américas e Caribe CONTEÚDO • Introdução • Panorama Geral • Índices e Status • Correntes de Comércio • Exemplos de Integração Energética na América Latina Obs: Todos os gráficos foram elaborados pela Fiesp com dados de 2007 a partir de duas bases de dados: (i) COMTRADE das Nações Unidas e (ii) Agência Internacional de Energia.
  3. 3. INTRODUÇÃO
  4. 4. Panorama Energético das Américas e Caribe INTRODUÇÃO • Corrente de Comércio Intra Regional e Extra Regional das Américas e Caribe
  5. 5. Panorama Energético das Américas e Caribe INTRODUÇÃO • Energia e Desenvolvimento no mundo Outras fontes: outras hulhas betuminosas, hulhas sub-betuminosas, linhita, turfa, briquetes, coque de forno de coque, BKB / briquetes de turfa, gás produzido em fábricas, carvão, gás de petróleo liquefeito, gasolina, querosene, gasóleo / óleo diesel, óleo combustível pesado.
  6. 6. PANORAMA GERAL
  7. 7. BALANÇOS ENERGÉTICOS - PRODUÇÃO 53%- 53% - 5%
  8. 8. BALANÇOS ENERGÉTICOS - IMPORTAÇÃO Obs: Em eletricidade está segmentada toda a energia utilizada para produzir energia elétrica, composta pelas diversas fontes primárias de produção.
  9. 9. BALANÇOS ENERGÉTICOS - EXPORTAÇÃO Obs: Em eletricidade está segmentada toda a energia utilizada para produzir energia elétrica, composta pelas diversas fontes primárias de produção.
  10. 10. BALANÇOS ENERGÉTICOS - CONSUMO Obs: Em eletricidade está segmentada toda a energia utilizada para produzir energia elétrica, composta pelas diversas fontes primárias de produção.
  11. 11. Panorama Energético das Américas e Caribe GERAÇÃO ELÉTRICA PARTICIPAÇÃO DAS FONTES NA GERAÇÃO ELÉTRICA DETALHAMENTO DE“OUTRAS COMPLEMENTARES”
  12. 12. Panorama Energético das Américas e Caribe Países Potencial MW Instalado MW Aproveitado ARGENTINA 40.400 10.122 25% BARBADOS 0 0 BOLIVIA 1.379 488 35% BRASIL 260.093 78.611 30% CHILE 25.156 5.401 21% COLOMBIA 96.000 9.026 9% COSTA RICA 6.633 1.532 23% CUBA 650 58 9% ECUADOR 30.865 2.059 7% EL SALVADOR 2.165 472 22% GUATEMALA 5.000 778 16% GUIANA 7.600 1 0% HAITI 137 62 45% HONDURAS 5.000 522 10% JAMAICA 24 22 90% MÉXICO 53.000 11.370 21% NICARAGUA 1.767 105 6% PANAMA 3.282 879 27% PARAGUAI 12.516 8.810 70% PERU 58.937 3.273 6% REP.DOMINICANA 2.095 523 25% SURINAME 2.420 189 8% URUGUAI 1.815 1.538 85% VENEZUELA 46.000 14.622 32% AMÉRICA LATINA E CARIBE 615.119 134.303 22% POTENCIAL HIDROELÉTRICO – ANO 2009 Fonte: OLADE, 2009
  13. 13. ÍNDICES E STATUS DA ENERGIA
  14. 14. ÍNDICE DE RENOVABILIDADE
  15. 15. ÍNDICE DE SUFICIÊNCIA
  16. 16. STATUS DA ENERGIA S U F I C I Ê N C I A R E N O V A B I L I D A D E
  17. 17. CORRENTES DE COMÉRCIO
  18. 18. CARVÃO
  19. 19. PETRÓLEO E DERIVADOS
  20. 20. PETRÓLEO E DERIVADOS
  21. 21. GÁS NATURAL
  22. 22. TOTAL
  23. 23. EXEMPLOS DE INTEGRAÇÃO ENERGÉTICA NA AMÉRICA LATINA
  24. 24. PROJETOS DE INTEGRAÇÃO IMPLEMENTADOS: Gasoduto Gasbol Bolívia - Brasil: É um dos principais projetos com financiamento privado na América Latina e no Caribe, com um comprimento de mais de 3.000 km entre as cidades de Santa Cruz, na Bolívia e em Porto Alegre no Brasil e tem uma capacidade de transporte de 30 milhões de metros cúbicos diários. Petrocaribe América Central e Caribe Acordo de cooperação promovido pela Venezuela, em nome de 17 países destas sub-regiões. A iniciativa visa mitigar o impacto sobre as pequenas economias da região, às importações de petróleo e seus derivados a preços internacionais. Através deste acordo, a Venezuela fornece esses produtos para os países signatários a preços preferenciais e também fornece assistência técnica e financeira em projetos de infraestrutura petrolífera.
  25. 25. A IMPLEMENTAR: Ampliação Hidroelétrica Yacyretá Argentina - Paraguai Empresa binacional localizada no Rio Paraná. A produção anual de cerca de 16 mil gigawatts/hora, deverá atingir 20 mil gigawatts/hora quando o reservatório chegar a sua capacidade máxima. Gasoduto Juana Azurduy Bolívia - Argentina Aumentará as exportações de gás natural da Bolívia para a Argentina para 13 milhões de metros cúbicos diários. Data de conclusão estimado para maio de 2011.  Projeto Mesoamérica: Prevê uma interconexão elétrica entre os países da sub-região da América Central, a penetração das energias renováveis para a geração e aplicação de programas de eficiência energética na fase de consumo, facilitando a consolidação do Mercado Regional de Eletricidade (MER). O sistema de interconexão elétrica mesoamericano (SIEPAC), consiste em 1.800 km de linhas de transmissão, ligando os seis países da América Central, além de 103 km de rede entre o México e a Guatemala e, 614 km de interligação entre o Panamá e a Colômbia. PROJETOS DE INTEGRAÇÃO
  26. 26. A IMPLEMENTAR: Gasoduto Urupabol Bolívia - Uruguai - Paraguai Projeto trilateral, com cerca de 2.000 km. Tem como objetivo principal o fornecimento por parte da Bolívia para a demanda de energia do Uruguai. EM AVALIAÇÃO: Hidroelétricas Brasil – Peru Inclui a construção de seis usinas de geração de energia, na bacia amazônica peruana, com capacidade total de cerca de 7.000 MW para atender o mercado peruano e exportar o excedente para o Brasil. O projeto começará com a Usina Hidrelétrica de Inambari "de 2.000 MW. Hidroelétricas El Salvador - Guatemala Estão sendo realizados estudos de viabilidade de dois projetos de hidroelétricas binacionais com capacidade total de 139 MW. PROJETOS DE INTEGRAÇÃO
  27. 27. CONCLUSÃO • A América Latina apresenta elevada participação de energias renováveis, muito superior à média mundial; • Verifica-se elevado grau de suficiência energética em grande parte dos países das Américas e Caribe; • O comércio de energia entre os países das Américas e Caribe é expressivo, respondendo por 12% do comércio mundial; • A América Latina possui elevado potencial de recursos renováveis ainda a ser explorado; • A disponibilidade de recursos energéticos das Américas e Caribe exige maior ênfase nas políticas de integração, para permitir que a distribuição heterogênea se converta em oportunidade para reduzir os custos de energia em todos os países.
  28. 28. MUITO OBRIGADO ! FERNANDO XAVIER FERREIRA PRESIDENTE DO CONSELHO SUPERIOR DE INFRAESTRUTURA FEDERAÇÃO DAS INDÚSTRIA DO ESTADO DE SÃO PAULO ccoinfra@fiesp.org.br TEL: (11) 3549-4401

×