OptativaIAula05

528 views

Published on

0 Comments
0 Likes
Statistics
Notes
  • Be the first to comment

  • Be the first to like this

No Downloads
Views
Total views
528
On SlideShare
0
From Embeds
0
Number of Embeds
60
Actions
Shares
0
Downloads
9
Comments
0
Likes
0
Embeds 0
No embeds

No notes for slide

OptativaIAula05

  1. 1. UESPI – UNIVERSIDADE ESTADUAL DO PIAUÍ Bacharelado em Ciências da Computação OPTATIVA IPermissõesHard Link / Link SimbólicoTarcísio Franco Jaime
  2. 2. UESPI – Universidade Estadual do Piauí - OPTATIVA I Permissões Tipos de permissão:  r - leitura  w - escritaProf. Tarcísio Franco  x - execução  Tipos de arquivo:  d -> diretório  - -> arquivo  l -> link  b -> dispositivo de bloco  c -> dispositivo de caractere
  3. 3. UESPI – Universidade Estadual do Piauí - OPTATIVA I PermissõesProf. Tarcísio Franco  * Permissão de usuário - Define a permissão para o usuário que é o "dono" do arquivo, diretório.  * Permissão de grupo - Define a permissão para o grupo de usuários ao qual ele pertence.  * Permissão para outros - Define a permissão para todos os outros usuários.
  4. 4. Prof. Tarcísio Franco PermissõesUESPI – Universidade Estadual do Piauí - OPTATIVA I
  5. 5. Prof. Tarcísio Franco PermissõesUESPI – Universidade Estadual do Piauí - OPTATIVA I
  6. 6. Prof. Tarcísio Franco PermissõesUESPI – Universidade Estadual do Piauí - OPTATIVA I
  7. 7. UESPI – Universidade Estadual do Piauí - OPTATIVA I Permissões  Diferença de permissão entre arquivos e diretórios:Prof. Tarcísio Franco Objeto Leitura (r) Gravação (w) Execução (x) Arquivo Permite ler o Permite alterar Permite conteúdo do o conteúdo do executar o arquivo arquivo arquivo como um programa Diretório Permite listar o Permite criar e Permite ler e conteúdo do apagar arquivos gravar arquivos diretório no diretório no diretório
  8. 8. UESPI – Universidade Estadual do Piauí - OPTATIVA I Permissões  As permissões dos arquivos e diretórios são gravadas de forma binária com 12 bits. Os três primeiros bits da esquerda para aProf. Tarcísio Franco  direita são bits de atributos especiais. Veja abaixo.
  9. 9. UESPI – Universidade Estadual do Piauí - OPTATIVA I Permissões  Os bits de permissões especiais são utilizados com pouco frequência.  São representados pela letra (s) no lugar do (x) nas classes dono e grupo, e (t) noProf. Tarcísio Franco lugar do (x) na classe outros
  10. 10. Prof. Tarcísio Franco Modificando PermissõesUESPI – Universidade Estadual do Piauí - OPTATIVA I
  11. 11. UESPI – Universidade Estadual do Piauí - OPTATIVA I Modificando Permissões  chmod: altera permissões de arquivos  chown: altera o dono, e também o grupo  chgrp : altera o grupoProf. Tarcísio Franco
  12. 12. Prof. Tarcísio Franco Modificando PermissõesUESPI – Universidade Estadual do Piauí - OPTATIVA I
  13. 13. UESPI – Universidade Estadual do Piauí - OPTATIVA I Exemplos • Usar “useradd aluno1” e “useradd aluno2”, para criar os usuários. • Como aluno2 crie um diretorio chamado “pessoal” e dentro de pessoal umProf. Tarcísio Franco subdiretório “documentos” • Criar um arquivo chamado apostila.txt em “pessoal” e outro arquivo chamado texto.txt no subdiretório “documentos”. • Efetuar testes de permissão com as possibilidades descritas anteriores em cima desses diretórios.
  14. 14. UESPI – Universidade Estadual do Piauí - OPTATIVA I • Mudar o dono de todos os arquivos do diretório “pessoal” para aluno1 e automaticamente o grupo para o mesmo do usuário aluno1. (chown)Prof. Tarcísio Franco Qual a diferença do Sticky e do SGID aplicados no diretório?
  15. 15. UESPI – Universidade Estadual do Piauí - OPTATIVA I Links • Links Simbólicos: análogo a um atalho (windows), é um arquivo que contém um ponteiro para outro arquivo. Este pode ser do próprio sistema ou mapeado deProf. Tarcísio Franco outro computador. • Link Físico ou Hard Links: são mesmos arquivos que possuem em comum o mesmo conteúdo e as mesmas permissões. Só podem ser criados no mesmo sistema de arquivos.
  16. 16. UESPI – Universidade Estadual do Piauí - OPTATIVA I Links opções: -s Cria um link simbólico. O padrão são links físicos.Prof. Tarcísio Franco Ex.: ln -s /usr/local /home/aluno1/arquivosDeProgramas Criar um link simbólico testar seu funcionamento. Criar um hard link e mudar as permissões do arquivo.

×