Successfully reported this slideshow.
We use your LinkedIn profile and activity data to personalize ads and to show you more relevant ads. You can change your ad preferences anytime.
painéis
revista do professor de matemática | no. 80 | 1
seção

painéis

PAINEL I
MAIS UM SANGAKU
tiago santos feitosa

Já publicamos anteriormente na RPM 49 (Sangaku - A Geometri...
b

a

PAINEL II
A SOLUÇÃO COMPLETA

painéis

Na figura as três circunferências de raios
a, b e c são simultaneamente tange...
painéis

possíveis valores para SL satisfazem:
6
24
ou 17 < SL < 23.
15 + ≤ SL ≤ 15 +
3
3
Considerando ser SL necessariame...
painéis

Se tomarmos, por exemplo, o caso dos vértices 1, 5, 6, que está na 8a linha da tabela, temos SL = 19 e,
para o la...
Upcoming SlideShare
Loading in …5
×

REVISTA DO PROFESSOR DE MATEMÁTICA

Na edição de Janeiro/2014 da RPM será publicado um artigo meu que estará na página 22 da seção Painéis.

  • Login to see the comments

  • Be the first to like this

REVISTA DO PROFESSOR DE MATEMÁTICA

  1. 1. painéis revista do professor de matemática | no. 80 | 1
  2. 2. seção painéis PAINEL I MAIS UM SANGAKU tiago santos feitosa Já publicamos anteriormente na RPM 49 (Sangaku - A Geometria sagrada) e na RPM 80 (Um sangaku difícil) artigos apresentando sangakus, ou seja, gravuras com problemas geométricos, registradas em tábuas de madeira, feitas no Japão, a partir da segunda metade do século XVII. Essas gravuras, em geral, tinham autoria múltipla de matemáticos profissionais e amadores e eram simultaneamente obras de arte e oferendas aos deuses nos santuários xintoístas e templos budistas. Eram também uma forma de lançar desafios matemáticos. 22 | no. 80 | revista do professor de matemática Há, nos sangakus, um grande número de problemas envolvendo circunferências e elipses com grau de dificuldade, em geral, elevado. Para melhores informações sobre os sangakus e sua história, sugerimos aos interessados a leitura dos textos introdutórios dos dois artigos citados. Neste painel vamos apresentar mais um sangaku que achamos ser interessante para os leitores da revista. O problema apresentado é o seguinte:
  3. 3. b a PAINEL II A SOLUÇÃO COMPLETA painéis Na figura as três circunferências de raios a, b e c são simultaneamente tangentes duas a duas e a uma reta. Prove que 1 1 1 = + . c a b Sérgio Orsi Na seção Em Classe da RPM 65 é apresentado o problema: “colocar os números inteiros de 1 a 9, sem repetição, sobre os lados de um triângulo equilátero de modo que a soma dos quatro números em cada lado seja igual a 20.” A figura abaixo mostra duas soluções do problema. c Solução No triângulo retângulo O1O2L, observando que O1O2 = a + b e O1L = a – b, temos pelo teorema de Pitágoras: (a + b)2 = (LO2)2+ (a – b)2 (LO2)2 = 4ab LO2 = 2 ab a O1 b L O2 M N J K Analogamente, nos triângulos retângulos O1O3M e O2O3N, observando que O1O3 = a + c; O1M = a – c; O2O3= b + c e O2N = b – c, obtemos as igualdades = 2= 2 bc . MO3 ac e NO3 Como JK = MO3 + NO3 = LO2 temos ab = ac + bc . Dividindo todos os termos por abc obtemos 1 c = 1 a + 1 b . Depois disso, na seção Painéis da RPM 81, foi publicada uma generalização do problema para polígonos regulares, com um número qualquer de lados, e foi apresentada uma estratégia para obter uma solução. Há um adendo da RPM observando que a estratégia não fornece todas as possíveis soluções, exibindo uma solução para o triângulo, com soma dos quatro números colocados nos lados igual a 19, que não pode ser obtida com a estratégia considerada. Neste texto, vamos apresentar todos os possíveis valores para a soma dos quatro números a serem colocados nos lados do triângulo equilátero e todas as possíveis soluções para cada soma. Lembrando que estamos considerando os números de 1 a 9, sem repetição, seja SL a soma dos quatro números colocados em cada um dos lados do triângulo e SV a soma dos números colocados nos três vértices do triângulo. Como cada vértice participa da soma dos números de exatamente dois lados, temos 3 × SL = (1 + 2 + 3 + 4 + 5 + 6 + 7 + 8 + 9) + SV . Logo, SL = S 45 + SV = 15 + V . 3 3 Observamos que o valor mínimo para a soma SV dos números colocados nos vértices é 1 + 2 + 3 = 6 e o valor máximo é 7 + 8 + 9 = 24. Sendo assim, os revista do professor de matemática | no. 80 | 23
  4. 4. painéis possíveis valores para SL satisfazem: 6 24 ou 17 < SL < 23. 15 + ≤ SL ≤ 15 + 3 3 Considerando ser SL necessariamente inteiro, SV será um múltiplo de 3, levando a apenas 30 soluções para os vértices, apresentadas na tabela ao lado. Foram excluídos os triângulos simétricos, por exemplo, [2, 3, 1], [3, 1, 2], [1, 3, 2], [2, 1, 3] e [3, 2, 1], simétricos de [1, 2, 3] (a notação [2, 3, 1] indica que os números 2, 3 e 1 estão nos vértices). Vamos procurar a solução para a primeira opção da tabela, com vértices 1, 2 e 3 e SL = 17. Para o lado [1, 2] (essa notação indica o lado com os números 1 e 2 nos seus vértices) é necessário escolher dois números que somem 17 – 1 – 2 = 14. Números disponíveis para alocação: 4, 5, 6, 7, 8 e 9. Pares com soma 14: [5, 9] e [6, 8]. Escolhendo o [5, 9] para o lado [1, 2] obtemos o lado [1, 5, 9, 2]. Para o lado [2, 3] é necessário escolher dois números que somem 17 – 2 – 3 = 12. Números disponíveis para alocação: 4, 6, 7 e 8. Único par com soma 12: [4, 8] Obtemos o lado [2, 4, 8, 3]. Resta o lado [3, 1], no qual a soma dos dois números a serem colocados deve ser 17 – 1 – 3 = 13 e os únicos números disponíveis para a alocação são 6 e 7 cuja soma é 13. Obtemos então o lado [3, 6, 7, 1]. Temos então a Solução 1: [1, 5, 9, 2] [2, 4, 8, 3] [3, 6, 7, 1] Escolhendo o [6, 8] para o lado [1, 2] obtemos o lado [1, 6, 8, 2]. Para o lado [2, 3]: Números disponíveis para alocação: 4, 5, 7 e 9. Único par com soma 12: [5, 7] Obtemos o lado [2, 5, 7, 3]. Para o lado [3, 1] resta [4, 9], cuja soam é 13. Obtemos então o lado [3, 4, 9, 1]. Temos, então a Solução 2: [1, 6, 8, 2] [2, 5, 7, 3] [3, 4, 9, 1] 24 | no. 80 | revista do professor de matemática Vértices SV SL 1, 2, 3 6 17 1, 2, 6 9 18 1, 3, 5 9 18 2, 3, 4 9 18 1, 2, 9 12 19 1, 3, 8 12 19 1, 4, 7 12 19 1, 5, 6 12 19 2, 3, 7 12 19 2, 4, 6 12 19 3, 4, 5 12 19 1, 5, 9 15 20 1, 6, 8 15 20 2, 4, 9 15 20 2, 5, 8 15 20 2, 6, 7 15 20 3, 4, 8 15 20 3, 5, 7 15 20 4, 5, 6 15 20 1, 8, 9 18 21 2, 7, 9 18 21 3, 6, 9 18 21 3, 7, 8 18 21 4, 5, 9 18 21 4, 6, 8 18 21 5, 6, 7 18 21 4, 8, 9 21 22 5, 7, 9 21 22 6, 7, 8 21 22 7, 8, 9 24 23
  5. 5. painéis Se tomarmos, por exemplo, o caso dos vértices 1, 5, 6, que está na 8a linha da tabela, temos SL = 19 e, para o lado [1, 5], por exemplo, teremos que escolher dois números com soma igual a 19 – 1 – 5 = 13. Os números disponíveis para a alocação são: 2, 3, 4, 7, 8 e 9. O único par com soma 13 é [4, 9], gerando o lado [1, 4, 9, 5]. Para o lado [5, 6] devemos escolher dois números com soma igual a 19 – 5 – 6 = 8. Os números disponíveis para a alocação são: 2, 3, 7 e 8. Não há dois deles com soma 8, logo essa alternativa não oferece solução para o problema. Depois de examinar todas as alternativas, encontramos apenas 18 soluções para o problema, obtidas de 10 linhas da tabela. Essas soluções são: Vértices sV sL 1, 2, 3 6 [1, 5, 9, 2] [2, 4, 8, 3] [3, 6, 7, 1] 17 1, 2, 3 6 [1, 6, 8, 2] [2, 5, 7, 3] [3, 4, 9, 1] 17 1, 4, 7 12 [1, 5, 9, 4] [4, 2, 6, 7] [7, 3, 8, 1] 19 1, 4, 7 12 [1, 6, 8, 4] [4, 3, 5, 7] [7, 2, 9, 1] 19 2, 3, 7 12 [2, 5, 9, 3] [3, 1, 8, 7] [7, 4, 6, 2] 19 2, 3, 7 12 [2, 6, 8, 3] [3, 4, 5, 7] [7, 1, 9, 2] 19 1, 5, 9 15 [1, 6, 8, 5] [5, 2, 4, 9] [9, 3, 7, 1] 20 2, 5, 8 15 [2, 4, 9, 5] [5, 1, 6, 8] [8, 3, 7, 2] 20 2, 5, 8 15 [2, 6, 7, 5] [5, 3, 4, 8] [8, 1, 9, 2] 20 3, 5, 7 15 [3, 4, 8, 5] [5, 2, 6, 7] [7, 1, 9, 3] 20 4, 5, 6 15 [4, 2, 9, 5] [5, 1, 8, 6] [6, 3, 7, 4] 20 4, 5, 6 15 [4, 3, 8, 5] [5, 2, 7, 6] [6, 1, 9, 4] 20 3, 6, 9 18 [3, 4, 8, 6] [6, 1, 5, 9] [9, 2, 7, 3] 21 3, 6, 9 18 [3, 5, 7, 6] [6, 2, 4, 9] [9, 1, 8, 3] 21 3, 7, 8 18 [3, 2, 9, 7] [7, 1, 5, 8] [8, 4, 6, 3] 21 3, 7, 8 18 [3, 5, 6, 7] [7, 2, 4, 8] [8, 1, 9, 3] 21 7, 8, 9 24 [7, 2, 6, 8] [8, 1, 5, 9] [9, 3, 4, 7] 23 7, 8, 9 24 [7, 3, 5, 8] [8, 2, 4, 9] [9, 1, 6, 7] 23 Soluções PARA O LEITOR Deixamos para o leitor determinar todas as soluções (são apenas quatro) do problema: “colocar os números inteiros de 1 a 6, sem repetição, sobre os lados de um triângulo equilátero de modo que a soma dos três números em cada lado seja constante.” revista do professor de matemática | no. 80 | 25

×