Modelo proposta pedagógica

57,134 views

Published on

Modelo proposta pedagógica

  1. 1. PROPOSTA PEDAGÓGICA "Educar é um exercício de imortalidade. De alguma forma continuamos a viver naqueles cujos olhos aprenderam a ver o mundo pela magia da nossa palavra. O professor, assim, não morre jamais... Entendo assim a tarefa primeira do educador: Dar aos alunos a razão para viver”. RUBEM ALVES Sabe-se que a humanidade vive hoje um momento de desenvolvimentoacelerado e nossos adolescentes convivem numa sociedade em constantesmudanças, não podendo, portanto, serem submetidas a uma ação educativaestagnada no tempo e no espaço. Cientes de que a educação do adolescente exercegrande influência na formação do indivíduo e acreditando numa educação para acidadania, que tenha em vista a qualidade de formação do ser humano, projetamosum Ensino Fundamental e Médio voltado para o desenvolvimento do indivíduo na suatotalidade. Este possui uma identidade própria e exige uma educação que contemple oser que ela é neste momento.II – OBJETIVOS:1. GERAIS: oferecer conteúdos para a reflexão sobre a prática educativa, reflexão esta necessária para explicitar os critérios que justificam escolhas e decisões de ordem pedagógica junto aos alunos; ampliar a coerência e homogeneização das práticas educativas da escola, através da discussão em equipe dos profissionais, em busca da elaboração de projetos coerentes para esta unidade educativa; oportunizar aos alunos acesso ao conhecimento sistematizado de forma re- elaborada e crítica, visando a sua participação efetiva no processo de transformação social e o exercício pleno de sua cidadania e autonomia;
  2. 2. oferecer a releitura crítica e com qualidade dos conteúdos programáticos, buscando relacioná-los com a realidade vivenciada pela comunidade; desenvolver as possibilidades de lazer, atividades físicas, culturais, artísticas, científicas e educacionais envolvendo todas as áreas do conhecimento de forma contextualizada; preservar o envolvimento da família no processo ensino-aprendizagem de seus filhos, conscientizando-os de que é de vital importância sua efetiva participação em todo o processo de desenvolvimento educacional.2. ESPECÍFICOS:2.a. ENSINO FUNDAMENTAL – CICLO II desenvolver as potencialidades dos educandos preparando-os para a sua escolha na auto-realização pessoal e a preparação para o exercício consciente da cidadania; conduzir o aluno no processo de ensino-aprendizagem no qual amplia a sua capacidade de conviver com a diversidade; desenvolver no indivíduo os quatro pilares do conhecimento: aprender a conhecer, aprender a fazer, aprender a viver juntos e aprender a ser. utilizar e disponibilizar recursos tecnológicos e pedagógicos compatíveis às exigências e expectativas da comunidade escolar; favorecer espaços diferenciados para viabilização de atividades pedagógicas, esportivas, artísticas, culturais e sociais.2.b. ENSINO MÉDIO consolidar e aprofundar os conhecimentos adquiridos no Ensino Fundamental, possibilitando o prosseguimento dos estudos em nível superior, preparando para o exercício da cidadania, formação ética, desenvolvimento da autonomia intelectual e do pensamento crítico; trabalhar os quatro pilares da educação com um aprimoramento no aprender a fazer e a ser visando estimular o aluno na compreensão dos fundamentos básicos científico-tecnológico dos processos produtivos, relacionando a teoria com a prática, no ensino de cada disciplina através do desenvolvimento de habilidades e competências, bem como a formação de atitudes e valores necessários ao convívio social; orientá-los quanto a sua inserção no competitivo mercado de trabalho.III – METAS:
  3. 3.  Bons resultados em avaliações internas e externas.  Melhorar as relações interpessoais entre todos os envolvidos da comunidade escolar.  Tornar os alunos capazes de transformar informações e conhecimentos em prática.  Efetiva participação da família.  Formar para uma cidadania participativa. Aumentar o índice de freqüência dos alunos. Melhorar o nível de aprendizagem dos alunos. Conquistar novas parcerias para beneficiar o desenvolvimento de projetos. Desenvolver projetos envolvendo todos as áreas de conhecimentos curriculares e extracurriculares, visando a efetiva participação da comunidade. Desenvolver um comportamento adequado em todos os ambientes escolares afim de favorecer um crescimento global.IV – AÇÕES:  Aulas planejadas  Efetivo uso do Currículo do Estado de São Paulo;  Planejamento constante da prática pedagógica;  Uso de materiais diversificados;  Recuperação continua e paralela;  Utilizar os momentos de HTPCs para analisar os resultados;  Realização de simulados semestrais;  Buscar um diálogo direto e franco entre os envolvidos;  Reuniões freqüentes entre os pais, alunos e funcionários;  Reflexões com textos.  Associar conteúdo a realidade;  Através de atividades diferenciadas propiciar aos alunos situações de aprendizagem que os preparem para a vida.  Promover reuniões periódicas onde os pais se sintam importantes e responsáveis na formação dos educandos.  Dar oportunidades aos pais para participar e opinar nas decisões necessárias ao bom desempenho da U.E.  Propiciar momentos de reflexão, análise, palestras e campanhas que fortaleçam o convívio social e auxiliem no acesso e na formação em algumas áreas de trabalho.
  4. 4.  Desenvolver projetos que envolvam ética, cidadania, sexualidade, violência, qualidade de vida, meio ambiente, manifestações culturais, artísticas e desportivas. Fazer um acompanhamento diário da frequência e em caso de faltas comunicar os responsáveis solicitando justificativa dos mesmos, continuando o quadro haverá encaminhamento aos órgãos públicos responsáveis. Utilizar metodologias atuais na prática pedagógica cotidiana, buscando sempre a melhoria no processo ensino-aprendizagem para despertar o gosto pela leitura, raciocínio lógico matemático, aptidões artísticas, esportivas, culturais, científica e tecnológica. Proporcionar visitas, passeios a teatro, cinema, biblioteca, pesquisas de campo, olimpíadas, concursos, Ciprejin, clubes esportivos, asilos, orfanatos, museus, associações, dentro e fora do município com autorização por escrito dos pais ou responsáveis. Conscientizar os alunos sobre os seus direitos e deveres.  Elaborando regras de convivência.  Utilizando dinâmicas de grupo direcionadas à educação e respeito ao próximo. Regras de convivência:  Respeitar horários de entrada, intervalo, saída;  Formar e permanecer na fila quando solicitado e sem boné;  Respeitar os colegas, professores e funcionários da escola;  Não usar linguagem inadequada ou ofensiva;  Alunos atrasados só terão acesso à sala de aula com autorização da Direção ou da Coordenação; desde que devidamente justificado o atraso pelos pais ou responsáveis por escrito;  Faltas do aluno sem justificativa à Direção ou Coordenação no decorrer de três dias seguidos os responsáveis serão convocados na Escola e se o caso não for resolvido o problema será encaminhado às instâncias superiores;  Uso do uniforme (camiseta branca no mínimo);  Vedado o uso de telefone celular, mp3 ou similares durante as aulas tanto para os alunos como professores;  Vedado jogos de baralho ou cartinhas em sala durante a aula;  Em caso de destruição de mesa, cadeira, porta, janela, vidro, etc. o mesmo deverá ser reposto pelo(s) responsável do(s) aluno(s);
  5. 5.  O aluno(a) deve trazer para as aulas todo o material necessário para do dia;  O aluno(a) deve desenvolver as atividades propostas pelo professor em sala de aula ou de casa (caso haja lição de casa);  O aluno(a) deverá permanecer na classe aguardando a troca de professor e sua saída só poderá ser autorizada em casos de extrema necessidade;  Não utilizar a quadra fora do horário de aula;V – PRINCÍPIOS: O atendimento das determinações legais e diretrizes do ensino emanadas pelos órgãos competentes, especialmente quanto: as finalidades e objetivos da Instituição, expressos nos Artigos 3º, 4º e 5º do Regimento Escolar; aos princípios da instituição, expressos no Regimento Escolar, nos Artigos 8º, 9º e 10º; a organização curricular, baseada nos Artigos 26 e 27 da Lei Federal 9394/96, descrevendo, no Plano Escolar, cada nível e modalidade de ensino mantidos; o desenvolvimento e implementação da Proposta Pedagógica, em que a escola, nos termos da Lei 9394/96, teve plena liberdade para elaborar o seu compromisso com a Educação, consubstanciada nas teorias educacionais atualmente desenvolvidas e dando atendimento às necessidades peculiares de sua clientela;VI – ORIENTAÇÕES METODOLÓGICAS: A Proposta Pedagógica da E.E. XXXXXXXXXXXX, tem sua pedagogiacentrada na pessoa do educando, preparando-o para a vida em sociedade a partir deuma perspectiva humano-cristã. Investe no desenvolvimento integral da pessoa humana, acreditando quegarantir a realização do indivíduo no presente é prepará-lo para um futuro melhor. A ação didático-pedagógica terá como objetivo promover mudanças deparadigmas nos alunos, tornando-os efetivos, construtivos, por intermédio deavaliação com caráter diagnóstico e formativo voltado às mudanças pretendidas, a fimde que se tomem decisões quanto aos procedimentos de ensino a serem praticados.
  6. 6. Os objetivos do ensino serão observados e revistos através doacompanhamento contínuo da prática pedagógica. As ações pedagógicas estarão voltadas aos quatro pilares da educação“aprender a conhecer”, “aprender a fazer”, “aprender a viver juntos” e “aprender a ser”,priorizando no Ensino Fundamental o “aprender a conhecer e “aprender a viverjuntos”, visando ao educando aprender os conhecimentos necessários a ser e convivercom o outro na sociedade em que está inserido. No Ensino Médio, os objetivos estãovoltados a todos os quatro pilares com maior ênfase no “aprender a fazer e “aprendera ser” de maneira a consolidar e aprofundar os conhecimentos do EnsinoFundamental, possibilitando a continuidade dos estudos e o desenvolvimento daautonomia intelectual e do pensamento crítico que será alcançado através deatividades dinâmicas, que evidenciam a prática pedagógica relacionada ao cotidiano,executadas e orientadas pelos docentes, sendo estes qualificados e preparados paraexercerem tal função com comprometimento e zelo.VII - PREPARAÇÃO DO CORPO DOCENTE: Mediante as ações pedagógicas as serem desenvolvidas, a escola junto aocorpo docente, durante os HTPCs e reuniões do Conselho de Classe e Série, faráanálises, reflexões, promoverá discussões e tomará decisões visando a melhoria doprocesso de ensino-aprendizagem no decorrer de cada ano letivo, garantindo a cadaaluno uma educação de qualidade.VIII - PERFIL DO NOSSO EDUCANDO: Através de questionário por amostragem realizado junto a comunidade,localizamos nossos alunos em famílias em sua maioria constituídas por poucosmembros, com formação escolar em nível Médio, com pais que trabalham fora e comdifícil acesso as atividades culturais desenvolvidas no Município, já que o bairro que aescola atende fica longe do centro da cidade. Todo o trabalho desenvolvido pela E.E. XXXXXXXXXXX baseia-se narealidade sócio-econômica e cultural da comunidade, nessa concepção direcionamosnossa prática pedagógica no desenvolvimento integral da pessoa humana,acreditando que garantir a realização do individuo no presente é prepará-lo para umfuturo melhor.IX - RELAÇÂO ESCOLA X FAMÍLIA:
  7. 7. A Proposta Pedagógica visa estimular a família dos educandos a participaremdo processo ensino-aprendizagem através das reuniões de pais e mestres, que serãopautadas na realidade da Unidade Escolar, onde pais e professores realizarãoreflexões sobre melhorias necessárias ao processo pedagógico tendo como objetivo odesenvolvimento de projetos e eventos interdisciplinares que favoreçam a construçãoefetiva da aprendizagem e a discussão quanto as dificuldades, respeitando sempre aspeculiaridades e necessidades da comunidade escolar.X - RECURSOS PEDAGÓGICOS: Sala de Informática: sala ampla equipada com 20 computadores (aguardando instalação); Recursos Multimídia: 01 rádio, 02 Televisores, 02 DVDs, 01 Datashow com telão e 01 notebook; Material disponível: papéis diversos (cartolina, color set, sulfite, crepom, seda, laminado, etc.), cola, tesoura, transferidor, compasso, jogo de esquadro, régua, caneta hidrocor, fita adesiva, lápis de cor, mapas, etc.; Sala de Leitura: pequeno acervo, distribuído em caixas de leitura;XI – PROJETOS: Os projetos que serão desenvolvidos nesta escola visam envolver todas asáreas do conhecimento, curriculares e extracurriculares, dando ênfase a atividadesque contemplem: ética, cidadania, sexualidade, violência, qualidade de vida, meioambiente, manifestações culturais, artísticas e desportivas.XII - AMBIENTE ESCOLAR: A educação oferecida por nossa escola tem concepção positiva, tanto domundo quanto da vida. Ela educa tendo em vista a realidade social, buscandodespertar, antes de tudo, a sensibilidade das pessoas. É uma educação solidária, deconstrução de uma sociedade inclusiva, que tenha compromisso em favor da vida,mediante a adoção de uma pedagogia de conscientização, que desencadeie valores epropicie a formação sócio-política dos educandos.XIII – SISTEMA DE AVALIAÇÃO:
  8. 8. A avaliação é um instrumento que oferece aos educadores subsídios para oaperfeiçoamento de seu trabalho a fim de garantir uma educação de qualidade. Os pais serão informados sobre os resultados das avaliações através dereuniões bimestrais de pais e mestres. Serão oferecidas continuamente atividades de recuperação durante as aulas ecaso o aluno não atinja as metas e os objetivos mínimos, deverá ser encaminhadopara aulas de recuperação paralela. A avaliação é um processo contínuo que deve ocorrer durante momentos deensino-prendizagem. Este consiste em acompanhar o desenvolvimento do alunoatravés de diferentes experiências de aprendizagem, tendo em vista as competênciase habilidades desejadas para cada ciclo ou série. No intuito de atingir as metas e objetivos propostos, a equipe gestora eprofessores devem empenhar-se ao máximo, para aproveitar todas as oportunidades,incentivando os alunos com atitudes positivas, educação solidária e uma pedagogiaconscientizadora.Os professores através de orientação da equipe gestora utilizarão diversasferramentas de avaliação, principalmente diagnóstica e formativa, privilegiandoaspectos qualitativos, com atividades que contemplem: Provas objetivas e subjetivas; Trabalhos individuais e ou coletivos; Pesquisas e leituras suplementares; Leitura de diversos gêneros literários; Relatórios; Envolvimento nas atividades propostas. Todos os resultados das avaliações de cada componente curricular serãoregistrados, analisados com os alunos e sintetizados em uma única nota , enviadabimestralmente à secretaria e repassada aos pais após reunião do Conselho deClasse e Série.3- ORGANIZAÇÃO CURRICULAR DO ENSINO FUNDAMENTAL DE ACORDOCOM O REGIMENTO ESCOLARO currículo compreende a totalidade de situações de aprendizagem, didaticamenteorganizadas, que levam o aluno à apreensão crítica do conhecimento.
  9. 9. O currículo do Ensino Fundamental apresenta a seguinte estrutura: Base Comum que abranger o estudo da Língua Portuguesa e da Matemática, o conhecimento do mundo físico e natural e da realidade social e política, especialmente do Brasil. Parte Diversificada, acrescentada por componentes curriculares, selecionados pela Direção da Escola, visando atender as expectativas da comunidade. Os conteúdos curriculares observam ainda as seguintes diretrizes: a difusão de valores fundamentais ao interesse social e do respeito: a) aos direitos e deveres dos cidadãos; b) ao bem comum; c) à ordem democrática. a orientação e preparação para o trabalho; o apoio às práticas desportivas não formais.

×