Successfully reported this slideshow.
We use your LinkedIn profile and activity data to personalize ads and to show you more relevant ads. You can change your ad preferences anytime.

of

Arquitetura e/ou urbanismo Slide 1 Arquitetura e/ou urbanismo Slide 2 Arquitetura e/ou urbanismo Slide 3 Arquitetura e/ou urbanismo Slide 4 Arquitetura e/ou urbanismo Slide 5 Arquitetura e/ou urbanismo Slide 6 Arquitetura e/ou urbanismo Slide 7 Arquitetura e/ou urbanismo Slide 8 Arquitetura e/ou urbanismo Slide 9 Arquitetura e/ou urbanismo Slide 10 Arquitetura e/ou urbanismo Slide 11 Arquitetura e/ou urbanismo Slide 12 Arquitetura e/ou urbanismo Slide 13 Arquitetura e/ou urbanismo Slide 14 Arquitetura e/ou urbanismo Slide 15 Arquitetura e/ou urbanismo Slide 16 Arquitetura e/ou urbanismo Slide 17 Arquitetura e/ou urbanismo Slide 18 Arquitetura e/ou urbanismo Slide 19 Arquitetura e/ou urbanismo Slide 20 Arquitetura e/ou urbanismo Slide 21 Arquitetura e/ou urbanismo Slide 22 Arquitetura e/ou urbanismo Slide 23 Arquitetura e/ou urbanismo Slide 24
Upcoming SlideShare
What to Upload to SlideShare
Next

0 Likes

Share

Arquitetura e/ou urbanismo

Presentation in Portuguese delivered online at the PROPUR 50 anos webinar series.

Related Audiobooks

Free with a 30 day trial from Scribd

See all
  • Be the first to like this

Arquitetura e/ou urbanismo

  1. 1. ARQUITETURA E/OU URBANISMO Dra Silvia Tavares University of the Sunshine Coast Austrália
  2. 2. Povos Aborígenes Povos das Ilhas do Estreito de Torres I would like to acknowledge the Gubbi Gubbi people who are the traditional owners of the land from where I am delivering this presentation. I would also like to pay my respects to the Elders, past, present and future. Gostaria primeiramente de registrar o meu reconhecimento ao povo Gubbi Gubbi, tradicionais proprietários das terras de onde faço essa apresentação. Gostaria também de registrar meu respeito aos seus antepassados, gerações presentes e futuras. RECONHECIMENTO
  3. 3. • 2003/2 – Bacharel em Arquitetura e Urbanismo (UFPel) • 2005-2007 – Mestre em Habitabilidade da Edificação e da Urbanização (PROPAR/UFRGS) • 2008-2010 – Professora efetiva Universidade Federal do Tocantins (UFT) Conforto Ambiental e Projeto Arquitetônico • 2011-2014 – Doutora em Urban Landscapes – Lincoln University, Nova Zelândia Conforto Urbano: Percepção e capacidade de adaptação ao microclima urbano • 2011-2016 – Professora Lincoln University Bachelor of Landscape Architecture • 2014 – Pesquisadora visitante – Instituto de Pesquisa em Desenvolvimento Regional e Urbano (ILS) • 2017-2020 – Professora efetiva (lecturer) full-time – James Cook University Bachelor of Planning e Bachelor of Environmental Practice • 2020-presente – Professora efetiva (lecturer) full-time – University of the Sunshine Coast Bachelor of Urban Design and Town Planning, Honours APRESENTAÇÃO
  4. 4. • Universidades 40 universidades 37 públicas e 3 privadas • Escolas vocacionais ENSINO SUPERIOR NA AUSTRÁLIA
  5. 5. • Arquitetura • Building Design (Architects Accreditation Council of Australia – AACA; Australian Institute of Architects – AIA) • Architectural Studies (Teoria e história) • Interior Architecture • Urbanismo • Regional Planning e Urban/Town Planning (Planning Institute of Australia – PIA) • Urban Design (pós-graduação) • Landscape Architecture (Arquitetura da Paisagem) (Australian Institute of Landscape Architects – AILA) • Building/Architectural Science ARQUITETURA E URBANISMO NO MODELO ANGLO-SAXÃO
  6. 6. Hebbert, M. (2006). Town planning versus urbanismo. Planning Perspectives, 21(3), 233–251. https://doi.org/10.1080/02665430600731153 TOWN PLANNING VS URBANISMO
  7. 7. Town planning is Anglo-Saxon, urbanism is Latin. Planejamento urbano é visto como uma profissão distinta da Arquitetura e da Engenharia. Gordon Cherry líder no estabelecimento do ‘Planejamento Urbano Inglês’ como uma disciplina independente e tão importante quanto a Arquitetura e a Engenharia. Cherry acreditava que os ‘planejadores’ deveriam evitar qualquer alusão à forma física, e deveriam focar a prática profissional na regulamentação e gestão das cidades – trabalho técnico guiado por uma consciência social. (Hebbert, 2006) (UK - 1931-1996) TOWN PLANNING VS URBANISMO
  8. 8. • Fase de formação (final dos anos 1800-1940): Estabelecimento do Instituto de Urbanismo (TPI) e consolidação da educação específica de planejamento urbano • Fase de consolidação (1950-1960): Foco nas ciências exatas, e mudança de generalista para especialista • Fase de fragmentação (1970-1980): Crise intelectual e desilusão profissional, novo apelo ao pluralismo educacional • Fase de reconstituição (1990s): Mudança de foco da cidade para o planejamento ambiental e da prática para a pesquisa para formulação do planejamento como uma área específica de conhecimento • Fase de amadurecimento (2000s): Questionamentos sobre as atribuições profissionais que são únicas dos Urban Planners, e que arquitetos e outras profissões não podem desempenhar. Retorno à espacialidade e à sociedade como foco central do desenvolvimento e projetos urbanos. Mesmo antes dos anos 1950, quando Urban Planning tinha um forte foco no projeto, a preocupação central ainda era a geometria em si e em planta, ao invés do efeito dessa geometria nos usuários dos espaços. O urbanismo anglo-saxão contemporâneo, busca através do placemaking, urbanismo tático, caminhabilidade e a redescoberta dos centros urbanos, retomar a 'espacialidade social’ A EVOLUÇÃO DA PROFISSÃO DE TOWN PLANNING
  9. 9. 29 cursos regulamentados e credenciados no PIA: • University of the Sunshine Coast (USC) Desenho urbano, projeto da rua e placemaking • University of Queensland (UQ) Politicas públicas e planejamento estratégico • Queensland University of Technology (QUT) Ambiente construído: gestão e construção de projetos urbanos, economia e mercado imobiliário • Griffith University Preservação e gestão ambiental FOCO/IDENTIDADE DOS CURSOS DE PLANEJAMENTO EM QUEENSLAND
  10. 10. DESENHO E PLANEJAMENTO URBANO: CORPO DOCENTE DA USC
  11. 11. DESENHO E PLANEJAMENTO URBANO: GRADUAÇÃO NA USC
  12. 12. DESENHO E PLANEJAMENTO URBANO: GRADUAÇÃO NA USC
  13. 13. 6 meses após a formatura mais de 80% dos novos profissionais já estão empregados • Prefeituras • Governo estadual • Governo federal • Empresas privadas Atribuições: • Planejamento estratégico • Leis de uso do solo/Planos diretores • Avaliação e aprovação de projetos urbanos • Planejamento de serviços e infraestrutura • Planejamento de mobilidade e transportes • Desenho urbano e placemaking • Renovações urbanas • Planejamento ambiental e gestão de recursos naturais • Preservação patrimonial • Planejamento regional e rural DESENHO E PLANEJAMENTO URBANO: MERCADO DE TRABALHO
  14. 14. • Honours • Graduate Certificate • Graduate Diploma • Masters by coursework • Masters by research • PhD DESENHO E PLANEJAMENTO URBANO: PÓS-GRADUAÇÃO NA USC
  15. 15. Dr Nicholas Stevens Human factors and sociotechnical systems for urban design and town planning Professora Claudia Baldwin Aging populations Coastal management Dra Silvia Tavares Urban climate/microclimate Urban Design PESQUISA: ÁREAS DE CONCENTRAÇÃO
  16. 16. REFLEXÃO... POR QUE A USC BUSCA UM CAMINHO DIFERENTE?
  17. 17. CANBERRA – CITY BEAUTIFUL Walter Burley Griffin, 12 March 1913
  18. 18. MORFOLOGIA URBANA
  19. 19. A VISÃO
  20. 20. O QUE SE BUSCA
  21. 21. O RESULTADO FREQUENTE
  22. 22. O RESULTADO FREQUENTE
  23. 23. Mehaffy, M., & Low, S. (2018). The resurgence of public space: from the Charter of Athens to the New Urban Agenda. The Journal of Public Space, 3(Vol. 3 n. 3), 1–24. https://doi.org/10.32891/jps.v3i3.1134 BRASIL & AUSTRÁLIA
  24. 24. stavares@usc.edu.au

Presentation in Portuguese delivered online at the PROPUR 50 anos webinar series.

Views

Total views

107

On Slideshare

0

From embeds

0

Number of embeds

29

Actions

Downloads

0

Shares

0

Comments

0

Likes

0

×