Matematica saresp 2011

17,900 views

Published on

0 Comments
1 Like
Statistics
Notes
  • Be the first to comment

No Downloads
Views
Total views
17,900
On SlideShare
0
From Embeds
0
Number of Embeds
427
Actions
Shares
0
Downloads
83
Comments
0
Likes
1
Embeds 0
No embeds

No notes for slide

Matematica saresp 2011

  1. 1. DIRETORIA DE ENSINO NORTE 1<br />RELATÓRIO PEDAGÓGICO<br />SARESP 2010/2011<br />PCOP - JOZANI GREGOLIN<br />SUPERVISOR - MILITINO ROZA<br />
  2. 2. FINALIDADEs específicas:<br /><ul><li>(I) Saber em que direção caminha a Educação Básica paulista;
  3. 3. (II) Verificar se houve evolução em relação às avaliações dos últimos anos;
  4. 4. (III) Localizar evidências de melhoria e as fragilidades do ensino;
  5. 5. (IV) Buscar os aspectos diferenciais, os modelos bem sucedidos e sobretudo, as diferenças entre o desejado e o alcançado.</li></ul>PÁG VIII<br />
  6. 6. Distribuição :<br />Parte I - DADOS GERAIS<br /> Informações sobre o SARESP 2010, instrumentos utilizados e a abrangência;<br /> Parte II - RESULTADOS DE 2010<br /> Resultados relativos às disciplinas / anos;<br /> Parte III - ANÁLISE PEDAGÓGICA<br /> Aspectos pedagógicos relacionados ao Currículo. <br /> p.VIII<br />
  7. 7. Dados gerais<br />A escala de proficiência dos alunos do 5º, 7º, 9º anos do EF e 3ª série EM são consideradas nas mesmas escalas métricas do Saeb.<br />A escala de proficiência é pontuada em 125, 150, 175, 200, 225, 250, 275, 300, 325, 350, 375, 400, 425, onde o ponto 250 equivale a média dos alunos de 9º ano no Saeb 2007, em intervalos de 25 pontos (meio desvio padrão). <br />p.5 <br />
  8. 8. Descrição dos níveis :<br />
  9. 9. Escala cumulativa :<br /><ul><li>A lógica é que, quanto mais o aluno caminha ao longo da escala, mais habilidades terá desenvolvido. A descrição de cada ponto da escala apresenta as habilidades que os alunos desenvolveram, com base na média de desempenho (pela rede, diretoria ou escola, por ano / série). </li></ul>p.5<br />
  10. 10. SARESP 2009/ 2010<br />
  11. 11. Saresp 2009/2010<br />O 5º ano apresentou evolução positiva. Há mais alunos no adequado e avançado e o percentual de alunos no nível abaixo do básico diminuiu.<br />No 9º ano houve um retrocesso, pois houve um aumento de alunos no nível abaixo do básicos.<br />
  12. 12. Saresp 2009/2010<br /> Na 3ª série houve um movimento nos dois níveis inferiores, mas houve diminuição nos níveis adequados e avançados<br />p.41 -42<br />
  13. 13. Médias de proficiências – 2010matemática<br />
  14. 14. Níveis de proficiência :<br />
  15. 15. MATEmática Média de Proficiência Nível Adequado<br />Cálculo da defasagem (em anos):<br />5º ano - 7º ano - 9º ano - 3ª série EM<br /> (225) (250) (300) (350)<br /> 25 + 50 + 50 = 125<br /> Sendo do 5º ano até a 3ª EM = 7 anos<br />Então: 7 anos ->125 pontos<br /> Fazendo 125 : 7 = 17,9 ou 18 pontos /ano<br />
  16. 16. L. PORTUGUESA - Média Proficiência Nível Adequado<br />Cálculo da defasagem (em anos):<br />5º ano - 7º ano - 9º ano - 3ª série EM<br /> (200) (225) (275) (300)<br /> 25 + 50 + 25 = 100<br /> Sendo do 5º ano até a 3ª EM = 7 anos<br />Então: 7 anos ->100 pontos<br /> Fazendo 100 : 7 = 14 pontos /ano<br />
  17. 17. CIÊNCIAS DA NATUREZA MédiaProficiênciaNível Adequado<br />Cálculo da defasagem (em anos):<br /> 7º ano - 9º ano - 3ª série EM<br /> (250) (300) (350)<br /> 50 + 50 = 100<br /> Sendo do 7º ano até a 3ª EM = 5 anos<br />Então: 5 anos ->100 pontos<br /> Fazendo 100 : 5 = 20 pontos /ano<br />
  18. 18. Então... para calcular a defasagem do tempo (em anos) para cada disciplina:<br />MATEMÁTICA -> divide por 18<br />LÍNGUA PORTUGUESA -> divide por 14<br />CIÊNCIAS DA NATUREZA -> divide por 20<br />
  19. 19. SARESP<br />Sugestão para um trabalho na escola, voltado para a análise do “Boletim da Escola” e o Relatório do SARESP 2010<br />
  20. 20. O que a escola pode focar no dia do SARESP<br />28,5 pontos<br />2 ano(300 – 200) : 7  14 pontos / ano<br />67 pontos<br />3,5 anos(350 – 225) : 7  18 pontos / ano<br />93 pontos<br />4,5 anos (350 – 250) : 5  20 pontos / ano<br />Comparar também com os níveis esperados para cada ano / série<br />Juvenal de Gouveia - Eq. Técnica Mat. - SEE<br />
  21. 21. O que a escola pode focar no dia do SARESP<br />Observar a distribuição dos alunos pelos níveis de proficiência, em cada ano / série e relacionar com as habilidades específicas desses níveis, que podem ser encontradas no relatório do SARESP<br />
  22. 22. ANÁLISE DO DESEMPENHO DOS ALUNOS DO 7º ANO<br />NÍVEL ABAIXO DO BÁSICO: < 200<br /><ul><li>Identificam e interpretam dados apresentados em gráficos de colunas</li></ul>NÍVEL BÁSICO: 200 a < 250<br />- Identificam o gráfico setorial associado aos dados de uma tabela simples de dupla entrada;<br />- Resolvem problemas envolvendo a multiplicação de inteiros por um número decimal (uma casa).<br />48,3% DOS ALUNOS DESSA ESCOLA: Básico<br />P. 95<br />
  23. 23. 48,3% DOS ALUNOS DESSA ESCOLA: Básico<br />NÍVEL ADEQUADO: 250 A < 300<br /> -Não identificam um número de 4 algarismos, dado o valor de um de seus algarismos. <br /> -Não determinam a medida do ângulo de 180° associado a um giro descrito em texto e figura.<br />NÍVEL AVANÇADO:  300<br /> Não traduzem em linguagem corrente o significado da sentença 2x – x/2 = 6.<br />P. 96 - 97<br />
  24. 24. Exemplo de item que esse aluno faz:<br />
  25. 25. NÍVEL ABAIXO DO BÁSICO: <200<br />
  26. 26. NÍVEL BÁSICO: 200 a <250<br />P. 102<br />
  27. 27. Exemplo de item que esse aluno não faz:<br />
  28. 28. NÍVEL ADEQUADO: 250 a <300<br />
  29. 29. NÍVEL AVANÇADO: ≥300<br />P. 124<br />
  30. 30. OBRIGADA!!!!<br />BOM TRABALHO...<br />JOZANI GREGOLIN<br />JOGREGOLIN@GMAIL.COM<br />3868-9767<br />

×