Evolução, classificação e modelos de industrialização

3,400 views

Published on

0 Comments
10 Likes
Statistics
Notes
  • Be the first to comment

No Downloads
Views
Total views
3,400
On SlideShare
0
From Embeds
0
Number of Embeds
1,116
Actions
Shares
0
Downloads
0
Comments
0
Likes
10
Embeds 0
No embeds

No notes for slide

Evolução, classificação e modelos de industrialização

  1. 1. CLASSIFICAÇÃODASINDÚSTRIAS Artesanato Indústria doméstica Produzem para uso próprio Prevaleceu até o século XVI Sapatos, vestuário e utensílios domésticos
  2. 2. Manufatura  Século XVI a XVIII  Estágio intermediário  Nível mais avançado da produção manual  Artesão produzia bens destinados a um maior número de consumidores  O comerciante fornece matéria prima, local de trabalho e ferramentas para a produção do artesão  Venda da força de trabalho  Divisão do trabalho entre artesãos, cada um se especializa
  3. 3. Maquinofatura Surgiu na segunda metade do século XVIII Primeiras máquinas modernas Energia humana substituída pela energia a vapor, elétrica Produção em série
  4. 4. Irevoluçãoindustrial 1750 –1870 Inglaterra como potência mundial Desenvolvimento da máquina a vapor Carvão surge como fonte energética Indústria que predomina éa têxtil com mão de obra mal remunerada e sem qualificação
  5. 5. IIrevoluçãoindustrial  Final do século XIX até adécada de 1970  Fabricação em série  Declínio da Inglaterra  Ascensão dos EUAeAlemanha  Eletricidade emotor a explosão  Organização dos sindicatos (redução das jornadas de trabalho, aumento salarial)  Expansão das indústrias siderúrgicas, metalúrgicas e petroquímicas  Substituição do carvão pelo petróleo  Expansão geográfica
  6. 6. IIIrevoluçãoindustrialourevolução técnico-científica Pós 1970 Expansão das telecomunicações e transportes, desenvolvimento da informática, etc. Surge grandes conglomerados industriais e multinacionais Japão, China e “TigresAsiáticos” tornaram-se novas potências
  7. 7. Outras características Necessidade de mão de obra qualificada Modernização do setor terciário (informática, turismo, telecomunicações, etc.) Robotização da produção Declínio do poder Estado-Nação Crescente domínio das empresas transnacionais Desconcentração industrial
  8. 8. Processosdeindustrializaçãonomundo Industrializaçãoclássica Típicas dos atuais países desenvolvidos Nações pioneiras Longo processo de evolução e aperfeiçoamento tecnológico Indústrias têxteis, alimentos e de utensílios bem como industrias siderúrgica, metalúrgicas e mecânicas Europa, América do Norte, Japão
  9. 9. Industrialização tardia Países subdesenvolvidos Pós IIguerra mundial Produtos que eram importados passaram aser produzidos nos próprios países Industrias de tecido, alimentos, bebidas, móveis, máquinas simples, etc. Brasil, México, Chile, Egito, África do Sul
  10. 10. Industrializaçãoplanificada Socialismo como modelo econômico Industria de base ebélicas Absorção de mão de obra no setor Fábricas estatais URSS, Polônia, Bulgária, Hungria, China
  11. 11. Classificaçãodasindustriasquantoa finalidadeoudestinodosbensproduzidos Aindústria de bens de consumo duráveis produz bens que não se esgotam imediatamente, como automóveis, eletrodomésticos, móveis, vestuário, entre outros.
  12. 12. Aindústria de bens de consumo não-duráveis produz bens que se esgotam rapidamente, como bebidas, alimentos, remédios, cigarros, cosméticos etc.
  13. 13. Indústria de base ou de bens de produção Éaquela que transforma a matéria-prima em produto semi- acabado, que servirá de base (matéria-prima) para a produção de outros bens. Siderúrgicas, metalúrgicas, petroquímicas eindústrias de cimento.
  14. 14. Indústriadeconstrução Construção de instalações de grande porte, como portos, rodovias e pontes, bem como edifícios e casas, passou a ser feita com máquinas Indústria da construção civil Casas, apartamentos, edifícios comerciais Indústria da construção pesada Rodovias, aeroportos, túneis, pontes, hidrelétricas
  15. 15. princípiosdocapitalismo  propriedade privada dos meios de produção  remuneração da força de trabalho  acumulação do capital  relação entre oferta e procura  livre concorrência
  16. 16. Propriedadeprivadadosmeios deprodução aspessoas, individualmente ou em sociedade, são donas dos meios de produção. remuneraçãodaforçade trabalho Quem não é dono dos meios de produção, trabalha em troca de um salário. O trabalhador “vende” a sua força de trabalho para os donos do capital.
  17. 17. O dono do capital quer produzir pelo menor custo e vender pelo maior preço, a acumulação cada vez maior de capital. O lucro é a diferença entre o custo de produção e o preço de venda do produto.
  18. 18. Éadisputa de interesses entre quem quer comprar e quem quer vender produtos e serviços. No capitalismo, quem orienta a economia é o mercado, ou seja, se há muita mercadoria epouca procura pelos consumidores, o valor do produto diminui, o contrário eleva os preços.
  19. 19. Modelosdeorganizaçãoempresarial Truste Várias empresas do mesmo setor se fundem Finalidade controlar o mercado No Brasil as fusões são analisadas pelo CADE (Conselho Administrativo de Defesa Econômica)
  20. 20. Holding Empresa criada para controlar as atividades de outras indústrias Associação estratégica entre empresas de um mesmo Volkswagen e Ford, na década de 1980, trocaram peças compartilhadas entre modelos das duas montadoras Cartel Associação entre empresas de um mesmo setor, de modo a conseguir controlar o mercado
  21. 21. Antesdaprimeiraguerramundial asindustriasadotavamo:
  22. 22. Taylorismo: Engenheiro Frederick W.Taylor (1856 – 1915) Forma de aumentar a produtividade em menos tempo Organização em etapas de produção Trabalho especializado e repetitivo Controle de mão de obra com horários rígidos Disciplina, hierarquia,punição e vigilância Serviu de modelo para o fordismo
  23. 23. Fordismo: Henry Ford criou a linha de montagem em associação com as etapas de produção do taylorismo Trabalho mecânico e repetitivo (Ford Motor Company) Trabalho de 8 horas e cinco dólares (Michigan,EUA)
  24. 24. NasegundametadedoséculoXX ocorreuodeclíniodessemodelo Fatores Crise do petróleo (1970 e 1980), reestruturação econômica, social e política Surgem novos setores de produção e mercado, ampliação do setor terciário (comércio e serviços) Revolução tecnico-cientifica, alterou a produção industrial nas comunicações, equipamentos e organização do trabalho Automação Desconcentração da produção
  25. 25. Aindústria passou a ter mais autonomia, mais dispersão, essa forma de produção é chamada de:
  26. 26. • Europa ocidental,AméricaAnglo-Saxônica e Japão construíram uma economia forte, e se mantêm como as regiões mais industrializadas • Demais nações se industrializaram impulsionadas pelo Estado ou em decorrência da emergência do capitalismo • Esse processo se traduz na desigualdade espacial da indústria no mundo
  27. 27. • Distribuiçãoda industrianoBrasil • Processo iniciado na década de 1930 com a transferência do capital cafeeiro para esse setor • Infraestrutura, mão de obra emercado consumidor • Instaladas na região Sudeste
  28. 28. • Concentração acentuada com aconstrução da CSN (Companhia siderúrgica nacional) em Volta Redonda-RJ, Vale do Rio Doce em MG eoplano de metas durante o governo de Juscelino Kubitschek • Mesmo com oprocesso de desconcentração em curso São Paulo ainda apresenta amaior concentração industrial do país
  29. 29. Alemanha • Mais importante economia da Europa • Atividade industrial bem desenvolvida devido às suas fontes de matéria-prima (carvão, gás natural) • Daimler, Volkswagen,Allianz, Siemens, BASF,Adidas, Puma,Audi,AG, Bayer, BMW, Nivea, Porsche
  30. 30. ReinoUnido • Berço da revolução industrial hoje sedefronta com vários problemas • Império colonial britânico transferia atividades agropecuária para colônias que hoje não possuem mais esse papel • Concorrência internacional com asguerras, EUAe URSS tomam seu lugar na produção industrial • Nos últimos anos a indústria inglesa passou por modernização • Tradicionais megaindústrias, que funcionavam nas periferias das metrópoles estão desaparecendo, esurgem milhares de pequenas fábricas de alta tecnologia na zona rural
  31. 31. França • Pequenas reservas minerais • Uma das pioneiras no desenvolvimento industrial • Capital francesa é o principal centro econômico, financeiro, comercial e cultural e possui grande parque industrial • Accor, Air France, Alcatel, Carrefour, Chapion, Citröen, Danone, Michelin, Peugeout, Renault
  32. 32. Itália • Parqueindustrialdiversificadoe moderno • Importantesconglomerados,Fiat, Olivetti,Pirelli,etc. • Contrastessocioeconômicos • Moda–Armani,Valentino,Versace, Dolce&Gabbana,Benetton,Prada • Alimentos–Campari,Parmalat • Ferrari,Maserati,Lamborghini,Pagani • Iates–Ferreti,Azimut • Antesdaunificação(XIX)ascidades- estadosdonortedominavamo comérciocomooriente,permitiuuma grandeacumulaçãodecapitaisna região • Nosul,aristocraciarural,agricultura comoprincipalatividade
  33. 33. • Norte –menores taxas de desemprego, • Triangulo financeiro –Milão (centro industrial, financeiro ecomercial), Turim (automobilística) e Gênova (naval e principal porto)
  34. 34. EstadosUnidosDaAmérica • Setor industrial diversificado • Inicio-se na região nordeste, manufacturing Belt (cinturão das manufaturas) • Concentração dos centros urbanos do país • Presença de matérias-primas minerais e energéticas, extenso e diversificado sistema de transporte, grande mercado consumidor
  35. 35. • Década de 1970, altos custos operacionais do Manufacturing Belt forçaram a descentralização • Surge oSun Belt (Cinturão do Sol) • Indústrias petroquímica e frigoríferas próximas ao golfo do méxico • Indústrias eletrônicos e informática no pacífico • Destaque também para a região de Seattle
  36. 36. Rússia • Parte europeia da Rússia, industria de base (1917 e1991) • Modernizar uma indústria obsoleta • Grande produção petrolífera
  37. 37. Japão • Carência de recursos minerais como o carvão mineral e minério de ferro, sempre teve sua industrialização dependente da atividade portuária • Indústria japonesa a se concentrar nas cidades de seu litoral pacífico
  38. 38. “Milagre econômico” japonês  1945 a1952, a indústria japonesa passou por um processo de recuperação, ajuda financeira etecnológica dos EUA  1952 a1959, consolidação da atividade industrial  Após 1960, reorganização e expansão da atividade industrial, aplicação de grandes capitais na modernização dos equipamentos
  39. 39. TigresAsiáticos • Apartir da década de 1960, países não desenvolvidos • Coreia do Sul, Hong Kong, Cingapura eTaiwan • Industrialização voltado para asexportações, capital estrangeiro, exploração de mão de obra barata
  40. 40. China • 1970, Deng Xiaoping assume ocontrole do governo, desafio de retirar o país do caos econômico e social • 1984, ZEEs (Zonas Econômicas Especiais), áreas próximas ao litoral • Grande disponibilidade de mão de obra barata e qualificada, disciplinada • Incentivos fiscais, enorme mercado consumidor

×