Successfully reported this slideshow.
We use your LinkedIn profile and activity data to personalize ads and to show you more relevant ads. You can change your ad preferences anytime.
José Martiniano de Alencar                                       1829                                       1877“O maior...
José de Alencar Nasceu em Mecejana, lugar próximo da capital Fortaleza, no  Ceará, em 1829. Foi fruto de uma relação do ...
 Já em São Paulo, ele concluiu os preparatórios e o próprio curso de  Direito, permanecendo na cidade até 1850. Entretant...
ROMANTISMO Representatividade maior do  pensamento romântico sobre a  língua do Brasil;Seu objetivo; Liberdade do artis...
Carreira: Características Folhetinista Peça teatral censurada Política Dom Pedro II X José de Alencar
Principais ObrasI Romances urbanos:- Cinco minutos (1857);- A viuvinha (1860);- Lucíola (1862);- Diva (1864);- A pata da g...
Artigos de "José de Alencar" A pata da gazelaCinderela é o retrato irônico da sociedade brasileira do século XIX. A viuv...
 Comentário da Obra “ Cinco Minutos ”
Última Obra de José de AlencarEncarnação é um dos romances do escritor brasileiro José de Alencar. Escrito em 1877, só fo...
TIL (1872)                      José de Alencar, principal nome da ficção romântica brasileira                            ...
Personagens    Berta, Inhá ou Til    Miguel    Luís Galvão    D. Ermelinda    Afonso e Linda    Jão Fera ou Bugre  ...
Ambiente Sociedade rural, escravocrata; Interior de São Paulo (Santa Bárbara); Festas Populares: São João, Congada; Ri...
 Poema"Um dia iras errante pelas vastas solidões dos maresou pelos cimos elevados das montanhas, longe do mundo,sob o olh...
 Trechos de Livros-Sim! Esqueça tudo, e nem se lembre que já me visse! Seja agora a primeiravez!... Os beijos que lhe gua...
 FrasesO amor sem esperança não tem outro refúgio senão amorte.José de Alencar"Tentei lhe dizer muitas coisas, mais acabe...
Grupo∞ Ana Clara∞ Barbára Azevedo∞ Cristian Rodrigues∞ Thamiris Santana∞ Vinícius Feitosa
Upcoming SlideShare
Loading in …5
×

José de Alencar

7,786 views

Published on

Tudo sobre José de Alencar.

Published in: Education
  • Be the first to comment

José de Alencar

  1. 1. José Martiniano de Alencar  1829  1877“O maior ficcionista do Romantismo brasileiro” .
  2. 2. José de Alencar Nasceu em Mecejana, lugar próximo da capital Fortaleza, no Ceará, em 1829. Foi fruto de uma relação do seu pai com uma prima. Tal relação, não causava espanto na época. Além disso, a família de Alencar nunca foi rejeitada na sociedade por causa do seu clã. Bem cedo, mudou-se com a família para o Rio de Janeiro, pois o pai queria dedicar-se à política. Alencar retornou ao Ceará apenas mais uma vez, como visitante, aos doze anos de idade. Enquanto seu pai, desenvolvia sua carreira política, o filho dedicava- se desde cedo às letras. No ano de 1843, Alencar mudou-se para São Paulo, trazendo na bagagem os seus rascunhos de ficção.
  3. 3.  Já em São Paulo, ele concluiu os preparatórios e o próprio curso de Direito, permanecendo na cidade até 1850. Entretanto, sua “paixão” continuava sendo a literatura. Formado, retornou ao Rio de Janeiro, onde deu início à carreira de advogado. A paixão pela política levou-o a seguir os passos do pai: foi Deputado e Ministro da Justiça. Porém, nunca alcançou seu objetivo de chegar ao Senado. Em 1864, José casou-se, porém sua felicidade matrimonial contrariou as desventuras (desgraças) amorosas, tão presentes em suas obras. Sem abandonar as letras, trabalhou em jornais, escrevendo folhetins e crônicas políticas. No dia 12 de dezembro de 1877 (com quarenta e oito anos), José de Alencar morre, na cidade do Rio de Janeiro. Em sua homenagem, foi erguida uma estátua no Rio de Janeiro e um teatro em Fortaleza chamado “Teatro José de Alencar”.
  4. 4. ROMANTISMO Representatividade maior do pensamento romântico sobre a língua do Brasil;Seu objetivo; Liberdade do artista em máteria de língua, que propriamente a independência variante brasileira.
  5. 5. Carreira: Características Folhetinista Peça teatral censurada Política Dom Pedro II X José de Alencar
  6. 6. Principais ObrasI Romances urbanos:- Cinco minutos (1857);- A viuvinha (1860);- Lucíola (1862);- Diva (1864);- A pata da gazela (1870);- Sonhos d’ouro (1872);- Senhora (1875);- Encarnação (1893, póstumo).II Romances históricos e/ouindianistas:- O Guarani (1857);- Iracema (1865);- As minas de prata (1865);- Alfarrábios (1873);- Ubirajara (1874);- Guerra dos mascates (1873).III Romances regionalistas:- O gaúcho (1870);- O tronco do ipê (1871);- Til (1872);- O sertanejo (1875).
  7. 7. Artigos de "José de Alencar" A pata da gazelaCinderela é o retrato irônico da sociedade brasileira do século XIX. A viuvinhaA intrigante história de amor entre Carolina e Jorge. Cinco MinutosUma carta de amor é o primeiro livro de José de Alencar. Dêmonio FamiliarComo cada familia tem aquele que traz discórdias. DivaAs belezas, contradições e conflitos de Emília. EncarnaçãoO último romance urbano de José de Alencar. IracemaA fase indigenista do autor romântico. LucíolaRomance e crítica numa das melhores histórias de amor contadas pela nossa literatura. O sertanejoO sertão brasileiro na ótica da literatura regionalista de José de Alencar. SenhoraA obra Senhora é o retrato da decadência do segundo império brasileiro. Sonhos D’ OuroUm dos romances urbanistas do autor.
  8. 8.  Comentário da Obra “ Cinco Minutos ”
  9. 9. Última Obra de José de AlencarEncarnação é um dos romances do escritor brasileiro José de Alencar. Escrito em 1877, só foipublicado em livro postumamente. Último romance de José de Alencar, Encarnação foi escritoaos 47 anos de idade, meses antes do falecimento do autor.·.
  10. 10. TIL (1872) José de Alencar, principal nome da ficção romântica brasileira Narrador  Narrador: 3ª pessoa, oniscienteTraços gerais  Linguagem culta, registro elevado Romance Regionalista Registro de Costumes Maniqueismo (Bem X Mal) Técinica folhetinesca: Mistério, suspense. Temática amorosa  Casais de namorados  Exacerbação sentimental  Figura feminina: idealização, sensualidade.
  11. 11. Personagens  Berta, Inhá ou Til  Miguel  Luís Galvão  D. Ermelinda  Afonso e Linda  Jão Fera ou Bugre  Brás  Zana  Inimigos: Ribeiro ou Barroso Berta e AfonsoAspectos formais Digressões Falas de personagens: regionalismos Figuras: Comparações, personificações e metáforas.
  12. 12. Ambiente Sociedade rural, escravocrata; Interior de São Paulo (Santa Bárbara); Festas Populares: São João, Congada; Riqueza: Fazenda; Pobreza: casa em ruínas, gruta.
  13. 13.  Poema"Um dia iras errante pelas vastas solidões dos maresou pelos cimos elevados das montanhas, longe do mundo,sob o olhar protetor de Deus,à sombra dos cuidados de nossa mãe,mas até isso viveremos tanto um com o outro,encheremos de tanta afeição os nossos dias, asnossas horas, os nossos instantes juntos , que,por mais curto que seja o nosso tempo juntos,teremos vivido por cada minuto séculos deamor e de felicidade.Eu espero; mas temo.Espero-te como a flor desfalecida espera o raio de sol quedeve aquecê-la, a gota de orvalho que pode animá-la, o hálitoda brisa que vem bafejá-la.Porque para mim o único céu que hoje me sorri, são teus olhos;o calor que pode me fazer viver, é o do teu seio.Tens mais dúvidas do meu amor?José de Alencar (Cinco minutos)
  14. 14.  Trechos de Livros-Sim! Esqueça tudo, e nem se lembre que já me visse! Seja agora a primeiravez!... Os beijos que lhe guardei ninguém os teve nunca! Esses, acredite, sãopuros! "Lucíola”Esse fenômeno devia ter razão psicológica, de cuja investigaçãonos abstemos; porque o coração, e ainda mais o da mulher que éela toda, representa o caos do mundo moral. Ninguém sabe quemaravilhas ou que monstros vão surgir desses limbos.“Senhora”Tu dizesque me amas ; eu o creio, eu o sabia antes mesmo que me dissesses.As almas como as nossas quando se encontram, se reconhecem e se compreendem. Mas ainda é tempo; não julgas que mais vale conservar uma doce recordação do queentregar-se a um amor sem esperança e sem futuro?“Cinco Minutos”
  15. 15.  FrasesO amor sem esperança não tem outro refúgio senão amorte.José de Alencar"Tentei lhe dizer muitas coisas, mais acabei descobrindo que amar émuito mais sentir do que dizer. E milhões de frases bonitas, jamaisalcançariam o que eu sinto por você."José de Alencar"Eu te amei desde o momento em que te vi! Eu te amei por séculosnestes poucos dias que passamos juntos na terra. Agora que a minhavida se conta por instantes, amo-te em cada momento por umaexistência inteira. Amo-te ao mesmo tempo com todas as afeições quese pode ter neste mundo. Vou te amar enfim por toda a eternidade."José de Alencar
  16. 16. Grupo∞ Ana Clara∞ Barbára Azevedo∞ Cristian Rodrigues∞ Thamiris Santana∞ Vinícius Feitosa

×