ALFABETIZAÇÃO E A
CULTURA ESCRITA
 Alfabetização: Um processo no qual o aprendiz vai

construindo e reconstruindo suas id...
COMO AJUDAR O ALUNO A
AVANÇAR
Quais as melhores intervenções?

Quais as situações de aprendizagem possíveis???
EIXOS EM LINGUA
PORTUGUESA
Leitura
Reflexão sobre o sistema de escrita
Produção Textual
Comunicação Oral
EXPECTATIVAS DE APRENDIZAGEM:
LEITURA
 apreciar textos literários e participar dos intercâmbios posteriores à leitura;
 ...
LEITURA
Diferentes Modalidades de leitura:
Leitura por si só ( reflexão sobre o sistema e leitura

com compreensão)
Lei...
REFLEXÃO SOBRE O SISTEMA
As idéias que as crianças elaboram sobre a
escrita
COMO AJUDAR OS ALUNOS
A AVANÇAR
ATIVIDADES POSSIVEIS
Atividade de escrita – pensar em quantas e quais

letras usar e em que ordem usar
Tipos de textos –...
PRODUÇÃO TEXTUAL
EXPECTATIVAS DE APRENDIZAGEM
 reescrever, de próprio punho, em parceria ou individualmente, histórias co...
PRODUÇÃO TEXTUAL
Objetivo: Ensinar a textualizar
Propostas: Reescrita e Produção de autoria
Reescrita: Produzir um text...
PLANEJAMENTO DA
PRODUÇÃO
1. Definir o contexto de produção
2. Levantamento das características do gênero
3. Planejament...
O DESAFIO DA ESCOLA
O desafio é conseguir que a escrita deixe de

ser na escola somente um objeto de
avaliação para se co...
 O desafio é, em suma, combater a discriminação que a escola

opera atualmente, não só quando cria o fracasso explícito
d...
Palestra para professores ciclo ii
Palestra para professores ciclo ii
Palestra para professores ciclo ii
Palestra para professores ciclo ii
Palestra para professores ciclo ii
Palestra para professores ciclo ii
Palestra para professores ciclo ii
Upcoming SlideShare
Loading in …5
×

Palestra para professores ciclo ii

1,159 views

Published on

0 Comments
3 Likes
Statistics
Notes
  • Be the first to comment

No Downloads
Views
Total views
1,159
On SlideShare
0
From Embeds
0
Number of Embeds
394
Actions
Shares
0
Downloads
17
Comments
0
Likes
3
Embeds 0
No embeds

No notes for slide

Palestra para professores ciclo ii

  1. 1. ALFABETIZAÇÃO E A CULTURA ESCRITA  Alfabetização: Um processo no qual o aprendiz vai construindo e reconstruindo suas idéias sobre o sistema de escrita. Um longo processo que não ocorre só na escola, mas também na vida e no mundo, pois a escrita está por toda parte no meio urbano.  Portanto, desse ponto de vista, aprender ou não a ler e escrever passa a ter um significado muito diferente.  Passa a significar não só ter acesso à informação sobre a escrita, mas também ter ou não oportunidade de participar, de práticas sociais mediadas pela escrita. Telma Weisz
  2. 2. COMO AJUDAR O ALUNO A AVANÇAR Quais as melhores intervenções? Quais as situações de aprendizagem possíveis???
  3. 3. EIXOS EM LINGUA PORTUGUESA Leitura Reflexão sobre o sistema de escrita Produção Textual Comunicação Oral
  4. 4. EXPECTATIVAS DE APRENDIZAGEM: LEITURA  apreciar textos literários e participar dos intercâmbios posteriores à leitura;  ler textos para estudar os temas tratados nas diferentes áreas de conhecimento (de enciclopédias, veiculados na internet, publicados em jornais impressos, revistas, etc.), em parceria ou individualmente;  utilizar – no processo de ler para estudar - procedimentos como: copiar a informação que interessa, grifar trechos, fazer anotações, organizar esquemas que sintetizem as ideias mais importantes do texto e as relações entre elas etc.;  selecionar textos no processo de estudo e pesquisa, em diferentes fontes apoiando-se em títulos, subtítulos, imagens, negritos, em parceria ou individualmente;  ler, por si mesmo, textos de diferentes gêneros (contos, fábulas, mitos, lendas, crônicas, poemas, textos teatrais, da esfera jornalística etc.), apoiando-se em conhecimentos sobre o tema do texto, as características de seu portador, da linguagem própria do gênero e do sistema de escrita;  utilizar recursos para compreender ou superar dificuldades de compreensão durante a leitura (pedir ajuda aos colegas e ao professor, reler o trecho que provoca dificuldades, continuar a leitura com intenção de que o próprio texto permita resolver as dúvidas ou consultar outras fontes);
  5. 5. LEITURA Diferentes Modalidades de leitura: Leitura por si só ( reflexão sobre o sistema e leitura com compreensão) Leitura fluente ( leitura em voz alta para outro: leitura interpretativa) Leitura colaborativa ( compartilhar significados – compreensão)
  6. 6. REFLEXÃO SOBRE O SISTEMA As idéias que as crianças elaboram sobre a escrita
  7. 7. COMO AJUDAR OS ALUNOS A AVANÇAR
  8. 8. ATIVIDADES POSSIVEIS Atividade de escrita – pensar em quantas e quais letras usar e em que ordem usar Tipos de textos – textos conhecidos : estrofes de musicas, poemas, piadas etc. Material – lápis e papel, computador ou letras móveis. Intervenção – escrever, ler, justificar o que escreveu – ortografia ( regularidades e irregularidades da lingua)
  9. 9. PRODUÇÃO TEXTUAL EXPECTATIVAS DE APRENDIZAGEM  reescrever, de próprio punho, em parceria ou individualmente, histórias conhecidas,     modificando o narrador ou o tempo ou o lugar, recuperando do texto fonte as características da linguagem escrita e do registro literário; produzir textos de autoria em parceria ou de forma independente (cartas de leitor; indicações literárias; textos expositivos sobre temas estudados em classe; textos da esfera jornalística dentro de projetos de produção de jornais – murais ou impressos), utilizando recursos da linguagem escrita e o registro adequado ao texto (jornalístico, acadêmico-escolar etc); produzir contos de autoria, em parceria ou individualmente, com apoio do professor, utilizando recursos da linguagem escrita e do registro literário; reescrever textos e produzir textos de autoria, com apoio do professor ou de parceiros ou indivualmente para planejar o que vai escrever (considerando o contexto de produção); textualizar, utilizando-se de rascunhos; e reler o que está escrevendo, tanto para controlar a progressão temática quanto para avançar nos aspectos discursivos, textuais e notacionais; revisar textos coletivamente com apoio do professor ou em parceria com colegas ou individualmente considerando - em diferentes momentos - as questões da textualidade (coerência, coesão), a ortografia e a pontuação, tanto durante o processo de escrita quanto depois de finalizada a primeira versão.
  10. 10. PRODUÇÃO TEXTUAL Objetivo: Ensinar a textualizar Propostas: Reescrita e Produção de autoria Reescrita: Produzir um texto que se conhece o conteúdo temático Produção de autoria : Parcial ou integral Criação ou Pesquisa
  11. 11. PLANEJAMENTO DA PRODUÇÃO 1. Definir o contexto de produção 2. Levantamento das características do gênero 3. Planejamento do conteúdo temático 4. Panificação do texto 5. Textualização
  12. 12. O DESAFIO DA ESCOLA O desafio é conseguir que a escrita deixe de ser na escola somente um objeto de avaliação para se constituir realmente num objeto de ensino; é tornar possível que todos os alunos se apropriem da escrita e ponham em prática, sabendo – por experiência, não por transmissão verbal – que é um longo e complexo processo constituído por operações recorrentes de planejamento, textualização e revisão.
  13. 13.  O desafio é, em suma, combater a discriminação que a escola opera atualmente, não só quando cria o fracasso explícito daqueles que não consegue alfabetizar, como também quando impede aos outros – os que aparentemente não fracassam – chegar a ser leitores e produtores de textos competentes e autônomos. O desafio que devemos enfrentar, nós que estamos comprometidos com a instituição escolar, é combater a discriminação desde o interior da escola; é unir nossos esforços para alfabetizar todos os alunos, para assegurar que todos tenham oportunidades de se apropriar da leitura e da escrita como ferramentas essenciais de progresso cognoscitivo e de crescimento pessoal.  Para transformar o ensino da leitura e da escrita”. Livro: LERNER, Delia. Ler e escrever na escola: o real, o possível e o necessário. Porto Alegre: Artmed, 2002.

×