Action network instrucoes [portugues]

186 views

Published on

0 Comments
0 Likes
Statistics
Notes
  • Be the first to comment

  • Be the first to like this

No Downloads
Views
Total views
186
On SlideShare
0
From Embeds
0
Number of Embeds
1
Actions
Shares
0
Downloads
1
Comments
0
Likes
0
Embeds 0
No embeds

No notes for slide

Action network instrucoes [portugues]

  1. 1. Action Network AGRICULTURA FAMILIAR: SOCIAL E ECOLOGICAMENTE RESPONSÁVEL Promovido por: IFOAM, Faitrade Internacional, HELVETAS, FIDA/Samcert e LOA, em colaboração com Koinè - Teatro Sustentável. Dirigido a: todas as famílias de agricultores biológicos, orgânicos, biodinâmicos, agroecológicos e de comércio justo. Em 2014, ano das Nações Unidas para a agricultura familiar, algumas organizações internacionais, comprometidas social e ecologicamente, lançarão uma rede de ação para dar visibilidade à agricultura familiar e mostrar seu papel central na produção nos movimentos de agricultura orgânica e de comercio justo. As ações ocorrerão em diferentes ocasiões por todo o mundo, mostrando como a agricultura familiar orgânica e de comércio justo contribuem nas diferentes dimensões da sustentabilidade: Social: as pessoas vivem em igualdade e equidade. Ecológica: os recursos comuns são utilizados de maneira sustentável. Econômico: o comércio conduz à prosperidade. Cultural: a inspiração, a inovação, a liderança e o altruísmo estão presentes; as comunidades são estáveis e prosperam. Comunicação: as personas são responsáveis por suas ações; é incentivada a participação dos interessados. A mensagem Historias das famílias de agricultores orgânicos de todas as latitudes e longitudes. Esta mensagem se dirige aos lares e famílias de agricultores orgânicos, do comércio justo e cooperativas (que são a "família" das "famílias" ) em todo o mundo e têm a intenção de envolver todos os membros de cada família de agricultores que se envolverem esta proposta. O autor desta mensagem é uma companhia de teatro (Koiné) que há vinte anos se dedica à produção de espetáculos teatrais destinados a demostrar que a agricultura, especialmente a agricultura ecológica, é um processo de produção de arte e artesanato, e não um simples processo produtivo. Considerando que o produto agrícola é necessário para manter a espécie humana, deveria ser evidente para todos que esta produção deve ser feita com arte, mas infelizmente não é assim. Parece que apenas os agricultores orgânicos e biodinâmicos têm esta consciência. Para considerar a produção como arte, é essencial que o agricultor/artista ame seu produto, do mesmo modo que um pintor ama sua pintura ou um músico ama sua partitura musical. Uma propriedade familiar orgânica entra nesta categoria porque seus membros, na maioria dos casos, amam sua terra e sabem como renovar sua fertilidade mediante a interação com a complexidade da terra e do ar de seus campos. Cada propriedade da agricultura familiar é diferente, mas há "algo" que une as bananas produzidas por uma família na América Central com o leite produzido por uma família na Europa. Este "algo" é a Terra (ou a Biosfera, como um processo mental, como o solo, como o
  2. 2. destinatário da fertilidade, como a Grande Deusa) que "prefere" ser cultivada pelo amor da família, em vez de grandes corporações industriais proprietária de terras. Com o objetivo de demonstrar que esta afirmação é verdadeira, pedimos que nos relate, utilizando as ferramentas de comunicação que vamos a sugerir mais adiante, suas histórias de família agrícola, esperanças e crenças, suas cadeias de abastecimento, seus protestos, suas necessidades, sua fome, seus ganhos, sua alegria etc. Os meios Para comunicar suas histórias de agricultura familiar orgânica, no marco do Ano Internacional da Agricultura Familiar (AIAF 2014), criamos uma folha de rota dos acontecimentos. O primeiro acontecerá durante a feria internacional de orgânicos BioFach Alemanha, em Nuremberg, entre 12 e 15 de fevereiro de 2014, em uma superfície de exposição de 6 x 9 metros (ver ilustração).
  3. 3. Neste espaço, que conta com um sistema multimídia, suas histórias com a agricultura familiar serão apresentadas e os vídeos projetados. Durante a feira, uma atriz poliglota (na figura, atrás da mesa "A"), será a moderadora da alternância de historias agrícolas e culturais, apresentadas através por meio de vídeos que serão gravados pelos próprios agricultores, usando um celular com câmera. Em um dia de descanso, pede-se que as gravações sejam feitas em suas terras e junto da sua família. Depois de finalizado, o vídeo deve ser transferido para um computador e enviado ao endereço especificado ao final do texto. É possível que a equipe organizadora precise editar o filme e combiná-lo com outros vídeos a fim de criar uma rapsódia, uma variedade de estórias que contam ao público a aliança fértil dos campos orgânicos com suas famílias. Notas técnicas Nossa solicitação é para que se grave um vídeo de uns 3 minutos. É algo simples, mas a pesar de não estarmos interessados em imagens de alta definição, gostaríamos de ter uniformidade de estilo nas imagens enviadas. Assim, recomendamos que busque captar imagens que contem, tanto quanto possível, sobre o lugar onde você trabalha. Então, fixe a câmera a uma altura de aproximadamente um metro e meio, usando um tripé ou objeto que esteja firme sobre chão (mesa, cadeira etc.), e fixe a câmera /celular com fita adesiva. Deve ser gravada uma sequência ininterrupta de uns 3 minutos, mantendo sempre a câmera fixa em una só posição. Cada membro da família deve entrar em cena e explicar seu papel e suas ideias sobre a agricultura sustentável. Durante os relatos - e isto é muito importante pedimos que olhe diretamente para a câmera. A foto abaixo é um exemplo do tipo de enquadramento que estamos buscando – no qual se pode ver toda a família e uma parte da terra em que vivem e trabalham. Esta distância também deveria funcionar para o áudio, sempre e quando não haja demasiado ruído de fundo. O melhor é fazer um teste de som antes de gravar o vídeo. Utilizando a mesma distância e posição de câmera, pedimos que tirem uma foto da família utilizando a maior definição disponível em sua câmera, máquina fotográfica ou celular.
  4. 4. O idioma utilizado deve ser o da língua materna (português). Vamos a traduzir as falas para o inglês e colocar legenda no vídeo. Para as famílias que utilizam os idiomas e dialetos locais, necessitaremos de uma tradução para o inglês, espanhol, francês ou português no formato de texto. Dado que o vídeo muito curto, recomendamos que se façam provas até que toda a família esteja satisfeita com o resultado. Após elegerem o melhor vídeo, por favor, enviem-no para nós pela internet, através da página <www.wetransfer.com>, endereçando o conteúdo para o seguinte e-mail <familyfarming@icea.info> e, se possível, anexe também algumas imagens de sua propriedade e produtos, endereço de e-mail e de moradia junto. O vídeo e as fotografias devem chegar até, no máximo, dia 22 de janeiro de 2014. E para que você possa ver como sua história se mistura com as de outras famílias pelo mundo, lhe enviaremos o vídeo final e as notícias da Biofach Alemanha por e-mail.

×