Unid 3 ativ2_terezinha

1,135 views

Published on

Published in: Education
0 Comments
0 Likes
Statistics
Notes
  • Be the first to comment

  • Be the first to like this

No Downloads
Views
Total views
1,135
On SlideShare
0
From Embeds
0
Number of Embeds
14
Actions
Shares
0
Downloads
1
Comments
0
Likes
0
Embeds 0
No embeds

No notes for slide

Unid 3 ativ2_terezinha

  1. 1. Curso: Tecnologias na Educação: ensinando e aprendendo com as TIC Unidade: III – Prática Pedagógica e Mídias Digitais Atividade: 2 - Aula utilizando os recursos do Programa TV Escola Cursista: Terezinha Alencar Alves Professora parceira: Claudia Batista Luz Unidade Escolar: Colégio estadual Raimundo Alencar Leão.
  2. 2. O Folclore Brasileiro <ul><li>Colégio Estadual Raimundo Alencar Leão </li></ul><ul><li>Professora: Claudia Batista Luz </li></ul><ul><li>Disciplinas: Português e História </li></ul>
  3. 3. O saciperere
  4. 4. Objetivo Geral: Conscientizar-se de nossa herança cultural, buscando através da literatura folclórica. Objetivos Específicos: Conhecer o que é folclore e sua origem; Resgatar a importância do folclore; Pesquisar lendas, parlendas, crenças, provérbios...
  5. 5. <ul><li>Conteúdo: -- Música; -- Trava línguas; -- Caça palavras; -- Cruzadinhas; -- Adivinhações; -- Dobraduras e desenhos. Estratégias:Leitura de textos informativos e literários; Confecção e ilustração de um livrinho; Ilustração de frases populares; Confecção de brinquedos; Exposição de trabalhos realizados. Recursos:Video: http://www.youtube.com/user/OSaciPerere Livros diversos; Sucata para maquetes; Papéis coloridos; Cartolinas coloridas; Avaliação: Participação; Interesse; Criatividade; Responsabilidade; Fonte: Internet; Livros. </li></ul>
  6. 6. O que significa Folclore?? <ul><li>FOLCLORE Significa sabedoria popular. È o conjunto de conhecimentos, costumes, lendas, contos, canções, danças, festas, trajes, artesanato, tudo expresso em arte popular. </li></ul>
  7. 7. Vamos Conhecer o Nosso Folclore??
  8. 8. <ul><li>SACI: É um menino negro de uma perna só, usa um capuz vermelho e, segundo alguns, usa cachimbo. Não é maldoso e só gosta de fazer certas travessuras, como por exemplo, dar nó nos rabos dos cavalos. </li></ul><ul><li>CAIPORA: é O PROTETOR DAS CAÇAS DO MATO. Simbolizado por um anão peludo, montado num queixada (porco do mato), atravessa velozmente as matas com grande estrépito. É sinônimo de azar. </li></ul><ul><li>CURUPIRA: É o protetor das matas, onde habita. É uma espécie de indiozinho escuro com os pés voltados para trás. Dizem que pressente tempestades, e bate nas árvores para acorda-las, para melhor resistirem às intempéries. </li></ul>
  9. 9. Lenda Indígena <ul><li>Conta a lenda indígena que, há muitos anos, só existia a escuridão negra e profunda. </li></ul><ul><li>Nasceu, então um bravo guerreiro com o destino de ser para os homens a luz brilhante do dia; mas antes disso, ele conheceu e se apaixonou pela mais bela e cativante filha das matas, sendo para ela a luz do amor. A amante chamava-se Lua e havia nascido para clarear, suavemente, a quietude da noite. </li></ul>
  10. 10. <ul><li>LOBISOMEM: Segundo a crendice sertaneja, é um homem que se transforma em um lobo ou em um enorme cão, nas noites de lua cheia, quando estas caem numa sexta-feira. Inúmeras são as estórias de Lobisomem que circulam pelos sertões. </li></ul><ul><li>BOITATÁ: Nas regiões sulinas, alguns campeiros mais supersticiosos evitam cavalgar á noite, temendo encontrar o Boitatá (cobra-de-fogo), na língua guarani). É uma espécie de fogo, em forma de cobra, ou pássaro, que enfrenta o cavaleiro, impedindo a sua marcha. </li></ul><ul><li>MENINO DOURADO: é um menino que, nas costas de um peixe denominado “dourado”, em noites de luar, pode ser visto deslizando sobre o rio. Protege os barqueiros. </li></ul><ul><li>MÃE-D’ÁGUA: Crendice popular de todas as regiões brasileiras. No Norte é Iara, no Sul habita as lagoas tranqüilas, mas atrai os pescadores para seus domínios. Metade mulher, metade peixe, também conhecida por Sereia. No Rio São Francisco é benfazeja e muitos pescadores juram tê-la visto. </li></ul>
  11. 11. Obrigado!!

×