Successfully reported this slideshow.
We use your LinkedIn profile and activity data to personalize ads and to show you more relevant ads. You can change your ad preferences anytime.
MESA DE DISCUSSÃO
Como mensurar o
discurso de ódio e o
racismo online?
Mensuração e métodos
digitais contra a
desinformaçã...
INSTITUTO BRASILEIRO DE PESQUISA E ANÁLISE DE
DADOS
Análise de
Dados
Comunicação
Digital
Política e
Relações
Governamentai...
“Acho melhor substituir este consumidor-
exemplo no relatório por alguém mais
bonito, que seja mais a cara da marca”.
Dire...
CENSO, ESTADO E
REDISTRIBUIÇÃO DE
OLHARES
patadata.org/maparacial
Onde estamos digitalmente?
Quais são as práticas?
Visibi...
CENSO, ESTADO E REDISTRIBUIÇÃO
DE OLHARES
“Não Deixe Sua Cor Passar em Branco”
A contagem e medição sempre foi – e continu...
PRECONCEITO X FATOS
O ódio ignora fatos que o contradigam: caixa de comentários e mídias sociais documentam declarações qu...
MENSURAÇÃO: DISCURSOS,
FORMAÇÃO E MÍDIAS DIGITAIS
Evolução socioeconômica e
educacional promove mais
discursos, falas e in...
MENSURAÇÃO: DISCURSOS,
FORMAÇÃO E MÍDIAS DIGITAIS
Por uma publicidade feita em 2015 e com
cara de 2015 http://bit.ly/1T3os...
COMO USAR MÉTODOS DIGITAIS –
ACADÊMICOS E MERCADOLÓGICOS – PARA
ENTENDER AS NARRATIVAS ONLINE COMO
PROTAGONISMO NEGRO?
TRANSIÇÃO CAPILAR COMO AUTO-RECONHECIMENTO E
ATIVISMO ESTÉTICO
“Para a mulher negra, a transição capilar é
um divisor de á...
DISCURSO E
CONCEITOS
(Mapeamento sobre Transição Capilar
realizado junto a Nadja Santos / Zero.54)
TRANSFORMAÇÃO DE CONCEITOS E LÉXICO
Andrew Walker Hair
Typing System
https://www.youtube.com/watch?v=IQZfDnx-DlA
https://w...
BELEZA E REPRESENTATIVIDADE: INTERNET COMO FONTE DE
NARRATIVAS, DEPOIMENTOS E APOIO
BELEZA E REPRESENTATIVIDADE: INTERNET COMO FONTE DE
NARRATIVAS, DEPOIMENTOS E APOIO
“...aos 09 pedi pra minha mãe passar r...
BELEZA, EMPODERAMENTO, AUTOESTIMA E
REPRESENTATIVIDADE
TRANSIÇÃO CAPILAR: FENÔMENO EMERGENTE E
RECOMBINANTE
• Apoio mútuo em comunidades de
blogueiras e youtubers
• Foco em uso ...
MAPEAMENTO DE
REDE E GERAÇÃO DE
CONHECIMENTO
MAPEAMENTO DAS REDES DE ATIVISMO, BELEZA E CONSUMO
NEGROS NAS MÍDIAS SOCIAIS
Mapear
referências
Encontrar
projetos
isolados
MAPEAMENTO DAS REDES DE ATIVISMO, BELEZA E CONSUMO
NEGROS NAS MÍDIAS SOCIAIS
ENCONTRAR
GRUPOS
MAPEAMENTO DAS REDES DE ATIVISMO, BELEZA E CONSUMO
NEGROS NAS MÍDIAS SOCIAIS
MAPEAR REFERÊNCIAS
• O que podemos aprender c...
CONTEÚDO EM PÁGINAS NEGRAS:
CONTRA-RACISMO, PIONEIRISMO, RESGATE
DA HISTÓRIA, AUTO-ESTIMA
APLICAÇÕES DO MONITORAMENTO E MÉTODOS DIGITAIS
LUTA CONTRA RACISMO
• Medição da opinião pública
sobre casos de racismo
• R...
GRUPO DE PESQUISA
O grupo de pesquisa “Estética Afro-
Brasileira nas Mídias Sociais:
Consumo, Beleza e Política” busca
art...
OBRIGADO!
Upcoming SlideShare
Loading in …5
×

Como mensurar o discurso de odio e o racismo online

4,320 views

Published on

Contribuição ao debate "Como mensurar o discurso de ódio e o racismo online" na conferência "Racismo e Discurso de Ódio na Internet", promovidapelo Berkman Center da Universidade Harvard em parceria com a plataforma Vojo Brasil.

A mesa contou com a participação de Tarcízio Silva (Instituto Brasileiro de Pesquisa e Análise de Dados), Renato Meirelles (DataPopular) e Fábio Senne (Cetic.br).

Published in: Internet
  • DOWNLOAD THAT BOOKS INTO AVAILABLE FORMAT (2019 Update) ......................................................................................................................... ......................................................................................................................... Download Full PDF EBOOK here { http://bit.ly/2m77EgH } ......................................................................................................................... Download Full EPUB Ebook here { http://bit.ly/2m77EgH } ......................................................................................................................... Download Full doc Ebook here { http://bit.ly/2m77EgH } ......................................................................................................................... Download PDF EBOOK here { http://bit.ly/2m77EgH } ......................................................................................................................... Download EPUB Ebook here { http://bit.ly/2m77EgH } ......................................................................................................................... Download doc Ebook here { http://bit.ly/2m77EgH } ......................................................................................................................... ......................................................................................................................... ................................................................................................................................... eBook is an electronic version of a traditional print book that can be read by using a personal computer or by using an eBook reader. (An eBook reader can be a software application for use on a computer such as Microsoft's free Reader application, or a book-sized computer that is used solely as a reading device such as Nuvomedia's Rocket eBook.) Users can purchase an eBook on diskette or CD, but the most popular method of getting an eBook is to purchase a downloadable file of the eBook (or other reading material) from a Web site (such as Barnes and Noble) to be read from the user's computer or reading device. Generally, an eBook can be downloaded in five minutes or less ......................................................................................................................... .............. Browse by Genre Available eBooks .............................................................................................................................. Art, Biography, Business, Chick Lit, Children's, Christian, Classics, Comics, Contemporary, Cookbooks, Manga, Memoir, Music, Mystery, Non Fiction, Paranormal, Philosophy, Poetry, Psychology, Religion, Romance, Science, Science Fiction, Self Help, Suspense, Spirituality, Sports, Thriller, Travel, Young Adult, Crime, Ebooks, Fantasy, Fiction, Graphic Novels, Historical Fiction, History, Horror, Humor And Comedy, ......................................................................................................................... ......................................................................................................................... .....BEST SELLER FOR EBOOK RECOMMEND............................................................. ......................................................................................................................... Blowout: Corrupted Democracy, Rogue State Russia, and the Richest, Most Destructive Industry on Earth,-- The Ride of a Lifetime: Lessons Learned from 15 Years as CEO of the Walt Disney Company,-- Call Sign Chaos: Learning to Lead,-- StrengthsFinder 2.0,-- Stillness Is the Key,-- She Said: Breaking the Sexual Harassment Story That Helped Ignite a Movement,-- Atomic Habits: An Easy & Proven Way to Build Good Habits & Break Bad Ones,-- Everything Is Figureoutable,-- What It Takes: Lessons in the Pursuit of Excellence,-- Rich Dad Poor Dad: What the Rich Teach Their Kids About Money That the Poor and Middle Class Do Not!,-- The Total Money Makeover: Classic Edition: A Proven Plan for Financial Fitness,-- Shut Up and Listen!: Hard Business Truths that Will Help You Succeed, ......................................................................................................................... .........................................................................................................................
       Reply 
    Are you sure you want to  Yes  No
    Your message goes here
  • Parabéns. Seus conteúdos são sempre esclarecedores e com alta qualidade. Contra fatos não há argumentos.
       Reply 
    Are you sure you want to  Yes  No
    Your message goes here

Como mensurar o discurso de odio e o racismo online

  1. 1. MESA DE DISCUSSÃO Como mensurar o discurso de ódio e o racismo online? Mensuração e métodos digitais contra a desinformação TARCÍZIO SILVA
  2. 2. INSTITUTO BRASILEIRO DE PESQUISA E ANÁLISE DE DADOS Análise de Dados Comunicação Digital Política e Relações Governamentais Pesquisa e Opinião Pública O Instituto Brasileiro de Pesquisa e Análise de Dados é um centro de formação de analistas e pesquisadores nas áreas de Pesquisa e Opinião Pública, Política e Relações Governamentais e Comunicação Digital. O foco do Instituto é no ensino de técnicas e metodologias de análise de dados com sólida formação científica para atuação no mercado. WWW.IBPAD.COM.BR
  3. 3. “Acho melhor substituir este consumidor- exemplo no relatório por alguém mais bonito, que seja mais a cara da marca”. Diretor de Agência de Comunicação em Mídias Sociais, ao receber relatório descrevendo seus consumidores mais engajados online
  4. 4. CENSO, ESTADO E REDISTRIBUIÇÃO DE OLHARES patadata.org/maparacial Onde estamos digitalmente? Quais são as práticas? Visibilidade e representatividade podem ser medidas?
  5. 5. CENSO, ESTADO E REDISTRIBUIÇÃO DE OLHARES “Não Deixe Sua Cor Passar em Branco” A contagem e medição sempre foi – e continua sendo – polêmica. Tanto alguns países Africanos como países europeus com grande população negra não incluem questões sobre raça em censos. Mobilizações de movimentos negros como o brasileiro alertam para a importância da auto-declaração como essencial para influenciar políticas públicas. Países com questões ligadas a raça/etnia em censos nos últimos 25 anos.
  6. 6. PRECONCEITO X FATOS O ódio ignora fatos que o contradigam: caixa de comentários e mídias sociais documentam declarações que ignoram tendências, fatos e acontecimentos objetivos. O racismo ou ódio de classe são motivadores da ignorância voluntária.
  7. 7. MENSURAÇÃO: DISCURSOS, FORMAÇÃO E MÍDIAS DIGITAIS Evolução socioeconômica e educacional promove mais discursos, falas e inserção em espaços de poder tradicional.
  8. 8. MENSURAÇÃO: DISCURSOS, FORMAÇÃO E MÍDIAS DIGITAIS Por uma publicidade feita em 2015 e com cara de 2015 http://bit.ly/1T3osZl
  9. 9. COMO USAR MÉTODOS DIGITAIS – ACADÊMICOS E MERCADOLÓGICOS – PARA ENTENDER AS NARRATIVAS ONLINE COMO PROTAGONISMO NEGRO?
  10. 10. TRANSIÇÃO CAPILAR COMO AUTO-RECONHECIMENTO E ATIVISMO ESTÉTICO “Para a mulher negra, a transição capilar é um divisor de águas entre sua imagem construída por padrões sociais e quem ela realmente é” – Silvia Nascimento (Mapeamento sobre Transição Capilar realizado junto a Nadja Santos / Zero.54)
  11. 11. DISCURSO E CONCEITOS (Mapeamento sobre Transição Capilar realizado junto a Nadja Santos / Zero.54)
  12. 12. TRANSFORMAÇÃO DE CONCEITOS E LÉXICO Andrew Walker Hair Typing System https://www.youtube.com/watch?v=IQZfDnx-DlA https://www.youtube.com/watch?v=6AwxB31T02Y https://www.youtube.com/watch?v=XBniRQw8A4o A classificação de tipos de cabelos desenvolvida por Andrew Walker gerou mais debate sobre o tema, foi criticada e aperfeiçoada ao longo dos anos. Hoje pode ser vista como ponto comum entre vloggers e blogueiras negras que falam de beleza. A tipologia é uma ferramenta para afunilamento do discurso sobre si e criação de conexões com audiência e comunidades.
  13. 13. BELEZA E REPRESENTATIVIDADE: INTERNET COMO FONTE DE NARRATIVAS, DEPOIMENTOS E APOIO
  14. 14. BELEZA E REPRESENTATIVIDADE: INTERNET COMO FONTE DE NARRATIVAS, DEPOIMENTOS E APOIO “...aos 09 pedi pra minha mãe passar relaxante no cabelo pra ficar parecida com a menina da caixa..." @talysantos_ ”...hoje a aceitação e a sensação de sentir-se bonita com o cabelo que é meu e suprindo as expectativas que tenho comigo mesma e não dos outros, me dá uma sensação de liberdade...” @ocrespodacrespa “Passar pela transição capilar não é só abandonar chapinhas e progressivas é aceitar sua identidade...” @brunaboe “[...] Um dos motivos mais fortes que eu tive pra deixá-lo natural foi a minha enorme vontade de ter filhos. Eu posso ter uma menina e quero que ela tenha espelho, referência e apoio que eu não tive pra lidar com as piadas que vão acontecer e vão doer.[...] “
  15. 15. BELEZA, EMPODERAMENTO, AUTOESTIMA E REPRESENTATIVIDADE
  16. 16. TRANSIÇÃO CAPILAR: FENÔMENO EMERGENTE E RECOMBINANTE • Apoio mútuo em comunidades de blogueiras e youtubers • Foco em uso de produtos naturais: lacuna e resistência • Processos caseiros com aprendizado online • Compreensão das particularidades do processo • Poder transformativo da identidade negra como ponto comum • Léxico e termos próprios • Referências aspiracionais particulares
  17. 17. MAPEAMENTO DE REDE E GERAÇÃO DE CONHECIMENTO
  18. 18. MAPEAMENTO DAS REDES DE ATIVISMO, BELEZA E CONSUMO NEGROS NAS MÍDIAS SOCIAIS Mapear referências Encontrar projetos isolados
  19. 19. MAPEAMENTO DAS REDES DE ATIVISMO, BELEZA E CONSUMO NEGROS NAS MÍDIAS SOCIAIS ENCONTRAR GRUPOS
  20. 20. MAPEAMENTO DAS REDES DE ATIVISMO, BELEZA E CONSUMO NEGROS NAS MÍDIAS SOCIAIS MAPEAR REFERÊNCIAS • O que podemos aprender com os canais de maior influência que lutam contra o racismo nas mídias sociais? • Suas particularidades, como a relevância do feminismo negro, indicam tendências de mobilização? • Como transformar os data by-products do engajamento de ativistas, empreendedores e artistas negros de forma recursiva para alimentar suas comunicações?
  21. 21. CONTEÚDO EM PÁGINAS NEGRAS: CONTRA-RACISMO, PIONEIRISMO, RESGATE DA HISTÓRIA, AUTO-ESTIMA
  22. 22. APLICAÇÕES DO MONITORAMENTO E MÉTODOS DIGITAIS LUTA CONTRA RACISMO • Medição da opinião pública sobre casos de racismo • Responsabilização de racismo e crimes de ódio • Identificação de gatilhos como acontecimentos e fenômenos sociais • Análise de vulnerabilidades relacionada a gênero CONTRA-NARRATIVAS E AUTOCONHECIMENTO • Mapeamento para fortalecer comunidades • Evidências para influenciar políticas públicas • Indicadores para empoderar profissionais dentro das empresas • Exploração do self e identidades +
  23. 23. GRUPO DE PESQUISA O grupo de pesquisa “Estética Afro- Brasileira nas Mídias Sociais: Consumo, Beleza e Política” busca articular pesquisadores, profissionais e interessados nas manifestações de posicionamento, resistência e expressão de particularidades sociais da população afro-brasileira quanto a beleza e consumo nas mídias sociais. www.ibpad.com.br/estetica-afro-brasileira-nas- midias-sociais
  24. 24. OBRIGADO!

×