Produção de gâmetas

10,840 views

Published on

0 Comments
3 Likes
Statistics
Notes
  • Be the first to comment

No Downloads
Views
Total views
10,840
On SlideShare
0
From Embeds
0
Number of Embeds
394
Actions
Shares
0
Downloads
0
Comments
0
Likes
3
Embeds 0
No embeds

No notes for slide

Produção de gâmetas

  1. 1. CN9Prof. Tânia Reis
  2. 2. Características dos Gâmetas Gâmetas Óvulo Espermatozóide (feminino) (masculino) EsquemaTamanho relativo Maior Menor Mobilidade Imóvel MóvelLocal de produção (gónadas) Ovários Testículos Características • Quando sai do ovário Tem 3 zonas distintas: está envolvido por • Cabeça (protegida pelo células do folículo. acrossoma) • Segmento intermédio • Cauda
  3. 3. Os testículos originam T = 35ºCinúmerosespermatozóides,desde a puberdade atéao fim da vida dohomem.Num corte transversalde um testículo podemobservar-se inúmerostubos muito finos -Tubos seminíferos.
  4. 4. Cada Tuboseminífero estámuito enovelado,podendo teralgumas dezenasde centímetros decomprimento.Os tubosseminíferosapresentam váriascamadas decélulas que semultiplicam e vãooriginarespermatozóides.
  5. 5. Os espermatozóidessão células pequenas,com cerca de 0,06 mmde comprimento,praticamentedesprovidos decitoplasma, sendo azona da cabeçaocupada quasecompletamente pelonúcleo.
  6. 6. Contém o materialgenético do novo ser
  7. 7. A partir da puberdade, a produção deespermatozóides é contínua sendoarmazenados no epidídimo e no canaldeferente.Por contracção do canal deferente, sãolançados na uretra juntamente com olíquido seminal e o líquido prostático.Líquido seminal – produzido pelasvesículas seminais, é um fluido rico emsubstâncias nutritivas, permitindo amobilidade dos espermatozóides e asua sobrevivência.Líquido prostático – produzido pelaspróstata, é um fluido que tem comofunção neutralizar a acidez da vagina eativar os espermatozóides.
  8. 8. • As glândulas bulbo- uretrais ou de Cowper produzem uma secreção transparente que é lançada na uretra, limpando-a de resíduos urinários em preparação para a passagem dos espermatozóides.
  9. 9. Esperma, sémen ou líquido espermático LíquidoEspermatozóides Líquido seminal prostático
  10. 10. • Se existir excitação sexual, o sangue aflui mais intensamente ao pénis, que aumenta de dimensões, verificando-se a erecção.• Após a erecção pode ocorrer emissão de esperma através da uretra, isto é, pode ocorrer a ejaculação.
  11. 11. Os oócitos ainda imaturos fazem parte de estruturasdenominadas de Folículos ováricos, que já estão presentes nosovários das crianças recém-nascidas, mas que se mantêm emrepouso até à puberdade.
  12. 12. A partir da puberdade, mensalmente, uma dessascélulas completa o desenvolvimento, originando umgâmeta feminino ainda imaturo.No ovário existem muitos folículos, cada um com umacélula precursora que pode evoluir para oócito.No termo da evolução do oócito, a parede do ováriorompe-se e ocorre a ovulação, isto é, a libertação dooócito, que entra na trompa e desce através dela até aoútero.
  13. 13. 400 000 oócitos
  14. 14. • Jacques Donnez, ginecologista belga, disse à revista ter presenciado o momento da ovulação "por acaso" enquanto fazia uma histerectomia parcial - retirada do útero - em uma mulher de 45 anos.•
  15. 15. • Uma criança recém-nascida, do sexo feminino já nasce com a totalidade dos folículos nos seus ovários: 2 milhões.
  16. 16. • O funcionamento do sistema reprodutor feminino não é contínuo, porque engloba um conjunto de processos cíclicos que se iniciam na puberdade e se interrompem definitivamente na menopausa, final do período fértil (45-55 anos).
  17. 17. • Espermatogénese: processo de formação de espermatozóides.• Oogénese: processo de formação de oócitos.• Ovulação: ocorre quando um óvulo maduro é libertado do ovário e lançado pela trompa de Falópio, encontrando-se assim disponível para ser fertilizado.
  18. 18. • No Homem: – Funcionamento do sistema reprodutor  contínuo (da puberdade até morte do indivíduo• Na Mulher: – Funcionamento do sistema reprodutor  conjunto de processos cíclicos, que iniciam na puberdade e finalizam na menopausa – Desde a puberdade até à menopausa, ocorrem modificações no sistema genital feminino que se repetem regular e ritmicamente em períodos de tempo próprios.

×