Avaliacao

12,254 views

Published on

Sentido da avaliação.

Published in: Education, Technology, Business
1 Comment
3 Likes
Statistics
Notes
No Downloads
Views
Total views
12,254
On SlideShare
0
From Embeds
0
Number of Embeds
678
Actions
Shares
0
Downloads
253
Comments
1
Likes
3
Embeds 0
No embeds

No notes for slide

Avaliacao

  1. 1. Em todas as direções humanas, coloca-se a necessidade de avaliar. Avaliação é um tema transdisciplinar: ultrapassa fronteiras, convida para o diálogo diversas abordagens.  Avalia-se a aprendizagem, as condições físicas e pessoais, a natureza, os comportamentos e desempenhos.  Avalia-se tudo, sob ângulos e critérios diferentes, porque esta é uma questão humana.
  2. 2. Na prática escolar hoje... ainda são utilizadas formas padronizadas de instrumentos de avaliação através dos quais os alunos respondem o que foi transmitido pelo professor, reproduzindo os conteúdos, definidos como o certo e o errado. Afirma-se estar sendo avaliado o conhecimento... ... Porém as diversas práticas sociais de avaliação estão fundamentalmente marcadas pela idéia de seleção e não pelo compromisso com o conhecimento.
  3. 3. Avaliação – exigências democráticas / exigências pedagógicas Maria Teresa Esteban  É preciso reconstruir o sentido da avaliação. Tanto na escola quanto fora dela, a avaliação se caracteriza por sua potencialidade para orientar a certificação, a classificação e a seleção.
  4. 4. Avaliação: face escolar da exclusão social? “Uma sociedade excludente não poderia produzir uma escola includente.” Os processos de avaliação funcionam como um mecanismo de: 1. Seleção dos conhecimentos que serão avaliados: produzidos / socializados. 2. Articulado à globalização que intensifica a competição e reduz o papel do indivíduo – crescente necessidade de conhecimento. “ a presença do erro, mais que do acerto, coloca em discussão a prática pedagógica.”
  5. 5.  É fundamental que a avaliação deixe de ser instrumento de classificação, seleção e exclusão social e se torne uma ferramenta para professores comprometidos com a construção coletiva de uma escola de qualidade para todos. A avaliação é um dos maiores entraves ao sucesso escolar. É aí que aparece o processo de discriminação e exclusão onde as vítimas são as crianças das classes populares... são encaminhadas para o fracasso escolar. Denunciam o fracasso da sociedade que produz uma escola incapaz de lidar com a diferença.
  6. 6. Os desafios postos pelas múltiplas faces do cotidiano Cotidiano: tempo / espaço em que a vida se realiza Como na canção, “todo o dia ela faz tudo sempre igual...” A percepção do erro se mostra relevante na análise que o professor faz dos seus alunos o que contribui para a definição do processo avaliativo.
  7. 7. Novas formas de abordagem e avaliação “A punição é a pior maneira de tentar fazer um aluno crescer.” Thereza Penna Firme
  8. 8.  Contrapõe o desejo de liberdade e a alegria de viver aos rígidos códigos de conduta que regem as instituições educacionais mais arcaicas.
  9. 9. Professor que muda sua intenção no Celso Vasconcelos ato de avaliar: avaliação justa “Avaliar é localizar necessidades e se comprometer com sua superação.” É conhecer a realidade, é atuar sobre ela, enfrentá-la, desvendá-la, refletir e intervir, de modo que desse movimento decorram ações que a modifiquem.
  10. 10. Que aluno sou capaz de enxergar? ... e cer o nh ávido por descobrir rativo rc solidário c oope po j oso ético d ese ur ioso c tu oso ú nico ir i e sp o estético a fetiv pa r tic ipa tiv z o pic a p ers cheio de sonhos
  11. 11. ...reconhecer o “ritmo” de cada um, as diferenças individuais, seus desejos e necessidades “Ao definir suas propostas pedagógicas as escolas deverão explicitar o reconhecimento das identidade pessoal de alunos...”PCN
  12. 12. Intencionalidade: palavra-chave da avaliação De nada adianta mudar ferramentas, se o professor continuar classificando os alunos em bons e maus. Os alunos precisam ser avaliados global e qualitativamente. ... retomando objetivos
  13. 13.  Com a mudança no mercado de trabalho e o avanço da consciência crítica dos educadores, é preciso quebrar a lógica de 10 mil anos de avaliação excludente.  Se sonhamos com uma sociedade onde todos tenham voz ativa, então é preciso modificar tudo.  Não dá para discutir avaliação se não discutir antes que pessoa se quer formar.  É preciso rever conceitos, repensar práticas de aula,  replanejar e/ou buscar alternativas.
  14. 14. o la e sc a da ssol a bú ã o: li aç A va ... deve apontar caminhos para que professores, alunos e pais superem problemas de aprendizagem Avaliar é um ato de medir para se tomar decisão, que deve partir da mudança do professor, de sua maneira de agir.
  15. 15. A avaliação deve sinalizar o progresso do aluno Caso contrário, o professor precisa modificar o curso de seu barco. Todo aluno tem condição de aprender. Telma
  16. 16. Bibliografia Avaliação Ribeiro, Lucie Carrilho; "Avaliação da aprendizagem", Texto Editora, 1989 Carrasco, José Fernando, "Como avaliar a aprendizagem", Edições Clube do Professor, Portugal 1989 http://www.uol.com.br/novaescola/ed/138_dez00/html/hadji.doc. A Bússola da Escola-Jornal Escola Agora Jan/Fev/00- http://www.educacao.sp.gov.br/secretaria/orgaos/cenp/pec/emfoco.htm Entrevista > Celso dos Santos Vasconcelos PCNs – Introdução – vol I

×