Successfully reported this slideshow.
We use your LinkedIn profile and activity data to personalize ads and to show you more relevant ads. You can change your ad preferences anytime.

Slide Teologia

19,399 views

Published on

Slide Teologia

  1. 1. Estudo básico de Teologia <ul><li>Valdete Marques Cerqueira </li></ul><ul><li>[email_address] </li></ul><ul><li>Este slide esta baseado nas apostilhas do estudo de Teologia do Centro Educacional da Palavra e do Poder da Assembléia de Deus Ministério da Palavra e do poder com o Pr. Ricardo Mota </li></ul>
  2. 2. “ Por esta razão dobro os meus joelhos perante o Pai,... para que, segundo as riquezas da sua glória, vos conceda que sejais robustecidos com poder pelo seu Espírito no homem interior;..., a fim de que,..., possais compreender,..., e conhecer o amor de Cristo, que excede todo o entendimento, para que sejais cheios até a inteira plenitude de Deus...” (Efésios 3:14-20) “ Aquele que busca conhecimento, com o propósito de se exibir para as pessoas, torna-se sinônimo de vaidade. Aquele que busca conhecimento, com o intuito de ensinar outras pessoas, torna-se sinônimo de amor. Mas aquele que busca conhecimento, visando aplicar o conhecimento adquirido em sua própria vida, torna-se sinônimo de sabedoria.” (Pr. Richard Baxter, autor do livro 'O Pastor Aprovado')
  3. 3. <ul><li>Estudo de Teologia </li></ul><ul><li>é a ciência de Deus e Suas relações com o universo . </li></ul><ul><li>A importância do estudo da teologia </li></ul><ul><li>Alcançar um conhecimento mais amplo de Deus e de seus atos e planos </li></ul><ul><li>eternos </li></ul><ul><li>Conhecer a Bíblia, não apenas em seu contexto original, mas na situação e </li></ul><ul><li>ambiente em que vivemos hoje, em meio a este continente do hemisfério sul </li></ul><ul><li>A teologia nos ajuda a apreciar muito mais a gloriosa realidade da salvação </li></ul><ul><li>que temos recebido por meio de Jesus Cristo. </li></ul><ul><li>Poder distinguir entre ensinamentos certos e errados, fato que é de grande </li></ul><ul><li>valor. A teologia bíblica argumenta em prol da verdade, com uma visão </li></ul><ul><li>histórica, eclesiástica, filosófica e ética. </li></ul><ul><li>A teologia, feita de forma séria, nos convida a buscar a santidade com mais </li></ul><ul><li>zelo e odiar o pecado com mais intensidade; algo que não deve jamais </li></ul><ul><li>ser desprezado. </li></ul><ul><li>A teologia deve nos ensinar a adorar com o coração e a vida.. </li></ul><ul><li>A teologia tem como alvo preparar os cristãos para combater eficazmente </li></ul><ul><li>heresias e desvios doutrinários, além de outras práticas reprováveis . </li></ul>
  4. 4. <ul><li>O Estudo da Teologia pode ser dividido em quatro áreas </li></ul><ul><li>A Teologia Exegética </li></ul><ul><li>Ocupa-se diretamente do estudo do texto sagrado e assuntos relacionados, tais como auxílio na restauração, orientação, ilustração e interpretação daquele texto. </li></ul>
  5. 5. A Teologia Histórica . Traça a história do povo de Deus através da Bíblia e da igreja desde a época de Cristo. Ela trata da origem, desenvolvimento e dispersão da verdadeira religião e também das suas doutrinas, organizações e práticas.
  6. 6. A Teologia Sistemática. Toma o material fornecido pela teologia exegética e histórica e o arranja em ordem lógica sob os grandes títulos do estudo teológico. Em outras palavras, a teologia sistemática é uma correlação de informações bíblicas como um todo de modo ordenado, a fim de explicar e apresentar sistematicamente o conteúdo total referente a aspectos distintos da revelação de Deus.
  7. 7. A Teologia Prática . Trata da aplicação da teologia na regeneração, santificação, edificação, educação e serviço dos homens. Ela busca aplicar à vida prática aquilo que os outros três departamentos da teologia contribuíram
  8. 8. <ul><li>Deus se revela ao homem de duas formas: </li></ul><ul><li>Através da “revelação geral ” </li></ul><ul><li>b) E a “revelação Específica “ </li></ul>
  9. 9. A Revelação Geral Ela é encontrada na natureza, na história e na consciência ” (também chamada de revelação universal ou natural) “ Os céus proclamam a glória de Deus e o firmamento anuncia a obra das suas mãos. Um dia faz declaração a outro dia, e uma noite revela conhecimento a outra noite.” (Salmo 19:1-2)
  10. 10. A revelação específica São atos de Deus pelos quais Ele dá a conhecer a Si próprio e a Sua verdade em momentos especiais e a povos específicos. (também chamada de revelação particular ou especial ) na forma de milagres, na forma de profecias, na pessoa de Jesus Cristo, nas Sagradas Escrituras e através da nossa experiência pessoal.
  11. 11. Qual a importância da utilização de alguns termos técnicos teológicos <ul><li>Ajuda na compreensão de leituras realizadas em outros livros que tratam do mesmo assunto; </li></ul><ul><li>b) Facilita a realização de uma pesquisa posterior sobre um determinado assunto ou quando precisamos nos aprofundar um pouco mais sobre algum tema específico. </li></ul>
  12. 12. O que é teofania <ul><li>A TEOFANIA </li></ul><ul><li>Teofania, do grego (theophánia), é uma palavra formada por (Theós = Deus) + (Phaínos = aparecer). Literalmente significa “alguma manifestação visível (perceptível) de Deus, na forma que Ele quiser”. </li></ul><ul><li>( é um termo teológico que indica qualquer manifestação temporária e normalmente visível de Deus. ) </li></ul>
  13. 13. Epifania, do grego (epipháneia), significa “o que aparece de repente” ou “manifestação”. Em que a teofania difere da epifania
  14. 14. Em que a teofania difere da epifania Tanto a teofania como a epifania podem se referir a um tipo de manifestação de Deus. Mas dentro do estudo teológico a maior diferença entre a teofania e a epifania está no fato de que, enquanto a teofania se refere à manifestação temporária de Deus, a epifania refere-se à manifestação permanente de Deus (na encarnação de Cristo).
  15. 15. Dentro do estudo de teologia o que é antropomorfismo? <ul><li>Antropomorfismo. Do grego (anthropos = homem) + (morphé = forma, figura, aspecto exterior). Significa literalmente “de forma humana”. É a idéia de que Deus tem alguma espécie de formato, similar à anatomia humana. </li></ul><ul><li>O antropomorfismo aparece comumente no Antigo Testamento. Ali Deus é apresentado sob forma humana (Êxodo 15:3; Números 12:8), com pés (Gênesis 3:8; Êxodo 24:10), mãos (Êxodo 24:11; Josué 4:24), boca (Números 12:8; Jeremias 7:13), coração (Oséias 11:8). Além dessas formas, atribuímos a Deus qualidade e emoções humanas (Gênesis 2:2; Gênesis 6:6; Êxodo 20:5; Oséias 11:8). </li></ul>
  16. 16. Qual é a diferença entre a imanência e a transcendência de Deus? O significado de imanência é que Deus está presente e ativo dentro de Sua criação e dentro da raça humana, mesmo naqueles membros que não crêem nEle ou não Lhe obedecem. Sua influência está em toda a parte. Ele age nos processos naturais e por meio deles. Imanência significa que Deus faz grande parte de Sua obra por intermédio de meios naturais. Ele não se restringe a milagres. Ele chega a usar pessoas descrentes comuns como Ciro, a quem descreveu como seu “pastor” e “ungido” (Isaías 44:28; 45:1). Ele usa a tecnologia, as habilidades e o aprendizado humanos.
  17. 17. A transcendência de Deus O significado de transcendência é que Deus não é limitado à nossa capacidade de compreendê-Lo. Sua santidade e bondade vão muito além, infinitamente além das nossas, e isso também é verdade em relação a Seu conhecimento e poder. Ele é infinitamente maior que qualquer evento natural ou humano

×