Successfully reported this slideshow.
We use your LinkedIn profile and activity data to personalize ads and to show you more relevant ads. You can change your ad preferences anytime.

TDC2018SP | Trilha Testes - Testes de Acessibilidade - Qualidade para Todos

69 views

Published on

TDC2018SP | Trilha Testes - Testes de Acessibilidade - Qualidade para Todos

Published in: Education
  • Be the first to comment

  • Be the first to like this

TDC2018SP | Trilha Testes - Testes de Acessibilidade - Qualidade para Todos

  1. 1. Certificação em Qualidade - Acessibilidade everis Centro de Certificação de Aplicações #qualidadeparatodos! | S Ã O P A U L O | 2 0 1 8 Fim do slaide, para continuar a navegação, pressione paije daón para avançar.
  2. 2. Fim do slaide, para continuar a navegação, pressione paije daón para avançar.
  3. 3. Índice 1 - CONTEXTO E OBJETIVO 2 - DIRETRIZES W3C WCAG 2.0 3 - ESCOPO E METODOLOGIA 4 - FERRAMENTAS 5 - CASE Fim do slaide, para continuar a navegação, pressione paije daón para avançar ou paije ap para retornar.
  4. 4. # 4 Centro de Certificação de Aplicações contexto e objetivo O que são Testes de Acessibilidade? 1 Acessibilidade, refere-se a prática inclusiva de fazer softwares que possam ser utilizados por todas as pessoas que tenham deficiência ou não. 2 Ela é realizada para garantir que a aplicação testada seja utilizável, da forma mais amigável possível, por pessoas com deficiência, incluindo limitações de audição, visão, idade avançada, entre outros. 3 Quando os softwares são corretamente concebidos, desenvolvidos e editados, todos os usuários podem ter igual acesso à informação e funcionalidades. 4 As pessoas com deficiência usam tecnologia assistiva que as ajudam a operar uma aplicação. Entre essas tecnologias, estão softwares de reconhecimento de fala e leitores de telas (Screen Readers) por exemplo. Fim do slaide, para continuar a navegação, pressione paije daón para avançar ou paije ap para retornar.
  5. 5. # 5 Centro de Certificação de Aplicações contexto e objetivo Porque garantir os testes de acessibilidade? 1 Atender ao mercado de pessoas com deficiência. Um software/aplicação pode atender a este grande mercado, se ele for criado de forma amigável as pessoas com deficiência (45,6 Milhões – onde 3,5% a mais comum é visual). Os problemas de acessibilidade em um software/aplicação podem ser resolvidos se a certificação acessível fizer parte do ciclo de vida normal do teste. 2 Cumprir legislação de acessibilidade Agências governamentais em todo o mundo estão definindo e aplicando legislações relativas a pessoas com deficiência, as quais exigem que os softwares e aplicações de TI devem ser acessíveis por pessoas com deficiência. Por isso a importância da certificação acessível garantir a conformidade legal. 3 Evitar potenciais processos judiciais. Empresas que fazem parte da Fortune 500 já foram processadas devido aos seus produtos não serem amigáveis as pessoas com deficiência, o que gerou também um impacto negativo para as suas imagens. Fonte IBGE Fim do slaide, para continuar a navegação, pressione paije daón para avançar ou paije ap para retornar.
  6. 6. Índice 1 - CONTEXTO E OBJETIVO 2 - DIRETRIZES W3C WCAG 2.0 3 - ESCOPO E METODOLOGIA 4 - FERRAMENTAS 5 - CASE Fim do slaide, para continuar a navegação, pressione paije daón para avançar ou paije ap para retornar.
  7. 7. # 7 Centro de Certificação de Aplicações diretrizes W3C WCAG 2.0 e recomendações WebAIM Base para a Certificação Acessível Diretrizes Para o nosso processo de Certificação em Acessibilidade, utilizamos como base as diretrizes W3C WCAG 2.0 e recomendações WebAIM. As Diretrizes de Acessibilidade para Conteúdo Web abrangem um vasto conjunto de recomendações que têm como objetivo tornar o conteúdo Web mais acessível. Os critérios de sucesso são escritos sob a forma de declarações testáveis, que não dependem de uma tecnologia específica, o que possibilita a definição do nosso processo de certificação acessível em qualquer tecnologia web. Níveis de Conformidade O W3C WCAG 2.0 possui 3 níveis de conformidade, sendo que para obter a certificação de cada nível, é necessário atender os seus requisitos de forma completa. Nível A: Para uma conformidade de Nível A (o nível mínimo de conformidade), a página Web deve satisfazer todos os critérios de sucesso deste nível ou é fornecida uma versão alternativa de conformidade. Nível AA: Para uma conformidade de Nível AA, a página Web deve satisfazer todos os critérios de sucesso de Nível A e AA ou é fornecida uma versão alternativa de conformidade para AA. Nível AAA: Para uma conformidade de Nível AAA, a página Web deve satisfazer todos os critérios de sucesso de Nível A, AA e AAA ou é fornecida uma versão alternativa de conformidade para AAA. Fim do slaide, para continuar a navegação, pressione paije daón para avançar ou paije ap para retornar.
  8. 8. # 8 Centro de Certificação de Aplicações diretrizes W3C WCAG 2.1 e recomendações WebAIM Base para a Certificação Acessível Durante o nosso processo de certificação (seja ele manual ou automático, os quais descreveremos posteriormente), avaliamos os 3 níveis de conformidade e definimos também a estratégia a ser alcançada com os testes, com base em cada parte específica do site. Isto é necessário pois em alguns casos, dependendo do conteúdo, pode não ser possível atingir o nível AAA por exemplo. Segue abaixo de forma não exaustiva, alguns componentes que são avaliados durante a certificação acessível com base no W3C WCAG 2.1: - Uso de unidades absolutas para tamanho de textos no código. - Contraste das informações. - Links para contornar blocos de informação. - Marcação do idioma principal na página. - Texto alternativo em imagens. - Marcação de cabeçalhos. - Padrões HTML + CSS. Fim do slaide, para continuar a navegação, pressione paije daón para avançar ou paije ap para retornar.
  9. 9. Índice 1 - CONTEXTO E OBJETIVO 2 - DIRETRIZES W3C WCAG 2.0 3 - ESCOPO E METODOLOGIA 4 - FERRAMENTAS 5 - CASE Fim do slaide, para continuar a navegação, pressione paije daón para avançar ou paije ap para retornar.
  10. 10. # 10 Centro de Certificação de Aplicações escopo e metodologia Metodologia de Trabalho Como citado anteriormente, o nosso processo de trabalho é efetuado em duas fases distintas, sendo elas: Automatizado Manual Os testes manuais são efetuados por uma equipe híbrida de Analista de Testes e PCDs. O intuito é permitir que a experiência dos usuários finais seja garantida por profissionais que entendam em toda sua amplitude a necessidade de acessibilidade. Os analistas de testes guiam os PCDs durante os testes, efetuando a interface com a equipe de desenvolvimento, responsável pela correção dos defeitos encontrados. Fim do slaide, para continuar a navegação, pressione paije daón para avançar ou paije ap para retornar.
  11. 11. Índice 1 - CONTEXTO E OBJETIVO 2 - DIRETRIZES W3C WCAG 2.0 3 - ESCOPO E METODOLOGIA 4 - FERRAMENTAS 5 - CASE Fim do slaide, para continuar a navegação, pressione paije daón para avançar ou paije ap para retornar.
  12. 12. # 12 Centro de Certificação de Aplicações ferramentas Ferramentas de suporte para a análise estática e apoio aos PCDs Durante o nosso processo de certificação acessível as ferramentas de análise estática (código) e de apoio dos PCDs possuem um papel essencial, não só para a garantia da qualidade, mas também para a viabilidade dos testes. Como posicionado, existem duas categorias de ferramentas: Fim do slaide, para continuar a navegação, pressione paije daón para avançar ou paije ap para retornar.
  13. 13. # 13 Centro de Certificação de Aplicações ferramentas Inspeção de código acessível As ferramentas de inspeção de código acessível, tem como objetivo efetuar uma varredura nos códigos das páginas web, de forma automática e rápida, indicando toda e qualquer não conformidade frente as questões de acessibilidade. O resultado destas ferramentas são avaliados pela nossa equipe de certificação acessível, e enviada à equipe de desenvolvimento para análise e posterior correção. Suporteaos PCDs As ferramentas de suporte aos PCDs possuem como objetivo permitir que as pessoas com deficiência possam ter acesso ao conteúdo digital de maneira fácil e intuitiva. Fim do slaide, para continuar a navegação, pressione paije daón para avançar ou paije ap para retornar.
  14. 14. Índice 1 - CONTEXTO E OBJETIVO 2 - DIRETRIZES W3C WCAG 2.0 3 - ESCOPO E METODOLOGIA 4 - FERRAMENTAS 5 - CASE Fim do slaide, para continuar a navegação, pressione paije daón para avançar ou paije ap para retornar.
  15. 15. # 15 Centro de Certificação de Aplicações case 45.000 Horas de Projeto + 30 Profissionais Capacitados + 3 Anos Atuando em Acessibilidade Diversos Projetos Realizados Fim do slaide, para continuar a navegação, pressione paije daón para avançar ou paije ap para retornar.
  16. 16. # 16 Centro de Certificação de Aplicações case de um grande banco Testes de Acessibilidade Garantir que o conteúdo das páginas institucionais de um grande banco estivessem acessíveis para pessoas com deficiência visual. Realizamos o desenvolvimento e validação em conjunto com PCD’s , para garantir que os sites estavam em acordo com as Diretrizes W3C, WCAG 2.0 e recomendações WebAIM. Escopo – foram validados - Página de login - Páginas de atendimento - Páginas de boletos - Páginas de renegociação - Páginas de serviços Fim do slaide, para continuar a navegação, pressione paije daón para avançar ou paije ap para retornar.
  17. 17. # 17 Centro de Certificação de Aplicações case de um grande banco Resumo Foram realizadas validações seguindo as normas WCAG 2.0 para inspeção visual e não visual da página de login, página de atendimento, página de boleto, página de renegociação e página de serviços (todas áreas não logadas). Principais Apontamentos: - Não foi possível realizar os testes no navegador Google Chrome. - Ao habilitarmos o zoom de 200% os componentes de acesso para pessoa física e jurídica somem da tela, funcionalidade inoperante. - Logo do banco na tela inicial está sem descrição alternativa para os usuários e está sendo identificado como link. - Idioma das páginas estavam formatados como inglês “en”, correto seria Português-Brasil “pt-br”. - Ao realizar a navegação inversa o foco fica preso nos campos de agência e conta, impossibilitando a navegação. - O campo sem rótulo impossibilita ao usuário saber com segurança do que se trata aquele componente. Impacto na segurança para o usuário final. Os apontamentos citados conflitam com a norma WCAG 2.0, e também as leis que abordam as questões de acessibilidade decreto lei 5296/2004 e Lei N° 13.146 de 6 de Julho de 2015. Fim do slaide, para continuar a navegação, pressione paije daón para avançar ou paije ap para retornar.
  18. 18. Obrigado! Fim do slaide, para continuar a navegação, pressione paije ap para retornar. Contatos: @Roberto Fonseca – ralvesfo@everis.com / @Marcelo Vieira – mvieirsa@everis.com

×