Successfully reported this slideshow.
We use your LinkedIn profile and activity data to personalize ads and to show you more relevant ads. You can change your ad preferences anytime.

Departamento de Almoxarifado - Modelo básicas

44,423 views

Published on

Trabalho de Criação de Departamentos apresentada à disciplina de Gestão de Recursos Humanos do terceiro semestre Curso de Graduação Superior Tecnológica em Informática para a Gestão de Negócios da FATEC Zona Sul

Published in: Business, Lifestyle, Technology

Departamento de Almoxarifado - Modelo básicas

  1. 1. Plano de Ação e <br />Solicitação de requisitos<br />
  2. 2. 1 – What (o que será feito)<br />Criar sistema de suporte material a empresa, gerenciável, flexível, com controle, integrado aos sistema de compra e com automatização dos sistemas de controle.<br />
  3. 3. 2 – Who (quem fará)<br />Departamento de almoxarifado com suporte dos outros departamentos e diretoria.<br />
  4. 4. 3 – When (quando será feito)<br />Ajustado ao cronograma da empresa<br />Cenário mínimo de 3 anos<br />Cenário máximo de 6 anos<br />
  5. 5. 4 – Where (onde será feito)<br />No estoque - <br />No departamento de almoxarifado - <br />Na empresa - <br />Na organização - <br />Nos fornecedores - cadeia de produção<br />Na sociedade - Consumidor<br />
  6. 6. 5 – Why (por que será feito)<br />Para garantir a sinergia da empresa quanto ao uso e reserva de materiais e insumos.<br />Para fornecer fomento a competitividade da empresa no mercado.<br />Para comprometimento da organização para com a sociedade.<br />
  7. 7. 6 – How (como será feito)<br />A implantação será incremental e sua influência aumentará com o avanço das etapas:<br />Controle de estoque - técnicas (JIT,Kanban, Pocayoke)<br />Sistema de solicitação de materiais – licitações online e contratos de fornecimentos -SLAs<br />Integração com fornecedores e sistemas<br />ISOs , outras certificações e Normas ABNT<br />Automatização<br />Integração com stakeholders<br />Certificação ambiental<br />
  8. 8. 7 – How Much (quanto custará)<br />Ajustado ao orçamento da empresa - só diretoria<br />Estimativa mínima – 12% do faturamento da empresa<br />Estimativa máxima – 25% do faturamento da empresa<br /> <br />Investimento inicial – definido através do escopo de produção <br />
  9. 9. Requerimentos<br />
  10. 10. DIRETORIA <br />– Plano de negócio<br />– Missão<br />– Planejamento inicial de produção (start)<br />
  11. 11. DEPARTAMENTO DE MARKETING<br />– Insumos<br />
  12. 12. DEPARTAMENTO DE RH<br /> – Seleção e contratação de equipe<br />
  13. 13. DEPARTAMENTO DE ENGENHARIA<br /> – Padrões técnicos/ Insumos<br />
  14. 14. DEPARTAMENTO DE TI<br /> – Sistemas de controle<br />
  15. 15. DEPARTAMENTO DE PRODUÇÃO<br /> – Relação de insumos e bens de produção (canal direto)<br />
  16. 16. DEPARTAMENTO DE QUALIDADE<br /> – Sistemas e métodos certificados<br />
  17. 17. DEPARTAMENTO DE TRANSPORTE<br /> – Lead time com parceiros e terceiros<br />
  18. 18. DEPARTAMENTO DE MANUTENÇÃO<br /> – Requisitos de suporte (canal direto)<br />
  19. 19. Obrigado.<br />
  20. 20. Síntese do departamento<br />
  21. 21. FUNÇÕES:<br />Recebimentos<br />Armazenagem<br />Distribuição<br />
  22. 22. As atividades de recebimento abrangem desde a recepção do material na entrega pelo fornecedor até a entrada nos estoques. A função de recebimento de materiais é módulo de um sistema global integrado com as áreas de contabilidade, compras e transportes e é caracterizada como uma interface entre o atendimento do pedido pelo fornecedor e os estoques físico e contábil. <br /> <br />O recebimento compreende quatro fases :<br /> <br />1a fase : Entrada de materiais;<br />2a fase : Conferência quantitativa;<br />3a fase : Conferência qualitativa;<br />4a fase : Regularização<br />RECEBIMENTOS<br />
  23. 23. Recebimento / Organização de Materiais <br />Receber Materiais<br />Verificar Qualidade<br />(amostragem)<br />Relação do que foi recebido<br />(código de barras) <br />Etiquetas com informações<br />Fabricante :<br />Local do estoque :<br />Lote :<br />Comparar oque foi recebido<br />Com o que tem <br />na nota de compra<br />Armazenamento<br />no local correto<br />RECEBIMENTOS<br />
  24. 24. A guarda dos materiais no Almoxarifado obedece a cuidados especiais, que devem ser definidos no sistema de instalação e no layout adotado, proporcionando condições físicas que preservem a qualidade dos materiais, objetivando a ocupação plena do edifício e a ordenação da arrumação.<br /> <br />ARMAZENAGEM<br />
  25. 25. Os materiais devem ser distribuídos aos interessados mediante programação de pleno conhecimento entre as partes envolvidas.<br />Requisição de material:<br />Formulário de Pedido<br />Kanban<br /> <br />DISTRIBUIÇÃO<br />
  26. 26. Liberação de materiais – Produção<br />Solicitação da produção de quantos<br />kanbansprecisam, atentos ao tempo de montagem de cada kanban<br />O kanban uma vez pronto, desce<br />pela esteira<br />Leitura via cod. de barras para dar <br />baixa no estoque<br />O solicitante retira o Kanban<br /> e o encaminha para a produção<br />O estoque prepara o<br />pedido na área de montagem de kanban<br />DISTRIBUIÇÃO<br />
  27. 27. Liberação de materiais – Demais departamentos<br />Retirada ou entrega dos materiais<br />Requisição de material<br />devidamente preenchida<br />Tempo máximo de 48 horas<br />DISTRIBUIÇÃO<br />
  28. 28. Layout e Fluxo de trabalho<br />
  29. 29. Layout e Fluxo de trabalho<br />
  30. 30. Obrigado.<br />
  31. 31. Pedidos de compra<br />Modelos de documentos<br />
  32. 32. Entrada de mercadorias<br />Modelos de documentos<br />
  33. 33. Pedido de Materiais <br />Modelos de documentos<br />

×