Successfully reported this slideshow.
We use your LinkedIn profile and activity data to personalize ads and to show you more relevant ads. You can change your ad preferences anytime.

Minna no Nihongo Shokyuu 1 - Tradução e Notas Gramaticais PT_BR

56,195 views

Published on

Minna no Nihongo Shokyuu 1 - Tradução e Notas Gramaticais PT_BR
みんなの日本語 初級1 文法 解説ポルトガル語版

Published in: Education
  • Posso recomendar um site. Ele realmente me ajudou. Chama-se ⇒ www.boaaluna.club ⇐ Eles me ajudaram a escrever minha dissertação.
       Reply 
    Are you sure you want to  Yes  No
    Your message goes here
  • DOWNLOAD THE BOOK INTO AVAILABLE FORMAT (New Update) ......................................................................................................................... ......................................................................................................................... Download Full PDF EBOOK here { https://urlzs.com/UABbn } ......................................................................................................................... Download Full EPUB Ebook here { https://urlzs.com/UABbn } ......................................................................................................................... Download Full doc Ebook here { https://urlzs.com/UABbn } ......................................................................................................................... Download PDF EBOOK here { https://urlzs.com/UABbn } ......................................................................................................................... Download EPUB Ebook here { https://urlzs.com/UABbn } ......................................................................................................................... Download doc Ebook here { https://urlzs.com/UABbn } ......................................................................................................................... ......................................................................................................................... ................................................................................................................................... eBook is an electronic version of a traditional print book THE can be read by using a personal computer or by using an eBook reader. (An eBook reader can be a software application for use on a computer such as Microsoft's free Reader application, or a book-sized computer THE is used solely as a reading device such as Nuvomedia's Rocket eBook.) Users can purchase an eBook on diskette or CD, but the most popular method of getting an eBook is to purchase a downloadable file of the eBook (or other reading material) from a Web site (such as Barnes and Noble) to be read from the user's computer or reading device. Generally, an eBook can be downloaded in five minutes or less ......................................................................................................................... .............. Browse by Genre Available eBOOK .............................................................................................................................. Art, Biography, Business, Chick Lit, Children's, Christian, Classics, Comics, Contemporary, CookBOOK, Manga, Memoir, Music, Mystery, Non Fiction, Paranormal, Philosophy, Poetry, Psychology, Religion, Romance, Science, Science Fiction, Self Help, Suspense, Spirituality, Sports, Thriller, Travel, Young Adult, Crime, EBOOK, Fantasy, Fiction, Graphic Novels, Historical Fiction, History, Horror, Humor And Comedy, ......................................................................................................................... ......................................................................................................................... .....BEST SELLER FOR EBOOK RECOMMEND............................................................. ......................................................................................................................... Blowout: Corrupted Democracy, Rogue State Russia, and the Richest, Most Destructive Industry on Earth,-- The Ride of a Lifetime: Lessons Learned from 15 Years as CEO of the Walt Disney Company,-- Call Sign Chaos: Learning to Lead,-- StrengthsFinder 2.0,-- Stillness Is the Key,-- She Said: Breaking the Sexual Harassment Story THE Helped Ignite a Movement,-- Atomic Habits: An Easy & Proven Way to Build Good Habits & Break Bad Ones,-- Everything Is Figureoutable,-- What It Takes: Lessons in the Pursuit of Excellence,-- Rich Dad Poor Dad: What the Rich Teach Their Kids About Money THE the Poor and Middle Class Do Not!,-- The Total Money Makeover: Classic Edition: A Proven Plan for Financial Fitness,-- Shut Up and Listen!: Hard Business Truths THE Will Help You Succeed, ......................................................................................................................... .........................................................................................................................
       Reply 
    Are you sure you want to  Yes  No
    Your message goes here
  • DOWNLOAD THE BOOK INTO AVAILABLE FORMAT (New Update) ......................................................................................................................... ......................................................................................................................... Download Full PDF EBOOK here { https://urlzs.com/UABbn } ......................................................................................................................... Download Full EPUB Ebook here { https://urlzs.com/UABbn } ......................................................................................................................... Download Full doc Ebook here { https://urlzs.com/UABbn } ......................................................................................................................... Download PDF EBOOK here { https://urlzs.com/UABbn } ......................................................................................................................... Download EPUB Ebook here { https://urlzs.com/UABbn } ......................................................................................................................... Download doc Ebook here { https://urlzs.com/UABbn } ......................................................................................................................... ......................................................................................................................... ................................................................................................................................... eBook is an electronic version of a traditional print book THE can be read by using a personal computer or by using an eBook reader. (An eBook reader can be a software application for use on a computer such as Microsoft's free Reader application, or a book-sized computer THE is used solely as a reading device such as Nuvomedia's Rocket eBook.) Users can purchase an eBook on diskette or CD, but the most popular method of getting an eBook is to purchase a downloadable file of the eBook (or other reading material) from a Web site (such as Barnes and Noble) to be read from the user's computer or reading device. Generally, an eBook can be downloaded in five minutes or less ......................................................................................................................... .............. Browse by Genre Available eBOOK .............................................................................................................................. Art, Biography, Business, Chick Lit, Children's, Christian, Classics, Comics, Contemporary, CookBOOK, Manga, Memoir, Music, Mystery, Non Fiction, Paranormal, Philosophy, Poetry, Psychology, Religion, Romance, Science, Science Fiction, Self Help, Suspense, Spirituality, Sports, Thriller, Travel, Young Adult, Crime, EBOOK, Fantasy, Fiction, Graphic Novels, Historical Fiction, History, Horror, Humor And Comedy, ......................................................................................................................... ......................................................................................................................... .....BEST SELLER FOR EBOOK RECOMMEND............................................................. ......................................................................................................................... Blowout: Corrupted Democracy, Rogue State Russia, and the Richest, Most Destructive Industry on Earth,-- The Ride of a Lifetime: Lessons Learned from 15 Years as CEO of the Walt Disney Company,-- Call Sign Chaos: Learning to Lead,-- StrengthsFinder 2.0,-- Stillness Is the Key,-- She Said: Breaking the Sexual Harassment Story THE Helped Ignite a Movement,-- Atomic Habits: An Easy & Proven Way to Build Good Habits & Break Bad Ones,-- Everything Is Figureoutable,-- What It Takes: Lessons in the Pursuit of Excellence,-- Rich Dad Poor Dad: What the Rich Teach Their Kids About Money THE the Poor and Middle Class Do Not!,-- The Total Money Makeover: Classic Edition: A Proven Plan for Financial Fitness,-- Shut Up and Listen!: Hard Business Truths THE Will Help You Succeed, ......................................................................................................................... .........................................................................................................................
       Reply 
    Are you sure you want to  Yes  No
    Your message goes here
  • DOWNLOAD THE BOOK INTO AVAILABLE FORMAT (New Update) ......................................................................................................................... ......................................................................................................................... Download Full PDF EBOOK here { https://urlzs.com/UABbn } ......................................................................................................................... Download Full EPUB Ebook here { https://urlzs.com/UABbn } ......................................................................................................................... Download Full doc Ebook here { https://urlzs.com/UABbn } ......................................................................................................................... Download PDF EBOOK here { https://urlzs.com/UABbn } ......................................................................................................................... Download EPUB Ebook here { https://urlzs.com/UABbn } ......................................................................................................................... Download doc Ebook here { https://urlzs.com/UABbn } ......................................................................................................................... ......................................................................................................................... ................................................................................................................................... eBook is an electronic version of a traditional print book THE can be read by using a personal computer or by using an eBook reader. (An eBook reader can be a software application for use on a computer such as Microsoft's free Reader application, or a book-sized computer THE is used solely as a reading device such as Nuvomedia's Rocket eBook.) Users can purchase an eBook on diskette or CD, but the most popular method of getting an eBook is to purchase a downloadable file of the eBook (or other reading material) from a Web site (such as Barnes and Noble) to be read from the user's computer or reading device. Generally, an eBook can be downloaded in five minutes or less ......................................................................................................................... .............. Browse by Genre Available eBOOK .............................................................................................................................. Art, Biography, Business, Chick Lit, Children's, Christian, Classics, Comics, Contemporary, CookBOOK, Manga, Memoir, Music, Mystery, Non Fiction, Paranormal, Philosophy, Poetry, Psychology, Religion, Romance, Science, Science Fiction, Self Help, Suspense, Spirituality, Sports, Thriller, Travel, Young Adult, Crime, EBOOK, Fantasy, Fiction, Graphic Novels, Historical Fiction, History, Horror, Humor And Comedy, ......................................................................................................................... ......................................................................................................................... .....BEST SELLER FOR EBOOK RECOMMEND............................................................. ......................................................................................................................... Blowout: Corrupted Democracy, Rogue State Russia, and the Richest, Most Destructive Industry on Earth,-- The Ride of a Lifetime: Lessons Learned from 15 Years as CEO of the Walt Disney Company,-- Call Sign Chaos: Learning to Lead,-- StrengthsFinder 2.0,-- Stillness Is the Key,-- She Said: Breaking the Sexual Harassment Story THE Helped Ignite a Movement,-- Atomic Habits: An Easy & Proven Way to Build Good Habits & Break Bad Ones,-- Everything Is Figureoutable,-- What It Takes: Lessons in the Pursuit of Excellence,-- Rich Dad Poor Dad: What the Rich Teach Their Kids About Money THE the Poor and Middle Class Do Not!,-- The Total Money Makeover: Classic Edition: A Proven Plan for Financial Fitness,-- Shut Up and Listen!: Hard Business Truths THE Will Help You Succeed, ......................................................................................................................... .........................................................................................................................
       Reply 
    Are you sure you want to  Yes  No
    Your message goes here
  • DOWNLOAD THE BOOK INTO AVAILABLE FORMAT (New Update) ......................................................................................................................... ......................................................................................................................... Download Full PDF EBOOK here { https://urlzs.com/UABbn } ......................................................................................................................... Download Full EPUB Ebook here { https://urlzs.com/UABbn } ......................................................................................................................... Download Full doc Ebook here { https://urlzs.com/UABbn } ......................................................................................................................... Download PDF EBOOK here { https://urlzs.com/UABbn } ......................................................................................................................... Download EPUB Ebook here { https://urlzs.com/UABbn } ......................................................................................................................... Download doc Ebook here { https://urlzs.com/UABbn } ......................................................................................................................... ......................................................................................................................... ................................................................................................................................... eBook is an electronic version of a traditional print book THE can be read by using a personal computer or by using an eBook reader. (An eBook reader can be a software application for use on a computer such as Microsoft's free Reader application, or a book-sized computer THE is used solely as a reading device such as Nuvomedia's Rocket eBook.) Users can purchase an eBook on diskette or CD, but the most popular method of getting an eBook is to purchase a downloadable file of the eBook (or other reading material) from a Web site (such as Barnes and Noble) to be read from the user's computer or reading device. Generally, an eBook can be downloaded in five minutes or less ......................................................................................................................... .............. Browse by Genre Available eBOOK .............................................................................................................................. Art, Biography, Business, Chick Lit, Children's, Christian, Classics, Comics, Contemporary, CookBOOK, Manga, Memoir, Music, Mystery, Non Fiction, Paranormal, Philosophy, Poetry, Psychology, Religion, Romance, Science, Science Fiction, Self Help, Suspense, Spirituality, Sports, Thriller, Travel, Young Adult, Crime, EBOOK, Fantasy, Fiction, Graphic Novels, Historical Fiction, History, Horror, Humor And Comedy, ......................................................................................................................... ......................................................................................................................... .....BEST SELLER FOR EBOOK RECOMMEND............................................................. ......................................................................................................................... Blowout: Corrupted Democracy, Rogue State Russia, and the Richest, Most Destructive Industry on Earth,-- The Ride of a Lifetime: Lessons Learned from 15 Years as CEO of the Walt Disney Company,-- Call Sign Chaos: Learning to Lead,-- StrengthsFinder 2.0,-- Stillness Is the Key,-- She Said: Breaking the Sexual Harassment Story THE Helped Ignite a Movement,-- Atomic Habits: An Easy & Proven Way to Build Good Habits & Break Bad Ones,-- Everything Is Figureoutable,-- What It Takes: Lessons in the Pursuit of Excellence,-- Rich Dad Poor Dad: What the Rich Teach Their Kids About Money THE the Poor and Middle Class Do Not!,-- The Total Money Makeover: Classic Edition: A Proven Plan for Financial Fitness,-- Shut Up and Listen!: Hard Business Truths THE Will Help You Succeed, ......................................................................................................................... .........................................................................................................................
       Reply 
    Are you sure you want to  Yes  No
    Your message goes here

Minna no Nihongo Shokyuu 1 - Tradução e Notas Gramaticais PT_BR

  1. 1. I ÍÍÉ. exz. «aw, .r-, g,»= v~ sxymva_ ngm" ? âáazz . 13:5' - ; l “E3” âí%âíüiíãà%üàüwvífibâ7ü Tradução e Notas Gramaticais ZU-I-woy/ o-a %
  2. 2. oooooooooooooooococaccQQQQQQQ! Q!Qo¡666rccc: stores
  3. 3. 'i . 6. PREZADOS LElTOFiES Método Eficiente de Aprendizado Aprender cada palavra com cuidado. Cada liçilo apresenta novos vocábulos. Em printciro lugar, ouça a iittt cassete e aprenda bem as palavras. prestando atenção especial para a pronúncia e entonação corretas. Tente fomm sentenças com as novas palavras. É importante memorizar nño somente n palavra. como também seu uso nas sentenças. . Pratique os padrões da sentença. Certifique-se de que entendeu o significado de cada padrão de sentença, e faça os exercicios A e B até dominar completamente o uso do padrão. Pratique. falando as sentenças em voz alta, e especialmente ao fazer o exercício B. . Pratique os exercicios de conversação. Depois do exercicio dos padrões de sentença, deve-se praticar as conversações. As conversações mostram as várias situações da vida cotidiana em que os estrangeiros são obrigados a usar a língua japonesa. Inicie fazendo os exercicios C para se acostumar com os padrões. Não pratique somente os diálogos padrões. mas tente expandi-los. Aprenda como se comunicar adequadamente de acordo com as situações praticando a conversação. . Ouça a fita cassete repetidamente. Ao praticar os exercicios C e as conversações, ouça a fita e repita as frases em voz alta para se certificar de que você está falando com a pronúncia e entonação corretas. Ouvir a fita é a forma mais eficaz para se acostumar com o som e a velocidade do idioma japonês e para desenvolver a habilidade de audição. Lembre-se sempre de rever e preparar a lição. Para não se esquecer do que aprendeu na sala de aula, reveja a lição sempre no mesmo dia. Por último, faça exercicios no final de cada lição a fim de verificar o que você aprendeu. E. se tiver tempo, dê uma olhada nas palavras e na explicação gramatical da lição seguinte. Para um estudo eficiente é importante a preparação básica. Use o que você aprendeu. Não se restrinja ao aprendizado na sala de nula. Tento conversar com os japoneses. Usar o que você acabou de aprender é uma fonna ótima para progredir. Se você estudar o conteúdo deste livro seguindo as sugestões acima, você : tdquirirtl um vocabulário básico e conhecerá as expressões necessárias para a vida cotidiana no Japão.
  4. 4. PERSONAGENS_ DAS CONVERSAÇÕES 'ali Sato Keiko Japonesa, funcionária da IMC ' . Mlke Miller Americanoj funcionário da IMC Í ' s. ~ Jose' Santos; n Maria Santos l l l ãrasileíro, funcionário da Brazil Air 'l Karina ' Wang Xue Indonésia, estudante Chinês, médico do Hospital Kobe da Universidade Fuji *R* __ Yamada lchitófl . ' Japonês. funcionário dafiMÇ. Yamada Tomoko Japonesa, bancária ' (o Nota' Apesar de José Santos e Teresavlrqinrem-: e de personagens brasileiros. os "TERESA" foram gravados de forma errônea n¡ m¡ cume, com n pronúncia em espanhol. ) Brasileira, dona-de-casa › nomes "JOSE" e 99999Qããtãqqttlltymttñpnppppoapocoooooooqeooooooe
  5. 5. Klmura lzuml Japonesa. locutor-a Japones, chefe de J aponesa, dona-de-casa departamento da IMC - Outros personagens - Watt Inglês, professor da Universidade Sakura Alemão, Coreana, engenheiro da Power Electric Company pesquisadora do AKC r Taro Brasileira, estudante (9 anos). Japonês, estudante (8 anos), filho de lchiro e Tomoko Yamada filha de José e Maria Santos Cniuptna "E Thawaphon Indiano, funcionário da IMC "ÃIiÍ-Hldés. estudante da escola de linguajaponesa XIMC (companhia de software de computador) H Lêni >I<AKC (T TBI' É-t '/ 7 - 3 Instituto de Pesquisas sobre a Ásia)
  6. 6. . t. = ÍNDICE INTRODUÊ Ão . ... ... ... ... ... __________________________________________ _; ______________________ H2 l'. Carente etloaa Garala da Lingua Japonaea II. Escrita . laponaea lll. Pçronúncla 'da Lingua Japonesa LIÇÃO PRELIMINAR . ... ... ... ... ... ... ... ... ... ... ... . ... ... ... ... ... ... ... ... ... ... ... ... ... ... ... ... ... ... .. . .a I. Pronúne a ll. Palavras_ Usadas em Sala de Auta III. . Saudaçdaa e Expressões Uaadaa no-Dla-a-. Dla IV. Numaralp ' OtlplâppepñOhüceeeeeeeeeeeeeeee TERMOS iusAoos PARA A INSTRUÇÃO . ... ... ... ... ... ... ... ... ... ... ... ... ... ... ... ... . . .10 ' " ABREVWTURAS . ... ... ... ... ... ... ... ... ... ... ... ... ... ... ... ... ... ... ... ... ... ... ... ... ... ... ... ... ... ... ... ... . . .11 l Lição 1 . ... ... ... ... ... ... ... ... ... ... ... ... ... ... ... ... ... ... ... ... ... ... ... ... ... ... ... ... ... ... ... ... ... ... ... ... ... ..12 I. Vocabul rlo IV. Explicação Gramatleal ll. Traduçl: l. Ntli NzTT ' Padrões de Sentenças e Exemplos 2. Nnli N¡ ll X" ñ 'J É 'EL Conversação: 3. SÓ* -----~ -› - » Muito prazer ' . . 4.115 . _ . ._. _ lll. Palavraeíe Informações de Referencia 5. Nut? ) Na mis, NACIONALIDÀDB _e_ ¡DIOMA 5.~ à L Lição 2 . ... ... ... ... ... ... ... ... ... . ... ... ... ... ... ... ... ... ... ... ... ... ... ... ... ... ... ... ... ... ... ... ... ... ... ... .. . .18 l. Vocabulário lV. Explicação Gramatlcal ll. Tradução __ « l. Z fL/ fh/ Ézoh Padrões de SentençaseExemplos 2. C V) N/ 'E03 N/ 7:7) N Conversação: 3. 'Í' Õ 'CT/ Í' Õ C N" õ 'Í É 'Éh lstorlé apenas uma lembrança. 4. SNT, S275* III. Palavraaie Informações de Referencia 5. N30) N: SOBRÊNOMES 5. 4: õ T-r v» PPQÓQQQQ-QQQQQQQÍ-IQ
  7. 7. Lição . ... ... ... ... ... ... . ... ... . . ... ... ... ... ... ... ...24 l. Vocabulário _ lV. Explicação Gramatleal ll. Tradução LZC/ 'EC/ ÊrÉC/ CÊB/ Padrões de Sentenças e Exemplos *Í É» É / «b "à lb Conversação: 2. N. l;t N: (iocaDTT Vou levarem. 3. É' Í / É' l. 'É Ill. Palavras a Informações da Fleterãnola 4. NM) N: i LOJA DE oerxaramamos s. Tabela de palavras demonstrativas : áÍÍ/ ¡rv/ 5 6. 3o' Lição 4 . ... ... ... ... ... ... ... ... ... ... ... ... ... ... ... ... ... ... ... ... ... ... ... ... . ... ... ... ... ... ... ... ... ... ... ... ... ... . . .30 l. 'Vocabulário IV. Explicação (ãrlemallcal ~ . ll. Tradução 1/3* ' 95 - f? ?? Padrões de Sentenças e Exemplos 2. V É 1' . Conversação: 3. V É 'Í/ "V É 'EL/ Vi L Í: / Qual é o horário de expediente dai? V É *Í Á, T L f: lii. Palavras e Informações de Referência 4. N (tempo)ll V TELEFONE E CARTA s. Nut* à N: à T 6. N¡ É N¡ 7. sta Lição 5 . ... ... ... ... ... ... ... . . ... ... ... ... ... . . ... . . ... ... ... ... . l. Vocabulário IV. Explicação Gramatlcal _ ll. Tradução l. tjluocair* lí' É . i 'T/ JÍEÍ 1"/ Padrões de Sentenças e Exemplos “H7 'J É 1' __ Conversação: 2. C [N] É 1T É É 'ÉL/ Este trem vai a Koshien? 1T É' É 'É L 'QL f. : . ill. Palavras e Informações de Referencia 3. ll(velculo)T i-'r 3 É 'T/ iii É 1'/ FERIADOS NACIONAIS 'iii 'i a 'r 4. N (pessoa/ animal) Z V 5_ xo s. s . t
  8. 8. Lição 6 . ... ... ... ... .. . ... .. I. . . Vocabulário lV. Explicação Gramatlcal Il. Tradução ' l. N É' Vüransitivo) Pqdrõoa de Senlençu e Exemplos 2. L É 'Í' ' Conversação: 3. M? L É Tó* Nlo quer ir conosco? 4. "XL e ü' IC III. Palavra; e Informações do Heforlncll' S. N (locnnT V COMIDA e. v í em» ' 7. v: L . t õ 8. 8-- Llção 7 . ... ... ... I. Vocabulárlo IV. Expllcnção Gramatlcnl ll. ' Traduçñéo h l. N (instrumento/ meiof? u_ Padrõçs de Sentenças e Exemplos . 2- 'PlllVfl/ SCDÍGHGI. ” "nr MTT 77” ConvÍ-açlo: 3. N (pensem: 71H' É 1'. etc. 01; 4.N(pessoa)|2 íNBUÊTJtc. III. Pnlavraçe Informações do Rotortncla 5. 6 'i V É L f: ? AMMA i , . Lição . ... ... ... ... ... ... ... ... ... ... .. . ... . ... ... ... ... ... ... ... ... ... ... ... ... ... ... ... .. --5._4 montanha-Io. _. _ IY- _Explicação GTWFVFF! II. Truduç o 1. Adjetivos ? adro de Sentenças e Exemplos 2. N11 tdi-ú' [f] T1' Conve' ¡çlor Nli adj°“(~“) T1' ' Estçquase na hora de ir-me. 3. adj-Ê' ['53] N ndj-“(~“) N 4. t 't 6/5 í 'J 5.Nli t") TT# 6. NuÍÍ til/ x NÍCTÚ' 7.S| Ú( S¡ 8.811 . lll. Palavra# o Informações dg Floferêncla cenas 12 SABORES 0,000 000 000.000000,000_.0._0›[0~0-0~0r0 00000000000000 00000 0 00 0
  9. 9. 9 IlIlllIllICIIIUIDCIIIIIIIIIIIIIOUllllllIIIOIQIIOIIIIIIIIIIIIIIIIIIÍIIIIIIÍIIIIIiIlllIIIIlIlllItllllltllllllllalllllllllõo l. Vocabulario IV. Explicação Gramatlcal LNÚ' 3601* 'f/ lan* 'l í 'l' li. Tradução T , à Padrões de Sentenças e Exemplos B' 5' ? Tnb * 71"/ Conversaçllo: JLTTT/ TÊTT Que penal 2. KLV N T_ Ill. Palavras s Informações da Referencia 3. J: < / fiugel i/ f: ( 'E . L/'Í L/ ' MÚSICA. ESPORTE a CINEMA : i5 t 'i / tr/ .Í 4. sob* 22. s: s. t. ” õ L T Lição 10 . ... ... ... ... ... ... ... ... ... ... ... ... ... ... . . ... ... . ... ... ... ... ... ... ... ... ... ... ... ... . . .66 IV. Explicação Gramatloal ll. Tradução LNÚ' ñ 'J E 'T/ i3 T Padrões de Sentenças e Exemplos _ 2. N: (local)l1 N95' in 'J Í 1' / i * í 'tl' Conversação: 3. Nlli Nx(local)ll à *) É T/ i Í 'il' l. " Vocabulário Tem molho picante? 4. N: (cólsaIpessoa/ ioealw) N¡ (posição) lll. Palavras a Informações de Referência 5. NBP N¡ DENTRO DA CASA o. Paiavra(s)'(°1' »~ . 7. -7- 'l V-xli ai; 'lí EL# Llção 11.. ... .. ... ... ... ... ... ... ... ... ... . . ... .. . ... . ... ... ... ... ... .. . ... ... ... ... ... ... ... l. Vocabulário IV. Explicação Gramalical ll. Tradução I. Numerais W Padrões de Sentenças e Exemplos 2. QuItiillñCísx! 'jçsrlodoni 1- El V Conversação: _' 3. Quantiñcadorfz' i7/ NÍÉ (1 Por favor, envie isso por via marítima. ill. Palavras a informações da Referência CARDÁPIO l I I I I I I U o U U a I I a a U a | Q ¡ I I a o | Q I s a I | o I I U I o o Q a a o U O I O I ol¡ I I O I I I G 0 I I I I I l U I I I 0 ¡ I I . P. O I I I I lOlllíililllitllllolllllllIIIQIIOOUI78 I. Vocabulario IV. Explicação Gramalical II. Tradução i. Tempo pretérito de sentenças substantivas c Padrões de Sentenças e Exemplos sentenças adj-ü' Conversação: 2. Pretérito de sentenças adj- l 3. N41 Null 'J adjT-r 4.N. l: N25 853,49* adjTTfw --M/ Nigg_ i1 'iva' ain't? s. N. [da = l=lT M/ rz/ rsn/ no# USIIL . djT-rm mm' Uf-; IIZL adjTT Como estava o festival? lll. Palavras e informações da Referência FESTIVAIS E PONTOS TURISTICOS
  10. 10. .II. V- : Lição . ... . l. Vncabuiorlo IV. Expllcafllo Grnmntlcnl Ó II- Trnduçlo um* Ri: Lx VH' Pldrõdl do Sentenças c Exemplo¡ 2. V (formn- É 1') f: * TT Converiuçlo: 3. N “usanxl V (forma-É f), K Cont¡ sepmda. por favor. N Ill. Palnvraoe informação¡ do Rolorbncla = 12:11 É 1' / *É 1' / ') É 1' . mx CIDADE 4. NI: v/ rgjê v s. t. ” : rr/ r›~ 'no i LL e. :' : à S( Lição . ... ... ... . . ... ... . I. Vooabulçrlo IV. Expllonçlo Grnmatlcal | l. Tradução l, Conjugação de verbos Pndrões de Sentenças e Exemplos 2. Grupos de Verbos Convemçlo: 3. V formn- T . Por¡ favor. leve-mo até Umeda. 4. V Toma-T < É 5 “ Ill. Pnlnvraaío Informaçao¡ do Rofortncln 5. V forum-T É 1' ESTAÇÃO e. vcoma-à 1') à' L . t 5m 7. S177'. S¡ 8. Nú* v Llção . ... ... ... ... ... ... ... ... ... ... ... ... ... ... ... ... ... ... ... ... ... ... ..96 l. VoCabUÍárIo IV. Explicação Gramatlcal n. Tradução LV forma-T t. m VH' Padrões_ de Sentenças e Exemplos 2. V formo-T (i ü H' É 'd' Á. . Convcísnçãno: '. 3. V forma-T É 1' Como é sua família? 4. lkfonna-T “ É 1' | Il. Palavrasgo Informações do Rofortgcla 5. i0 'J É E' Á, PROHSSÀO à Lição 16 . ... ... ... ... ... ... ... ... ... ... ... ... ... ... .. . ... ... ... ... ... ... ... ... ... ... ... ... ... ... ... ... ... ... ... ... . . .102 l. Vocabulário lV. Explicação Gramatlcal ll. Traduçio 1. V forum-T. [V forma-T . J ~ Pndrooi de Sentença¡ o Exemplos 2. ! QM “ ("V9 ""' < T . " Conveg ação: En _ne-me como usar a máquina. | Il. Pnllvniio Informação¡ do Rotortnolno . ~ 7'* "r mooíbs um ATM (Míquiñp de Retirado Autommcq) ¡ , 3.N adj-À' [É] 4. VI forma-T Ú' É . V¡ 5. Nuli NM' Idj 6. K 'V' -› T A 7. Em N TJ* IQCOOCQÓQQÇQQCQQOCQQO. O›C; .O›Q›O›O›OO= QICOCOCOOOOQQ0000COCO
  11. 11. 17 nunnunununnnuannno-nNIuuInIuI-NI-I'-I-°"""'"“'"""""""""| ""| I°II'II'IH"""" 1 l. Vocabulário II. Tradução Padrões de Sentenças a Exemplo¡ Conversação: O que aconteceu? III. Palavras e Informações de Referencia PARTES DO CORPO E ENFERMIDADES IV. Explicação Gramatlcai I. V ronna-"Il l 2. V (forma-Til 'Vil lT' ( ? '55 l l 3.V(f'onna-*. L' jtrlihlf ü' 'J É *GL avmmmuwm%11.UwTT S, N (ohjclcüi 6.N(tempo)$ Ti: V Lmãoia . ... ... ... ... ... ... mx . ... ... ... ... ... ... ... .. "mm. .. ... ... ... ... ... ... ... .. N. .. ... ... ... ... ... ... ... ... . “H4 I. Vocabulário II. Tradução Padrões de Sentenças e Exemplos Conversação: Qual é o seu passatempo? lll. Palavras e Informações de Referência ACOES | Jção19.m"m . ... .. . mau . ... ... ... ... ... ... ... ... .. N l. Vocabulário ll. Tradução Padrões de Sentenças e Exemplos Conversação: Começarei o regime amanhã. Ill. Palavras e Informações de Referencia ARTES E CULTURAS TRADICIONAIS uçãozoumummummmxmmumm . ... ... ... . ü l. Vocabulario lI. Tradução Padrões de Sentenças e Exemplos Conversação: t. ; O que voce vai fazer nas férias de verão? Ill. Palavras e Informações de Referência FORMAS DE CHAMAR UMA PESSOA IV. Explicação Gramaticai l. V fomm de LIICIOHÍITÍO 2. N V forma de dicionário: lí l ó( T à É T 3' w; Lo ¡i-Êsu N . [rt ' Vfoimadedicienlrio: Z 4. V¡ forma de dicionário ' ' No) É ÍIZ. Va Quantiñcador (periodo) 5. two-m 6. tFU . ... ... ... ... ... ... lV. Explicação Gramatlcai l. V forma-f: Lvforma-f; CZrVñUíT d ' 1vmmahU. vmm»hU Lifv 4 ndj-~l~. s4)-°~< ' adj-*Ilffl *°~l: 'IUÉT NI: sfórfn . ... . . ... ... ... ... ... ... . ... .. IV. Explicação Gramallcal I. Estilo polido e estilo infomml 2. Uso de estilos polido e informal 3. Conversação no estilo infomial
  12. 12. . l. """"'°'°"H0Nnunnun-»nunca-annal-antun-: nuno-nununnun-uno¡naun". uu. ... ¡.. ... ¡.'132 I. Vocabulario IV. Explicação Gramatlteal "- TTPÚUÇÍO l. Fom1a comum Z 'JE-l l É 'l' Padrões de Senten as e Exem los r 2. "S" “ COFNBTSBÇÉOI ç p Fomta comum t . gw É T Eu¡ também penso assim. ' 3. V forma comum lll. Palavras a informações de Rolarlncla adj-l i T L à 5 ? DENOMINAÇÃO DE CARGOS adj- ü' forma comum N ~f5 _ 4.Nt(lugar)T' Nzó* õ V í 'T &ÂÂÍ 5. N (ocasião)T' ' aNTt v A 7. V (fonna-ÊLW )'J. ' l K "" " tdçaozzamnu . ... ... .mHNnmmumumnmmumnmnmammnmumamumumnmum mass I. Vocabulário lV. Explicação Gramatleal II. Tradução ' l. Modificação do substantivo Padrões de Sentenças e Exemplos 2. Modificação do substantivo por sentença Conversação: 3. Nó* E N_ M N H _ . Que tipo de apartamento prefere? 4. V forma de dicionário P? /W / i lll. Palavras auntormaçõee de Refarãncla _vEstuAmos_ _. _ __. ._ . _ _ _ Llção 237. . ... ... ... . . ... . . ... . . ... ... . . ... . . .144 l. Vocabulario IV. Explicação Gramatlcal ll. Tradução l. V forma de dicionário Padrões de Sentenças e Exemplos V forma- *LW l Conversação: adj-l l (^' *) É 3 - "" Como se vai? adj-TI ['43] III. Palavras e Informações de Referencia NV) RODOVIAS a TRANSPORTE 2. v forma de dicionário Z à __ V forma-f: ' ñ 3. V forma de dicionário C . ~ 4.NÚ* adjN S. N (lugar) V (verbo de movimento) ÇQQQQíñtmmqoampnonoppoooooooooeeoeoooemoaooeeoeoo
  13. 13. IlllllllllllIlIICOIIO! !!IOIIOOIIIIÍIUIÍIÍÍCUIIÍÍÍÍÍÍÍ. "ÍÍ""¡'Í¡'¡¡'¡"'"""""'¡ÍÍ"ÚÍIÍ"Í"ÍÍÍÍÍIÍÍÍÍÚÍÍÍÍ l I. Vocabulário lV. Explicação Gramatlcal ll. Tradução l. < hi 'I' Padrões de Sentenças e Exemplos 2. 3') i1' É 'Í' Conversação: V ! anna-T _É B l l É 'T _ Pode me ajudar? < h í T lll. Palavras a Informações de Referéncla 3. N (penoajrF V COSTUME DE DAR PRESENTES 4. lnlcrrogelivoô' V Llção 25 . ... ... ... ... ... ... ... ... ... ... ... ... ... ... ... ... ... ... ... ... ... ... ... ... ... ... ... ... .. . ... ... ... ... .. . .l 56 l. Vocabulárlo IV; Explicação Gramatlcal ll. Tradução l. Pretérito de modo comum B . ~ Padrões de Sentenças e Exemplos _2. V forma-Í: B . ~ Conversação: ~3. V fomra-T Muito obrigado por tudo. adj-t l (~Y<)'°~ < T f ~ * III. Palavras e Informações de Referêncla adj-ü' [É] “'~ T' A VIDA _ N? 4. à L e w < à 5. N75' SÍNTESIS . ... ... ... ... ... ... ... ... ... ... ... ... ... ... ... ... ... ... ... ... ... ... ... . ... ... ... ... ... ... ... ... ... ... ... ... ..1 6;» l. Partículas ll. Utlllzação das Formas lll. Advérblos e Expressões Adverblals IV. Conjunções Dlversas APÊNDICE . ... ... ... ... ... ... ... ... ... ... ... ... ... ... ... ..172 l Numerals ll Expressões de Tempo lll. Expressões de Perfodo IV. Sullxos de Contagem V Conjugação de Verbos
  14. 14. |-. 1. INTRODUÇÃO Caracteristicas Gerals da Lingua Japonesa Termosçda oração As palavras da lingua japonesa se classificam em verbos, adjetivos, substantivos, advérbios, conjunçóes c particulas. . Ordem das palavras O ¡Jredicadc ltormalmentc vem no final da oração. O modificador vem sempre antes da palavra ou oração a scr modificada. . Predicado No idioma' japnnês, o predicado é composto das seguintes 3 classes de palavras: substantivo, verbo e adjetivo, O predicado expressam afinnação/ negação e (2) o tempo. Os adjetivos _ho divididos em dois tipos de acordo com o tipo de flexão. São chamados adjetivos-j l e adjetivos- ü'. - Na lingua japonesa, as palavras não flexionam quanto a pessoa, gênero ou número. - . Particula A partícula é usada para mostrar a relação gramatical entre as palavras, para mostrar a intenção do falante ou para conectar as orações. . Omissão Muitas vezes se omitem palavras ou orações caso elas sejam entendidas dentro do contexto. Às vezes, até mesmo o sujeito ou o objeto de uma sentença são emitidos. ll. Escrita Japonesa Existem três tipos de escrita na lingua japonesa: hiragana, katakana e kanji (caracteres chineses). 'O hiragana c o katanaka são tipos de letras fonéticas, cada letra correspondendo, basicamente, a uma sílaba (uma das unidades de som - veja 111). O kanji expressa significados e sons, r . _ . . - Na escrita japonesa, esses três tipos de letras são usados juntos. O katakana e usado para escrever nomes estrargbiros e estrangeirismos. Há l945 caracteres de kanji considerados essenciais; para o uso diário. Os hiraganas são usados para escrever particulas e partes Hexionávcis dos verbos e adjetivos. ' Alem destes tres tipos de letras, algumas vezes são usadas letras romanas para a conveniencia dos estrangeiros. Estas elo vistas em indicações de estação ou placas. Abaixo, mostramos exemplos com utilização dos 4 tipos de letras. gggggsa--gg-r-ve-rgaear. O DD A DE] A DO D O Sr. Tanaka está indo para a loja deadepartamentos com o Sr. Miller. ? É Osaka ' O *à '(0 - kanji: E] ~ ltiragana A - katakana ú' "letras romanas) IOQÓCÍOQÓQÍÍÍÍQQQUOQOOO0000000000000000000000000Í
  15. 15. Linhas se L-'x -rx '. s sa sli¡ su se so z' za ' 'i zu ze zo lll. Pronúncla da Lingua Japonesa 1. Kana (hiragana e katakana) e sílabas a i u e o k ka ki ku ke ko Linha m »uv a e Legenda hkagana - katakana a letras romanas 'E Y' #-1- 'üm e. : à . t #a ç kya k i k o L-" "lf Lv» *za L2 *za slia shu sho cha chu clio n a Línhaf: à? É* 'DV T7' t ta chi tsu te to n à d) / no a6/ &f; Linhaü' *x-r ao ; l ~ tz» -i- m t: : : :a n na : :u ne a nyo Linhali IiH Ut . L7 '' lift um" t. : UJ: ta h ha hi fu he ho hyu hyo A» En. A. : ia myu mo ll m ma m1 mu me mo y ya (i) yu (e) yo *a LinhaBÚÚ en, nv r» ra ri iu re ro 'nhbbv 4"7X)E7 “s ((i))(7(u)) L7 8 D ga l gu 8G g0 rs¡ ts-r 4-/ *ri* ri' d da 'i zu de do b bn bi bu be bo '“ “E i” ^'^' P pa p¡ pu 9° po '* . ... ... . noQcnoconQnn-ocllIt-loocooooconuur--onnon-nunca sonhamos-nn . ..u . ... ... ... ... n›¡ As letras indicadas no quadro à l ,7 1 w¡ ,7 1 wc -7 a_ wo direita se referem a sons não _y S_ she. incluídos na tabela acima ainda q_ S_ che que sejam escritas em kntakana. _y _r m . y _l tsc . y a_ . So Elas são usadas para representar 7-. 4 ü F 7 m _sons não originalmente 7 T f¡ 7 _Í ñ 7 J_ fe 7 , r 'eo 5 japoneses. mas necessários para 9» z_ je esereveros estrangeirismos. 7-_- _í d¡ F _7 du Incooooooooun . ... ... ... ... ... ... ... ... .. .a . ... ... ... ... ... ... . .
  16. 16. .and. eoooooeeeoooooeoooooooooooooooooooeeeooooeooeeeee L '. ' .3 - O som do_ idioma japones 'é baseado em cinco sons vocálicos: à(a), §(i), Õ (u), i(e), B (o) (Veja a tabela na página anterior). Todos ea sons falados são derivados destas cinco vogais. ' Elas sloiiisadas sozinhas ou sie agregadas a uma consoante (Ex. : k+a-ú*) ou a uma consoante c uma scmi~vogal "y" (Ex. : k-i-y-l-a =3 b). A exceção a essa regra é a sílaba especial Lm), que não é seguida de vogal. Todos esses sonsslo do mesmo comprimento quando falados. [Nota l] A sílaba e uma unidade de som na lingua japonesa. [Nota 2] Para escrever ojapones de acordo com a pronúncia, usam-se os kanas. (Veja "Kana e sílabas". na página anterior. ) Basicamente, um caractere kana, ou um caractere kana acompanhado do kana pequeno (Ex. : É' te) corresponde a uma sílaba. 2. Vogaisâlongas A pronúncia de uma vogal longa tem um comprimento duas vezes maior que as vogais comuns (63 t, Õ , à e i6). Considerando-se o comprimento da vogal à como uma unidade, o comprimento da vogal lópfga à à ser¡ de duas unidades. Em outras palavras, se , a vogal õ e do comprimento de uma Ísilaba, a vogal longa será de 2 sílabas (f) à). O comprimento da pronúncia da vogal pode mudar o significado da palavra. Exemplo: Hifi' Á, (tia): Blfvili* K. , (avó) #-5 ll 'l' Á. (tio): #-5 LÍ __'_'5›$. (avô) VD 'É (neve) : VD 'E (coragem) i (pintura) : ij_ (sim) "seeing" : tgôtpgssan “' ' " - ' C C (aqlii) : Z . '.' (escola colegial) '°” (quarto) : '__^" (planície) e 79:_ F' (cartão) 7 7 "/ (táxi) X-_j-_I '-_-_ (supermercado) '7';7'(f'ita) / :_- | ~ (caderno) [Nota] l) Representação das vogais longas em liiragana (l) Vogais longas da fila f: Acrescente à às -letras de hiragana que pertencem à fila à. (2) Vogbis longas da fila Acrescente às lctras de hiragana que pertencem à fila t. (3) vogais longas da fila Õ Acrescente -Õ as letras de liiragana que pertencem à fila Õ . (J) Vogjaiis longas da ñla R. " Acrescente t às letras de liiragana que pertencem à fila R. . (Exceções: si. _à_ sim. 143._ olha. 8h55 A. irml mais velha) (5) Vogpis longas da fila #-3 Acrescente Õ às letras de hiragana que pertencem à fila #-3. (Exceções »ga t grande, t muito. i! à) * longe, etc. )
  17. 17. 2) Representação das vogais longas em katnknna Para qualquer som, acrescente "-". 3. Pronúncia do A Á. . nunca-aparece no começo de uma palavra. L 6 uma sílaba. O modo de pronunciar muda ligeiramente conforme o som da sílaba que vem em seguida. l) É pronunciada como / n/ antes de sons das linhas fe, fz'. 5 e ú'. Exemplo: tags (oposto) 5 _La_ ? f 5 (esporte) 414a_ õ(trílho) A Qjxuodos) 2) É pronunciada como / m/ antes de sons das linhas li', li' e É . ' Exemplo: L Aa_ . $ÍL(iornal) àálfôaápis) 5 _Á_a_à"> ¡(destíno) 3) E pronunciada como / D/ antes de sons das linhas ú* e 7)'. Exemplo: TLC_ É (tempo) HAN < (visita) 4. Pronúncia do o -› aparece antes de sons que pertencem às linhas 0*, f, f: ou (f. Ao escrever estrangeirismos, usa-se também antes dos sons pertencentes à linha V, linha 7', etc. É uma sílaba e tem o comprimento de uma sílaba. Exemplo: .$Íú*(subordinado) ' §Í_-›_19'(custo de vida) #V5 (incêndio) ; f. 31W (aplauso) 1a' Z (som) : 163_ Z (marido) |3_1'5(diário) 53_ L(revista) 'É ; T (selo) k 2l1'*(um copo de ~) 317(copo) ''_-_7__ F(cama) 5. Pronúncia de letras combinadas com *(9,10 ou J: As letras É, É', L, ll, É, IC. U, U', U', A ou 'J podem ser combinadas com f'. no ou . t , para constituírem juntas uma silaba. Exemplo: U? ” ('(saltar) : _QQ_ ( (cem) LI VD 5 (liberdade) : g3 5 (dez) UJZ 5 Á. (salão de beleza) : 5 *K. .(ho'spital) f/ _-t~_*7(cantisa) 1-›'_§__%_-_(chá) : :g5 E315 (leite) L1_ 5 (hoje) . Sͧ__2_ 5 (chefe de departamento) li '. ' 5 (viagent) 6. Pronúncia da linha 7)* A consoante desta linha, quando se apresenta no inicio de uma palavra. é pronuncindalÍg J. Em outros casos, é normalmente pronunciada (gl. Recentemente. alguns japoneses não sabem diferenciar entre [g ] el'. g ]. usando sempre [g ].
  18. 18. 7. Não pronunciamento das vogais [i] e [u] As vogais "i" e "u" não são pronunciadas e são inaudiveis quando elas vêm entre consoantes átonas. A vogal "u" em 1' (su) em ~ÍT ou ~ É 'f' também não é pronunciada quando a sentença termina em ~"'('1' ou ~ É 1'. Exernplb: I 3(gostar) _l_. _f: *Tjjquerer fazer) _à É É I(ouvir) . Tonicidade A palavra em japonês possui tonicidade aguda e grave. ,0u seja. numa palavra existem sllabas tónieas oíatonas. As palavras alo divididas em dois tipos, ou seja, se a palavra tem tonicidade decrescente ou não. Palavras com tonicidade decrescente são subdivididas em tres tipos, dependendo do local onde ocorre a queda de tonicidade. A tonicidade padrão da lingua japonesmé caracterizada pelo fato de que a primeira e a segunda sílabas têm tonicidades diferentes, e que a tonicidade nunca sobe de novo quando caí uma vez. Tipos de tonicidade; l) Não ocorre queda de tonicidade. Exemplo: EF (jardim) (nariz) _QjÍ-Â-(nome) lt¡ Í É C (idioma japones) 2) A queda de tonicidade ocorre depois da primeira sllaba. Exemplo: mg (livro) m (tempo) bt WT"? (mes que vem) 3) A queda de tonicidade ocorre na palavra em algum lugar depois da segunda sílaba l I I ' l Exemplo: (f) [Li 'giiigom Ultlõ a (aviao) gWãu-(proressorr - ~r . ~- - -- - 4) A queda de tonicidade ocprre depois da última sílaba. l I »ll Exemplo: _ MENINOS) QÍ-Õlqjor) -PÉAI(feriado) . #SIX 7 tlürmão mais novo) "Emma" em l) c (flor)" em 4) têm pronúncias parecidas, porém o tipo de tonicidade e diferente, porque se uma partícula como 7?' é adicionada depois de cada palavra, 1-) é pronunciadolilfxú' e 4) lilüaá', Abaixo apresentamos alguns exemplos de palavras que tem significados diferentes dependendo do tipo de tonicidade. Exemplo: ' Elm (ponte) I (palitospara comer) Ljíkum) I FLíUocal) Existem diferenças de tonicidade dependendo da região. Por exemplo, a tonicidade da região de Osakaé dilerente do idioma padrão. A seguir apresentamos alguns exemplos. Exemplo: Tonicídadc de Tóquio: Tonicidade de Osaka (padrão japones) gm: l a' (flor) _ _W175 : (maca) a SEM( z fa' '<' (música) rã¡ 5K' _' R' aoopoooooooooooooooooodmmcoobnnnooooooooooooooooo
  19. 19. 9. Entonação Existem três padrões. São l) plano. .2) crescente e 3) decrescente. Ás perguntas são pronunciadas com entonação crescente. Outras sentenças têm, normalmente, pronúncia plana. mas, algumas vezes apresentam entonação decrescente. A entonaçñc decrescente pode expressar sentimentos tals como acordo. desapontamento, e outros. llliâ Exemplo: ; Raia Lf: iii! La! 1'. Í-'planol 55-5 A. É “o L J: lí 1'? ? IHLÚ'. (Jcrescentel iã-zõã. tk l 'f"-f'à'.1i. (Wdecrescente) Sato: Vou apreciar as cerejeiras em flor com meus antigos amanhã. Não quer ir conosco, Sr. Miller? Miller: Parece boa idéia.
  20. 20. ooooooooooooooooooooooooodooooooooooooobooooooooo LIÇÃO PRELIMINAR l. Pronúincia 1. Kana (hiragana e katakana) e sílaba 2. Vogais longas Hifi* Áxigüia) : Í-Slíàí' Á. (avó) H C É' L(tio) : H ULT Á. (avô) VD 5 (neve) M1713 (coragem) Â'(pintura) : i3_ (sim) t 6 (tirar) : Zâô (passar) Z . '.' (aqui) : C C (escola colegial) ''t"(quarto) : 'L. !'”(planicie) _ n; F (eartão) 7 7 930w 1;' i; (supermercado) 7";7'(f_¡ta) /3 Hcademo) p_ ' A 3. _Pronúnbia do A. É' R. U">'_(lápis) A _A1_ 'a' (todos) T _K1 'E (tempo) ÊÁ: 3-&0150 fl-lmlf) 4. Pronúnbia do -9 . SUP (subordinado): $130* (custo de vida) #V5 (incêndio) : 1P; 'S t (aplauso) #-3 t (som) : 33-3_ Z (marido) 1:13 (diário) 5'; L (revista) 321 (selo) ; ›_li'*~(um copo de~) '317'(cop°) *1F(cama) 5. Pronúncia de letras combinadas com v. to ou J: U 'f' < (saltar) __ zgg( (cem) C VD '7 (liberdade) : [45 (del) (fl 5 UL (salão de beleza) : Lj 'Ku (HOSPWÍ) "i7 (cantisa) $6f_'›_-_~_(chá) ig Õ QQ '7 (MW) §_2_"› (hoje) &f; õ (chefe de departamento) _Lx_ C Õ (viagem) 6. Tonicidáde 51503135111) ü' 2". (nome) ljllz: (idioma japonês) mama) áoempo) 'Él~_~_l_1_':2(mhquevem) Magma/ o) Ultlz' à (avião) jÊhxprofeucr) _<I'3ksapgros) vlrskrenado) 121%: v' tkinnlo mais novo) QITIQmtte) : mLJpalitos para comer) _Lil-Ekum) zqiaocal) Tonicidade dc Tóquio : Tonicidade de Osaka Iilú' : (flor) . 'l A. c' : UIL 2' (masi) #IL o* g : #ITE S_ (música)
  21. 21. 7. Entonação ! UM Í! '›'J-' Exemplo: (à ¡lqnñ Lf: Xi! ! S721.? L i1'. l** plano] Sã-ük É, “o L . t ll ÊELÚ'. [Jcrescentcl ~E 'T-üñõ. * lTThà. [W decrescente) Sato: Vou apreciar a¡ cerejeim em flor com meu¡ amigos amanha. Não quer ir conosco. Sr. Miller? ' Miller: Parece boa idéia. ll. Palavras Usadas em Sala de Aula . .. PPPHPPPPNT Vamos começar. Vamos terminar (a lição). Vamos descansar um pouco. Voce está entendendo? (Sim, estou/ Não, não estou. ) Mais uma vez. Ótimo! Não está bom/ Está errado. nome exame, lição de casa pergunta, resposta, exemplo lll. Saudações e Expressões Usadas no Dia-a-Dia = '|V. 'õoooqovoznun-oz l. ? °>'? *5^: “!^'P Bom dia. Boa tarde. Boa noite. Boa noite. Até logo/ Tchau. Muito obrigado. Desculpe-meJSinto muito. Por favor. umerais zero um dois três quatro cinco seis sete oito nove dez Údl-u. .
  22. 22. na-- TERMOS USADOS PARA INSTRUÇÃO ; IT- gasnezre; t - ; ? 5 4- 3 ni 3- #E13 32 31 g3: 1** Pv IIIIZ $316 lição - padrões de sentenças exemplo conversação prática exercício resposta prática de leitura revisão indice indice geral gramática sentença pronúncia A vogal consoante sílaba tonicidade entonação tinham] ñla[ t] estilo polido estilo infonnal conjugação 'tv-i -. . Í_ . 7#-A HU -aa NIWHv 9'] ? l ou¡ ZM t! I. MM ! it-LG L M$W HIHH L “MSM m-n L ÊHÍÉ$W : ter mas: g: s: _ 23:1 : azar s: sr se e s» : se sr ü 5 SL* th? , Ve": 3:' 3" 3; Mi": forma forma~ modificação exceção substantivo verbo conjunção numeral quantiñcador termos interrogativos sentença (predicadohiorninalw i sentença (predicado) verbal sentença (predicado) adjetiva sujeito predicado objeto tópico afirmativo negativo perfeito imperfeito pretérito presente e futuro COCOQCGÓQOCQCOCCO000000000000000OOOICOCOOQCCOCCOO
  23. 23. adj- ü' ABREVIATURAS r -. L substantivo v? 35.1) Exemplo: 7)* < 'dv 'D < 71 estudante escrivaninha Ih-J. à L adjetivod t ( ñàã-ÊÊJ) Exemplo: ?h Lx x f: #W t gostoso alto tvi-H L adjetivo-ü' (úñââããl) Exemplo: “E iu t [tc] Lfúitv] bonito silencioso (ã L verbo (933%) _ Exemplo: #É É 'J' f: '' É *Í escrever comer sentença, oração lã. ) Exemplo: C : hi1 ÀRTT. Isto é um livro. !$911 _*_ hhLli ÂSLÍ: i7?” ? T3 i1'. Eu vou a Tóquio amanhã.
  24. 24. *UQIWIÉ Lição 1 l. Vocabulário i7 f: L . A eu i9 f: l. Í: nós 75 'J' 7°: i, você Ô 77 'U É i õ V) A aquela pessoa, ele, ela (573 ÚÚÍE) (350) 73). (50) #fz é a forma polida equivalente a im) - U t: .) ' À 't' Í' Áz 'ã' 5 Á, senhoras e senhores, todos vocês "" 'Í Á¡ Sr. , Sra. . Srta. (Forma de tratamento acrescentado ao nome. ) ' ' ~ 'É 't' Á. _ (sufixo nonnalmente acrescentado ao nome de i uma criança no lugar de ~ 'l' L. ) ~ < Áz i ~2 (sufixo normalmente acrescentado ao nome de um k garoto. ) ~ C ~Á (Suñxo que indica adjetivo pátrio, por exemplo, é 7'/ 'l 77L' Á. , americano. ) É_ LH' l l ? Ci professor, instrutor (Forma de tratamento, não N usado para se referir à própria profissão. ) É J: 7 L #M35 professor, instrutor (Usado para se referir à sua . . , , t-, _, ._ _. .,, ._. -.. .., _._ m < eu ea. ÍÃÍLLÍZÃ) 79W * L Y" 'já ààil funcionário de uma companhia L -'- 'L #il é ñmcionario da Companhia ~ (Usado com o nome *L _ à* '-_- dacompanhiaporexemplo, IMCO LhV/ (u. ) - É 7 l l" 'É 'l' b á ' ~~ L r» í as? mÊÍJ' HÁ; É'. rt' Õ _L k" WHÉÊ pesquisador 3'- 7 '7 : - engenheiro 7°: '_ l ' ( y X# universidade U 1 7 l *LÊ *É hospital TÁ¡ 3' Hifi. eletricidade, luz quem ( KW f: a a fonna pollda equivalente a fc' 11a) 000.0CCO000000OOOOOUO>C^Oz= C"I"O(C*QCCCOOVOCOOQQQCOCOOOCCOO
  25. 25. .-5 trxsim (i-sw < o) Iiw mui_ LÓMHTTÚ' Büiàli? titan: LT. KJVFIÃL( [BHNULÉTL E5? . t6L<[i-›'llã~l. ,í1l']. na RàLTTú' Hifi-Hi? irma LT. ZÊBli ~5LTT. ~Ú*¡5 Lilo ~7,r9 Lfíe rxvn eu F ray? ãwgg-xas. 'ÂÀEQYY x" ". '>-~ rx Lxl mam-a *GU-XE ^ Iixir-H-Í-XE S00 J' ". ' _ã >l"7L'E= >~I '“ L-Fn o Brie- 41+". - anos (de idade) quantos anos (Sl t < 'â é a fomia polida equivalente aUL§“) i sim não Perdão, ___mas. .. (Usado para perguntar o nome. endereço ou outros assuntos particulares (ln pessoa. ) Qual é o seu ronrc? Como vai? (lit. Estou encontrando-o(a) pela primeira vcz Usa-se, normalmente, como primeira frase em uma apresentação pessoal. ) Prazer em conhecê-lo(a). (lit. Com desejos de bem para nós. Usa-se, normalmente, no final de uma apresentação pessoal. ) Este é o(a) SrJSra. ~. (Usado para apresentar uma pessoa. ) Eu vim de(o)(a)(os)(as) ~. (Forma Llniiíifl para indicar procedência. ) -wwwwwwwwwwwvwvwwwwwwwww Estados Unidos Reino Unido india Indonésia Coréia do Sul Tailândia China Alemanha Japão França Brasil universidades ficticias companhias ticricias instituto fictício hospital frcticio
  26. 26. . rr. nacrqçao Padrões elleisentençae l. Eu soa Mike Miller. 2. O S '. 'Santos não é estudante. 3. O S . Miller e funcionário dd uma companhia? 4. O Sr, ;Santos também e' funcionário de uma companhia. Exemplos; de Sentenças LE o Mike Miller? i-"Sinãç eu sou Mike Miller. 2, É estudante, Sr. Miller? "Nati. não sou estudante. Sou funcionário de uma companhia. 3. O Sr. !Wang é engenheiro? jrNão, o Sr. Wang não é engenheiro. ç areia médico. 4. Quem-e aquela pessoa? “Elcio o Sr. Watt. É professor da Universidade Sakura. 5. Quantos anos tem a Teresa? "'Ela. tem nove anos. Converaaiíão Muito prazer. " p ' Sato: »Bom dia. ' Yamada: Bom dia. 25m. Sato, este e g Sr. Mike Miller. Miller: Como vai? i-Sou Mike Miller. _ ? Vim dos Estados Unidos. .Prazer em conhece-la. Sato: Eu sou_Sato Keiko. 'Prazer em conhece-lo. ¡. .!¡. ..¡. ... ... ggqoooowooooooooooooooooooooooooo
  27. 27. e *o _x >*Í r Í* | Il. Palavras e Informações de Referência E - Á' : mr PAÍS, NACIONALIDADE E IDlOMA Pais A -r x 'r n (sua. ) rx «r 775( 4fU2mmmmMM irnxí riurf u. 457k C t: i1' idioma iii¡ (Ingles) iánnmi 49n7âumnM Nacionalidade o¡ 4 7 'J T (Italia) &Il; "x ? É (Persa) 457mm 4 'x F (india) »t 'z FLà . t (Hindi) 4 '/ Fil'- "z T (Indonésia) 4 '/ F il~ "/ TL/ Í 4 '/ F 7i~ i/ TÊ (Indonésio) : r-z I~ ã ') T (Austrália) fr- 2 i ã 'J ? Í (Inglés) 77 -r 7' (Canadá) f¡ r 751' gs: : (ingles) - 7 ã 'z Zizãürancês) . lí (Coréia do Sul) N “já (Coreano) EL #Ó-ÍTÕ ETA 'xvffflf-/ l/Í w M *f '7 9' T ã t' T (Arabia Saudita) "z '/ #di - lb (Cingapura) Z '' 4 '/ (Espanha) 7 4 (Tailândia) ? sã (China) ii? (Chinês) L' f* l~ -i '7 iiuAlemio) l~ 4 '7 (Alemanha) r: m. B (Japlo) -r -X ' = >' (Japonês) °' t : K Il- h#Il›§ã_(Ponugrres) N” l~ TIA-i (Vietnamita) mr. *Z »E Nl la ' xi' >~r~ 7 õ '/ Z (França) 7 4 'l t"/ (Filipinas) >~r~ 79 "Í/ lv (Brasil) 759» <r+aX N' l~ 'I' A (Vietnã) vv-97% EL x$9:A | Il. u9TA l . -L f'. r- ›'›~ v lx - "z T (Malásia) 7 V - "/ ?iii (Mnlaio) 7. 'N' 4 (Espanhol) D *z Tá (Russo) X É' "z 3 (Mexico) avrmmm
  28. 28. . lV. Explicação Gramatlcal- 1- , l) ? articula lí A ¡warticulh li indica que a palavra que vem antes 6 o tópico principal da sentença. Selcciottn-. sc um substmttixro do qual ae quer falar. adiciona-se li para indicar que esse substantivqíé o tópico principal e se faz uma declaração acerca dcssc tópico. h (ñ hfiÍL li 74 7 ' EÔ-TT. Eu soa Mike Miller. [Notn] A ppnlcula li sc lê b. .2) TT . Os substantivos usados com f"? funcionam como predicados. T1' indica julgamento ou stsserçào. ) também transmite que 'o falante esta sendo polido com o ouvinte. T1' flexiona- se quando a sentença é negativa (Veja 2. abaixo. ) ou no tempo pretérito (Veja Lição 12.). zrwxmçmausea L2 t" à 'z' Aí L* K. é a forma negativa de T1' . É a forma usada coloquialmente. Para uma converaaçap ou escrita fome). usa-se ? li õ ') É 'd' A. . © 'V' 'Ai Z à' kit #à ll t* ia 'J É EL. O Sr. Santos não é estudante. e (Tli) [Nota] A partícula li em ? i1 se lê b. Eu sou engenheiro. . t__a¡H| _: _- . í _g; __ _M_ ›u _W e_, _ 1) ? articula A partículh ú* a usada para expressar dúvida, incerteza, etc. , do falante. A pergunta é formulada adicionando-se simplesmente ú* no final da sentença. Normalmente, a entonaçlo se eleva nqiñnal da frase. N 2) Frases cujo conteúdo indica dúvida, se é añmaativo ou não _ Conforme mencionado acimft, uma sentença toma-scmterrogativa quando a partícula ú* é adicionadatíno final. A ordem 'das palavras não sofre alteraçlo. A interrogação feita dessa forma indaga se a: afirmação é correta ou nao. Dependendo da resposta do ouvinte, se concorda ou não com a añnnaçlo, a resposta pts/ ra a pergunta deve começar com lil * ou W i R. . ® E 52:- 'S , Ui TX 'l #ATT 0*. O Sr. Milleréameñcano? wii-ix 7x 'HÚÍr-r. ---sim. é. © E 53'- *5 Ui ÉÊTTÚ'. OSr. Millereprofessor? UL! " MVVÀ. kill? ÊUÉHM. . "'Não, nãoé. 3) Perguntas pronomes interrogativos Um pronome interrogativo substitui a pane da sentença correspondente ao que voc¡ quer perguntar. A ordem das palavras não muda, adicionando-se à* no final da sentença. © &Qlgli ftrfeTfún Quemeaquele homem? N: “UND 7m] sa-: wr-r. mtâosr. Miller. PÇÇÇÇQQQQ! C0,0.QQütOJzOlO/ OOOO-OQCOQOOOOOOCOCQOQOOOOOÍÍ
  29. 29. 4~ A partícula t é adicionada depois do tópico principal no lugar de li quando a afirmação rr respeito do sujeito e igual tl afirmação feita do sujeito numa frase anterior. - e-NL MIL CD sa-: Lr: frear-r. 777mm. eita-w. O Sr. Mlllcré funcionário de uma empresa. O Sr. Gupta também é funcionário de uma empresa. 5- A partícula 0) é usada para conectar dois substantivos. Nr mçrcliíirzr N- Na Lição l_ Nr é uma organização ou algum tipo de grupo a que N¡ pertence. LI-“L E 5-5 Lli IMC? ) ÊiÊÍTW'. OSr. Míllcré funcionário da IMC. 6. ~ à lr. A partícula 'S Á. é acrescentada ao nome do ouvinte ou de uma terceira pessoa para demonstrar o respeito do falante em relação ao mesmo. O rlrlante nunca deverá usar 'E A. com o seu próprio nome. NI: CD 530) Wii iã-ÊLTT. AqueleéoSr. Miller. Ao referir-se diretamente ao ouvinte, quando se conhece o seu nome, normalmente não se usa a palavra ñ 717: (você). Em geral, usa-se o sobrenome do ouvinte seguido de í* L. ff S «teu ®> tam: ã-su: 'à-*àrrrm O-WrUL 55-: “Hi, âüâTT. Suzuki: Você é estudante? Miller: Não, sou funcionário de uma companhia. ln
  30. 30. I. Vocalãulário Í *Í- ísto N” 1 Í *L l isso . É) M. aquilo C ~ este(s)~, esta(s)~ 'Í' 0) ~ *f-F”5'M~"°' esse(s)~, essa(s)~ 5 (D ~ aque| e(s)~, aquela(s)~ í 1 A. _ 711 livro C L J: É# dicionário ; Vc L a #Hà revista LL-SÍL ' #frM jomal / -' | * cademo T É J: Õ ' ? M agenda ,35___j_L_____ -_____ __§Ej__n_______ cartão de visita LÍL". F _' -, --- u 'í' l/ ri¡ '/ 7'¡ - F' n cartão telefônico à A, (Pa me lápis 7V- ILN' '/ caneta csfcrográñca _"_/ 1' 41k lapíseira ^ > í '- L 77* 3' chave Z H* - WH' relógio ? T5 = « f? _ guarda-chuva #IÍL ' mala, pasta [77 't' '7 " Í 7" " 7 ñta [cassete] 'f' - 7' l/ -' 7'- gravador de ñta cassete '7' lx Li' 'l televisor . E5119- ' X 5' - máquina fotográfica 3 '/ t' : L - 7 - computador C É") L É íl7$ automóvel, cano Cold». ! mt-n r-r Lição 2 -. -
  31. 31. 71ml' Ri! mu: 51H! ílUiT. M35 um) à aew. um) his-BTT. K5 f. K5 É. . EZ") t] 550mb") íffwífl. «este H : uma t-sütàizfxui-r. 'cààz-r . teu. escrivaninha cadeira chocolate café idioma ingles idioma japones idioma ~ que? , o que? é Não, não &Nocê está errado. Entendo/ É verdade? (Expressão usada para indicar concordância em relação à pessoa com quem está falando. ) bem. .. (Indica hesitação. ) É uma coisa muito simples/ É só uma_ pequena demonstração _üe minha gratidão. (Expressão usada quando se entrega algum presente na ocasião de uma Áxisita. ) Por favoL/ Aqúi está. (Expressão usada para oferecer alguma coisa a alguém. ) ' Bem, obrigado. [Muito] obrigado. Espero contar com sua preciosa colaboração. (Saudaçlo usada quando se encontra alguém pela primeira vez. cujo relacionainento terá continuidade. ) . _ ' Igualmente. (Resposta para Ef") 4:' J: ã L 1. nn ocasião da apresentação. ) ' i l:
  32. 32. II. Tradução Padrões ele Sentenças l. Este é um dicionário. 2. Este e um livro sobre computadores. 3. Esse é meu guarda-chuva. 4_. Este guarde-chuva é meu. Exemplos de Sentenças I. isto éiom cartão telefônico? "'$llll, c". 2. Isso êgum caderno? _ 't-Não, não é. É uma agenda. 3.0 quêé isso? ç "'[lst_o] é um cartão de visita. 4. Isto_ site" ou "7"? me "(9". 5. Sobreio que é essa revista? “E time revista sobre carros. 6. Dc quem é aquela mala? mai. «e . "E de Srta. Sato. 7.a Este juarda-tchuva 6.aeu? .-. .-. ... .. e . . ---Não, não e meu. 8. De qiigem é esta chave? “ ---É rainha. Conversação lato e apenas uma lembrança. Yamadailchiro: Sim. Quenfi e? Santos: _'. Sou o Santos, do (apartamento) 408. Santos: Boa tarde. Meu nome é Santos. E Como vai? _ É um prazer conhece-lo. Yamada¡ O prazer e meu. Santos: i Ah, isto é uma pequena lembrança. Yamada: Oh, obrigado. O que ó isao? Santos: É cafe. Por favor. Yamadai Muito obrigado. ÍQQOÍCÇCQQCOOCOCOCO0000000010030000CCÍCOCOQ0000C010
  33. 33. III. Palavras e Informações de Referência êiài SOBRENOMES Sobrenomes mais comuns dos japoneses C3 Quando as pessoas se encontram pela primeira vez a negócios efetuam troca de cartões de visita. Ao mudar-se de casa, é considerado educado apresentar- se aos novos vizinhos e dar-lhes pequenos presentes, tais como toalha, caixa de sabonetes ou doccs. U
  34. 34. ., _ IV. Explicação Gramatlcal 1. : ivan/ am C M. , 'Í' e à i1 são pronomes demonstrativos que funcionam como substantivos. C M. se refere a objetos próximos do falante. 'I' h se refere a objetos próximos do ouvinte. à 11. se refere a objetos que estao longe tanto do falante como do ouvinte. Ó) 'I' ; li âlilflTT 0*. isso é um dicionário? @ Í- "E ( Ei* 'o _ Dê-me isto. (lit. Por favor, d! isto para mim. ) (Lição 3) 2.5.0) N/ ÍV) N/ ÔSCD N . C V), e 3:7) modificam os substantivos. " 2'. O N" se refere a objetos próximos do l falante. "i'm N" se refere a objetos próximos do ouvinte. “ND N" se refere a objetos longe tanto do falante como do ouvinte. CD ? i1 hf: LDTT. Este livroémeu. ® àñl ; fit tftrf: T1' (P. Quem éaquela pessoa? 3. 'ÍÕTTVfÕ Ux* õiiàtt/ e No caso de uma sentença sukstantiva, a palavra 'É 5 é usada normalmente para responder-a uma pergunta que requer uma resposta afirmativa ou negativa. li t. 'É 'l T1' é a resposta ¡ñnnativa e u x ; à _ ¡[- ó a» õ l) à 42H. . é a resposta negativa. © 'Í' #lili '7' l/ fl? '/ 77 -i F “P10”. isso é um cartão telefônico? wifi s( f -j 'C1', . ' “Sim, é. (lit. Sim, é um cartão telefónicoz) © 'É' üili f' lzrlã '/ f) - F T1' ú* A isso é um cartão telefônico? "' ? r wi. . ? Õ L t' à 'J É EL. "Não, não é. (lit. Não, nãoeumcartão telefônico. ) O verbo 53W l É 'f' (lit. diferir) pode ser usado no lugar de 'I' 'l ll t" à l) É 'ti' Á. .. CD 't' N: -7- lui: '/ 77 -. F 'P1' ú'. isso é um cartlo telefônico? 'M' ---xit¡'(. . 51x11'. "'Não, nñoé. I QOÇÇ O O _O Í Q Í. Í, Q OGU-Ca Q. =Q»C›: C.-Q. IO; O›O? 'O'C10O 'OO O O O O O O O O Q O O O CQC O OI
  35. 35. 4- É usada para formular uma pergunta com duas altamativas (S. e Sa). Para responder a esse tipo de pergunta, afirma-se com a alternativa escolhida. sem usar lt t out H t à. (D : m: FQJT-Trlx I'7J't'1'›l*. lstoé"9" ou "7"7 ' ' "'Í.9JTT. 'uÉugn- 5- Na Lição l, foi ensinado que 0) é uma partlcula usada para conectar dois substantivos quando N¡ modifica Na. Na Lição 2. você aprenderá dois outros modos de utilização desta partícula 0). l)Nl explica a o que se refere Ns. lll. G) : Ali 3753-7-0 111W'. 2) N¡ explica a quem pertence NI. Il 0D Cüli bf: L0) ÊTT. Esteémeu livro. Muitas vezes, quando é óbvio, N: é emitido. Contudo, quando Na se refere a uma pessoa. não Este é um livro sobre computadores'. poderá ser omitido. ® Matt 7511.03 ÚWÍLYWVT. De queméaquela maia? L0) T1'. “É da Srta. Sato. ® C0) rNfLli ÍNÍUEVJTTÚ'. Estamalaesua? “NHL hf: 1.01.3? ãUÉ-&Áu mNãoprtloeminha. ® s e - s u: IMCO if¡ T1' m. o Sr. Miller e funcionario da me? mu, -°-li t. IMCU) #il T1'. -'"Sim. ele é funcionario da IMC. Caesar» Esta expressão e usada quando uma pessoa recebe novas infomiuções c indica que ela as entendeu. _ ® : w 3th: õtrfzwídwr. e ~uux. §usr. ›;s»›sLwrr. d? '3 T1' ú'. Este guarda-chuva é seu? “Não, é do Sr. Schmidt. Ah. sim. ÍnÀ
  36. 36. à; l! l. Vocabulário Piàh-ltrl Nan-ler¡ Jurema* riu-run Í'Y'T'J" fl F4 l/ (Sigõàt ) úmükê ; u<-; L iwNKi amu» É 'it §~ 'az 'CI-Külé-'im . .. -, .__ Li çâio 3 aqui aí ali, lá onde? por aqui. aqui (fonna polida de C C) por ai, al (fonna polida de? C) ' por u. ali, u (forma polida de õ 'E' C) onde? (forma polida de t' C) sala de aula 'ÊÍ refeitório, cantina 337)? escritório É”. sala de reuniões KN' recepção __ lobby W! f_ sala (Í-SÉÊJE) “) banheiro, lavabo PNI ' “[555- 'escada' i elevador escadarolanta _ _ _ _ _ El ' pais Ê-'ii _ÍÍ ' companhia, empresa ° l casa, lar É! ? telefone, ligação telefônica ? it sapatos gravata vinho cigarro R: 'l 15 local de venda, balcão (de uma loja de departamentos) 9Q!9!ttqttmocomnnppgopoonooeooooooooooeooqp 99°C! !
  37. 37. É Ú' #BT subsolo _ú' (_Ú( t) _m _Landgr 'TÁ-NW l FNE” que andar? - a e - Fl - ienefs) t < à quanto custa? U t* ( 'É' cem 'E' Á¡ 'T' mil É X. . 75 dez mil Q à ? É D TÃ- Ê d' Á. . Com licença. ~'(' C53 É 1'. (forma polida de TT) lo Í” É] Ri! " T ( ? '55 e Por favor mostre-mc [~]. C t** bem, nesse caso, então (Em resposta ao que a outra pane disse. ) Por favor, [~] (Para solicitar algo. ) -x-x-x-x-vx-x-x-x-wx-x-x-x-x-x-x-x-x-k-x-x-xr [~Ê] (ffõv. ? ÉXFÃ nome de uma estação em Osaka 'Í 7 ') 7' itália a X *Í X Suiça MT/ E - JF '/ / T ¡l- ; 7 X companhias ñctícias ? Lãxfítãüg
  38. 38. ,. ... ... ..¡. ..¡. ... eeeeeeeeeeeeeeeeeeeeeeeeeeeeee . Il. Wadtiçâo Padrõee de Sentenças l. Aqui'_é o refeitório. 2. O telefone fica ali. - r Exemplos de Sentenças l. AquiÊé Shin-Osaka? “Sim, é. 2. Ondele a toalete? ---É ill'. ' 3. Ondeaesta o Sr. Yamada? ' "Eleiestá no escritório. 4. Ondeze o elevador? -em 5. De que país voce é? - ' *Estados Unidos. 6. De onde são esses sapatos? “São sapatos italianos. 7. Quanto custa este relógio? --- r-'Custa 18.600 ienes. u ' Conversa-ção” , j , Vou levar este. Man's: É: Por favor, onde fica aÍseçlo de vinhos? . Vendedora A: No 19 subsolo. Man's: Obrigada. 1'? Maria: 5. Por favor, poderia me mostrar esse vinho? Vendedora B: Pois não. Aqui está. Maria: Este vinho éfrances? Vendedora B: Não, é italiano. Maria: V Quanto custa? Vendedora B: 2.500 ienes. Maria: ' Bem, vou levar este.
  39. 39. Ill. Palavras e Informações de Referência LOJA DE DEPARTAMENTOS FN- I~ a' - meu EJ'- área de lazer Q [NO essi¡ i z t1 n n s' n -. ' - " &estatais-axa- / ê - 7 relógios, óculos, máquinas fotográficas O ao _. LNZW (JH LOM-lis# Êí' - lê Lâ/ /Jêiaíz restaurantes, salão de eventos a 8 o a IHU. 'Islíliük ZriÍ-'Yñââa ' llk-liilãã: f . 6 artigos esportivos, artigos dc viagem : _ . :.r m. .nun c ' 'F . u. *ZÉBR'HÉÊ%*$°XÊÊ 1°. ? E' 5 roupas infantis, brinquedos, livros, O i E) artigos escolares e de escritório O' t' Ls-s S_ T5. . ' ! nl/ L "' â-. â - &ês - 'ÉÉÍLHÊ móveis, artigos de cozinha, eletrodomésticos ' LL L . l-t 3 tetra roupas masculinas . í- L'L. l- ( 2 iria/ LER roupas femininas itii-r›~itx, -r7t+r')--i't§s's: 'ã CÃÊ/ ?Éh 1 . . . › sapatos, malas, acessónos, cosmeticos É o , à l. J ( 'l J 4 UL --u -›. - r: B 1 pá t3: : H no produtos alimentícios fnslLvtii B 2%' 55211123 estacionamento
  40. 40. _E Nil-i NnÇooanTT 17"? ” 'f' lV. Expl-lização Gramatical ' 1. : c/-Et/ as-Ec/ :s e/ -ts 5/3555 Os pronomes demonstrativos C h, *E h. e b M, discutidos na Lição 2, referem-se a objetos, enquanto que os advérbios C C_ *E C e à"? C se referem a locais C Í. se refere ao local onde o falante está. 'E' C ao local onde o ouvinte está, e 351' C a um local longe tanto do falante ófomo do ouvinte. ' C B BJ? ? B B e ? i3 B são adverbios que se referem direção. C B B, 'I' B B e ia B B tariibém são usados para se referir a locais e, neste casofsão fonnas mais polidas de C C, fCe$fC. . [Nota] Quando o falante considera que o . ouvinte se fneontra dentro do seu ten-itório, o local ondenambos se encontram 6 designado ' pela palatlrra C C. Nesta situaçlo. 'I' C deaigna um; ponto um pouco distante tanto do falante corno do ouvinte, e õ 'I' C designa um local _ainda mais distante. 'a _l _at _. . Usando este' modelo de sentença, pode-¡seexpressar onde se situa uma detenninada coisa, ou . ;r onde se encontra uma pessoa éh objetoÍ- 3' ' 'f hi¡ ' CD : :fish 14:_ _à -I- : rér. ' ; o sanitário fica ali. © Étâlfi P¡ T1' . O telefone se encontra no 2° andar. P¡ fa' ›. ' ' @ 445?; /Lli T1' . O Sr. Yamada está no escritório. aa: /E65 E' C significa "onde", e 25% B significa "em que direção". KB B pode ser usado também como "onde" e, nesse caso, é uma forma mais polida de Z' C . 1' m. . (D Í-S-? iàln 'i1 tt' C T1' ú'. Onde fica o banheiro? "'¡›§CTT. "°Ficaali. i GD n'- vgS- 7 -li rs B ? na Onde ñea o elevador? 3'» B TT . “Naquela direçlo. (Fica ld. ) Z l ! QOCÇÍQQQQCOMO. COM)OLIJODDÓOOCCOCOCOOOOQÓÍÍOCOOOCOOO_
  41. 41. Em vez de usar trMo que), usa-ae EC ou _KB B para perguntar o nome do pals. companhia, escola ou qualquer local ou organização em que a pessoa pertence. L” B B e uma forma mais polida de K C. gãli KC Tfñ'. Qual é o nomc de sua escola? M' Ô êiâli EB 13 'P1' ú'. Em que companhia você trabalha? 4- Quando N¡ é o nome de um pais, e Na, um produto, significa que Na é. fabricado naquele pals. Quando N¡ é o nome de uma companhia, e Na, um produto, significa que N¡ é feito por aquela companhia. Nesta estrutura, t' C é usado para perguntar onde ou por quem N¡ é feito : m: 8:0) : l yaa-f-Tmfr. miágiía) :7 '/ l:'a. -7-'('T. “IMCÔ 3 '/ E. :- ,9 "Tia Onde este computador é fabricado? /Quem é o fabricante deste computador? ---É fabricado no Japão. me a IMC. 5. Tabela de palavras_ demonstratlvas C1/ "f/ 5/ t' O prefixo b' é acrescentado a uma palavra que se refere ao ouvinte ou a uma terceira pessoa, de modo a expressar respeito por pane do falante em relação a essa pessoa. ® ÍÍ-Siàzli KB BTTÓ”. Dequepais você é?
  42. 42. . d_ ' . . . ,. ¡ . _. e . Í v , , : a _ . u' __ , .; r n -- _ ' . _ _r i A F3 ' . .x Á- S1. ¡- _. . ' -' ¡. , o ln* 'r É _t_ _ . ' - ' t4* " . a Ui u V t¡ n _na . , V ' fa». l'_ Ã, v* . a , , . ,~' . B. i "I 7 . o. t, . ' , . , , t, . , r *a -s 'fr 'l 'Lj , _ . ›. , :_' t ' l É ã V” B 92'! '- api W lt l l e, ._á'. ~'aíãñãlt“â'ilzagà“' " 7 t: __ _ h* -aab “ i _ r l _ | .. JF Ç amu: -e-a- í J_ a É , 1%* " ' - . .g «Êà-? rus paraguaia , li 71335,_ '. ' l n à! -%m¡a@@@myf 'é Qâüââüüiñññüüt d: a! ü 2:35'! ? " r; ' ia 'c' n v l B . .i SÉ» . Évora »tatiana-ía e' h. , "' *Ma* I' m: , à. . W. _g A . :;4*<* -. - . w Fo _ . . '_ ' 4 7* ¡ 'n l ¡ 'd' t, ,. Í' _ “ v# ' , -l ›. ~ . n v ' “ai - z l . 2 . . , _ _ 3g ' x; .. .M a «. ;iam “v, s. . -. e¡ › - - : . * ~< ' ' 'e ' ' - ›. - "' .
  43. 43. É Hi5 5 @Wi @Vindas as manhãs _à t IU. #92 todas as noites É l *i1 B 4B todos os dias li") . É Õ U' B Vl B segunda-feira #Hi2 Õ U KW B terça-feira 'fl t J: 'l U flui¡ E! quarta-feira B ( Ji Õ U ! KW B quinta-feira É L JI Õ (Í 37W B sexta-feira til õ U' : l-. Bil a sábado IZBIÕU BNB domingo B: Á. . JS '3 U F13¡ B que dia da semana? ÍÍL C' Õ #É número i ú' L IÍL i5] $- que número? i a~ús f, de as. ~ É T' até ~ ~ É ~ V e (conjunção usada para conectar substantivos. ) *E B B ai (onde a outra : parte está, por exemplo, loja de departamento, .. .) - 7': NLTT 121. XI T1' 11. Que duro, não? (Expressão usada para expressar _ simpatia. ) 7( "' É bem, deixe-me ver. .. Q à É D 1 nO. . 4 informação de número, de telefone #Ill l L 'z' 1'. 'Por favor. (lit. Peço-lhe o favor. ) #LCÊUÉ Lú. , Poisnão. ' É à IÍLC' - 3 M* “$175 V) f"? o número de telefone solicitado [ZÕB] ÉUMZÕ C'5'*$ Lñ. Muitoobrigado. -x-x-x-x-x-x-x-x-x-x-x-x »x-x-x-xx x-x-'vx-x' 2 a. - 3 - 7 Nova iorque "B d" 7 Pequim (ih 75) D '/ F '/ Londres I ' '/ 3 7 Bangcoc U "f ? if/ la X Los Angeles U lI-WN. f' É É É #Í museu de arte fictleio HHÉÓ' _ - KK? ! '- l* loja de departamentos fictícia t l. a I-L _ A Z' 'J ÍÍÍ biblioteca fictleia rL: r T '7 71h51?? banco fictício
  44. 44. ll. Tradiição B' Padrões ele Éentenças l. Agora são quatro e cinco. 2. Eu trabalho das nove as cinco. 3. Eu acordo às seis da manhãs 4. Eu estudei ontem. Exemplos de Sentenças l. Que horas são agora? “São duas e dez. Que horas são agora em Nova lorque? “É meia-noite e dez. 2. O barieo funciona de que horas a que horas? “Dai nove às três. Em qiae dias da semanaele fica fechado? ---Nos sábados e domingos. ' 3. A que' horas voce dorme todos os dias? “Euidurmo às onze horas. 4. Você , trabalha aos sábados? '° °Nã'o, não trabalho. $_. Vpcelestudou ontem? “NãÊ, não estudei. 6. Qual o número de telefone da IMC? - messi-um. * Conversñíção h Qual é o horário de expediente dal? 104 (Se 'viço de Informação do Número de Telefone): il Alg¡ Aqui é Ishida, do serviço 104. | Karina: A Por favor, poderia me informar o número de telefone do Museu de i Arte Yamato? 104: ; Museu de Arte Yamato? Pois não. GYIVIÇ#S O número procurado 6 0797-38-5432. l . naun-n. ... ... ... ... ... ... ... . . .. .. Funcionprio do museu: Museu' de . Yamato, boa tarde. 4 Karina: i Por favor, ;qual a o horario de fianeionamento dal? Funcionário do museu: Funcionamos das nove as quatro. Karina: i . Em que dia da semana o museu esta fechado? l-'uncionilrio do museu: Fechamos às segundas-feiras. Karina; Muito obrigada. I l ! l ppçoçeqqqqqeqeqeeeeeeeeeeeoneoneeeeeeeeeeeeeeaeee
  45. 45. lll. Palavras e Informações de Reierência h T ISU- &ÉÉ ' -Éii-É. TELEFONE E CARTA _ m Como utilizar um telefone público CD Tire o fone ® Coloque a moeda G) Dlglte e do gancho. ou o canão na ranhura. número. © Retire u moeda ou o cartão. G) Coloque o fone no gancho. Caso se colocar uma moeda de V100, não haverá troco de retos ' Se a máquina possui o botão START, pressione-o após a etapa m Números de emergência e outros UN! J r- I 1 1 0 335m5 policia 1 1 9 corpo de bombeiro/ ambulância? 1 1 7 BBB9. hora certa 'EL É 11H l 7 7 à? previsão do tempo TI. h IÍLÍÕãL' 1 0 4 ÊÉÊÊ? W serviço de informação de número , ,,, ,,, ,,, ,,, , '
  46. 46. 0000000oeeoooooeoeeeooonobboeeeooeeeooeeeeoeeeeee Para expressar horas, são usados os suüfixos de contagem de tempo (horas) e (minutos). Os números alo colocados antes deetügsullxoa. f? e lido como . Sw depois de 2, S, 7. ou 9, e . FL, depois de l. 3, 4, 6. 8 ou l0. AÍiitês de 53K. .. l, 6, 8 e 10 são lidos ta. 6 -›, lia e L' no a (Lig-a). (Veja o Apêndice llfà' _ Para fazer perguntas acerca do número ou quantidade. usa-se o interrogativo *IL com um suñxof de contagem. Portantqüalavra 'a' K. L' (ou algumas vezes *JJLJÍKJ é usada para perguntar as horas. e á, _ _ l L _ . ._ . . Õ 4* à T1' ú'. Que horas são agora? . ' '-l' . iii. _çtjz . ç r' 7Nl09TT. . mSlo seteedez. [Nota] liiãindiea o tópico principal de uma sentença. conforme visto na Lição 1. Uma localização geogritica pode ser usadatambem como tópico. como se pode -ver em (D. ® 3-“7 't é». ^ Que horas são agora em Nova lorque? *JF-WI 4 WTT. '_ “São 4 horas da manhã. 1) Um verbo , com É 1*' funciona como . predicado. 2) É 1' torna a sentença polida. ! Wifi *W911 Q. - © hfsLti 3B MÉLÉT. . ” Euestudotodososdias. t' - ' 3. v ; t r/ ív": e , C793 'Czjzkifíí/ ç 1* L 25' 1) É 'Í' é uma terminação usada quatido uma sentença expressa um hábito ou uma verdade. É também usada quando se expressalaligo' que ocorrerá no futuro. A forma negativa e as formas no ¡aretéritq são mostradas naitabelaçfóbaixo. ' afinnativo (H É) Í 1' L_ ' (733) É Lf: (SÉ) 3h34¡ neativoi (SÊÚÉ-ÉLTLÍ: CD 5 3!: à? É 1'. Eu me levanto às seis todas as manhãs. .- t: e¡ t' ® õ LV: 6 B# i3 É 3 É T . Vou me levantar às seis amanhã de manhã. 's C H C) H à! ! 6 84H: Êãí' É L fz. Acordei às seis esta manhã. 2)Para se fazer a forma interrogativa da sentença não se muda a ordem das palavras. adicionando-se somente a partícula ú. ” no final da sentença. 0a pronome¡ interrogativoa alo colocados na frente do assunto que aequer perguntar. , Para responder a essas perguntas', os verbos dae perguntas alo repetidos. 'E Ô T1' e 'ã L' 'e à! ) É 'tt t5¡ (Veja Lição 2.) nlo podem aer usados. . vi *M ® É' @i5 Má L É L f: f». ' ' Voce estudou ontem? ' «Ls e › Wii”. MÉLÉ Lf: . . “Sim, estudei. *MH ' "W “j tá. M5¡ L I &LTÀL fz. "Não. não estudei.
  47. 47. !HM @ @lili l: ;E Ê* f 1' dt. A que horas você se levanta todas _as manhãs? L' . "'69«'f| Z à? i1'. “Eu-me levando às seis. 4. N (ternpo)l: V Quando o verbo indica uma ação ou movimento momentânea. o momento em que este ocorre e expressado com a partícula II. í: e empregada quando o substantivo que representa tempo compreende numerals. Pode também ser adlClolldilâ aos dias da semana, cmburu não seja obrigatório. Quando o substantivo não compreende numerais, não se adiciona ll. © ôâylí i1'. Eu acordo às seiscmcia. ® li ãíí L f: . Eu vim para o Jaraão no dia 2 de julho. (Lição 5) ® 5 Bi¡ E [[3] íãâ* 1'? 'E É 1'. Vou a Nara no domingo. (Lição S) ® É V) 5 L É L fz. Eu estudei ontem. 5.¡ NUTB NaÉT a 1M* à indica o tempo ou local em que se inicia uma ação e É T indica o tempo ou local em que a ação temuna. ' L' t. uni. ® 9 33W* 13 5 B# É T f? ) 'E í 1'. Eu trabalho das_nove às cinco. R$650' E5215 _ a ® Xllãúwã as: "r 3 aarái w» t) s a. Leva-se três horas de Osaka a Tóquio. (Lição l l) 2) Nem sempre os termos ú* la e É T são usados juntos. L IÍhÍe ® 9 55"? ” b iii 3 É T. Eu trabalho a partir das nove. 3) ~ú* B, ~ É T ou *'75* B~ É T podem ser usados com adição de T1' diretamente após as mesmas. ?LI 9 L' L' ® ãííli 9 95.* 77' B 3 B? É TTT. O banco funciona das nove às três. L. . ® &Hikli 125%# B T1'. A horaído almoço começa a pírrlz. .. .n doze. °~ A partícula Z conecta dois substantivos de fonna conelativa. ' r a 1 e' : :ss 1 L' ® êâiio iris: : ; t-. Blla z E925 T1'. O banco fecha aos sábados e domingos. 7- . 111 é uma partícula acrescentada ao final de uma sentença para expressar o sentimento do a A . l falante. Mostra n simpatia do falante ou n dVpetlallVñ de que o ouvinte concorde com ele. Neste último caso, o uso da ¡Jilñíctlla 1') é para coníinnar alguma coisa. ¡t-IZK L' '4l. !¡i (T9 : ã E 108%*- C 7:» É T Mfi L Ê 1'. Eu estudo até mais ou menos IO horas todos os dias. hrlsL "VRÉÊTT i1. “Deve ser muito árduo lisin" I V! r' TI. till/ ela ® rlJBBÊ/ LV) 'lãtãâ-? ti 8710) 6813TT. M8710) 68l3TTi1. O número do telefone do Sr. Yamada é 871-6813. ---E 871-6813, ceno?
  48. 48. l. Vocabulári wsH . ' ? if ' . M u n; :! -_. ._. x-. : . . O HÊÉT *if HIUÉT _o . a ›. :_'›, .'. ,E . . Lição 5 . _ . . . bu_! '¡'í'. ... ~.. .;: '2 -. ; : . . '.25' - A. < ' ir vir voltar para casa, retomar escola supermercado estação avião navio, barco trem elétrico metrô Shinkansen, trem-bala ônibus láx¡ bicicleta a pé pessoa antigo v elemamorado. . ela, namorada família 5' ; É '; ';_sozinho, só 'semana passada esta semana - semana que vem mês passado este mês ' 1._ . _ mês que vem A' «ano passado este ano ano que vem ÓQQQÓQQ_ QQQQQQ, O,Q. C.O›O¡O›O, C;D. O:DDCOCOCOCO OOOOOQQQQQQÍO 00.0 O
  49. 49. tvibú"? 'âiiñÊ di? ?? Àaú' Jlaú* ijús um» 'E0379' JI 515* C C079* E1679* Ctrl* Õ JI 679* Iifãú* i: LÊ VD Õ JI d# -ità *xÁ/ ¡ZÊ '3 IELCIÕU J ã ÍÚQIQ: ãti ) É Z JI x): 0V) I Qêñb K5 WELÍ LT. ! ILQL - #iii >Hê -EBSSÊÉ lã? É; 4*'- H* Wi» É: : E? "' É - mês i5¡ B que mês? l B dia 1° 2 B dia 2, dois dias 3 B dia 3, três dias 4 B dia 4, quatro días- 5 B dia S. cinco dias 6 B dia 6, seis dias 7 B dia 7, sete dias 8 B dia 8, oito dias 9 B dia 9, nove dias IOB dia i0, dez dias 14 B dia l4,, quatorze dias 20 B dia 20, uíntc dias 24 B dia 24, vinte e quatro días . '- B dia °- , " dias M B que dia? , quantos dias? quando? 'Mi B aniversário 33m comum (trem) É? ? rápido &É; expresso 3X0) próximo(a) De nada/ Não há de que. plataforma N° - , - ' plataforma 'Í'N'N'X'''"'N''''°"'N'X '''''' nome de uma cidade na : cgião de Kytisltu nome de um distrito de Quioto nome de um local próximo a Osaka Castelo de Osaka, um castelo famoso de 'Ositkn m#
  50. 50. oooooo949001100000000¡ooooooopooooooooooooooooo0 . JI ll. yradtiição Padrõeada Sentenças ; i I. Bu vou a Quioto. __ 2. Vou ; voltar para casa de táxi. ' 3. Eu vim para o Japão com minha ifarnilia. l; _ Exemplo) da Sentenças , . l. Aonde você vai amanhã” “Euzvou a Nara. 2. Aonde você foi no domingo? "Não fui a lugar nenhum. Í 3. Como você vai aTóquio? ---vo_u de Shinkanaen. 4. ComÍquem você vai a Tóquio? -t-Vou com o Sr. Yamada. S. Quando voce veio ao Japlo? . “Eiijviln no dia 25 de março. 6. Quando é o seu aniversário? “É no dia i3 dc junho. . Conversação _ __ _ _ _ __ ' É' Este trem vai a Koshlen? Santos: n Por favor, quanto custa a passagem até Koshíen? Mulheri' Custa 350 ienes. Santos: É: A? , 350 ienes. Muito obrigado. Mulhorij Dp nada. Santos: .i Por favor, qual é a plataforma do trem para Koshien? Funcionário da estação: É a (plataforma) N° 5. Santos: f Obrigado. ' Santos: 1, ' Por favor, este trem vai para Koshien? Homem: ' Não, nlo_ vai. O próximo "trem comum" vai. Santos: ,i Ah, muito obrigado.
  51. 51. lII. Palavras e Informações de Éeferéncla Ei' “afastei FERIADOS NACIONAIS_ a a--mt-hà ou; to 1 B l B Í. B Ano-Novo versi- tr-au t; aut-x. o 1 ñ à¡ 2 ñ Bl¡ El -- BÊÁÚ) B Dia da Maiondade Í") ! ZS ÚLÍ( 9 UL U B 11 B *i1 R$03 B Dia da Fundação Nacional V913 53' LnLJÍL U 3 É 20 B ' à 0) B Equinócio da Primavera 4 l'-› tzt. _ u ~ 45295 A! UÚDB DiadoVcrde ma. -. o- tmn e m. u 5 . É i3 E. ÍÍLLÍÊSZÊB Dia de Comemoração da Constituição. "i a ' I n C9 5 . É 4 B ROM¡ B Feriado da Nação "JU -a - o . SF É» B *CÍÍÉVJB DiadaCriança _ 'GI 5" c¡ U 7B20B 035 DiadoMar . Í'5 Í: ÍY*§ U 9 . É 15 B_ WF? ) B Dia de Respeito aos Idosos › ~- "F Í: Lo . iu. U 9 . E '23 B s H v É( 30) B Equinócio do Outono . . 'o 'u a f: || ( U "I 4 ' .34. r 0 '_ 10.5 à 2. B É B " if-ÍV) B Dia dos Esportes 11 E 3 B : um E Dia da Cultura v o--a : :e : Lan-Lu u _ 11 É 23 B N? ? 0) B Dia de Agradecimento no Trabalho - «e : :a 'UJH/ :LUJNI . 12H23B RIM B Aniversario do lmpemdsi Os feriados com * variam dc ano para ano. “ 2' segunda-feira nrauvzaunuvnnnar-_a-rao-. u-. a-. .u-. c--u-a-vav-b-u-u-n-: ccçasa-qrçagíg-x Caso o feriado nacional coincida com um domingo, a segunda-feira ? seguinte será feriado. De 29 de abril a S de maio existe uma série de feriados chamada : T-/ l/'í' '/ '7 *f - 7 (Golden Week). Algumas empresas consideram todos os dias dessa semana como feriados. : çpg-: a-a-r: :u-: :íí-_g : :gincana-avant-vauau-_awaà-v-aa-rçeanr-a-_nu-. u-. .aarj-ru-«a» -aa-t-o-paa
  52. 52. IV. Explicação Gramatical 1.] N (local)_' ii: a vala: wii t¡ : r | Quando o: verbo indica deslocamento para um certo local, a partícula 'N s colocada depois do substantivo que indica o lugar para mostrar a direçlo do movimento. (D *sã* É É 1'. Eu vou a Quioto. 5 Q) É 45'* ÊÊ L fz. Eu vim para o Japão. ® 'i É ' 'N' 'i É 1'. Eu vou voltar para casa. [Nota] A panicuia ' e lida como à. . 2. r: [s] t. ira sea/ ii: :eai-u: Quando se emprega a partícula t numa forma interrogativa em que o verbo esta na fomia negativa, tudo que se implica ao interrogativo é negado. G) [N] É: 3 É EL. Não vou a lugar nenhum. © t, fx' z +3 , (,, Não como nada. (Lição 6) © fin t, x a* tl_- , (,, Não há ninguém. (Lição i0) al N(veiculo)T B5 iT/ JkiT/ 'ÍQU ar A partícula 'f' indica um meio ou um método. Quando os verbos que denotam movimento (i “ 'E í 1'. 'E É 1'. 'J i 'f', etc. ) são usados com T, T indica o meio de "'_ transporte. ? Neste caso. o subÉtantivo que precede T é um veiculo. > . _ , @Hi1 ii s. a a. . 3 : . a Eu_v9,9_<_ie_tr_em_-__, _ea ___ , _ o Mixx-z* sie: Lfç. . Euvimdetáxi. Quando você for a pe, deve iisar a expressao à 6 T. Neste caso, não se usa T. Q) B, ; x 'c t); L ñ, Voltei da estação para casa a pé. 4. N(peeaoalanlmal)t V5' ; g _ Quando você compartilha time açlíêíom uma pessoa (ou com um animal), a pessoa (ou animal) e indicada(o) com-a 'partícula . ;_ 'É _ - a- f( z IIL 9 - : _ ' _ ® Ri? Z B ! FN il( É L f: . Eu vim para o Japão com a minha familia. 'Se você faz algo sozinho, usa-se a expressão U t' 'i T'. Neste caso, não se usa Z. 0 E 'J I 1319 ' - ® "ART *R* 1'? ? i1'. t A Eu vouaTóquio sozinho. _IQÓQÇÇQOQQQQQQQQO_OQ; O,Q. .O, _CiiC, .,0.00.00ÇDQCQQQQQÓQOQÓOO COCO
  53. 53. 5. b VJ Para perguntar acerca de tempo. normalmente alo empregada¡ as fonnna intorrogativar 'a' L, tala como 'TL L', *Ibi "l U' e *a', <.ó'ñü“kll É. Centudo. _ha caso¡ em que ae usa o ínterrogativo H7 (quando? ) para perguntar quando aconteceu/ val acontecer um determinado fato. Não se usa partícula l: em "J. ® H0 Ji! ! Lfzú'. Quando você veio aolapao? ” 0"¡ IIÊ WSHZSEI: *t Lfa. WBu vímnodiazs demarço. Quando você vai a Hiroshima? “Eu vou na próxima semana. ea no 33'» 2+2» n». 'Mini - --atua nas n. s. J: é uma partícula usada no final de uma sentença. É usada quando o falante quer enfatizar a ' informação que o ouvinte desconhece, ou para insistir no seu julgamento ou ponto de vista. ?L t t- 2 1 L LL I* ® C V) ! il-li 'la-TMN Fri 'z' Tú'. ---~~x~x. 2+3 um. ?io ÊÉÂWI. Este trem vai a Koshien? “Não, não vai. O próximo trem comum vai. WÍIÍÍ 02a &sia- 74 31-7 l~ «z m: x < »a-urrx. A dieta exagerada 6 prejudicial para sua saúde. (Lição 149) . -
  54. 54. SH* «êêjhrab ' . Ya-Nyx Ç , O Q Q Q QCOÓOCC i é 'Livocaljulárlo ; .&<a+; daarã -fvat-r, :í i c ! att-mma “maçVmpotmmm-ti' *++444 & J. LL: ~J , ql-là ü$K~] 4 í Ílik _ à í* iii/ L_ U 6 CML, HLX. Ííik C* / °'/ #É C" i2( 1'15"? (Êta: Lrçao 6 t* É 'f' 5 comer ÍKÀ É 'Í' ' beber 'ill l i1' í_ J fumar [cigarros] 'N' R. . Ê 1' *É ver, assistir a M É' É 1' t; , ouvir, escutar HA É 'Í' W ler É 3 í 'Í' escrever l l É 'Í' _ comprar aa ') í 1' - tirar [fotografias] Hilt- av] - fazer Ô l É 1' - encontrar-se com [um amigo] tam: ~l- refeição, arroz (cozido) ? H Ííi Á, café da manhã E: S' l i Á. almoço “É, E' Á. jantar pão 'W ovo W came " . É. peixe Ri¡ verduras, legumes à# frutas 7K água É ? É chá, chá verde M* chá preto *F SL leite suco cerveja [B] 'PI bebida alcoólica, saque L E. _ul v _A - _v t! .'_ _, : _i_ . ¡_ ~ ~ . n_ I _ . .. -ía. 't l ' I 'l 'J t--999999
  55. 55. E 5"# fita de vídeo, aparelho dc vídeo ; U *Ú* 39h35¡ cinema C D CD, disco compacto T #Va *il-Ê carta lx : li - l~ relatório L, t* L , L $334 fotografia . lts-lt fã loja, estabelecimento comercial lx X l' 9 '/ restaurante l: b ! E › jardim L . o ( ffk 73553 lição de casa (~ 'E L É 1': fazer lição de casa) 7'. : Z tênis (~ 'E L í 'i' ; jogar tênis) "f -7 77 '- futebol (~ É' L É T: jogar futebol) [S] lifxl; [Í-SNÊÊ. apreciar as cerejeiras em flor (~ É L É 'fr ir apreciar as cerejeiras em flor) *JS l: FI que? , o que: No L. l: lí juntos É . t o Z um pouco *Ô É sempreàlnormalmente Z 'E K3 Sã# às vezes 'J “E 11.19* É» “ depois disso, e eiitão i Â. sim ' ' ll TTYL ¡Que bom. t 177W” É L fz. Entendi: i Q à ? É D 'EL FI T1' 7P. Como? /O que e? L *tn É f: [33 L 721. Então, até [amanhã]. -'-: ~-. -~1-X-N--. -----'-. ---- X *i'- '°/ -'-7 México HRÍOTI 9: ÍÀL X Parque do Castelo de Osaka 53'. , «fa» u. - r
  56. 56. ll. Tradução Padrõeslde Sentenças . r. l. Eu tomo suco. 2. Eu compro jomal na estação 3. Voce não quer ir a Kobe comigo? 4. Vanips descansar um pouco. Exemplos de Sentenças l. você¡ fuma? “Não, não fumo. 2. O que voce come todas as manhãs? "Eu como ovos e pão. ' 3. O que voce comeu esta manhã? não comi nada. 4. O que você fez no sábado? _ “Eu estudei japones. Depois, assisti a um ñlme. O que você fez no domingo? --°Eu fui raNara com um amigo. . . 5. Onde_ vocqçcomprou essi, mala? ' “Eri corràrei no México. 6- N” Ma* 49 wm-r site °991mmi8°7 r . “Sim, gostar-ia. '* ' Conversação . l Não quer ir conosco? Sato: ÍSr. Miller. . ~."3~'1 Miller: gSim? ' ' Sato: ÍAmanhã, eu vou ver as cerejeiras em flor com meus amigos. ? Não quer ir conosco? É? . g Miller: [Parece boa idéia. Aonde iremos? Sato: |Ao Parque do Castelo de Osaka. Miller: IA que horas? ;i Sato: ' s dez. Vamos nos encontiiirna Estação Osalrajo-Koen. wmsmm. * Sato: em, até amanhã. . p,. ,,, ççgççgqqgqqgQQqqqQ&ApQmtpQJJJÇOQDOODOQQQ¡O
  57. 57. lll. Palavras e Informações de Referência ÊNÊÉ COMIDA (Não ; É f? Fnttas *É C' morango ú' à caqui V' W' Legumes e verduras pepino t t om e É» É pêssego #MTL tangerina rtp/ J' berinjela , h m, mdancia U LC. maçã É y) feijão 5: E? UVU ' i7' 'f' banana : i'- -t- '“/ repolho à. L Para cebolinha acelga li < 'É t lí Õ ML? Õ espinafre 1'/ 7 X alface LI t* ? Vl * É: batata f: ' l C L nabo ñihf «Mm IC L L' L cenoura C-. imes carne de vaca came de porco lingüiça, salsicha _ Peixes e frutos do mar É) ll cavala i' lí* salmão à U camarão â Hb L _sardinha É ('14 atum ? NZ caranguejo 'l' li' tipo dc cavala 7': ' pargo “Ú” lula 'É L É tipo de cavala f: là bacalhau f: C polvo i ~ . - O-iapão-irããaíirg ES mbtade dorallmento consumido pela nação. Os lndiccs de auto- Í g suficiência dc alimentos são os seguintes: cereais. 29%: vegetais. 86%; frutas. 4796; g l ' came, 55%; produtos marinhos. 70%. (Ministerio da Agricultura, Floresta e Pesca, l996). ¡ j Dentre todos os cereais. o Japão canto-suficiente somente em relação ao arroz. ¡ : :anarquia-rawavawxgrgnunxuvanu: :-c-ra-ourcvixauas-ra-ríac: :
  58. 58. lV. Explicação Gramatlcal 1. N? Vçtransltlvo) _ l f' é usado para indicar o objeto direto de um verbo transitivo. _ V' n -. I r @Van-ZÉ ÍKAÉT. ;st : - Eubebosuco. [Nota] ii e #-3 são pronunciado: dozlnesmo modo. A primeira forma 6 usada apenas como panicula. "f í - . 2. Ne L-*ÊT "ii-il. O verbo L í 1' usa palavras de uma ampla faixa como objetos. L É 'V' significa que a açlo indicada dali: objeto é executada. Algàna exemplos elo mostrados abaixo. l)praticar eáportes ou jogos ! Ígí i 9 *Í "I 77;' í' L í 1' Ã" - jogar futebol l- 7 77'? L É 1' jogar baralho 2) realizar eventos . ^'-_-7' '4 - 'É L É 'i' _ dar uma festa 'Ei L É 'f' . realizar uma reunião 3) fazer alguina coisa É É', L É 'i' ' fazer lição de casa f: L É 'i' fazer um trabalho a. É? " E L e r r» . _ _ Esta fragfàisagdapara perguntam que alguém faz. _ . a _ _ @ 5335 fil? L É Tilt. " Oque você vai fazer no domingo? É 1'. . “Eu vouaQuioto. @ 5 'l iai? L É L fzún O que você fez ontem? 'Mlf-vñ-í' L1 Uh. “Eujoguei futebol. [Nota] Pode-se agregar li*- à palavra que expressa tempo (tal como dia de semana) e transfonn -la em tópico prinçipal. ' na: II m: . CD B E i1 FI *E L â 1' ú'. O que você vai fazer na segunda-feira? M, t n ' NEW* 1'? ? i1'. "-VouaQuioto. 4. #A e ill: Tanto *LL como ü' li são termos que correspondem a "o que". l) 'I : L é usado nos seguintes casos. ( l) Quando ele precede uma palavra cuja primeira ailaba pertence a coluna f: , fi ou *a2 @J $310. Oqueéisso? l¡ ¡ L © "'72 #ETT ri'. . É livro sobre que assunto? ® íàlz. HK_ *Uiifln . Oquevoctdlzanteadedonnir? (Liçlozl) i uaaau. .. ppooooçoooooooqoqqqqomoqqooopppoopoopoçooooooooo¡
  59. 59. (2) Quando ele a seguido por um sufixo de contagem ou similar QL! " '7' lx# É t* Mi ! Em T1' tt. Quantos anos tem a Teresa? 2) ú' lí é usado em todos os outros casos. @Ísis inata» 6- Quendo acrescido depois do substantivo que representa local, 't' lndlee o local onde ocorre uma ação. l S L LJU. O' ® R? #INPE INÉT. O que você vai comprar? Eu compro jomal na estação. t 6. _ V É 'lt , L 7)* Quando se quer convidar alguém para fazer algo, usa-se esta expressão. ® No L . t l: *ai* í uma. Não querira Quioto conosco? wii_ HUTTM. wÉumaboaidéia. 7. viLxõ V Esta forma é usada quando o falante convida o ouvinte para fazer algo juntos. Tambem e usada para responder positivamente a um convite. ® à . t -› Z HA 3.* L . t Õ. Vamos descansar um pouco. ' U6 I: ' ® No L . t i: BULL? 'RNÊBLÚN Não quer almoçar comigo? “à à. . *É* É L . t 5. “Sim, vamos almoçar. [Nota] Um convite usando V É EL# mostra mais consideração à vontade-do ouvinte do que quando se usa É L . t Õ. ' 8. $3~ Voce aprendeu na Lição 3 que o prefixo fa' e agregado a palavras relacionadas ao ouvinte ou a pessoa que está sendo referida, para demonstrar respeito (por exemplo, [S] < l: pais), 2B também é usado com varias outras palavras quando se está falando poiidamente (por exemplo, [S] 'E li bebida alcoólica. [Hi1 'Ã' J» apreciação das cerejeiras em flor). Existem algumas palavras que alo usadas normalmente com te'. embora nlo aignifiquem respeito ou polidez (por exemplo, #-3 *S t* cha. fa' úúúidlnheiro). 47
  60. 60. Lição 7 I. Vbcabumño 393?', VIÚÉT cortar ta( v q; ____¡au. a_1;_ . envig__. .__. _-. _____. _.. __. ._. ... --_, ,.. . "Ema 21.. .: Ó O C O O O Ó O Ó e as x s r; _ 0 rr-úrt1"i""i""'“i"tfí""”"'êmprãtar ”* ' *e e “' o 0 wvatgwe_ _must wwgmmm› ' ' *Í-¡LÍÍ 1' ki à -------°'“"'"' "' ” '“"""" Í 1 7a' b¡ ¡ Ê : Ê 'H l É 1' aprender abreu¡ Í *WH É 1' fazer [uma chamada telefónica] O [Thief ~] [EEE ~] O i C T ã*- mão, braço . A li L palitos para comer Q X 7'- '/ colher . 'f' *l 7 faca . 71 E ; - 7 garfo Q_ l e tesoura Q 777¡ ñx 9 '7 -' 7' C7 processador de texto' I "/ :l '/ microcomputador. _ _- _: , r w' '/ :7- furador 'i1 *7 '7' 4'- Z grampeador 't' Cl 7" - 7a' fita adesiva Q H L 7h i 'JH L 3' A borracha ? PA ¡ #â papel Q" me Ç n P Mr : ~ › 9.a- 'Y a, _' camisa 7 l/ -EV h presente Ó. lí É¡ 'D M340 -'v› f. pacote, carga . _ HÚWJ 1 #à dinheiro É -› . i3 A WH _ j bilhete, passagem ruxvz mm O . e Í" Í” O. .. . Q. O Ó~ C. QLt%ü@EL»~ , , . ' 5 J' recent_ *t* j'_ _ ___ 've E 5 t/ _lf/ ¡Ig
  61. 61. as x aux_ e 3tõ5L sxsp smasp B&5L tô 2# : nmà ['~. ] TTÊTTM. Qê-ÊÉD 385,6( 55V. “Bo LNH à 255%' Bit") (ÍEÉU. Lam- SULLÉT. [~li] ú*ó"("rú*. Hfzfi? i1'. (meu) pai (minha) mãe pa¡ (de outra pessoa) mãe (de outra pessoa) já ainda não logo, n partir do agora Que [~] bonito(a)! Que bom! Com licença/ Ô de casaJPosso entrar? (Expressão usada por um visitante. ) Seja bem-víndo(a). Entro, por favor. Muito obrigado. /Posso entrar? (lit. Não estou incomodando? ) Que tal [~] ? lCiostaria de tomar (comer) [~] ? (Frase usada quando se oferece alguma coisa. ) Muito obrigado/ Eu aceito. (Frase dita antes de começar a beber ou comer. ) viagem, excursão (~ 'E L É 1': viajar) lembrança, presente nx¡ x¡ xo xr” xlxlxllwxlilxllIxIIxl &sx; '- Europa Espanha
  62. 62. II. Tradução Padrões de Sentenças 1. Eu escrevo canas com processador de texto. 2. Eu dou (vou dar) fiores para a Srta. Kimura. 3. Ganhfi chocolates da Karina. ' I . Exemploa do Sentenças l. Vocêfestudou japonês pela televíífã “Não estudei pelo rádio. i . 2. Voceicscreve relatórios 'em japoiís? “Nip, escrevo-os em ingles'. " 3. Comp se diz "Good-bye" em japonês? “Di V -se "Sayonara". 4. Para uem você vai escrever cartões de Natal? “Pa minha fanxilia e amigos. S. O qu é isso? “É a agenda. Ganhei do Sr. Yamada. 6. Voceijá comprou a passagem do Shinkansen (trem-bala)? “Siriujá comprei. 7. Vocêijá almoçou? “Nãb, ainda não. Vou comer agora. Conversáição | ou: José Santos: Olá! Yamad | lchiro: Bem-vindo. Entre, .por favor. José Saltos: Com licença. Yamada! Tomoko: Aceita uma xícara de café? Maria Srntos: Sim, obrigada. Yamada Tomoko: Aqui está. Maria Sfmtos: Obrigada. ' ' Que colher bonita¡ Yamada Tomoko: Obrigada. Uma peaaoa da minha companhia_ ma deu. i É uma lembrançada viagem a Europa. ° l l I a poçooooçççooqqqqqqqqqqgoopnpoopooopoooooooooooooo
  63. 63. lll. Palavras e Informações de Referência a- v( “ , ?Ui FAMILIA me( ' hf: Lb- m Minha Familia Í si' Q . í- ÍÍ ? EX avô ---------------- -- ? R505 avós 'Na 'HÕLL sc pa¡ ----------- -: --------------- -- me: pais 5m at: M45.. 'a as «a z . ... ... ... .. --p--zas irmã mais irmão mais irmã mais imwão mais ¡maos novo velha velho _H __ 'Il l -------------------------------------- -- em _ , à m" her/ esposa . cônjuges/ casal_ (i marido/ esposo) br; L eu y ü-rn L 'f . «a . a3- -------------------------------------- -- -3- z' g ma. filho . mim h üi' O V( H3# à* u» Rai Familia do Sr. e Sra. Tanaka Í-SUUÊÁ. avô üa9LL ÊÉEÊL pai ---------------- -- ÍWM_ pais _ m. lzn 4 ' “em, .x. i xanax. : mas innã mais irmão mais irmos novo velha velho - 'm', .Ã- mumer/ csposa . ... ... ... ... ... ... ... ... ... ... ... .. . . ; it-dm cñmugcslcasal iv:
  64. 64. ,ru - 0+” q' lV. Explicacão Gramagjcíl '1 N (lnstrumento/ melort' V l _ A partícula T indica o metodo ou meio usado para uma ação. (D tanga_- b s r. . ^ , g. c) Basta? wi- t s t3 sr. 2. "Palavrtilsentença" l: ~IÍT iâTTfr Esta expressão intcrrogativa é usada para se perguntar como dizer uma palavra ou uma sentença em outras linguas. " ' À” Í 'iL @ Mai) ó' Z 'Hi1 ÃÉT MTT ó'. Como se diz"õ ') ñ' Z Õ" em ingles? "ljrhank youJ T1' . “Diz-se "Thank you". ' ' l: Ill. I' '-'¡. . (D lThank youJli B 73H? MTTÚ'. Como se diz "Thank you" emjapones? “Fã 'l #it ÕJTT. “Diz-swñllótr 5". a. Ntpoaiosp: alrsnetc. Verbos como ô i1' É 'V', ú* L i 1', #-5 _L à í 1' , etc. .s¡o usados mencionando-se a peaaoa a quem voce vai dar, emprestar, ensinar, etc. A palavra correspondente a peaaoa e acompanhada da partícula i2. © meu. : &És/ ei; 'ía õlfâ u. . O Si'. Yamada deu flores para a Srta. Kimura. © t-au: ?És ÊL: Lú. @RAÍÍK É _Ki 'Í' . Eu ensino 'inglês para Taro. [Nota] Com verbos tais como 'ie' < 'l É 1', ?Liv E ? Nf É 1', etc. , substantivos que indicam local podem ser usados ng lugar de N. (pessoa). Neste caso, algumas vezes, a partlcula ' é usada no lugar de lí. " - Eu como com palitos. Eu escrevo relatório em japonês. Eu emprestei meu livro para a Srta. Lee. o---ce u. a _ "àíflt lí ÊÍÊ É ? Ni Í T . Eu vou telefonar para a minha firma. -(«> g | t . #4 l st; l É OPQOPOÇQQQ999QQQQoqqtqeqqqqmmmoonnpopoooooooooooo
  65. 65. 4. N(peesoa)| : ÉÊVÊTJtc. Verbos como à QUÊ 'h ú' 'í É 1' e 'a' t É 'i expressam ações por parte do "receptor". As pessoas que. atraves destes verbos. recebem, emprestam, aprendem, etc. , slo acompanhadas de lt. f! It' @D Ásiieu: mascar: 'ii-e e sua Lf; . A Srta. Klmura recebeu flores do Sr. Yamada. o r; u ram: cos iitu s Lfz. Eu peguei emprestado um CD da Karina. $055( 2' 'Ns ® 7751.1: ? tes atuar. Eu aprendo chinês com Sr. Wang. . . 19* 5_ é usado muitas vezes no lugar de l: neste formato de sentença. Quando você recebe sua» algo de uma organização como uma escola ou uma companhia, usa-se apenas t* IB. ' f! I: ' ® Âuiieu: tbaãkúwã 'fãs e : an: ue. s: Srta. Kimura recebeu flores do Sr. Yamada. L: a-n s- ® 511?# B 15:3 'E ii 'J É L ñ. Eu peguei dinheiro emprestado do banco. 5. É-Õ VÉLÍ: à Õ significa "já" e é usado com V É L fz. Neste caso, V É L f: significa que a ação já foi completada. - , , - Arespostaparaapergunta L5 VILfUTéíIU. ?a5 VíLf: ouUHi, Ef q; ÍSTT. u_ ® ÉÕ QV Ê Lfzú'. Vocêjá enviouopacote? N( ' wlztu. [t õ] 5M a Lfz. °°'Sim, já(enviei). “UNIX, if: "T1. “Não, ainda não. Para dar uma resposta negativa para este tipo de pergunta, não se pode usarV T' L f: . que significa simplesmente que voce não fez uma tarefa específica no passado, em vez de demonstrar que não fez esta tarefa por enquanto. 7 '771-43-1¡ t5* css-s"
  66. 66. ' i "Liçao 8 e Lvocabínário il_ *lv : v ' “ WfhPrJ bonito (Usado em caso de se referir à aparência . . _r_ . . de um homem. ) ÍIJÍ. ) ; à . . bonito, limpo LÍJWÚÍFJ; HÚWT] t É) silencioso ÍQÊVÉ* [Qfl animado VP ['4_"l-' "$173 [É] famoso U ^ É* '7 [V] “VJ [É] gentil WI. ; É' HH; 755. ['35] saudavel, forte Ui [t6] '- MUS] livre, com folga (tempo) &Á; 'Í [ÚSJÊ Ri") [V] s' pratico, conveniente 'Í' T 'É [ÚIÍE ! t bonito. maravilhoso Sã? ” i AXÉ” grandelargo 'Ê ) : '.' * IJ 'l' * pequeno, apertado ÍHEÉLHJ MLM novo -$~ 6 * à . velho (Não se usa para se referir às pessoas. ) “ * (Ji *à bom 106V ; BN ruim, mau ___14_ ôÔV JU. M” _quente 4 “É LW “ 3 § n frio (referente à temperatura) , ..'>. V.>f: * Í . ._ . . fàtzLL_ . . e ¡m! (KefereDIBJDJAID) - . _ _. true: m» difícil P5 LV ' &LN fácil 7275* “ _ (Éh caro, alto ? WW “ -'E t . barato U < ' j #Em baixo #5 t_ L 6 I interessante 32H L * Il delicioso, gostoso “ÊÚ'L* 'NILH ocupado 7507 L * âñ L “ A divertido f* L 6 “ É branco < 6 “ i ! u * preto . ?MW ; ;fin vermelho A): l à) É¡ “ "W ' azul É' < É *É . . flor de Cerejeira Y' É ' d. : montanha n ' l ÇOOQCQCCQCO; Ó,O; O.C, C,O; QD; CDIDDD! OOOCCOÓ00000000000!CCOO _ . - . _, . n . - _
  67. 67. IOOCÓÓCÓÍÍÍ-ÍOOÓOOGQOOCOQQCOCCOQOQOOOOOOOOQOOOOOOO à à "I cidade. vila f: '' É. V) t4?? comida < õ É I- carro. veiculo Z Z'. õ Ffr local I) . t õ a¡ dormitório . *Lã . t 5 M! ! _ estudo 'lb t à") ifã vida cotidiana [B] L 2'! W511i¡ trabalho, negócio (~ 'E L “I 1': efetuar um negócio, trabalhar) t") como? 25/. ? ~ . que tipo de~? - X31. qual (entre 3 ou mais) t: 'C É muito à É ') não muito (Usado em fonna negativa. ) _ 'f L T e (Usltão para conectar sentenças. ) ~77'. ~ ~, mas~ ' ? SW/ L É TÍÚ'. HÍÉLTTÚ”. Como vai? /Tudo bem? í' 5 T1' 111. Bem, deixe-me ver. .. Q ÊLÊD* › t: ll tro-a 'a' E #Wi ? JÊK ¡ÍIÍLÉ L f: 1P. .lá se acostumou à vida no Japão? ' a-ql U - [~. ] É '3 "FPF UÚWTTÚN Não quer mais uma xícara de [~]? “LVL Ha C 5 T1'. Não, obrigado. É 7 ~TTEMÍ o . lá e (são) ~[, não e mesmo? ] 'Í 5 'Í' 5 *QL L É 1'. Bem, já vou indo. É 7': * IB o L r- o T < iii* '. Por favor, venha novamente. -wvvwvwvwvwwwmvvwvvvwwwv L' 'gil-U Monte Fuji, a montanha mais alta do Japão h É ÊÉBH Lago Biwa, o maior lago do Japão ' "/ t' ? H4 Xangai (JLÊQ) L SKI. SEM' . PEAO i5 J "Os sete samurais". um filme clássico de Kuroaewa . Akira Ska-tê _ Templo Kinkaktnj¡ (Pavilhão Dourado)
  68. 68. "-*'$$^'ñ§'~ iiürradúção Padrões de Sentenças l. As flores de cerejeiras são lindas. 2. o hionte Fuji a alto. 3. A flor de eerejeíra é uma flor linda. ” 4. O Moiitc Fuji é uma montanha alta. Exemplosde Sentenças l. Osaka é uma cidade dinâmica? “Sim, ó. 2. A água do Lago Biwa e limpa? "Não, não é muito limpa. 3. Está frio em Pequim agora? "Sim, está muito frio. Está frio em Xangai também? “Não, não está tão frio. 4. Esse dicionário e' bom? --~Nãó, não é muito bom. S. 0 que* você acha do metrô' de Tóquio? “É limpo. E e prático. 6- E" “5_5.. ͧÊ! .P_“L'? .m"l? ?Pista tipo de filme? Era "Qs sete samurais". um filme antigo, mas muito interessante. 7. Qual é o seu guarda-chuva, Sr. Miller? “É aquele azul. 'A Conversação I _ Está quase na hora de lr-me. Yamadailehiro: Já se acqstumou com a vida no Japão, Maria? Maria Santos: Sim, já. Estou desfrutando todos os dias. Yamadallchiro: É mesmo? .Sr. Santos, como está o seu trabalho? José Santtos: Bem, é muita eolmeria, mas interessante. Yamada ÍTomoko: Quer outra xfearajdó café? Maria Santos: Não, obrigada. ~ l . ... ... ... ... ... ... .. '.. .L . ... ... ... no- José Santos: 0h, já são oito horas. Precisamos ir. ' Yamadaílchiro: É mesmo? , : _ Maria Sàntosr- Muito obrigada por tudo hoje. Yamadaffomoko: Foi um prazer. Venham novamente. l
  69. 69. lll. Palavras e informações de Referência til; É. - : :É cones E SABORES p Cores ls Ê. . substantivo i adjetivo A , L h (5 preto i l x i substantivo r amarelo Â! 15 LHPQ 'HW “ doce *FW * picante 545W salgado . .y “v j ç. .. (X) ç . a r x' f *Lu . “ à' l -r ir Holñ azedo iii* fraco 9 5 -› raw-vara-a-va-_na-nna-vgçvuvavayama-as-va-: au-n-vaur-pa-naà-. va-a-v--ul V5 8! iñ H É: ' I ' ? X ' 15 Primavera, Verão, Outonoe llWcllii- j Existem quatro estações no Japlo: primavera (março, m l abril e maio), verao (junho, julho e agosto), outono j (setembro, outubro e novembro) e invemo (dezembro, ¡ janeiro e fevereiro). A temperatura media varia de local _ f para local, mas os padrões de variação são praticamente Í os mesmos (veja o grafico). O mês mais quente é agosto j e, o mais frio, janeiro ou fevereiro. Devido a essas “n _ , l _ í . ' . o u u ¡ mudanças de temperatura de acordo corrige estação, os wNm-_(°¡¡_____¡ - ' É I l japoneses sentem que o "verão é quente", o "outono é @Tóquio o Ahuhiri (Hoktsido) _. ... ._. ... ._. _.. '_. ... _.. _.. ... ._. .. fresco", o "invemo é frio" e a "primavera é amena". uàmvíxlàjgrçvrcbc-vu-¡an-¡Jgvri
  70. 70. t . O.C,0.0_. .O;0,0,Q=0.0,0QOQQQQ O OQQCQQ COC OO O O O O lV. Explicação Gramatlcçl 1. Adjetlvoe Os adjetivos são usados da seguinte fonna: l) como predicado e 2) como tenno modiñcador de substantivo. Eles sofrem flexões e slo divididos em dois grupos. que são adj- t e adj-tt', de acordo _com a nexlo. 2. Nli ae-¡Í. r.; [.rx]r+ Nli au¡_. jt~<~t~›-c~1~ l) T1' no ñnal de uma sentença adjetiva_ mostra a atitude polida do falante para com o ouvinte. Um adj-t 'êeom vem antes do jenquanto que o adj-ü' vem antes do Them ttxl. CD 711* 555.11 HWTÍ. i O prof'. Watt é gentil. @ St ' T1'. O Monte Fuji é alto. ç . TT é ttsado em uma sentença no tetnpo presente ou futuro e na forma añnnativa. 3141"# [EMS «v- 1M) É 'EL _ _ A fonna negativa do adj-ü' [ff] T1' éidj-ÉCUÍ] L' t? f: 'l É 'EL (adj-ü' [ff] TH: ñ 'I É t* L). Ç (3) 5h; li §ú*L-; _Í_›_'Lí_'! f__. Ali não é silencioso. ' (Tti) 3) adj- x (~›§í4) r-r -› ~ < trt "H Para formar o negativo de um adjetivo , o '~ * do ñnal de um adj- t é substituído por ( ú' x x_ @ 3 77 züâli. fi É L 6 ( *m t T1'. .EsteJMonãoé interessante. . OnegatívoHeUUTT e' J: (ÊUTT. 4) As perguntas que usam sentenças adjetivas são feitas do mesmo modo que as que usem sentenças substantivas ou verpaie. Para responder à pergunta, repete-se o adjetivo usado na pergunta. NÃo se pode usar 'F35 T1' ou i' 5 L' b à 'J É EL. @ 44'- 'À/ !i iuTfúg Éfrio emPequim? , EU ' '--t1f_ xxtT-r, '-'Sim, é. v h t 1.1 © ! HERO ? Mi ãhuTfúx, Aágua do Lago Bíwaélimpa? ---~~~. ~7;. ânwtn' at¡ um. -°'Não, nãoé. à. 'adJ-tüt] N . adl-b(~§~) N Coloca-se um adjetivo antes de um substantivo para modifica-lo. Um adj-ú' necessita de 'a' antes de um substantivo. ' O i I VLW' da 14m- _ _ @ '7 '7 tñàiti Hum' ÉÉTT. Oprof. Wattéumprofessormuttogenttl¡ «- L' SL f¡ ' P G3 *it-Mi *U LIJTT. OMonte Fujíeuma montanha alta. . ~ 5 _' ' . .- ' I
  71. 71. 4. CTÊ/ ã! U if. T à e à É 'i silo advérbios de intensidade, Ambos vem antes do : icljetivo 'que eles modificam. i: T à s usado em sentenças afirmativas e significa "muuito". ñ É 'i é usado em sentenças negativas e significa "nlo muito". 9 L' C9) 44-71:: XT e Kurt'. mím- su s' ® C Ni Z T É; 1% fa' Util¡ T1”. Este é um lilme muito famoso. 03 °'/ t- '/ ^*Í ii i› É l) ( *n “T1”. Xangai nãoémuito frio. lis-N( Ilim- ® s < : um: as t) iâú' 'Êêiiita at; su. . A Universidade Sakura não é uma universidade muito famosa. 5. Nli t") ? Tm Esta pergunta é usada para perguntar sobre a impressão ou opinião acerca de alguma coisa. algum lugar, _alguma pessoa, etc. , que o ouvinte tenha experimentado, visitado ou conhecido. t: lll. ' due-ñ ® E : F03 àãli Z") T1' fin Como é a vida no Japão? "°à'é›'L'T“1'. ---É divertida. Pequim é muito frio. 6. Nsii ZL# NaTTó* Quando o falante quer que o ouvinte descreva ou expligue N. , usa-se este formato de pergunta. N¡ indica a categoria a qual pertence Nr. .O interrogativo KÁ/ 'a' ? é sempreseguido de um substantivo. . . Que tipo de cidade e Nara? ® Ísis: : Hu: ¡i-rrm. l "T1". “É umacidadc antiga. 7- t* é uma partícula conjuntiva, que significa "mas". É usada para conecta¡ sentençass s: Ill. I: sn 4 os aztso t''= lbl: t : as t Lt mu'. 'SR «rn A comida japonesa é gostosa. mas cara. s. an _ Este termo interrogativo é usado para solicitar que oouvinte escolha ou designe concretamente uma entre mais dc duas altemativas. 4-: _ ® z -7-5Lm : at: tnffú'. M¡ rs "'; )d) *W $713 Qual é o guarda-chuva do St-. .n-liller? “É aquele azul.
  72. 72. Liçao 9 I. Vocabulário i9 Ú' U Í 'i3 entender à 'Í í 'i' _i ie¡ 'i' 3 [V] i8' É [t] gostar É É* “ [ÚCJE iii* i não gostar Ú l 'i 'i' [til] lã'- [íf] ser habilidoso em ' f: ['43] . 'Fã'- [üt] não ser habilidoso em 'i' z 'i 'i 3432 comida, prato 7) A É¡ O . ÊXÀ- 4? bebida 2 fi? - '7 ' esporte (~ É L É T: praticar esportes) 'V' É w 'i Hifi'. - beisebol (~ É' L É 'fzjogar beisebol) 7' 'z z " dança (~ t» L- à -rz dançar) Hkñf( t¡ aged: música Õ f: 3X canção 7 '3 "/ '7 7 i música clássica 'Í -t- Z' _ jazz : i '/ *f- i' concerto 60 77 '3 ? T 'f karaokê ÓMSÍ 3 *alii kabuki (drama musical tradicional do Japão) à. #â pintura, .desenho . a C - 3 “ letra, caractere #ML U ; . ' " ' 3X? caractere chinês U . B 75": : f hiragana (escrita) já* f: #Witt E_ katakana (escrita) E7 " 7 il D - 7 : il alfabeto romano 2.' É ÚW) 87h14 iitaówi #sê - “trocadomaiúdo +7 '7 i g tiquete C #HL a BÊM ' horas Ji 'i U f¡ H3!? oque fazer 'V' ( *É ( Wii compromisso ' -. =;, -., '_': .
  73. 73. C' L vii t L : Ti/ k marido (de uma outra pessoa) i6 -› 2:/ L rs U L X/ ÊA (meu) marido iv' < 5 L 3% 'S L esposa (de uma outra pessoa) O É / ?Wifi * Ê/ ÉW (minha) esposa C E' É: 5' if É criança J: ( bem. muito fil f: mais ou menos f: ( 5 L bastante, muito 'i' C L 'J' L pouco -ÚL-tfL ÊÍÂ nenhum (Usado em frases ncpzii um. ) li? < 4'? - < . i8 < cedo, rápido ~ú* B porque ~ K5 L T por que? ÍLML TT [121] . ?i3 T1' [11] . Sinto muito/ É uma pena. T1» É 'É L. Sinto muitoJDescuipe-me. Q à É? D É: L É L Alô. (No inicio de um telefonema. ) à à Ah, sim. H o L . t i2 WiWVTTúu Não quer ~conosco? i~iii É . t -› Z ---- --. [~] é um pouctfdiflcil. (Eufemismo para recusar um convite. ) '- Ííb ? TÊM ' Você não pode (vir)° : L CIO' É f: @IX Sã* i L í 'i' o Fica para uma outra oportunidade. (Frase usada para recusar de modo indireto, levando em consideração o sentimento de quem convida. ) -x-x-x-x-mx-x-x-x-xmmmm-x-x-x-x-x-vx-xv R. 3 Famoso maestro japonês (l93$-) E? ? na.

×