Projeto pps- caderno 01

10,728 views

Published on

0 Comments
0 Likes
Statistics
Notes
  • Be the first to comment

  • Be the first to like this

No Downloads
Views
Total views
10,728
On SlideShare
0
From Embeds
0
Number of Embeds
6
Actions
Shares
0
Downloads
97
Comments
0
Likes
0
Embeds 0
No embeds

No notes for slide

Projeto pps- caderno 01

  1. 1. ESTADO DE MATO GROSSO SECRETARIA DE ESTADO DE EDUCAÇÃO INSTITUTO FEDERAL DE MATO GROSSO UESTERDOUGLAS SOARES ROCHA A PRÁTICA PROFISSIONAL SUPERVISIONADA COMO APLICAÇÃO DOS CONHECIMENTOS ADQUIRIDOS NO CURSO PROFISSIONALIZANTE PROFUNCIONÁRIO O Projeto “A Prática Profissional Supervisionada como aplicação dos conhecimentos adquiridos no curso profissionalizante Profuncionário” é uma exigência apresentada pelo programa de Formação para os Funcionários da Educação. Tutor: José Aparecido Vieira Paranatinga-MT 2013
  2. 2. SUMÁRIO 1 . INTRODUÇÃO -------------------------------------------------------------------------P.03 2. JUSTIFICATIVA ------------------------------------------------------------------------P.04 3. OBJETIVOS -----------------------------------------------------------------------------P.06 3.1. OBJETIVO GERAL -----------------------------------------------------------------P.06 3.2. OBJETIVOS ESPECÍFICOS -----------------------------------------------------P.06 4. METODOLOGIA -----------------------------------------------------------------------P.07 5. CRONOGRAMA -----------------------------------------------------------------------P.08 6. BIBLIOGRAFIA ------------------------------------------------------------------------P.09
  3. 3. 1 . INTRODUÇÃO Este Projeto de Pesquisa visa ressaltar a importância de que cada cursista do Profuncionário estabeleça uma relação entre tudo o que aprende durante as aulas à sua prática laboral no contexto da instituição em que atua. Ele é resultado de uma atividade de uma das disciplinas desse curso, que é denominada PPS (Prática Profissional Supervisionada). O conteúdo deste Projeto contempla a necessidade de despertar nos cursistas essa capacidade de transformar os conhecimentos adquiridos em práticas efetivas que busquem dar maior qualidade ao trabalho prestado por eles nas Escolas e demais espaços educacionais em que atuem. Embasando-se em concepções modernas sobre noções de Profissionalização e dando enfoque às correntes atuais que incentivam a valorização dos trabalhadores por meio desse tipo de curso, o qual alia o conteúdo à prática, busca-se implementar a esta produção textual teorias relevantes aos objetivos da mesma, que partem do pressuposto de que tudo que vai sendo assimilado durante o referido curso tem potencial transformador no ambiente de trabalho dos cursistas. Conforme nos brinda Antônio Luiz (2002), diretor executivo do Instituto Fonte: Uma possível concepção de profissionalização está relacionada à idéia de boas práticas. Uma iniciativa social que se profissionalizou é aquela que passou a adotar um conjunto de práticas consideradas “excelentes” no meio em que ela se insere. Boas práticas têm a ver com a presença de um conselho, a incorporação de avaliação sistemática, realização de planejamento estratégico, gestão financeira baseada em orçamento e controle intensivo de custos, contratação de um captador de recursos e daí por diante. A partir desse ponto de vista, profissionalizar é preencher uma série de requisitos. (DE PAULA E SILVA, 2002). 2. JUSTIFICATIVA 3
  4. 4. O curso técnico Profuncionário, oferecido a todos os profissionais da Educação Básica não docentes do estado de Mato Grosso, prevê em sua estrutura, além da formação teórica por meio de estudos de livros, vídeo- aulas, slides, entre outros, a realização de produções textuais relacionadas ao que vem sendo estudado. O objetivo delas é tornar os conhecimentos adquiridos durante as aulas ferramentas importantes no dia- a- dia dos cursistas, fazendo-lhes refletir sobre o que vem sendo estudado e o que pode ser útil às necessidades diárias das instituições educacionais em que eles trabalham. A disciplina desse curso, denominada PPS, se concretiza então como eixo desse processo de consolidação dos conhecimentos. Em sua carga horária, estão previstos estágios e aplicações práticas que vão sendo realizadas de acordo com as propostas temáticas que vão sendo estudadas. Daí a necessidade de tratar a PPS neste projeto, dotando-o de argumentos e prerrogativas que justifiquem a existência dessa disciplina e o seu papel formativo durante a realização do Profuncionário. Assim, partindo da premissa de que todo profissional da Educação é também um educador, contextualizamos a afirmação de Maurice Tardif (2002): A pesquisa universitária na área da educação e a prática do ofício de professor não são regidas pela relação entre teoria e prática, pois ambas são portadoras e produtoras de práticas e de saberes, de teorias e de ações, e ambas comprometem os atores, seus conhecimentos e suas subjetividades. Nessa perspectiva, a relação entre a pesquisa universitária e o trabalho docente nunca é uma relação entre uma teoria e uma prática, mas uma relação entre atores, entre sujeitos cujas práticas são portadoras de saberes. (TARDIF, 2002). De acordo com Tardif, as relações dos educadores com as suas práticas deixaram de se pautar entre a mera transmissão de conhecimentos, para uma relação mútua onde o que é aprendido em contextos acadêmicos vai sendo transmitido e também recriado a medida em que esses 4
  5. 5. profissionais e demais envolvidos no processo de Ensino se considerem como sujeitos ativos na produção e transformação de saberes. Com isso, podemos considerar a importância de se concretizar e reformular constantemente as teorias educacionais, de acordo com o cotidiano e a realidade de cada ambiente em que o profissional dessa área está inserido. A partir da realização de atividades sustentadas por estudos que as antecipam, deve-se ter o cuidado de avaliar frequentemente os resultados de acordo com os objetivos previstos. É importante também seguir uma linha metodológica, a fim de que as ideias que se considerem significativas e efetivas na conquista de mais qualidade à determinada atividade, possam ser também facilmente assimiladas pelos demais profissionais daquele setor, ou função. Todo profissional atuante e engajado em oferecer um serviço diário com a maior qualidade possível precisa ter uma alma de cientista, uma vez que a metodologia científica aproxima cada vez mais os objetivos aos resultados planejados antecipadamente, conforme ratifica Mariana Araguaia: O método científico engloba a observação de um fato; elaboração de uma “pergunta” acerca desse fato, com base em uma teoria que precisa ser explicada; e formulação de uma hipótese, consistindo em possíveis respostas testáveis para esta pergunta. (ARAGUAIA, S.D.). Tendo em conta tudo isso, qualquer atuação que se alicerce em metodologias cujos resultados sejam constantemente analisados e avaliados, reforçam a importância da existência da PPS como fator essencial em uma formação profissionalizante integradora entre conhecimentos acadêmicos e conhecimentos práticos, adquiridos e/ou reformulados. 3. OBJETIVOS 5
  6. 6. 3.1. Objetivo Geral Estabelecer uma relação de reciprocidade entre conhecimento e prática e contribuir para a formação dos cursistas do Profuncionário no contexto de suas práticas laborais, levando-lhes à reflexão sobre tudo o que aprendem durante o curso e todo o potencial de mudança e solidificação que esses conhecimentos lhes podem brindar a medida em que se profissionalizam e enxergam a sua responsabilidade ante os alunos e demais funcionários dos espaços educacionais, bem como diante do contexto social em que estão inseridos e das necessidades de mudança e transformação que as classes menos favorecidas anseiam. 3.2. Objetivos Específicos Respaldar e fundamentar a realização de produções textuais requeridas durante o curso e, principalmente, aquelas da disciplina PPS, exemplificando com atividades que levam a resultados efetivos no ambiente de trabalho dos cursistas. Promover neles a sensibilização de que tudo o que aprendem precisa ser usado metodicamente na tentativa de melhorar a qualidade de suas práticas profissionais. Incentivar a criação e posta em prática de ideias, projetos e atividades, que sejam significativas e capazes de transformar as instituições e melhorar o Ensino, bem como contribuir com a melhoria nas condições de vida da comunidade. 4. METODOLOGIA 6
  7. 7. A PPS deverá realizar-se a partir, sobretudo, de pesquisas e estudos que embasem a atividade ou ideia que se pretende colocar em prática de acordo com a realidade das instituições. O primeiro passo é delimitar um tema, a partir do qual o aluno do Profuncionário deve primeiramente ler todo o Caderno que foi disponibilizado para a temática que já foi proposta antecipadamente. Após ler o referido caderno e ter acompanhado as aulas presenciais que tratem e discutam sua temática, o aluno se aprofundará em mais conhecimentos e conteúdos relacionados com a mesma. Para isso, buscará textos on line, livros, vídeo- aulas, slides, entre outros. O próximo passo é criar uma atividade ou teoria metodológica, baseada em uma pesquisa ampla e fundamentada em intelectuais renomados na área que se pretende pesquisar. Após surgida a ideia, o aluno deverá transpô-la ao papel, organizando seu projeto de acordo com as normas da ABNT e respeitando os tópicos tais como capa, introdução, justificativa, objetivos, metodologia, cronograma e bibliografia. Após confeccionada a produção textual, a próxima etapa é a posta em prática da atividade ou teoria proposta. No fim, o aluno redigirá um relatório, avaliando os resultados obtidos e se os objetivos foram alcançados. No final do curso, um projeto mais amplo e mais detalhado será exigido, para o qual serão necessários, sem dúvida, muito mais estudos e uma pesquisa muito mais criteriosa e detalhada, bem como uma posta em prática mais efetiva e avaliação mais criteriosa. 5. CRONOGRAMA* 7
  8. 8. 2013 2014 Atividade Agost o Setem bro Outu bro Novem bro Dezem bro Janei ro Fevere iro Mar ço Abril Elaboração do Projeto 19/30 Caderno 01 02/20 Caderno 03 23/30 Caderno 06 Caderno 07 Caderno 08 Caderno 10 Caderno 11 Caderno 12 Caderno 13 Caderno 14 Caderno 15 Caderno 16 *Será disponibilizado, futuramente, um cronograma completo de todas as atividades da PPS. 6. BIBLIOGRAFIA 8
  9. 9. MONLEVADE, João Antônio Cabral de. Funcionários de Escolas: cidadãos, educadores, profissionais e gestores. 4ª ed. Mato Grosso: Universidade Federal de Mato Grosso, Rede e-Tec Brasil, 2012. SANDESKI, Adinilra Selma Moreira da Silva. et al. Orientações de Prática Profissional-I. Paraná: Instituto Federal do Paraná, 2012. MINISTÉRIO DA EDUCAÇÃO. Secretaria de Educação Profissional e Tecnológica. Orientações Gerais. 4ª ed. Mato Grosso: Universidade Federal de Mato Grosso/ Rede e-Tec Brasil, 2012. TARDIF, Maurice. Saberes docentes e formação profissional. Petrópolis: Ed. Vozes, 2002. ARAGUAIA, Mariana. A metodologia científica. Equipe Brasil Escola, 2002- 2013. Disponível em: http://www.brasilescola.com/biologia/a-metodologia- cientifica.htm. Último acesso em: 05/09/2013. DE PAULA E SILVA, Antônio Luiz. A profissionalização e o facilitador. Instituto Fonte. Disponível em: http://institutofonte.org.br/node/156. Último acesso em: 05/09/2013. 9
  10. 10. Local e Data: ____________________________________________________ Assinaturas: Tutor(a) _____________________________________________ Aluno(a) _____________________________________________ RELATÓRIO FINAL DE APLICAÇÃO O presente Projeto de pesquisa foi entregue à diretora da escola em que eu trabalho, Girlaine David Alves, diretora da Escola Municipal de Ensino Fundamental Chapeuzinho Vermelho, em Paranatinga-MT. 10 FORMULARIO PARA REGISTRO DAS ATIVIDADES DE PRÁTICA PROFISSIONAL Nome: Uesterdouglas Soares Rocha Curso: Técnico em Secretaria Escolar Polo: Primavera do Leste / MT Local: Paranatinga / MT Tutor (a): José Aparecido Vieira Atividades Elaboração do projeto da Pratica Profissional Supervisionada Justificativa Busca – se com esta atividade a comprovação da importância do Planejamento para nortear a Pratica Profissional Supervisionada. Portanto a presente atividade irá trazer contribuições positivas e significativas para a realização deste módulo do Profuncionário. Objetivos Elaborar o Projeto da Pratica Profissional Supervisionada Público Alvo Cursista do Profuncionário. Descrição da Atividade Orientação da tutora = 02 (duas) horas Desenvolvimento da atividade = 06 (seis) horas Levantamento de informações para a elaboração do Projeto (Capa, Sumario, Introdução, Justificativa, Objetivo Geral, Objetivos Específicos, Metodologia, Cronograma e Bibliografia. Relatório da Atividade = 01 (uma) horas Relato do projeto a tutora = 01 (uma) horas Data /Carga Horária Período: 05 de setembro de 2013 a 13 de setembro de 2013 Carga horária: 10 (dez) horas Assinatura e carimbo do responsável pela Unidade Escolar ________________________
  11. 11. Junto a ela, dialoguei sobre a importância das atividades práticas da disciplina PPS. Comentei que, para cumprir com a maior qualidade possível as minhas responsabilidades diárias, é extremamente necessária essa formação teórica e prática durante o curso do Profuncionário. Expliquei a dinâmica desse curso, e, mais detalhadamente, expus as contribuições que as PPS´s poderão trazer à instituição e a minha carreira de secretario escolar. Finalizei expondo o meu grande interesse na busca por mais conhecimentos e uma formação mais ampla e útil aos interesses da Escola, o que acaba sendo uma característica extremamente necessária a qualquer funcionário da Educação. 11

×