Successfully reported this slideshow.
We use your LinkedIn profile and activity data to personalize ads and to show you more relevant ads. You can change your ad preferences anytime.

Material Formação Tarde

  • Login to see the comments

  • Be the first to like this

Material Formação Tarde

  1. 1. Pauta 19.07.2014 Momento: Tarde  Leitura deleite “Usando as mãos”;  Atividade de análise de obras complementares do acervo PNAIC;  Vivenciar os jogos didáticos.
  2. 2.  e-mail da turma: pactomultisseriado2014@gmail.com Senha: a mesma do Simec Orientadora: Valquíria Queiroz Fernandes 19/07/2014
  3. 3.  LEITURA DELEITE USANDO AS MÃOS
  4. 4. PRODUÇÃO DE TELAS
  5. 5. ANÁLISE DE OBRAS COMPLEMENTARES Proposta adaptada da atividade 6, páginas 75- 76, da sessão compartilhando (CADERNO 2)
  6. 6. PNLD Obras Complementares Distribui livros variados, que se destinam a ampliar o universo de referências culturais dos alunos em processo de alfabetização e oferecer mais um suporte ao trabalho pedagógico dos professores; Os acervos são diversificados do ponto de vista temático, dos gêneros e formato e do grau de complexidade.
  7. 7. Atividade: Em pequenos 5 (cinco) grupos os professores irão receber uma obra complementar (2010 ou 2013) com foco em contagem numérica para: 1) Identificar o modo como a obra explorou a contagem (aspectos conceituais explorados); 2) Identificar características de exploração dos números nas obras; 3) Elaborar 3 questões de compreensão leitura, identificando os direitos de aprendizagem de leitura contemplados;
  8. 8.  SOCIALIZAÇÃO DAS ATIVIDADES
  9. 9. Atividades: Aspectos conceituais explorados: - Sequência numérica (ordem decrescente: menos 1) Características apresentadas de exploração dos números: - Os números aparecem algumas vezes como identificação, na forma cardinal e ordinal. - Apresenta os algarismos numericamente e por extenso. - Apresenta os números em diferentes tamanhos e posições dentro do texto (parte inferior, central...)
  10. 10. Questões de leitura: 1- Nunca conte com os ratinhos. O que você entende sobre o título? (Antecipar sentidos) 2 - Por que os ratinhos comem um livro? (Inferência) 3 - O que impediu o sexto ratinho de participar da história? (inferência) 4 - Quais foram as danças que o ratinho oito se inscreveu no curso? (Inferência/ relacionar textos verbais e não verbais) 5 - Por que nunca podemos contar com os ratinhos? (Apreender sentido geral do texto)
  11. 11. Atividades: Aspectos conceituais explorados: - Sequência numérica (ordem crescente: mais 1), com a ilustração das quantidades correspondentes Características apresentadas de exploração dos números: - Apresenta os algarismos por extenso e numericamente. - Os números aparecem apenas na forma cardinal.
  12. 12. Questões de leitura: 1- Por que Gabriel deixa tudo espalhado pelo chão? (Inferência) 2- Por que Gabriel não acha nada? (Localização explícita/ inferência) 3- Quais e quantos objetos que Beleléu escondeu e depois apareceu? (Localização explícita) 4- Por que Beleléu escondia as coisas de Gabriel? (inferência) 5 – De que confusão o texto fala? (explorar o significado de palavras no texto)
  13. 13. Atividades: Aspectos conceituais explorados: - Apresenta 4 representações para o número natural em ordem crescente (mais 1) sem ilustração das quantidades correspondentes. - Correspondência termo a termo (ou um a um) Características apresentadas de exploração dos números: - Os números aparecem na forma cardinal. - Apresenta os algarismos numericamente (três escritas de origens diferentes, todas no canto esquerdo) e por extenso. - Apresenta um quadro histórico sobre as diferentes formas de escrita dos números.
  14. 14. Questões de leitura: 1 – Quantos e quais animais foram para a festa do Marajá? (Localização de informações) 2 – Qual foi o presente que o Marajá mais gostou? (Apreensão de sentido do texto) 3 – O que aconteceu com o último presente escolhido para dar ao Marajá? (Inferência) 4 - Por que os animais mudaram de escolha para dar de presente ao Marajá? (inferência)
  15. 15. Atividades: Aspectos conceituais explorados: - Contagem de coleções; - Inclusão hierárquica (contagem a partir de); - Subtração a partir de desenhos; - Adição e subtração por algoritmo. Características apresentadas de exploração dos números: - Os números aparecem na forma cardinal. - Apresenta diferentes situações de contagem que exigem diferentes estratégias; - Número como contagem e como identificação; - Apresenta os algarismos numericamente e por extenso; - Matemática nas regras do jogo ( pontuação valendo: 3, 2 e 1).
  16. 16. Questões de leitura: 1 – Por que o maior desafio de Lucas é o recreio? (Localização de informações explícitas) 2 – Em que momento Lucas queria ser invisível na escola? (Inferência) 3 – O que levou Lucas e Paulo se aproximarem? (Inferência) 4 – O que fez Lucas deixar de ficar triste nas aulas de educação físicas? (Inferência) 5 – Qual o assunto do texto? (Apreender sentido geral do texto)
  17. 17. Atividades: Aspectos conceituais explorados: - Sequência numérica (ordem crescente: mais 1) com ilustração das quantidades correspondentes; - Inclusão hierárquica (contagem a partir de). Características apresentadas de exploração dos números: - Os números aparecem nas formas cardinal; - Apresenta os algarismos numericamente.
  18. 18. Questões de leitura: 1 – O que será que tem embaixo do cobertor? (antecipar sentido) (pág. 04) 2 - Por que Janice estava brava? (inferência) 3 – Por que Janice disse que não ia comer verduras nem escovar os dentes? (inferência – ciúme e Localização de informações explícitas – porque a mãe só gosta da irmã) 4 – Por que Janice não ficou mais chateada? 5- O que tinha embaixo do cobertor? (localizar informações explícitas)
  19. 19. Eu não sei o caminho para o sucesso, mas, sem dúvida o caminho para o fracasso é querer agradar todo mundo”. John Kennedy
  20. 20. QUEM PLANEJA TEM FUTURO, QUEM NÃO PLANEJA TEM DESTINO.
  21. 21. ATIVIDADE NÃO PRESENCIAL  trabalhar uma dessas obras ou outra da escola que você escolher abordando um conteúdo programado pra sua turma.  Criar e trabalhar um jogo com sua turma que envolva contagem.  apresentar o jogo no próximo encontro relacionando os direitos de aprendizagem em matemática e em linguagem que o mesmo jogo didático garanta.

×