Successfully reported this slideshow.
We use your LinkedIn profile and activity data to personalize ads and to show you more relevant ads. You can change your ad preferences anytime.

TDC2017 | São Paulo - Trilha Design Thinking How we figured out we had a SRE team at - Drops de Inovação

54 views

Published on

Trilha Design Thinking How we figured out we had a SRE team at - Drops de Inovação

Published in: Education
  • Be the first to comment

TDC2017 | São Paulo - Trilha Design Thinking How we figured out we had a SRE team at - Drops de Inovação

  1. 1. DROPS DE INOVAÇÃO para sistemas legados
  2. 2. PATRICIA PRADO Co-fundadora do Ideativo Design e especialista em UX Design (UFSC), mestranda em Design (UDESC), na linha de pesquisa Interfaces e interações comunicacionais, escritora do uxdesign.cc Brasil, líder regional do IxDA e organizadora do Interaction South America 2017.
  3. 3. DESIGN COM FORMA, CONTEÚDO E PERSONALIDADE
  4. 4. Soluções digitais que buscam aliar o conforto dos usuários com as regras de negócios e tecnologia dos clientes sites, aplicativos, softwares, testes de usabilidade, wireframes, protótipos
  5. 5. Também somos especialistas em sistemas legados
  6. 6. THE THIRD WAVE OF THE INFORMATION AGE ERIC SCHAFFE, HUMAN FACTORS INTERNACIONAL 1970 1980 2000 Hardware Software Experience
  7. 7. Frustraçõ esMuitas oportunidades, ferramentas, ideias, mas na hora de aplicar a sensação de que nada muda.
  8. 8. Sua essência está em questionar o processo ou produto atual, buscando novos métodos e técnicas que promovem ruputuras, mesmo que parcial, impactando em produtos e serviços e promovem o desenvolvimento humano. Tim Hurson: Pense melhor Inova r
  9. 9. Os sistemas legados tem uma operação eficiente que garantem consistência, aderência às regras de negócio e disponibilidade. Por outro lado, mostra-se arredia às experimentações e disrupções. Por isso, errar rápido, aprender e agir é difícil de ser práticado. Mas …
  10. 10. Também busca fazer mais com menos recursos, ou potencializar eficiência em processos, buscando sempre sua sustentabilidade e escalabilidade. Inova ção
  11. 11. Produzimos sempre para outras pessoas, e as formas e artefatos estão sujeitos a adaptações de uso e as mudanças de percepção pelas pessoas. Rafael Cardoso: Design para um mundo complexo
  12. 12. O autor de “Elements of User Experience”, Garrett, inspirou Trevor van Gorp a criar uma metáfora: “the user experience iceberg”. Gorp quer dizer que mesmo empresas com alto nível de maturidade tendem a focar a área design exclusivamente na superfície (UI Design) 
  13. 13. Isso é um comportamento natural, visto que a user interface (UI) é a camada mais emocional do UX. No entanto, está longe de ser todo o conceito, é apenas a ponta do iceberg.
  14. 14. Por isso, entender as variáveis e questioná-las, levam a pensar em técnicas que trazem inovação ao
  15. 15. Bas Leurs: Design research: design as worldmaking
  16. 16. Design Tecnologia Negócios IMERGIR IDEAR PROTOTIPAR UXProcesso de trabalho Ideativo
  17. 17. Visão sistêmica
  18. 18. NO MUNDO REAL Cases de mercado
  19. 19. INOVAÇÃO Benefícios da
  20. 20. Ser mais assertivos nas funcionalidades que precisam de mais esforço Refletir antes de desenvolver
  21. 21. Ter visão de toda a funcionalidade oferecendo eficiência nas estimativas Escopo bem definido
  22. 22. Envolver o usuários e a equipe no processo decisório Democratizar a decisão
  23. 23. São pessoas construindo soluções para pessoas. Lembre-se
  24. 24. www.ideativodesign.com.br Vem conhecer o Ideativo Design
  25. 25. Obrigada! #somosideativos patricia@ideativodesign.com.br

×