P L A N I F I C A Ç Ã O D A AV A L I A Ç Ã O D O D O M Í N I O BLEITURAS E LITERACIAS  Formação sobre modelo de auto-avali...
DOMÍNIO B: LEITURAS E LITERACIASAs razões da escolha do domínio a aplicar na EB1 de Telheiras: PLANO DE ACÇÃO DO AGRUPAMEN...
DOMÍNIO B: LEITURAS E LITERACIAS    A importância dada na avaliação do domínio B prende-se com a necessidade de conseguir...
De acordo com o plano de actividades da BE                 DOMÍNIO B: LEITURAS E LITERACIAS             Como avaliar? Em q...
Grelha de observação GO3 e GO4                  DOMÍNIO B: LEITURAS E LITERACIAS                                          ...
DOMÍNIO B: LEITURAS E LITERACIASAplicação dos inquéritos a alunos, docentes e encarregados de educação:A definição da amos...
DOMÍNIO B: LEITURAS E LITERACIASAs tarefas de carácter regular para funcionamento da BE (instrumentos de recolha deinforma...
DOMÍNIO B: LEITURAS E LITERACIASOrganização de protefólio da BE: Registo de actividades/projectos               Dinamizad...
DOMÍNIO B: LEITURAS E LITERACIAS Levantamento dos materiais de apoio ao utilizador criados pela BE, como:            Regr...
DOMÍNIO B: LEITURAS E LITERACIAS Recursos humanos a usar na aplicação do domínio a avaliar:            PB (executante)   ...
DOMÍNIO B: LEITURAS E LITERACIASTratamento de dados de acordo             com   as ferramentasdisponibilizadas pela RBE. [...
Upcoming SlideShare
Loading in …5
×

Planificação da avalição do domínio b carlos matias

1,283 views

Published on

Published in: Technology
0 Comments
0 Likes
Statistics
Notes
  • Be the first to comment

  • Be the first to like this

No Downloads
Views
Total views
1,283
On SlideShare
0
From Embeds
0
Number of Embeds
3
Actions
Shares
0
Downloads
6
Comments
0
Likes
0
Embeds 0
No embeds

No notes for slide

Planificação da avalição do domínio b carlos matias

  1. 1. P L A N I F I C A Ç Ã O D A AV A L I A Ç Ã O D O D O M Í N I O BLEITURAS E LITERACIAS Formação sobre modelo de auto-avaliação da Biblioteca escolar Carlos Matias
  2. 2. DOMÍNIO B: LEITURAS E LITERACIASAs razões da escolha do domínio a aplicar na EB1 de Telheiras: PLANO DE ACÇÃO DO AGRUPAMENTO DE ESCOLAS DE TELHEIRAS O plano sofreu alterações de acordo com os descritores obtidos no domínio D, gestão da biblioteca no ano lectivo 2009/2010.
  3. 3. DOMÍNIO B: LEITURAS E LITERACIAS A importância dada na avaliação do domínio B prende-se com a necessidade de conseguir um maior trabalhocolaborativo entre BE e docentes que se quer seja continuado. Dinamizar de forma diferente o programa do PNL,partindo da BE para a sala de aula. Falta de dados quantificáveis sobre as dinâmicas da leitura e literacia noAgrupamento.Conclusões da análise efectuada da BE: Requisições em grande número de monografias ao longo do ano transacto, porém algumas não foram lidas→ as razões que estão na base do fenómeno ≡ ¿ a colecção não serve os utilizadores? ≡ ¿ a capacidade leitora dosutilizadores é menor do que a que julgamos? ≡ ¿ a BE não desenvolve programas de leitura e literacia de formaarticulada e atractiva? Utilização intensa da BE pelos utilizadores em horário livre ou em sessões promovidas pela BE → ¿ queimpactos a BE possuí no processo ensino aprendizagem? Qual a visão da comunidade educativa do papel da BE na promoção da leitura e literacia dos utilizadores?
  4. 4. De acordo com o plano de actividades da BE DOMÍNIO B: LEITURAS E LITERACIAS Como avaliar? Em que actividades/projectos? Os envolvidos? Actividade/Projecto Objectivos PeríodoHora do conto Promover a leitura.“Histórias para Envolver os alunos na leitura da história. Início do 2ºmeninos não quero…”, Avaliar o nível de proficiência de leitura de acordo com as grelhas de períodoadaptada para diálogo. observação do MABE de grupos de alunos. Iniciação Indicar como se pesquisa e elabora um trabalho de pesquisa. Realçar a importância do trabalho intelectual.Programa de literacias Início do 2º Mostrar as diferentes fontes de informação determinando a sua importânciabaseadas no Big 6 período para o público alvo. Continuação Elaborar pesquisas simplificadas em ambientes digitais. Promover a leitura autonoma.Passaporte para a Avaliar a compreensão dos textos escritos. Início do 2ºleitura Promover o espírito crítico partindo de dado contexto. período Dinamizar o PNL partindo da BE.Hora do conto Promover a leitura.“O ponto”, adaptada Envolver os alunos na leitura da história. Início 3ºpara diálogo Avaliar o nível de proficiência de leitura de acordo com as grelhas de período observação do MABE de grupos de alunos.
  5. 5. Grelha de observação GO3 e GO4 DOMÍNIO B: LEITURAS E LITERACIAS Grupos de Amostra Actividades/Projectos Turmas Docentes Área Disciplinar alunos/Alunos para observaçãoHora do conto 2º ano“Histórias para meninos Eloisa A Total 9 alunosnão quero…”, adaptada Pilar Língua portuguesa B 3 por turmapara diálogo. Teresa C De acordo com o plano de actividades da BE 3º ano Equilibrada em SóniaPrograma de literacias A Total 9 alunos género, Carlos Todasbaseadas no Big 6 B 3 por turma de preferência os Maria C alunos que mais 4º ano usam livremente a Wilma A Total 9 alunos BE.Passaporte para a leitura Vina Estudo do meio B 3 por turma Rosário CHora do conto 2º ano Eloisa“O ponto”, adaptada para A Total 9 alunos Pilar Língua portuguesadiálogo B 3 por turma Teresa C
  6. 6. DOMÍNIO B: LEITURAS E LITERACIASAplicação dos inquéritos a alunos, docentes e encarregados de educação:A definição da amostra: Total de alunos na escola = 280, a inquirir 36 alunos, 6 alunos por turma do 3º ano e 4º ano(deveriam ser 10% do total) seleccionados aletoriamente pelo titular de turma com a indicação deque deve respeitar o equilíbrio dos géneros [QA2]; total de docentes na escola (contabilizando osde apoio) = 17, a inquirir oito docentes titulares de turma (deveriam ser 30% do total), dois porcada ano de escolaridade [QD2] ; e, 10% dos encarregados de educação = 5 pais por cada anode escolaridade, num total de 60 pais [QEE1].Quando se efectuam os inquéritos: Início do 2º período e no início do 3º período. A vermelho o inquérito fornecido pelo MABE a aplicar.
  7. 7. DOMÍNIO B: LEITURAS E LITERACIASAs tarefas de carácter regular para funcionamento da BE (instrumentos de recolha deinformação sistemática): Requisições Estatísticas de uso informal da BE, recolhida no início e a meio de cada período deforma sistemática por zona; excepto, a área da multimédia registo diário. Registo da ida voluntária do titular de turma à BE com ou sem o PB presente.
  8. 8. DOMÍNIO B: LEITURAS E LITERACIASOrganização de protefólio da BE: Registo de actividades/projectos Dinamizadas pela BE Projectos que englobam entidades exteriores à BE, como por exemploBMOR, PNL, etc. Registos de reuniões com docentes, equipa, outros Alguns dos trabalhos mais significativos dos alunos em actividades da BE Registo da participação em concursos promovidos pelo PNL e outros. (turmas, alunose docentes).
  9. 9. DOMÍNIO B: LEITURAS E LITERACIAS Levantamento dos materiais de apoio ao utilizador criados pela BE, como: Regras de funcionamento da BE Como fazer um trabalho de pesquisa Como fazer a apresentação de um trabalho: multimédia, escrito, oral… Pesquisa orientada na WEB, a mando do professorGuiões
  10. 10. DOMÍNIO B: LEITURAS E LITERACIAS Recursos humanos a usar na aplicação do domínio a avaliar: PB (executante) Docentes (excecutantes) Alunos Encarregados de Educação Recursos materiais: Fotocópias para os inquéritos a aplicar
  11. 11. DOMÍNIO B: LEITURAS E LITERACIASTratamento de dados de acordo com as ferramentasdisponibilizadas pela RBE. [Maio/Junho]Elaboração do relatório de acordo com as orientações da RBE,sendo este do conjunto das BE’s do agrupamento e não da BE.[Julho]Divulgação dos resultados e análise em Conselho Pedagógico,posteriormente divulgado em departamento.Sugerir e colher sugestões para melhorar o trabalho executadopela BE, junto da comunidade educativa. E ponderar factoresde insucesso sobre a avaliação obtida. Rever o plano de acçãopara as BE’s do agrupamento. [Setembro]

×