Drogas, fármacos e cultura

1,404 views

Published on

Disciplina ‘Cultura, Saúde e Doença’;
Programa de Pós em Saúde da Família;
UFC-Sobral, CE

Published in: Health & Medicine
  • Be the first to comment

Drogas, fármacos e cultura

  1. 1. Luís Fernando TófoliPrograma de Pós-Graduação em Saúde da Família UFC-Sobral
  2. 2. Além das propriedades farmacológicas... Atributos não farmacológicos da droga Características de quem usa Atributos de quem a fornece Circunstâncias pessoais e ambientais de uso (set e setting) 2
  3. 3.  Valores morais e culturais Situação socioeconômica Forças econômicas Grupos sociais 3
  4. 4.  ‘Efeito total da droga sem droga’ Literatua médica: ‘ruído’ A crença dos que o recebem é o que determina sua eficácia Nocebo (efeitos adversos placebo) Ligados ao contexto/à cultura 4
  5. 5.  Importante em todas as formas de cura Todas as formas de terapia (Adler e Hammet):  A participação de todos os integrantes em sistema cognitivo compartilhado  Relacionamento com figura parental culturalmente sancionada Há placebo mesmo nas drogas ‘ativas’ 5
  6. 6.  Cor  Verdes/azuis para tranquilizar  Amarelos/vermelhos para ativar Medicamentos de ‘grife’ x distribuição de medicamentos pelo governo Sabor Textura etc. 6
  7. 7.  Personalidade do ‘tipo placebo’ Uso dos símbolos de cura pelo prescritor O conjunto das características do prescritor Opinião do microcosmo – família e entorno 7
  8. 8.  Nos países em desenvolvimento o setor informal e paraprofissional assumem o papel de dispensar medicamentos Consultas de balconistas ‘Remédio barato/do governo não presta’ 8
  9. 9.  Apesar da origem do conceito de ‘dependência’ no conceito de doença, há influências sociais evidentes. Tendências  Redução na prescrição de sedativos  Aumento do consumo de antidepressivos 9
  10. 10.  Psicotrópicos e suas prescrições são símbolos rituais ‘multivocais’ Funções latentes  ‘Esta pessoa é doente’  ‘Seus fracassos são devidos à sua doença ou ao remédio’  ‘Ela merece compreensão’  ‘O médico está interessado na pessoa’  A Ciência pode cuidar dela’. 10
  11. 11.  Status social mais brando do que o das drogas não-sancionadas Adaptação química? (Pellegrino) O que os médicos transmitem quando prescrevem um psicotrópico? As indústrias farmacêuticas e a “estrada química para o sucesso” (Warburton) 11
  12. 12.  Dependência física x psicológica, existe essa diferença? Praticamente todas as drogas conhecidas já foram sancionadas ou vetadas na história da Humanidade Drogas sancionadas no Ocidente: as que permitem trabalhar 12
  13. 13.  Toda comunidade de uso tem suas regras, valores e autoimagem Sair de uma comunidade de uso aumenta a chance de cessar o uso e a dependência Os valores da comunidade de uso podem sobreviver a trocas de fármaco 13
  14. 14.  Aspectos econômicos, sociais e culturais sempre devem ser abordados Agentes de cura religiosos Reformulações das redes sociais 14
  15. 15.  Alimento  Pagamento Medicamento  Conservante Narcótico  Desinfetante Energizante Afrodisíaco  Sacramento 15
  16. 16.  Fatores econômicos Fatores étnicos Fatores culturais Fatores familiares Fatores individuais 16
  17. 17.  Morais Doença  Medicina  Psicologia  Alcoólicos Anônimos Político-Econômicos Socioculturais 17
  18. 18.  Normas para beber O’Connor:  Culturas abstinentes  Culturas ambivalentes  Culturas permissivas  Culturas superpermissivas 18
  19. 19.  Exposição das crianças ao uso caseiro Uso diluído Álcool como alimento Pais consomem com moderação Não atribuir valor moral Não associar a virilidade Aceitar socialmente a abstinência Não tolerar a embriaguez Concordância sobre as regras no grupo 19
  20. 20.  ‘Lubrificante social’ Consumo em ‘irmandade’ tende a proteger Consumo religioso Anormalidade controlada 20
  21. 21.  Fatores socioculturais  Homens x mulheres  Adultos x jovens  Etnicidade ou migração  Escolaridade  Perda no status socioeconômico  Uso ritual 21
  22. 22.  Alucinógenos x Enteógenos  Peyote, San Pedro  Cogumelos  Ayahuasca  Rapés com DMT  Iboga  Solanáceas Uso pelo xamã ou pela comunidade 22
  23. 23.  Estimulantes/Sedativos  Catha sp. (qat)  Cola sp. (noz-de-cola)  Cannabis sativa  Exythroxylum coca (coca)  Piper methysticum (kava-kava)  Duboisia hopwoodi (pituri) Uso descontextualizado 23
  24. 24. 24

×