Successfully reported this slideshow.
We use your LinkedIn profile and activity data to personalize ads and to show you more relevant ads. You can change your ad preferences anytime.

"Somos Físicos" O Petróleo na Economia

187 views

Published on

Pesquisa realizada por alunos do Ensino Médio

Published in: Science
  • Be the first to comment

"Somos Físicos" O Petróleo na Economia

  1. 1. O petróleo na economia Crises ocorridas Atualidades: o preço do barril, a petrobrás e o pré-sal.
  2. 2. A importância do petróleo na economia O Petróleo é uma das principais matérias-primas e a mais importante fonte de energia do mundo na atualidade. Por ele, disputas econômicas ocorreram, guerras foram travadas e muito se investiu. Por se tratar de uma fonte de energia não renovável, sua disputa entre as diferentes nações acirra-se a cada dia. Entretanto, o petróleo não é importante somente para a produção e consumo de energia. É também uma matéria-prima de grande relevância econômica, utilizada na produção de plásticos (um dos materiais mais importantes na etapa atual da tecnologia), asfalto, borracha sintética, entre outros produtos. Por esses fatores o petróleo contribui diretamente no desenvolvimento de novas tecnologias e da economia. Veremos ao longo da pesquisa algumas atualidades sobre o pretróleo tanto na economia mundial,
  3. 3. O que é o pré-sal? O “pré-sal” é uma área de reservas petrolíferas encontrada sob uma profunda camada de rocha salina, que forma uma das várias camadas rochosas do subsolo marinho. As reservas do pré-sal encontradas no litoral do Brasil são as mais profundas em que já foi encontrado petróleo em todo o mundo.
  4. 4. Crises do petróleo e a OPEP Na década de 70 descobriu-se que o petróleo é uma fonte esgotável, tal afirmação elevou o preço do produto, em pouco mais de sete anos o preço do barril de petróleo praticamente triplicou. Isso provocou o aumento do valor do produto primário de países subdesenvolvidos, superando os produtos industrializados oriundos de países desenvolvidos. Foram vários os fatores que propiciaram a elevação do preço do petróleo, dentre eles podemos citar a criação da OPEP em 1960 (Organização dos Países Exportadores de Petróleo), formada pelos principais produtores de petróleo do mundo para unificar o preço do produto, promovendo um cartel internacional e controlando a oferta do produto no mercado.
  5. 5. ___ O petróleo também serve como instrumento político para exercer pressão sobre as grandes potências mundiais. Estados Unidos e Europa apoiaram Israel na guerra contra os Palestinos, fornecendo armamentos. Tal fato irritou os países Árabes, que utilizaram o petróleo como meio de atingir as nações que apoiavam Israel, diminuindo a produção e elevando os preços. Entre as décadas de 80 e 90 várias oscilações no valor do petróleo ocorreram. As crises do petróleo podem ser provocadas por conflitos no Oriente Médio, que limita a produção e eleva o valor. O nível de consumo de um importador interfere no preço, o que reforça a lei da oferta e procura.
  6. 6. O preço do petróleo atualmente
  7. 7. O barril de petróleo é, atualmente, o mais barato da história. O mundo está engasgando em petróleo. O preço do barril, cotado a US$ 100 em 2006, caiu quase 60% em dez anos – no meio do ano de 2016 mal passou dos US$ 29. O preço do petróleo é, fundamentalmente, o resultado de uma equação de oferta e de demanda. Quando o preço desaba ou dispara, cenários perigosos de desequilíbrio se formam – na economia e na geopolítica internacional. Um dos fatores para esse barateamento é a extração de outros tipos de combustível fóssil, como o gás e o óleo de xisto. (xisto é o nome informal de uma camada rochosa que guarda bolsões de óleo e gás. A extração desses combustíveis dependem de uma tecnologia específica, desenvolvida pelos EUA, que em 2014 se tornou o maior produtor de gás xisto. Com o gás e o óleo de xisto, o norte-americanos abriram mão de boa parte das importações de petróleo das quais dependiam. Consequência: sobra petróleo. A fraca atividade econômica global surgida desde a crise de 2008 e a crise na China também contribui para a sobra do petróleo no mercado.
  8. 8. Quais as consequências do petróleo barato? A queda do preço do petróleo afeta os orçamentos dos países produtores: os Estados mais dependentes de seu petróleo são obrigados a adotar dolorosas medidas anticrise, como a Venezuela, em plena crise política, a Arábia Saudita, a Rússia ou a Argélia. As empresas de petróleo e gás, por sua vez, são obrigadas a cortar custos para sobreviver. Isso, muitas vezes, envolve cortes de investimentos e funcionários. A petrolífera britânica BP, por exemplo, deve cortar 4.000 empregos no mundo.
  9. 9. Como isso afeta a petrobras? A Petrobras anunciou uma redução de quase 25% em sua previsão de investimento para o período 2015- 2019. No novo plano de negócios, a empresa projeta o petróleo a US$ 45 na média para 2016 e prevê um corte de investimentos de US$ 32 bilhões em relação à previsão anterior. Ou seja, são mais de US$ 30 bilhões que deixarão de ser injetados na economia; isso afeta indiretamente várias outras empresas, bem como seus investimentos e empregos.
  10. 10. Pode prejudicar o pré-sal? Sim, porque se o petróleo estiver barato demais, não compensa financeiramente investir tanto dinheiro para explorar o pré-sal. Em 2007, quando o governo brasileiro anunciou a descoberta das reservas do pré-sal, os preços do petróleo viviam um processo de ascensão surpreendente que teria seu ápice no patamar de US$ 140 o barril, no ano seguinte. Agora, está girando em torno de US$ 30 o barril.
  11. 11. A petrobras pode abaixar o preço da gasolina? Sim, mas é pouco provável que isso aconteça. A estatal revisa os preços a cada três meses. Fontes, afirmam que o Conselho de Administração da petroleira defende manter os preços da gasolina e do diesel como estão. Esses ganhos atuais ajudam a petroleira a recuperar parte do que perdeu quando o petróleo estava caro e também a arrumar suas contas, em meio a um endividamento muito grande e à crise nos negócios devido à operação Lava Jato.
  12. 12. Nomes Andrea Fabri Jéssica Marciel 3°B

×