Odontoclinic Plano versão pocket

873 views

Published on

Versão pocket do Planejamento de Identidade Digital Odontoclinic, desenvolvido pela equipe TubainaDigital.

Published in: Business
0 Comments
2 Likes
Statistics
Notes
  • Be the first to comment

No Downloads
Views
Total views
873
On SlideShare
0
From Embeds
0
Number of Embeds
1
Actions
Shares
0
Downloads
19
Comments
0
Likes
2
Embeds 0
No embeds

No notes for slide

Odontoclinic Plano versão pocket

  1. 1. PLANO COMUNICACIONAL DE IDENTIDADE DIGITAL
  2. 2. 1 ANÁLISE DE MERCADOS E PÚBLICOS2 SEGMENTAÇÃO E CONSUMER INSIGHTS3 OPORTUNIDADES, TENDÊNCIAS E ESTRATÉGIAS4 LINGUAGENS DE COMUNICAÇÃO5 DIAGNÓSTICO DE REDES SOCIAIS6 PLANEJAMENTO DE REDES SOCIAIS7 ESTRATÉGIA EDITORIAL E CONTEÚDOS
  3. 3. HIPÓTESE HÁ ALGUMA RELAÇÃO ENTRE MEDICINA, ODONTOLOGIA E BELEZA
  4. 4. Inovação | 30/05/2011 08:00Mercado de saúde vai bem, obrigado, para empreendedoresCarla Aranha, daNas últimas três décadas, a expec- Para o setor de saúde, com um Características típicas de paísestativa de vida média do brasileiro faturamento anual de cerca de 70 desenvolvidos também estão sus-passou de 62,5 para 73 anos. Esse bilhões de dólares, as perspectivas tentando o crescimento de peque-mesmo cidadão que tende a viver parecem só apontar para cima nos nas e médias empresas inseridasmais agora vê aumentar suas próximos anos. Ao longo da última na cadeia dos negócios em saúde.chances de viver melhor. década, os negócios cresceram É o caso, por exemplo, do progres- mais de 10% a cada ano, de acordo sivo envelhecimento da população.Há muito mais renda disponível para com as estimativas da Organização Segundo estimativas do IBGE, oser investida numa existência de Mundial da Saúde. número de brasileiros com mais demaior qualidade. Desde 2005, 45 65 anos de idade - justamente amilhões de brasileiros galgaram o “A expansão vem abrindo inúmeras parcela da população que maisque hoje chamamos de nova classe oportunidades para os empreen- consome remédios e necessita demédia, um contingente da popula- dedores que atuam nessa cadeia”, serviços constantes de saúde - deveção com renda familiar superior a 1 afirma Herbert Gonçalves, sócio da aumentar aproximadamente 8% até600 reais. São pessoas que mudam consultoria Primeira Consulta, 2015.seus hábitos alimentares, compram especializada no setor de saúde. “Oa casa própria, viajam de avião, Brasil já é o sexto maior mercado do A demanda desse público - e suasestudam mais e - claro - procuram mundo para medicamentos e peculiaridades - tem elevado signi-cuidar melhor da própria saúde num serviços médicos.” (…) No Brasil de ficativamente os custos do setor, fe-país onde o sistema público é inepto hoje, no entanto, essa não é a única nômeno já observado na Europa epara atender às demandas. força a impulsionar a expansão dos nos Estados Unidos. negócios na área de saúde.
  5. 5. J A B O J A B O Jornal da Associação Brasileira de Odontologia Jornal da Associação Brasileira de Odontologia 138 Ano XIX - Número 138 - Julho/agosto - 2012 20 Ano XIX - Número 130 - Setembro/outubro - 2010 ESPECIAL JABO - Ano XIX - Número 138 - Julho/agosto - 2012 Resolução do CFO Ministério da Saúde aumentaha Eleitoas presidente da AG ABO facilita instalação de cursos da UniABO recursos para a saúde bucalo e Seções e Regionais dade Associação Brasileira de Odontologia podem, ago-e ra, ministrar cursos de Murilo Ferreira Lima (SC) uma mesma especialida- Foi realizada em Porto Alegre, no 19º Congresso Portaria com novas regras foi assinada pelo ministro Alexandre Padilha em 12 de junho. O reajuste para implantação dos de, desde que em turmas, explica que a resolução horários e coordenação. horários e coordenadoresCTI Centros de Especialidades Odontológicas é de 50% e de 25% para custeio. Também houve aumento de 85% na produção de atende à solicitação de A ABO tem escolas de distintos, de acordo com Internacional do Rio Grande entidades de classe, entre educação continuada em a Resolução 119/2012 do Sul, a eleição para os a elas a ABO, e que o ple- todo o Brasil, e a medida do Conselho Federal de próteses funcionamento exigeà pelo população. – e expectativa para 2012 é de crescimento, chegando a 400 mil próteses produzidas dentárias beneficia SUS cargos de presidente e vice- no Odontologia. O conse- o profissional0 presidente da Assembleia Geral da ABO. Murilo uma auditoria referente lheiro do CFO Rubens a própriasà Ferreira Lima (SC) e Hamilton Corte Real de Carvalho diferenciação de turmas, Pág. 7 O de Souza Melo (DF) foram eucal escolhidos, respectivamente, para a Presidência e a Vice- ABO presta e O Sistema Único de Saúde ministro da Saúde, Ale- 58 municípios de 15 estados. A xandre Padilha, assinou (SUS) produziu, em 2011, 340 mil medida dá continuidade à amplia- recebe homenagens presidência da AG. Pág. 5 no dia 12 de junho porta- próteses dentárias, 85% a mais do ção do Brasil Sorridente, incen- SPECIAIS ria que reajusta o repasse de recur- que em 2010, quando foram produ- tivada pela ABO Nacional como sos para implantação e custeio de zidas 183 mil unidades. Esse aumen- fundamental para a distribuição danova Odontologia mais ra sustentável para Centros de Especialidades Odon- to foi possível devido ao crescente força de trabalho odontológica aoM um mundo melhortológicas (CEOs), que fazem parte número de laboratórios em todo o longo de todo o território nacional. Págs. 14 e 15 do Programa Brasil Sorridente. País, que, neste ano, já ultrapassou As novas equipes vão se somarTSBs Prevenção Com o reajuste, os recursos para a marca dos mil laboratórios. Com às 21.587 já em atuação em 4.880 a à cárie FOTO: GISELE MANJURMAo para beber o aumento do número de laborató- municípios. Para o coordenadorucal Pág. 17 R$ 35 milhões ao ano. Atualmente, rios, que chegará ao total de 1.232, nacional de Saúde Bucal, Gilberto o Ministério da Saúde repassa R$ a expectativa é que em 2012 sejam Pucca Jr., trata-se de um marco naária: Comunicação: 92 milhões ao ano para o custeio Saúde, Alexandre Padilha,400 mil próteses dentá- Em agosto, o ministro da produzidas recebeu ampliação da Odontologia no Sis- a ABO nas mídias e o Diploma ABO Nacional de Honra ao Mérito das mãos na rias. Só no primeiro quadrimestre nas redes sociaisdos CEOs. Com a assinatura da Newton Miranda de Carvalho. A do presidente da entidade, tema Único de Saúde (SUS). “Será Pág. 24 portaria, estes recursos passarão(DF), e deste homenageada foram feitas 102 mil ano, já tam- cerimônia aconteceu durante reunião do Conselho Nacional absorvida uma quantidade enorme Presidente Dilma e Pucca: abertura de UPA 24h no ABC (SP) de Saúde, em Brasília nela foi ODONTO S/A bém próteses. Essas ações fazem parte do para R$ 132 milhões. Rosângela Camapum (Sesai). Participaram da home- Gisele Bündchen é Para a implantação dos CEOs,ABO Pernambuco,Luiz do governo federal Brasil nagem o presidente da programa Gonçalves de Melo e Geraldo Vasconcelos, que representa oficialmente trabalho. Com a implantação do os consultórios para os municí- entre R$ 2.230 (tipo I) e R$ 2.980 garota-propaganda o reajuste é de 50%.a O objetivo é Odontologia no CNS. Sorridente, implantado em 2004. Brasil Sorridente, o setor público pios. E isso também pode trazer (tipo II) por mês. No total, serão da Oral-B para a linha 3D White. financiar a adequação das unida- MG e SC – O presidente da ABO Nacional recebeu, já tinha se tornado o grande empre- benefícios para o serviço privado, investidos R$ 2.206 milhões, E mais novidades: Dabi Atlante, Brasil Sorridente ampliado des e a compra de equipamentos.serviços prestados à Odontologia. em Juiz de Fora (MG), a Medalha Professor Augusto Co- gador da área odontológica; depois pois, com maior produção e venda, mensalmente. O ministério vai elho da Fonseca, por Em maio, o ministério já havia Curaprox, Angelus, De acordo com a tabela ocorreu durante a comemoração dos 50 anos O evento da Co- disso, será maior ainda. Também os preços tendem a cair.” fornecer 1.150 cadeiras odonto- SIN e Colgate da Regional Juiz de Fora. Já em Florianópolis (SC), Págs. 22 e 23 anunciado a liberação de R$ 6,3 ordenação Geral de durante o 4º Meeting Internacional de Implantodontia, Saúde Bucal, há um impacto na produção da As ESBs receberão incentivo lógicas e destinar R$ 14 mil para do Ministério da Newton Miranda de Carvalhomilhões para a implantação de 908 Saúde, para recebeu a placa Honra ao indústria odontológica nacional, - quatro Unidades Odontológicas digo de Ética entra Mérito. O evento teve a presença de personalidades da em janeiro de 2013 os CEOs com até três cadeiras o presidente do Conselho Federal Bucal (ESBs) em Odontologia, entre elas equipes de Saúde pois o Ministério da Saúde repassa ciar o atendimento, com valores Móveis (UOMs). Pág. 14 odontológicas (tipode Odontologia (foto ao lado). I), o recurso Pág. 6 aumentará de R$ 40 mil para R$ 60 mil. Já os centros com quatro 16/08/2012 11:04:39 Unidades Odontológicas MS habilita 152 UPAs a seis cadeiras (tipo II) passarão a receber R$ 75 mil, sendo que Móveis vão atender e planeja mais hoje o valor é de R$ 50 mil. Para os CEOs com mais de sete população de aldeias Em julho, mais 152 Unidades de Pronto Atendimento do SUS (UPA 24h) foram habilitadas em 18 estados e no Distrito Federal cadeiras (tipo III), o incentivo, que é de R$ 80 mil, chegará a poderão começar a receber os primeiro repasses para construção e R$ 120 mil. ampliação das unidades de saúde. Segundo o ministério, para essa Além do incentivo para a im-
  6. 6. Odontologia estética cresce 200% em dois anosPUBLICADO EM: 23/10/2009 MATÉRIA PUBLICADA POR: RENAN MARTINS GARCIAA procura por tratamentos odonto- do mercado brasileiro de produtos implantes e da alta qualidadelógicos estéticos tem crescido cerâmicos livres de metal é de 750 estética dos materiais usados.muito nos últimos anos no Brasil. mil próteses por ano.Prova disto é um levantamento Problemas como dentes tortos,realizado pela Nobel Biocare, “Nos últimos anos, houve um escurecidos, gastos, lascados, commultinacional do setor que possui aumento expressivo de pacientes restaurações manchadas, separa-subsidiária no País, mostrando que que procuram tratamentos odonto- dos ou faltando, entre outros,a demanda por tratamentos com lógicos por motivos estéticos. Hoje, podem ser tratados pelas moder-resultados mais estéticos cresceu cerca de 80% dos tratamentos que nas técnicas e materiais estéticoscerca de 200% nos dois últimos realizo são com este objetivo”, apresentados abaixo.anos. A empresa apurou junto de conta o dentista Dario Adolfi,laboratórios de prótese dentária - especialista em estética e em Facetas em cerâmica (…).que produzem facetas, coroas e prótese dentária. Ele ainda apontapontes -, de diferentes Estados do que os tratamentos mais procura- Coroas livres de metal (…).País, qual foi a média de produção, dos são os implantes e o clarea-entre 2006 e 2008, de materiais mento, “sempre com uma alta Pontes livres de metal (…).estéticos e não-estéticos. exigência estética, isto é, que os dentes fiquem com aparência mais Implantes (…).Assim, foi verificado o crescimento natural possível”. Cerâmicas Zircônia e Alumina (…).(200%) no mercado de prótesestotalmente cerâmicas (livres de Para Adolfi, um dos motivos para ometal ou metal-free), que oferecem aumento é a maior divulgaçãoresultados mais estéticos e naturais destes tratamentos, estimulando Fonte;que as próteses metalo-cerâmicas, pacientes a buscá-los, acompa- Edita Comunicação Integradaque sofreram queda de 35% na nhada do aprimoramento dasprodução. Atualmente, o tamanho técnicas cirúrgicas de colocação de
  7. 7. CONSIDERAÇÕES posicionada como uma clínica odontológica pode se beneficiar do novo status que o tema saúde está conquistando na cesta de compras que a nova Classe C dispõe. Mercado de saúde, uziu no Brasil: Em 201 1, SUS prod US$ 70 bilhões Mercado de higiene 340 m il próteses bucal, no Br asil: dentárias US$ 2.85 bi lhões
  8. 8. CONSIDERAÇÕES Mas explorar estética e beleza significa um aumento incrível na perspectiva de negócios! Mercado de estética, no Brasil: RS$ 137 bilhões E a odontologia estética é uma oferta 100% aderente à promessa de marca
  9. 9. Feminina É UMA COMPRA EMINENTEMENTE
  10. 10. Cuidados com o corpo fazem parte da rotina das mulheresPostado por sophiamind em 15/04/2010 às 16:34Segundo estudo da empresa Sophia Mind, mais da metade das mulheres não estão satisfeitas com sua aparência.Apesar das mulheres valori- acima do peso ideal. 94% média, 51% das praticanteszarem mais a saúde e o bem das mulheres mudariam uma de exercícios o fazem de 3 aestar do que simplesmente a parte do corpo se fosse pos- 4 vezes por semana.beleza, 54% das mulheres sível – barriga e seios são asestão insatisfeitas com sua que elas mais gostariam de 43% das mulheres fazem al-aparência. Este é um dos mudar. Mesmo as satisfeitas gum tipo de dieta ou restri-resultados da pesquisa com a aparência, não ção alimentar. Médicos e arealizada em dezembro de dispensariam a chance de internet são as principais2009 com 631 mulheres, mudar alguma coisa. fontes de informação.entre 20 e 60 anos, no Brasil Além de atividades físicas epela empresa Sophia Mind – 79% fazem algum esforço para melhorar a aparência. O dietas, muitas outras formasnova empresa do grupo Bol- de prevenção de doençassa de Mulher, 100% focada exercício físico é a prática mais utilizada pelas mulheres são seguidas pelas mulhe-em pesquisa e inteligência res: a principal delas é nãode mercado envolvendo o para manter a forma. 36% praticam atividades físicas fumar – 69% das entre-público feminino. vistadas. regularmente, sendo queA pesquisa revelou que a mais da metade freqüentamprincipal insatisfação é estar regularmente academia. Na
  11. 11. Satisfação pessoal itas com sua aparência.54% das mulheres estão insatisfe de, região, estado civil ouEste percentual não varia em função da idamaternidade. nsideram acima doDentre as insatisfeita s, mais da metade (65%) se co o é o cabelo (35%).peso. O segundo motivo de insatisfaçã corpo:Motivos de insatisfações com o 65% Acima do peso 35% Cabelos Seios pequenos 22% Rosto 22% Ser mais bonita 19% Seios grandes 13% Aparentar mais jovem 10% Ser baixa demais 10% Abaixo do peso 5% Ser alta demais 1% Nenhuma 1%
  12. 12. Para medir o grau de influência que as redes sociais possuem nas decisões de compra,foi testada a percepção das entrevistadas em relação à algumas situações. Para cada umadelas, a entrevistada poderia concordar, discordar ou ser indiferente.Percepção em relação à frase “A opinião negativa de amigos ou parentes nas redes sociaissobre determinado produto podem fazer com que eu desista de uma compra.” Brasil 24% 23% 54% Argentina 26% 23% 50% México 20% 24% 57% Estados Unidos 20% 25% 54% 0% 50% 100% Discordo Indiferente Concordo Mais de 50% das mulheres podem não realizar uma compra se os seus amigos oufamiliares (contatos nas redes sociais) tiverem opinião negativa sobre o produto desejado.Isso ocorre de forma semelhante em todos os países pesquisados.
  13. 13. SAÚDE X BELEZA
  14. 14. Perder peso +Coração saudávelExercícios para sermais saudávelSAÚDE BELEZA Fazer academia Correr Beber menos Exercícios para um corpo mais bonito
  15. 15. +Bonito é serfeliz consigomesmo.SAÚDE BELEZA Rosto saudável é pra todo mundo ver.
  16. 16. Fora da companhia Dentro da companhia Objetivos Percepção Relacionamento Inovação e Eficiência e da marca e proximidade criatividade efetividade CRM SocialAbordagens Marketing colaborativo Inovação colaborativa Empresa 2.0 Monitoramento Estratégia e Cultura e Governança operações pessoasDimensões Gestão Gestão Comunicação Tecnologia de riscos de projetos Mídias sociais
  17. 17. Objetivo Objetivos específicos Métricas indicadasestratégico Aumentar reputação da marca Reações positivas versus negativasPercepção Número de citações da marca versus citações Criar vantagem competitivada marca dos concorrentes Índice de promotores da marca (Net Promoter Gerar mais marketing boca-a-boca Score) Aumentar as oportunidades de vendas Leads gerados pelas redes sociais Ganhos de agilidade e/ou receita por meio da Melhorar relacionamento com parceirosRelacionamento colaboração on-linee proximidade Tempo de vida do cliente que usa mídias sociais Aumentar fidelidade do cliente para se comunicar com a marca Satisfação no atendimento por meio das mídias Melhorar qualidade do suporte a clientes sociaisInovação e Teor das reações de potenciais clientes diante de Potencializar sucesso de novos serviçoscriatividade sugestões da companhia Aparições espontâneas na mídia graças às ações Melhorar qualidade das ações de RP nas mídias sociaisEficiência e Custo de oportunidade capturada on-line Reduzir custo de aquisição de clientesefetividade versus custos das outras formas Custo da captura de insights on-line Reduzir custo de pesquisas de marketing versus custos das formas tradicionais
  18. 18. COMUNICAÇÃOUSANDO O PODER DOSARQUÉTIPOS
  19. 19. Mago Fora da Lei Herói Mudança e Domínio Cara Comum Sábio Aceitação e Pertencimento Independência eAmante Auto-realização Explorador Bobo da Corte Estabilidade e Inocente Controle Criador Prestativo Governante
  20. 20. ame imagine faça revele-se AS PALAVRAS DE ORDEM... embeleze-seencante descubra
  21. 21. MATRIZ DE ENGAJAMENTO PROSPECTS CLIENTES PARCEIROS COMUNIDADE blog Percepção da marca blog Relacionamento e proximidade blog blog Inovação e criatividade blog blog Eficiência e blog efetividade blog

×