Successfully reported this slideshow.
We use your LinkedIn profile and activity data to personalize ads and to show you more relevant ads. You can change your ad preferences anytime.
Microssimulação de Faixa Reversível para Ônibus Corredor de Ônibus Jardim Ângela / Guarapiranga / Sto. Amaro
<ul><li>Verificar previamente a eficácia da implantação de faixa reversível para ônibus no corredor Jardim Ângela / Guarap...
A rede considerada nesta simulação abrange a região da Estrada do M’Boi Mirim, no trecho crítico entre o Terminal Guarapir...
<ul><li>DADO FONTE </li></ul><ul><li>volumes de tráfego CET </li></ul><ul><li>velocidades do tráfego CET </li></ul><ul><li...
Rede de simulação Construção do Cenário Inicial CENTRO BAIRRO
Situação em março de 2010, anterior à implantação da faixa reversível. Volumes de ônibus na hora-pico da manhã (on/h). Dia...
As velocidades dos ônibus atingiram valores muito baixos, principalmente após o período das férias escolares, em março de ...
A crescente demanda da região do M’Boi Mirim, aliada à falta de um sistema viário insuficiente em uma região com topografi...
Foi possível dividir o fluxo total de ônibus que trafegavam no corredor em duas canaletas ou vias: a existente (BC) e a do...
O constrangimento de um elevado volume de ônibus em um único canal de escoamento (sem ultrapassagem) gera filas.   Fonte: ...
Diagnóstico do Problema e Cenário Proposto Term. Guarapiranga Av. Guarapiranga Estr. M’Boi-Mirim 185 60 250 100 45 40 ANTE...
Diagnóstico do Problema e Cenário Proposto Pte. Socorro Av. Guido Caloi Av. Guarapiranga Estr. M’Boi-Mirim CENTRO BAIRRO
Os veículos em azul representam o tráfego geral e os veículos na cor vermelha representam os ônibus. Cenário Inicial: fila...
Os vídeos abaixo ilustram o problema e a solução adotada. Cenário Inicial: sem faixa reversível     Cenário Proposto: com ...
Os primeiros 18 minutos da simulação devem ser descartados, pois a rede inicialmente encontra-se vazia e somente com a ocu...
<ul><li>Os programas de simulação aplicados a problemas de transporte são uma importante ferramenta para o desenvolvimento...
Sílvio Rogério Tôrres Especialista em Transporte E-mail: silvio.torres@sptrans.com.br São Paulo Transporte S/A - SPTrans w...
Upcoming SlideShare
Loading in …5
×

Apresentacao faixa reverivel v04

1,865 views

Published on

Apresentação de Silvio Rogerio Tores - SPTrans

  • Be the first to comment

  • Be the first to like this

Apresentacao faixa reverivel v04

  1. 1. Microssimulação de Faixa Reversível para Ônibus Corredor de Ônibus Jardim Ângela / Guarapiranga / Sto. Amaro
  2. 2. <ul><li>Verificar previamente a eficácia da implantação de faixa reversível para ônibus no corredor Jardim Ângela / Guarapiranga / Santo Amaro, ao longo da Estrada do M’Boi Mirim, com base em: </li></ul><ul><li>Construção e calibração do cenário inicial (sem projeto); </li></ul><ul><li>Construção do cenário com a medida proposta (projeto); </li></ul><ul><li>Avaliação dos resultados gerados. </li></ul><ul><li>A implantação da faixa reversível, em abril de 2010, resultou em ganhos significativos nas velocidades dos ônibus. </li></ul>Objetivo
  3. 3. A rede considerada nesta simulação abrange a região da Estrada do M’Boi Mirim, no trecho crítico entre o Terminal Guarapiranga e a Av. Guido Caloi. O período de análise considerado foi o do pico da manhã. A coleta de dados e o detalhamento das informações necessárias para “alimentar” o software de simulação são importantes e demandam tempo e mão-de-obra. As variáveis consideradas representam a situação inicial (cenário sem projeto) antes da implantação da faixa reversível. Construção do Cenário Inicial
  4. 4. <ul><li>DADO FONTE </li></ul><ul><li>volumes de tráfego CET </li></ul><ul><li>velocidades do tráfego CET </li></ul><ul><li>programação semafórica CET </li></ul><ul><li>itinerários dos ônibus SPTrans </li></ul><ul><li>programação das linhas SPTrans </li></ul><ul><li>velocidades dos ônibus SPTrans </li></ul><ul><li>localização dos pontos SPTrans </li></ul><ul><li>tempos nas paradas SPTrans </li></ul><ul><li>operacional proposto SPTrans </li></ul>Construção do Cenário Inicial
  5. 5. Rede de simulação Construção do Cenário Inicial CENTRO BAIRRO
  6. 6. Situação em março de 2010, anterior à implantação da faixa reversível. Volumes de ônibus na hora-pico da manhã (on/h). Diagnóstico do Problema e Cenário Proposto BAIRRO CENTRO
  7. 7. As velocidades dos ônibus atingiram valores muito baixos, principalmente após o período das férias escolares, em março de 2010 no sentido bairro-centro, no pico da manhã. Fonte: SPTrans Fonte: Olho Vivo (SPTrans) Diagnóstico do Problema e Cenário Proposto
  8. 8. A crescente demanda da região do M’Boi Mirim, aliada à falta de um sistema viário insuficiente em uma região com topografia desfavorável, ao longo dos anos resultou em congestionamentos diários e baixo desempenho para o corredor de ônibus. Cenário Inicial (sem projeto) Cenário Proposto (faixa reversível para ônibus) Diagnóstico do Problema e Cenário Proposto
  9. 9. Foi possível dividir o fluxo total de ônibus que trafegavam no corredor em duas canaletas ou vias: a existente (BC) e a do sentido reverso (CB) do corredor. Com isso duplicou-se também os locais de embarque e desembarque. Trecho 1 - Antes do Terminal Guarapiranga (M’Boi Mirim). Trecho 2 - Entre Term. Guarapiranga e Av. Guarapiranga. Trecho 3 - Após encontro com Av. Guarapiranga (trecho crítico). Diagnóstico do Problema e Cenário Proposto
  10. 10. O constrangimento de um elevado volume de ônibus em um único canal de escoamento (sem ultrapassagem) gera filas. Fonte: www.silvio-torres.com/files/Filas%20-%20S3.pdf Diagnóstico do Problema e Cenário Proposto
  11. 11. Diagnóstico do Problema e Cenário Proposto Term. Guarapiranga Av. Guarapiranga Estr. M’Boi-Mirim 185 60 250 100 45 40 ANTES 205 60 Term. Guarapiranga Av. Guarapiranga Estr. M’Boi-Mirim DEPOIS 55 60 100 100 45 40 110 150 55 60 150
  12. 12. Diagnóstico do Problema e Cenário Proposto Pte. Socorro Av. Guido Caloi Av. Guarapiranga Estr. M’Boi-Mirim CENTRO BAIRRO
  13. 13. Os veículos em azul representam o tráfego geral e os veículos na cor vermelha representam os ônibus. Cenário Inicial: filas e morosidade no corredor Cenário Proposto: maior fluidez para os ônibus Avaliação de Resultados
  14. 14. Os vídeos abaixo ilustram o problema e a solução adotada. Cenário Inicial: sem faixa reversível Cenário Proposto: com faixa reversível Avaliação de Resultados
  15. 15. Os primeiros 18 minutos da simulação devem ser descartados, pois a rede inicialmente encontra-se vazia e somente com a ocupação de suas vias é que se atinge o “equlíbrio”. Velocidades no cenário base Velocidades no cenário proposto Avaliação de Resultados
  16. 16. <ul><li>Os programas de simulação aplicados a problemas de transporte são uma importante ferramenta para o desenvolvimento de atividades de planejamento. </li></ul><ul><li>Permitem análises complexas e detalhadas de uma situação real ou hipotética, com a criação de cenários para as várias alternativas na busca por soluções viáveis. No entanto, cada modelo é capaz de atender demandas específicas e apresenta limitações de aplicação e precisão. </li></ul><ul><li>O planejador deve levar em conta o tempo necessário para a resposta e decisão, o detalhamento e a precisão das informações desejadas, a disponibilidade dos dados e o custo. </li></ul>Considerações Finais
  17. 17. Sílvio Rogério Tôrres Especialista em Transporte E-mail: silvio.torres@sptrans.com.br São Paulo Transporte S/A - SPTrans www.sptrans.com.br Superintendência de Planejamento de Transporte - DT/SPT Telefone: (11) 3396-7825 Disponível para download em: www.silvio-torres.com/files/fx-reversivel-v04.pdf

×