Successfully reported this slideshow.
We use your LinkedIn profile and activity data to personalize ads and to show you more relevant ads. You can change your ad preferences anytime.
Internacionalização do IFRS2º SAS - Bento Gonçalves / 2013Prof Evandro Manara Miletto
panoramaexperiências 2011 / 2012 / 2013internacionalizaçãodepoimentosconsiderações preliminares
Onde queremos chegar?
início do processoNiagara Falls, CA - 2010conferência anual de educaçãovisitas técnicas a colleges e faculdadesCONIF e ACC...
Campus Porto Alegre - 04/20114 alunos do Cégep de Sherbrooke, Québecpesquisa e extensão em biotecnologia (parte do TCC)pro...
Sherbrooke - 01/20114 dias em Sherbrooke - apresentação de projetos e visitas técnicasequipe brasileira:- Prof Gina Valent...
equipamentos e labs no CÉGEPequipamentos e labs no CÉGEP
Campus Porto Alegre - 06/20127 alunos e 2 professores do Cégep de Sherbrooke - Québecpesquisa e extensão em Informática e ...
atividades de pesquisaatividades de pesquisa
atividades de extensão
atividades socioculturaisatividades socioculturais
Campus Porto Alegre - 06/201306 alunos e 1 professora (Cégep - Sherbrooke)atividades de extensão e pesquisa:realização de ...
IFRS PoA - Canadá / hojeprojeto qualidade da água6 professores, 6 alunos, 1 pubprojeto cinema, cultura e mundo do trabalho...
internacionalização?
enfoquesinstitucionalrenome internacionalcursos populareseventos internacionaisatração de pesquisadoresprodução bibliográf...
o sentido da internacionalizaçãoprincípios das relações internacionais:"cooperação entre os povos para o progressoda human...
internacionalização dos IFs?Política de Relações Internacionaisdos Institutos Federais de Educação,Ciência e Tecnologiaobj...
estratégia de Rel. Int. dos IFsestruturaçao de acessorias internacionais dos IFcapacitação dos acessores e equipepromoção ...
modalidades de cooperaçãomissões / seçõesestágiosex. Camosun College, Victoria - cadupla diplomação (co-tutela)ex. IFRS <-...
relato de estudante - CSFAndré Togawahttp://youtu.be/jSaCEUnKd-0
Relato de estudante - CSF"Bem, com respeito à vida acadêmica, o sistema americano é bem diferente. Pramim, é mais trabalho...
Uma empresa, ao empregar umjovem formado em dois países,que sabe pelo menos doisidiomas tem o benefício de terum profissio...
principais desafiosprogramas eficientes de cooperaçãoflexibilidade curricularcompatibilidade curricularprevisão na matriz ...
Observações iniciais como retorno dado pelorecente CSF:1) possibilita aos estudantesconfrontar a) nosso arcaicomodelo de e...
como?
possibilidadesbolsas de estudos no exterior para osmelhores desempenhos acadêmicosver áreas de interesseex. premiar estuda...
sugestões (criar/aprimorar)internacionalização: ação institucionalclareza quanto ao modelo e responsabilidade dasinstituiç...
sugestões (criar/aprimorar)identificação do instituição parceira e potencial paracomplementar o desenvolvimento localmater...
O mais importante na vida não ésaberes onde estás, mas sim paraonde vais.Johann Goethe""
obrigadoevandro.miletto@poa.ifrs.edu.br
referênciasConstituição Federal. Disponível na Web: <http://www.planalto.gov.br/ccivil_03/constituicao/constituicao.htm>.A...
Upcoming SlideShare
Loading in …5
×

Internacionalização do IFRS

3,981 views

Published on

Apresentação no 2º Seminário Anual de Servidores do IFRS em Bento Gonçalves, RS.

Published in: Education
  • Be the first to comment

  • Be the first to like this

Internacionalização do IFRS

  1. 1. Internacionalização do IFRS2º SAS - Bento Gonçalves / 2013Prof Evandro Manara Miletto
  2. 2. panoramaexperiências 2011 / 2012 / 2013internacionalizaçãodepoimentosconsiderações preliminares
  3. 3. Onde queremos chegar?
  4. 4. início do processoNiagara Falls, CA - 2010conferência anual de educaçãovisitas técnicas a colleges e faculdadesCONIF e ACCC - acordo de cooperação
  5. 5. Campus Porto Alegre - 04/20114 alunos do Cégep de Sherbrooke, Québecpesquisa e extensão em biotecnologia (parte do TCC)prof. orientadores: Telmo Ojeda, Márcia Bündchen, Paulo Konzen e Ângelo Hornprograma de acolhimento ao aluno estrangeiro (colega brasileiro) - NAACMichaël Sage Claudia Beaurivage Martin Bélair Jean-François Rousseau
  6. 6. Sherbrooke - 01/20114 dias em Sherbrooke - apresentação de projetos e visitas técnicasequipe brasileira:- Prof Gina Valent - Reitoria- Prof Júlia Marques - Campus Bento Gonçalves- Prof Anderson Favero - Campus Rio Grande- Prof Evandro Miletto - Campus Porto Alegremais info em http://www.inf.poa.ifrs.edu.br/~evandro/?p=69Visita ao Cégep (apresentação de projetos e visita às instalações)
  7. 7. equipamentos e labs no CÉGEPequipamentos e labs no CÉGEP
  8. 8. Campus Porto Alegre - 06/20127 alunos e 2 professores do Cégep de Sherbrooke - Québecpesquisa e extensão em Informática e meio ambienteprof. envolvidos: André Peres, Simone Kapusta, Telmo Ojeda e Evandro Milettocursos de extensão: brasileiros <-> canadensesdesenvolvimento do projeto Qualidade da Água (1 artigo em conjunto)Michaël Sage Claudia Beaurivage Martin Bélair Jean-François Rousseau
  9. 9. atividades de pesquisaatividades de pesquisa
  10. 10. atividades de extensão
  11. 11. atividades socioculturaisatividades socioculturais
  12. 12. Campus Porto Alegre - 06/201306 alunos e 1 professora (Cégep - Sherbrooke)atividades de extensão e pesquisa:realização de minicursodesenvolvimento de softwareatividades no projeto Qualidade da Águaexperimentos e avaliaçõesescrita de artigoatividades culturais e de integração
  13. 13. IFRS PoA - Canadá / hojeprojeto qualidade da água6 professores, 6 alunos, 1 pubprojeto cinema, cultura e mundo do trabalho(maio 2013) 130 alunos, 6 professoresprojeto de inclusão social(junho 2013) 6 professoras, alunos
  14. 14. internacionalização?
  15. 15. enfoquesinstitucionalrenome internacionalcursos populareseventos internacionaisatração de pesquisadoresprodução bibliográfica(marketing da IES)acadêmicoformação de pessoasfoco na educação e ciênciatroca com estrangeirosações docentes/discentescolabora para a ciência:. atividades de formação. impacto na pesquisadebates de interesse comum
  16. 16. o sentido da internacionalizaçãoprincípios das relações internacionais:"cooperação entre os povos para o progressoda humanidade". (art 4º, IX - CF)não há diretriz explícita para internacionalizaçãoacadêmica."...mecanismo essencial para a formaçãoacadêmica e para a solução de problemasbrasileiros e comuns da humanidade".(TELES, 2005)
  17. 17. internacionalização dos IFs?Política de Relações Internacionaisdos Institutos Federais de Educação,Ciência e Tecnologiaobjetivosimportâncialinhas mestrasestratégiasFórum de Relações internacionais dos IFhttp://www.ifrs.edu.br/site/conteudo.php?cat=165&sub=2108
  18. 18. estratégia de Rel. Int. dos IFsestruturaçao de acessorias internacionais dos IFcapacitação dos acessores e equipepromoção de acordos com inst. estrangeirascriação de projetos de cooperação técnicarealização de atividades de mobilidade ...atualização do portalfomento à prática de idiomasinteração com agências de coop. int.
  19. 19. modalidades de cooperaçãomissões / seçõesestágiosex. Camosun College, Victoria - cadupla diplomação (co-tutela)ex. IFRS <-> Universitá degli Studi di Udine - itpossíveis recursosbolsas CNPq / CAPESeditais internosciência sem fronteiras (CSF)
  20. 20. relato de estudante - CSFAndré Togawahttp://youtu.be/jSaCEUnKd-0
  21. 21. Relato de estudante - CSF"Bem, com respeito à vida acadêmica, o sistema americano é bem diferente. Pramim, é mais trabalhoso. Aqui temos bem menos horas-aula que no Brasil, masmuito, muuuuuuito mais homework. Todo dia tem tarefa de casa de todas asmatérias e projetos pra se reunir, fazer e entregar. Logo, não há opção de nãoestudar. As notas não dependem tanto de prova, mas sim dos homeworks eprincipalmente projetos. Você não tem escolha a não ser estudar 8 horaspor dia fora as aulas, que somam menos de 4 horas por dia no meu caso. Asmatérias que peguei são bem interessantes e desafiadoras. Aprendi bastanteaqui. Mas tive que estudar por fora e passar muitas noites sem dormirtrabalhando nos projetos. Os professores são muitíssimo bem preparados,mas também são muito compreensivos. Se você precisar de ajuda eles semprecolaboram. Toda aula eles disponibilizam um formulário de feedback anônimosobre as aulas. Frequentemente recebem criticas pesadas, e fazem por ondemelhorar. O que realmente faz efeito".fonte: http://www.papodoaluno.blogspot.com.br
  22. 22. Uma empresa, ao empregar umjovem formado em dois países,que sabe pelo menos doisidiomas tem o benefício de terum profissional que conhece oshábitos de consumo dessesdois países.Adnei Melges de AndradeVice-Reitor Executivo de Relações Internacionais - USP""
  23. 23. principais desafiosprogramas eficientes de cooperaçãoflexibilidade curricularcompatibilidade curricularprevisão na matriz orçamentária da instituiçãocriação de programas linguísticosIntercâmbio de estudantescompromisso social
  24. 24. Observações iniciais como retorno dado pelorecente CSF:1) possibilita aos estudantesconfrontar a) nosso arcaicomodelo de ensino superior .. b)sistema moderno com pequena c/he muito estudo individual2) convivência saudável comdiferentes culturas3) valorização e domínio de umasegunda língua..Jorge Almeida GuimarãesPresidente da CAPES""
  25. 25. como?
  26. 26. possibilidadesbolsas de estudos no exterior para osmelhores desempenhos acadêmicosver áreas de interesseex. premiar estudantes das mostrasrecursos/editais p/ professores visitantessemináriosworkshopsbancas
  27. 27. sugestões (criar/aprimorar)internacionalização: ação institucionalclareza quanto ao modelo e responsabilidade dasinstituições envolvidastreinamento de pessoal e infra (suporte)site institucional (english version)aproveitamento curricular da ação (estágio)participação de docentes em bancasenvolver ensino, pesquisa e extensãobusca de editais que fomentem estas açõescurrículo internacionalizado e flexívelfomento ao estudo de idioma
  28. 28. sugestões (criar/aprimorar)identificação do instituição parceira e potencial paracomplementar o desenvolvimento localmateriais em língua inglesa para ambientar estudantespáginas de projetos ou programas em desenvolvimentodivulgação do programa Inglês Sem Fronteirashttp://isf.mec.gov.br/
  29. 29. O mais importante na vida não ésaberes onde estás, mas sim paraonde vais.Johann Goethe""
  30. 30. obrigadoevandro.miletto@poa.ifrs.edu.br
  31. 31. referênciasConstituição Federal. Disponível na Web: <http://www.planalto.gov.br/ccivil_03/constituicao/constituicao.htm>.Acesso em 14 abr. 2013.GUIMARÃES, J. A. A Internacionalização da Universidade Brasileira no presente contexto educacional, suasPerspectivas e o papel dos Professores Titulares. Conferência no ICB. UFRJ. Disponível na Web: <http://www.icb.ufrj.br/media/ConferenciaJorgeGuimaraesCongregacaoMai2012.pdf>. Acesso em: 14 abr. 2013.IFRS - Campus Poa. Estudantes Canadenses chegam ao Campus Porto Alegre. Disponível na Web: <http://www.poa.ifrs.edu.br/?p=11405>. Acesso em: 14 abr. 2013.IFRS - Reitoria. Política de Relações Internacionais dos Institutos Federais de Educação, Ciência e Tecnologia.Relações Internacionais. Disponível na Web: <http://www.ifrs.edu.br/site/conteudo.php?cat=165&sub=2108> Acessoem 14 abr. 2013.BLOGSPOT. Papo de Aluno. Disponível em <http://papodoaluno.blogspot.com.br/>. Acesso em: 14 abr. 2013.TELES, A. C. T. O. Internacionalização acadêmica: um percurso de desafios. Revista da UFG, v. 7, n. 2, dez. 2005. Disponível naWeb: < http://www.proec.ufg.br/revista_ ufg/45anos/K-internacionaliza.html >. Acesso em: 14 abr. 2013.

×