TomeByte

985 views

Published on

Apresentação do grupo TomeByte na matéria de Fundamentos da Computação do curso de Sistemas de Informação da Universidade Federal de sergipe.

Published in: Technology, Design
0 Comments
0 Likes
Statistics
Notes
  • Be the first to comment

  • Be the first to like this

No Downloads
Views
Total views
985
On SlideShare
0
From Embeds
0
Number of Embeds
37
Actions
Shares
0
Downloads
5
Comments
0
Likes
0
Embeds 0
No embeds

No notes for slide

TomeByte

  1. 1. GRUPO TOMEBYTE INTEGRANTES: OTÁVIO MANOEL, JAILTON JR., CHRISTIAN DANTAS, ARIAN DANTAS, ELAINE. PROFESSOR: ROGÉRIO CHAGAS DO NASCIMENTO MATÉRIA: FUNDAMENTOS DA COMPUTAÇÃO Educação Profissional 171 – UFS
  2. 2. Educação Profissional
  3. 3. Situação do Profissional de Informática no Brasil <ul><li>Regulamentação dos profissionais de Informática </li></ul><ul><li>Criação do CONIN </li></ul>
  4. 4. Regulamentação dos profissionais de Informática <ul><li>Está em trâmite no Congresso Nacional o projeto de lei que cria o CONIN, Conselho Nacional de Informática, que regulará as atividades dos profissionais ligados à informática, como programadores, analistas, técnicos em informática, etc. </li></ul>
  5. 5. Regulamentação dos profissionais de Informática <ul><li>Da mesma forma, já foi apresentada ao Congresso Nacional o projeto de lei que cria o CONFREI (Confederação Nacional de Informática) e o CREI (Conselho Regional de Informática), que é o equivalente ao sistema CONFEA e CREA para as profissões ligadas à informática (técnicos, analistas, programadores, etc). </li></ul>
  6. 6. Alguns artigos do projeto de lei : <ul><li>Art. 1º - É livre, em todo o território nacional, o exercício das atividades relacionadas com a Informática e o uso dos seus recursos técnicos, observadas as disposições legais. </li></ul><ul><li>Art. 2º - A designação de Analista de Informática é privativa:  </li></ul><ul><li>I – dos possuidores de diploma de nível superior em Informática, tais como: Analista de Sistema, Ciência da Computação, Informática, Engenheiro de Computação, Tecnólogo de Informática, ou correlatos, expedido no Brasil por escolas oficiais ou reconhecidas pelo Governo federal; </li></ul><ul><li>IV – dos que, na data de entrada em vigor desta lei, tenham exercido comprovadamente, através da carteira profissional, durante o períodode no mínimo 2 anos: as atividades de Analista de Informática, conforme o art. 4; ou desempenhado a função de Analista de Sistema ou Programador de Computador. </li></ul>
  7. 7. Alguns artigos do projeto de lei : <ul><li>Art. 3º - Poderão exercer a profissão de Técnico de Informática:  </li></ul><ul><li>I – os portadores de diploma de segundo grau ou equivalente, diplomados em Curso Técnico de Informática, reconhecido pelos órgãos competentes;  </li></ul><ul><li>II – os que, na data de entrada em vigor desta lei, tenham exercido, comprovadamente, através de carteira profissional, durante o período de, no mínimo, 1 ano, a função de Técnico de Informática e que requeiram o respectivo registro no Ministério do Trabalho. </li></ul>
  8. 8. Alguns artigos do projeto de lei : <ul><li>Art. 6º - O Conselho Nacional de Informática (CONIN), entidade civil de caráter privado, é a instância da sociedade organizada responsável pelo exercício profissional dos trabalhadores e empresas que trata esta lei, em todo o território nacional. </li></ul>
  9. 9. Regulamentação dos profissionais de Informática <ul><li>Esses orgaos seriam responsaveis por administrar todas as profissoes da area de informatica , algumas das funcoes são criar normas e padroes para o exercicio das atividades profissionais em informatica , Definir Funcoes e nomeclaturas de outras funcoes em informatica , definir um codigo de etica para a informatica e emitir certificados de qualificação que ira regularizar sua profissao com o governo. </li></ul>
  10. 10. Educação Profissional
  11. 11. Perfis Profissionais <ul><li>Analista de Sistemas </li></ul><ul><ul><li>“ Aquele que organiza e desenvolve processos informacionais em redes de computadores.” Brasil Profissões. </li></ul></ul><ul><li>Engenheiro de Software </li></ul><ul><ul><li>&quot;Engenharia de software é a criação e a utilização de sólidos princípios de engenharia a fim de obter software de maneira econômica, que seja confiável e que trabalhe eficientemente em máquinas reais&quot; . Friedrich Ludwig Bauer </li></ul></ul>
  12. 12. Perfis Profissionais <ul><li>Programador </li></ul><ul><ul><li>Programadores de sistemas implantam sistemas aplicativos específicos ou básicos e preparam os computadores para que eles recebam e executem os comandos necessários. </li></ul></ul><ul><li>Webmaster e Webdesigner </li></ul><ul><ul><li>Gerência e Estética de um website. </li></ul></ul><ul><li>Gerente de Redes </li></ul><ul><ul><li>São profissionais responsáveis pelo sistema de comunicação através de computadores dentro das empresas, cabendo-lhes instalar, configurar e manter uma rede de computadores, incluindo os seus equipamentos (hardware) e programas de software necessários ao seu funcionamento . </li></ul></ul>
  13. 13. Perfis Profissionais <ul><li>Gestor de informática </li></ul><ul><ul><li>É responsável pelo gerenciamento de softwares e hardwares, e pela segurança dos mesmos. </li></ul></ul><ul><li>Técnico em Informática </li></ul><ul><ul><li>Programadores, Técnicos em rede, e manutenção de hardware . </li></ul></ul><ul><li>Gerente de Banco de Dados </li></ul><ul><ul><li>Responsável pelo gerenciamento de uma base de dados. </li></ul></ul>
  14. 14. Perfis Profissionais <ul><li>Gestor Da Informação </li></ul><ul><ul><li>A Gestão da Informação é um processo que consiste nas atividades de busca, identificação, classificação, processamento, armazenamento e disseminação de informações, independentemente do formato ou meio em que se encontra (seja em documentos físicos ou digitais) . </li></ul></ul>
  15. 15. Educação Profissional
  16. 16. Ética e Conduta Profissional <ul><li>Código de Conduta ACM </li></ul><ul><li>Importância da Ética Profissional </li></ul>
  17. 17. Código de Conduta ACM <ul><li>O compromisso para a conduta profissional é esperado de todos os membros (votantes, associados e estudantes) da ACM. Este código identifica várias questões que os profissionais podem enfrentar, e prevê pautas para lidar com as mesmas. </li></ul>
  18. 18. Código de Conduta ACM <ul><li>Contribuir para a sociedade e o bem-estar do ser humano </li></ul><ul><li>Evitar de prejudicar os outros </li></ul><ul><li>Ser honesto e digno de confiança </li></ul><ul><li>Ser imparcial e realizar ações sem discriminação </li></ul><ul><li>Honrar direitos de propriedade </li></ul>
  19. 19. Código de Conduta ACM <ul><li>Acessar recursos computacionais e de comunicação somente quando autorizado </li></ul><ul><li>Respeitar a Privacidade de outros </li></ul><ul><li>Esforçar-me para concluir com a mais alta qualidade todos os processos e produtos </li></ul><ul><li>Competência profissional </li></ul><ul><li>Conhecer e respeitar as leis ligadas ao trabalho profissional </li></ul>
  20. 20. Código de Conduta ACM <ul><li>Honrar contratos e responsabilidades </li></ul><ul><li>Repartir conhecimentos técnicos, incluindo os impactos de sistemas e suas limitações </li></ul><ul><li>Gerenciar pessoas e recursos para planejar e construir sistemas de informação que aumentem a qualidade da vida profissional </li></ul><ul><li>Apoiar e promover os princípios deste código </li></ul><ul><li>Comprometer-me a realizar ações apropriadas se o código for violado </li></ul>
  21. 21. Código de Conduta ACM <ul><li>A aderência de profissionais a um código de ética é uma questão voluntária. Se um membro não aceitar ou não seguir este código, isso deve ser entendido que a vinculação à ACM deve ser terminada. </li></ul>
  22. 22. Educação Profissional
  23. 23. Campos de Atuação <ul><li>Ciência </li></ul><ul><li>Economia </li></ul><ul><li>Serviços Públicos </li></ul><ul><li>Educação e Aprendizagem </li></ul><ul><li>Entretenimento e Socialização </li></ul>
  24. 24. Campos de Atuação <ul><li>Funções de profissional na área : </li></ul><ul><ul><li>Mantém o sistema funcionando da melhor forma possível; </li></ul></ul><ul><ul><li>Desenvolve novos programas úteis; </li></ul></ul><ul><ul><li>Aperfeiçoa os já existentes; </li></ul></ul><ul><ul><li>Administra bancos de dados. </li></ul></ul>
  25. 25. Para mais informações, acesse: <ul><li>tomebyte.blogspot.com </li></ul>

×