Successfully reported this slideshow.
We use your LinkedIn profile and activity data to personalize ads and to show you more relevant ads. You can change your ad preferences anytime.

Integração construção civil

3,098 views

Published on

Treinamento de NR 18 construção civil

Published in: Business
  • Be the first to comment

Integração construção civil

  1. 1. A Indústria da Construção Civil é uma atividade econômica que envolve tradicionais estruturas sociais, culturais e políticas. É nacionalmente caracterizada por apresentar um elevado índice de acidentes de trabalho, e está em segundo lugar na frequência de acidentes registrados em todo o país. Esse perfil pode ser traduzido como gerador de inúmeras perdas de recursos humanos e financeiros no setor.
  2. 2.  A construção civil é um dos ramos mais antigos do mundo.  No Brasil,a construção civil teve seu auge na década de 40, sendo considerado um dos mais avançados na época.  Em 1974, o Brasil foi considerado pela OIT, como campeão mundial de acidentes de trabalho.  Em 2011 dos 40.779 acidentes de trabalho fatais os operários da construção civil estão entre as dozes classes mais sujeitas a acidentes de trabalho
  3. 3. O registro de ocorrências vem crescendo em termos absolutos 2010 – 2011 O número de acidentes passou de 8.272 para 9.937 aumentado aproximadamente 19,24 %.
  4. 4. Segundo o Quadro I da NR -4 são consideradas atividades da Industria da Construção:  Preparação do terreno;  Obras de infra- Estruturas;  Obras de instalações ;  Obras de acabamentos e serviços auxiliares da construção;  Serviços de demolição, reparos, pintura,limpeza  Manutenção de edifícios em geral
  5. 5.  Estabelecer diretrizes de ordem administrativa.de planejamento de organização, que objetivam a implementação da medidas de controle e sistemas preventivos de segurança nos processos, nas condições e no meio ambiente de trabalho na Industria da construção.
  6. 6. Plano que estabelece condições e diretrizes de segurança do trabalho para obras e demais atividades relativas á construção civil. Principais objetivos:  Garantir a saúde e a integridade dos trabalhadores ;  Definir atribuições e responsabilidades ás pessoas que administram;  Fazer previsão dos riscos que derivam do processo de execução das obras;  Determinar medidas de proteção e prevenção que evitem ações e situações de risco;  Aplicar técnicas de execução que reduzam ao máximo os riscos de acidentes e doenças.
  7. 7. Doenças Ocupacionais Riscos de Acidentes Riscos Ambientais Riscos Ergonômico
  8. 8.  Ruídos  Temperaturas Extremas  Pressões Anormais  Vibrações  Radiações Agentes Físicos
  9. 9.  Poeiras  Operações de Pintura e uso de solventes;  Impermeabilizantes e substancias químicas  Manuseio de Álcalis  Asfixia química por inalação de gases Tóxicos Agentes Químicos
  10. 10.  Bactérias, Fungos,bacilos,parasitas, protozoários, vírus ,etc.;  Escavação de valas e tubulações;  Obras de Saneamento Biológicos
  11. 11.  Esforço Físico Intenso Levantamento e transporte manual de pesos  Trabalho em turno e noturno Situações causadoras de stress físico e/ ou psíquico
  12. 12. Reapresentam as principais causas de acidentes fatais e não fatais no setor da construção civil  Queda  Choque Elétrico  Soterramento
  13. 13. Alergia pelo cimento Pedreiro com eczema alérgico crônico provocado por cimento Eczema irritado por massa de cimento Pedreiros apresenta irritação nas mãos provocada pelo contato frequente com a massa do cimento
  14. 14. Eczemas nos pés causadas pelo cimento Queimaduras pelo cimento Queda de massa ou calda de concreto dentro da bota de couro ou borracha Eczema e infecção nos pés provocados pelo contato diário de massa de cimento com os pés
  15. 15. A importância da utilização do EPI na construção civil
  16. 16. Capacete de Segurança  Para proteção do crânio e face contra riscos provenientes de fontes geradoras Óculos de Segurança  São especificados de acordo com o tipo de risco.
  17. 17. Protetor Auricular Abafador de Ruído Proteção contra ruídos Cinto de Segurança Evitam quedas de trabalhadores, acidentes muitas vezes fatais
  18. 18. Respiradores  Asseguram o funcionamento do aparelho respiratório contra gases, poeiras e vapores Calçados As botas, feitas de PVC são usadas em locais úmidos, inundados ou com presença de ácidos. Os sapatos são de uso permanente na obra.
  19. 19. As Luvas podem ser de: Luva de Pana com a Palma Pigmentada (Ajudante de Eletricista ) Rapas (Armador) Látex (Pedreiro)
  20. 20. As estatísticas do Brasil mostram que a falta de proteção em situações de risco de quedas de altura constitui-se na causa principal de elevado números de acidentes fatais, vitimando centenas de trabalhadores a cada ano.
  21. 21.  Perda de equilíbrio do trabalhador á beira do espaço, sem proteção; Falta de proteção; Falha de uma instalação ou de um dispositivo de proteção; Método impróprio de trabalho; Trabalhador não apto a trabalho em altura Falta de Responsabilidade  Aumento ou Queda de Pressão Arterial
  22. 22. Elevada porcentagem de vitimas mortais de acidentes de trabalho ocorridos na utilização de andaimes Principais causas de acidentes de trabalho com andaimes:  Abatimento das bases de apoio; Sobrecargas excessivas ; Materiais em mau estado; Ausência de Proteções .
  23. 23.  O dimensionamento dos andaimes, sua estrutura de sustentação e fixação,deve ser realizado por profissional legalmente habilitado;  Os andaimes devem ser dimensionados e construídos de modo as suportar com segurança,as cargas de trabalho a que estarão sujeitos;  O piso de trabalho dos andaimes deve ter forração completa, antiderrapante,ser nivelada e fixado de modo seguro e resistente;  Devem ser tomadas preocupações especiais,quando da montagem, desmontagem e movimentação de andaimes próximos as redes elétricas.
  24. 24.  Os andaimes devem dispor de sistema guarda-corpo e rodapé;  E proibida, sobre o pios de trabalho de andaimes, a utilização de escadas e outros meios para se atingirem lugares mais altos;  O acesso aos andaimes deve ser feita de maneira segura.
  25. 25. Guarda-Corpo Proteção solida, fixada e instalada nos lados expostos as áreas de trabalho, andaimes passarelas,plataformas , escadarias e ao redor de aberturas em piso ou paredes, para impedir a queda de pessoas.
  26. 26. São elementos de proteção coletiva que restringem ou limita os efeitos de quedas e objetos, protegendo pessoas, matérias e equipamentos em níveis inferiores ao acidente. Plataformas e Bandejas
  27. 27. Regras Gerais de Segurança Realizar inspeção no local do serviço antes do inicio da obra; Inspecionar os dispositivos de proteção, verificando se estao em bom estado; Preparare montar todo equipamento necessário para prevenção de acidentes; Verificar se todo pessoal envolvido esta apto ao serviço Isolar e sinaliza toda a área sob o serviço
  28. 28.  Ocasionados por desmanches de terras durante os trabalhos de escavações e aberturas de valas.  Inclinação insuficiente do talude;  Ausência da entivação;  Sobrecarga nas proximidades da escavação
  29. 29. Prevenção Para prevenir a ocorrência de desmoramentos deve-se ter atenção a colocação do entulho e outras sobrecargas ao longo da escavação,bem como as vibrações produzidas por maquinas e outros veículos na sua proximidade
  30. 30. FILME MV BILL “COM PREVENÇAÕ É QUE SE FAZ”

×